Você está na página 1de 17

ECONOMIA E CIDADANIA

Economia e cidadania

 Discriminações

 Discriminação negativa
Prejudica ou impede que um indivíduo ou grupo tenha
possibilidade de exercer os seus direitos (proclamados na
Declaração Universal dos Direitos Humanos).

Exemplos de formas de discriminação negativa:


de género de orientação sexual económica étnica

 Discriminação positiva
Favorece o indivíduo ou grupo diferente, desenvolvendo
acções de afirmação para romper com a reprodução social
de discriminações negativas.
Economia e cidadania
Declaração Universal dos Direitos Humanos

Artigo 7.º
(Igualdade perante a lei)

Todos são iguais perante a lei e, sem distinção, têm


direito a igual protecção da lei. Todos têm direito a
protecção igual contra qualquer discriminação que viole
a presente Declaração e contra qualquer incitamento a
tal discriminação.
Economia e cidadania
Constituição da República Portuguesa

Artigo 13.º
(Princípio da igualdade)

1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais


perante a lei.

2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de


qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de
ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião,
convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica,
condição social ou orientação sexual.

(Sétima revisão constitucional - 2005)


Economia e cidadania
 Mulheres na carreira diplomática

Dirigentes e chefias Total Mulheres (N.º) Mulheres (%)

Embaixadores(as) 49 2 4,1

Ministros(as)
92 16 17,4
plenipotenciários(as)
Conselheiros(as) de
141 41 29,1
Embaixada
Secretários(as) de
188 75 39,9
Embaixada
Adidos(as) de
20 9 45,0
Embaixada

TOTAL 490 143 29,2


Fonte: MNE in CIG (Março 2009)
Economia e cidadania
 Mulheres nas Forças Armadas

Ramos Mulheres (n.º) Mulheres (%)

Marinha 839 7,9

Exército 3064 15,6

Força Aérea 1233 16,9

Fonte: MNE in CIG (Março 2009)


Economia e cidadania
 Discriminação de género
Repartição das deputadas, por partidos representados na
Assembleia da República (eleições de 10 de Outubro de 1999
e de 20 de Fevereiro de 2005, no Continente).

50
45
40
35
30
25
20
15
10
5
0 2005
1999
PS

PSD

CDU

CDS/PP

BE

1999
2005
Economia e cidadania
 Discriminação positiva — Portugal

Lei da paridade
(Lei orgânica n.º 3/2006, de 21 de Agosto, alterada pela
declaração 7/2006, de 4 de Outubro de 2006)

Estabelece que as listas para


a Assembleia da República,
para o Parlamento Europeu e
para as autarquias locais são
compostas de modo a
assegurar a representação
mínima de 33% de cada um
dos sexos.
Economia e cidadania
 «As mulheres fazem a democracia melhor»

CristinaEllen
Kirchner, presidente
Johnson-Sirleaf,
Michelle
da ArgentinaBachelet, presidente
presidente da Libéria
do Chile
Economia e cidadania
 Discriminação de orientação sexual

 A actual proibição, em Portugal, do


casamento entre gays e entre lésbicas tem
consequências negativas na vida desses
casais: nas heranças, na habitação, na
imigração e reagrupamento familiar, em
quastões patrimoniais – em todos os
aspectos do dia-a-dia em que o estado civil
é relevante.
 O acesso de gays ou lésbicas ao
casamento civil não tem quaisquer
implicações na liberdade dos outros.

Associação ILGA Portugal


Economia e cidadania
 Discriminação de orientação sexual
O estado norte-americano de Vermont aprovou a legalização do
casamento entre pessoas do mesmo sexo, derrubando o veto do
governador republicano Jim Douglas.

A lei foi aprovada com 100 votos a favor e 49 contra na Câmara dos
Representantes e com 23 contra cinco no Senado estadual. Vermont
junta-se ao Massachusetts,
Connecticut e Iowa. O
governador defendera que as
uniões civis chegam.
Vermont foi o primeiro estado
dos EUA a permitir uniões de
facto para casais gay, em
Primeira-ministra
2000. da Islândia até às
eleições de Maio de 2009, Johanna
Sigurdadottir é assumidamente lésbica.
Economia e cidadania
 Discriminação económica

Quanto maior for o valor do Índice de Gini, maior é a desigualdade


social (se o seu valor for zero, encontramo-nos numa situação de
igualdade absoluta).
Economia e cidadania
 Discriminação económica

 Em 2005, 37% da população urbana mundial vivia em bairros


de lata (51% em África, 35% na Ásia, 27% na América Latina).

 Em alguns países, esta taxa ultrapassa os 80% (84% na


Birmânia, 86% em Angola, e 94% na República Centro-africana).
Economia e cidadania
 Discriminação étnica
 Discriminação negativa do(as) ciganos(as)
A comunidade cigana sofre discriminação maciça em toda a
Europa. Além de lhes ser negado o direito à habitação, o direito ao
trabalho, a cuidados médicos e à educação, os ciganos são
recorrentemente vítimas de desalojamentos forçados, ataques
racistas e maus tratos policiais.

 Em Portugal, a comunidade cigana


ainda é alvo de racismo, segregação
e apartheid. Racismo, clandestinidade,
segregação e «apartheid escolar» são
problemas que afectam a comunidade
cigana, 500 anos depois de lhe ser
reconhecida a cidadania portuguesa.
in Diário de Notícias e Jornal de Notícias, 5 de Abril 2009.
Economia e cidadania
 Discriminação étnica
 No dia em que foi apresentado o Relatório de Segurança Interna, o
secretário-geral do sistema de Segurança Interna (SSI), Mário
Mendes, defendeu que as autoridades têm de «seguir com alguma
atenção» a ligação do crime às comunidades imigrantes.

 José Falcão, responsável pela associação SOS Racismo, disse à


Lusa que «é grave que Sua Excelência (Mário Mendes, secretário-
geral do SSI) faça essa associação dos crimes à imigração», sem
dar as estatísticas da pedofilia e da violência doméstica, em que
não há registos de imigrantes, garante. Lusa, 27 de Março 2009.
 Afirmou a Alta Comissária para a Imigração e Diálogo
Intercultural, Rosário Farmhouse: «Os portugueses são o segundo
povo europeu que mais valoriza o contributo dos imigrantes para o
seu país».
Economia e cidadania

 Reprodução social das discriminações


 As discriminações auto-alimentam-se e fortalecem-se entre si,
contribuindo para a sua reprodução.

É necessário romper com as múltiplas discriminações.

Trabalho no Diálogos / Mediações / Mudança


terreno, Intermulticultura-lidades. social.
integrando os
conhecimentos
das diferentes Políticas
áreas. públicas.
Economia e cidadania

 Cidadania activa

 Fomento de políticas públicas de promoção da igualdade.


 Oportunidades: todos os indivíduos e grupos sociais têm de
poder exercer os seus direitos na esfera pública e privada, em
plena igualdade.

Você também pode gostar