Você está na página 1de 17

A FORMADORA: Cidália Correia

A Formadora: Cidália Correia 1


Construção, adaptação, envio, receção e
interpretação da mensagem.

Processamento interno da mensagem:


•Processamento fonético
•Processamento literal(significado)
•Processamento reflexivo(empático)

A Formadora: Cidália Correia 2


Construção, adaptação, envio, receção e
interpretação da mensagem.

• No processamento fonético temos em conta as


distinções fonéticas, as suas funções linguísticas, os
sons articulados do ser humano etc.
• O pensamento reflexivo corresponde à inteligência
e à vontade e é subdividido em três partes: deliberar
bem, decidir bem e executar com firmeza.
• O pensamento literal é o reconhecimento da
linguagem escrita, ou seja, durante o processo de
leitura, o sentido atribuído a um texto. No primeiro
momento expressa-se como uma palavra ou frase e
o que pode significar num contexto determinado.

A Formadora: Cidália Correia 3


Refere-se à fonética que é o ramo
Processamento fonético
da linguística, estuda a natureza
física da produção e da percepção
dos sons da fala humana.

Refere-se ao significado literal da


Processamento literal
mensagem.
ex: “Cuidado com o degrau” (ter
cuidado com um degrau).

Refere-se à capacidade empática


Processamento reflexivo
no processo de comunicação –
colocar-se no lugar do outro.

A Formadora: Cidália Correia 4


Mensagem

Criar uma mensagem a transmitir.


Construção
Adaptar a mensagem para que o outro, dentro das
Adaptação suas próprias características, a entenda.
Enviar essa mensagem.
Envio
O outro recebe a mensagem.
Recepção
O outro interpreta a mensagem.
Interpretação

Construçã Adaptaçã Interpretaçã


Envio Recepção
o o o

A Formadora: Cidália Correia 5


Abertas

Fechadas

Retorno

Reformulação

A Formadora: Cidália Correia 6


Uma boa pergunta é aquela que:
Não influencia a resposta;

Não incita a uma resposta inexacta, ou seja, desenquadrada da informação


que se pretende obter;

Deve ser formulada de forma a requerer uma afirmação ou negação ou, então
a eleição de uma categoria (sobretudo as perguntas fechadas);

Deve ser redigida de forma compreensível em função das características das


pessoas a que se dirigem;

A Formadora: Cidália Correia 7


Devem ser formuladas sem invocar pré-juízos;

Não deve ser indiscreta ou embaraçosa, salvo em algumas exceções.


Quando assim for devem ser formuladas de maneira a não ferir a
suscetibilidade do inquirido;

Deve centrar-se na informação desejada.

A Formadora: Cidália Correia 8


Alguns cuidados a ter em conta na formulação das perguntas:

Não fazer perguntas que obriguem a cálculos ou a um grande


esforço de memória;

Redigi-las de forma pessoal e direta;

Formular as questões de forma neutra (sem indiciar respostas);

Não utilizar palavras abstratas (classe; espécie, tipo…) ou


valorativas (muito, pouco, bom) porque causam um duplo sentido;

Colocar as questões da forma mais concreta e simples possível


(pensar em quem vai responder ao questionário);

Pensar no tipo de informação que queremos;

Pensar se queremos uma resposta geral ou específica.


A Formadora: Cidália Correia 9
As perguntas servem para esclarecer, para direccionar, para
conduzir, para ouvir de forma mais profunda…

A Formadora: Cidália Correia 10


Perguntas Abertas
As perguntas abertas são aquelas cuja resposta exige mais do
que um monossílabo ou uma oração curta. Ex: “Que coisas
aconteceram na festa?”. Este tipo de perguntas convida ao
interlocutor para que fale durante mais tempo.

Perguntas Fechadas
As perguntas fechadas são aquelas que contestam com um
monossílabo ou pelo menos com duas ou três palavras; são
perguntas do tipo “Aonde deixaste o carro?”, ou “Estás bom?”.
Pode-se apreciar que facilitam menos a conversação.

A Formadora: Cidália Correia 11


Retorno
Consiste no retorno da mensagem, verificando-se uma
alternância de papéis, entre o emissor e o receptor:
feedback.

Reformulação
Consiste em transmitir a
mensagem de uma outra forma.

A Formadora: Cidália Correia 12


As perguntas bem feitas:
Ajudam a obter informação
importante acerca das pessoas;
Ajudam as pessoas a chegar
aquilo que pensavam que não
sabiam;
Ajudam o que é preciso fazer
para melhorar.

A Formadora: Cidália Correia 13


Qualidade das boas
perguntas
Breves
Claras
Focadas
Relevantes
Construtivas
Neutras (não expressam juízos
de valor)
Abertas

A Formadora: Cidália Correia 14


Mensagem final

Comunicar-se de forma eficaz


é dizer:

A coisa certa
Da forma certa
Na hora certa
No local certo
Para a pessoa certa
Para trazer seus relacionamentos
ao ideal desejado !!!
Exercício:
Ficha de Trabalho Final

A Formadora: Cidália Correia 16


FIM

A Formadora: Cidália Correia 17