Você está na página 1de 33

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO – UPE

Disciplina de Fisiologia

HOMEOSTASE

Prof.ª Sinara Almeida


sinara.monica@gmail.com
O QUE VOCÊS PRETENDEM COM
O ESTUDO DA FISIOLOGIA?
Objetivo da Fisiologia

Explicar os fatores físicos e químicos que são responsáveis pela


origem, pelo desenvolvimento e pela progressão da vida
Anatomia humana
Ciência que estuda, macro e microscopicamente, a constituição e o
desenvolvimento dos seres organizados (DANGELO e FATINI, 2011)

BAY e LING, 2007; FAZAN, 2000.


Fisiologia Humana
Explicar as características e os mecanismos específicos do corpo humano que
fazem dele um ser vivo (HALL, 2011).

FORMA

FUNÇÃO

BLITS, 1999; PAALMAN, 2000.


SISTEMAS FISIOLÓGICOS

A Fisiologia engloba muitos níveis de organização


Células como unidades vivas
NOME DO ÓRGÃOS OU TECIDOS FUNÇÕES
SISTEMA
Tegumentar Pele Proteção contra o meio externo
Nervoso Encéfalo e medula espinhal Coordenação das funções do corpo
por meio de sinais elétricos e
liberação de moléculas reguladoras
Respiratório Pulmões, vias aéreas Troca de gases entre meio interno e
externo
Digestório Estômago, intestinos, Conversão de alimento em partículas
fígado, pâncreas que podem ser transportadas para
dentro do corpo
Circulatório Coração e vasos sanguíneos Transporte de materiais entre todas
as células do corpo
Endócrino Glândulas Coordenação das funções do corpo
por liberação hormonal
Musculoesquelético Músculos esqueléticos e Suporte e movimento
ossos
Genital Ovários e útero, testículos Perpetuação da espécie
Urinário Rins e bexiga Manutenção da água e solutos no
meio interno, remoção de resíduos
Imune Timo, baço, linfonodos Defesa contra invasores
HOMEOSTASE
HOMEOSTASE
HOMEOSTASIA
HOMEOSTASIA

 Claude Bernard no século


XIX reconheceu (1872):

 “A constância do meio
interno é a condição da
vida livre”.
HOMEOSTASIA

 Walter Cannon (1929):

 Inventou o termo
homeostasia para
descrever a tendência
para a estabilidade
interna.
HOMEOSTASIA
POSTULADOS DE CANNON

1. O sistema nervoso tem um papel na preservação da


“aptidão” do meio interno;

2. Alguns sistemas do corpo estão sob controle tônico (tonos,


estender):

“Um agente pode existir desde que tenha uma atividade


moderada que possa ser modificada para cima e para baixo”
POSTULADOS DE CANNON

1. O sistema nervoso tem um papel na preservação da


“aptidão” do meio interno;

2. Alguns sistemas do corpo estão sob controle tônico (tonos,


estender):
“Um agente pode existir desde que tenha uma atividade
moderada que possa ser modificada para cima e para baixo”
3. Alguns sistemas corporais estão sob controle antagonista;

“Quando se sabe que um fator pode modificar um estado


homeostático em uma direção, é razoável procurar um ou outros
fatores que tenham efeito oposto”
POSTULADOS DE CANNON

1. O sistema nervoso tem um papel na preservação da


“aptidão” do meio interno;

2. Alguns sistemas do corpo estão sob controle tônico (tonos,


estender):

3. Alguns sistemas corporais estão sob controle antagonista;

4. Um sinal químico pode ter efeitos diferentes em tecidos


diferentes.
“Os agentes homeostáticos podem ser antagonistas em uma
região do corpo e cooperativos em outra”.
Tipos de sistema de controle

 Controle
local – células detectam uma mudança
e respondem. Ex. ↓ O2 tecidual;

 Controlereflexo – Coordenação externa ao


órgão que efetua a resposta.
Como ocorre no corpo humano?
Valor normal Faixa normal Limite não letal Unidade
Oxigênio 40 35-45 10-1.000 mmHg
Dióxido de 40 35-45 5-80 mmHg
carbono
Sódio 142 138-146 115-175 Mmol/L
Potássio 4,2 3,8-5,0 1,5-9,0 Mmol/L
Cálcio 1,2 1,0-1,4 0,5-2,0 Mmol/L
Cloreto 108 103-112 70-130 Mmol/L
Bicarbonato 28 24-32 8-45 Mmol/L
Glicose 85 75-95 20-1.500 Mg/dL
Temp. 37 36,5-37,5 18,3-43,3 °C
Ácido-base 7,4 7,3-7,5 6,9-8,0 pH
Tipos de alças de
retroalimentação
 Negativa – a resposta se opõem ao sinal de entrada.
Tipos de alças de
retroalimentação
 Positiva – a resposta reforça o estímulo.
VAMOS TREINAR?

Identifique cada um dos seguintes sistemas


como retroalimentação positiva ou negativa:
 Secreção de insulina em resposta ao
aumento de glicose no sangue;
 Aumento da secreção e da ejeção do leite em
resposta à sucção;
 Urgência em esvaziar a bexiga urinária;
 Suar em resposta ao aumento da
temperatura;
FIM!