Você está na página 1de 37

Hidrologia

Ciclo Hidrológico

Profª Adelena Gonçalves Maia


A Água

Ocorrência:
A água ocorre nos vários estados da
matéria: líquido (água), sólido (gelo),
gás (vapor d'água)

- Estado líquido: Predominante (oceanos,


lagos e rios)
- Estado sólido: Calotas polares e
permafrost
- Gás: Presente na atmosfera (um dos
gases que compõe a atmosfera)
Fonte: Galvão; Lacerda (?) 2
CICLO HIDROLÓGICO
Generalidades:
É a movimentação da água entre e nos sistemas terrestre
(estado líquido e sólido) e atmosférico (circulação do vapor e
microgotículas com os ventos, granizo e neve em
precipitação);
O ciclo hidrológico, se considerado de maneira global, pode
ser visto como um sistema hidrológico fechado, uma vez que
a quantidade total da água existente no planeta é constante.

Fonte: Galvão; Lacerda (?) 3


Ciclo Hidrológico
“[...] tendo início com a evaporação da água dos oceanos. O vapor
resultante é transportado pelo movimento das massas de ar.
Sob determinadas condições, o vapor é condensado, formando
as nuvens que por sua vez podem resultar em precipitação. A
precipitação que ocorre sobre a terra é dispersada sobre várias
formas. Uma parte fica temporariamente retida no solo
próximo de onda caiu e finalmente retorna à atmosfera por
evaporação e transpiração das plantas. Outra parte da água
escoa sobre a superfície do solo, ou através do solo para os rios,
enquanto que o restante, penetrando profundamente no solo,
vai suprir o lençol d’água subterrâneo.”
Villela; Mattos (1975)
CICLO HIDROLÓGICO
Quem governa a movimentação da água:

 Energia Solar: através da radiação (provoca evaporação da água da


terra para a atmosfera);
 Ventos: (gerados pelos movimentos de rotação e translação da
terra e inclinação do seu eixo) provocam a circulação do vapor na
atmosfera;
 Gravidade:
 Causa a queda das gotas de chuva da atmosfera para o solo
 Causa a movimentação da água no estado líquido através dos
rios até os oceanos
 Causa a movimentação da água infiltrada através da superfície
do solo para o sub-solo

Fonte: Galvão; Lacerda (?) 6


Sentidos do deslocamento da água:

Sentido superfície-atmosfera: ocorre


fundamentalmente na forma de vapor, fenômenos de
evaporação e transpiração, processo impulsionado pela
energia solar;
Sentido atmosfera-superfície: a precipitação de chuva
e neve são os processos mais significativos, e ocorrem
pelo efeito da gravidade.
FORCA
Radiação solar
Gravidade
Movimentação atmosférica
Ciclo hidrológico
O ciclo hidrológico pode ser dividido nas seguintes
etapas, para a sua melhor compreensão:
Precipitação;
Interceptação;
Infiltração;
Escoamento superficial,;
Escoamento subterrâneo
Evaporação e transpiração.
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS

PRECIPITAÇÃO
É toda água proveniente do meio atmosférico que atinge a
superfície terrestre. Neblina, chuva, granizo e neve são formas
diferentes de precipitações.

Principais Características:
• Quantidade e volume total – mm ou m³
• Duração – minutos ou hora;
• Intensidade – quantidade/tempo – mm/h

Fonte: Galvão; Lacerda (?) 11


Processo de formação:
O vapor d’água existente na atmosfera se condensa
sob efeito das baixas temperaturas, dando origem às
nuvens;
Estas micro gotículas formadas se aglutinam em
torno de um núcleo de condensação, aumentando os
seus volumes e pesos, até que as forças ascendentes
da agitação atmosférica não são suficientes para
mantê-las em suspensão, então ocorre a precipitação
em forma de chuva.
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS
INTERCEPTAÇÃO
É a parte da precipitação retida acima da superfície do solo.
(Blake, 1975) devido principalmente à presença de vegetação.
Depende:
• Intensidade da Chuva;

• Tipo de ocupação;
• Espécie Vegetal.

Fonte: Galvão; Lacerda (?) 13


A água pode ser interceptada na vegetação ou em
outras estruturas;
A água retida pode vir a evaporar, ou atingir o solo, por
conta do escoamento pelo tronco das árvores ou
pela ação do vento.
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS
INFILTRAÇÃO/PERCOLAÇÃO
É o processo pelo qual a água penetra nas camadas superficiais do solo
e se move para baixo, em direção ao lençol d’água.

Depende:
• Da água disponível para
infiltrar;
• Da constituição e
declividade do solo;
• Da cobertura vegetal;
• Das quantidades de água
e ar, inicialmente presentes
no interior do solo (teor de
umidade).
Fonte: Galvão; Lacerda (?) 15
A infiltração da água no solo ocorre quando a
superfície do solo não está saturada, por chuvas
anteriores, e quando a intensidade da precipitação
não excede a capacidade de infiltração do solo;
A infiltração/percolação da água no solo é um
importante processo responsável pela recarga dos
aqüíferos subterrâneos e pelo retardamento e
diminuição da severidade das cheias no cursos d’água.
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS

ESCOAMENTO
Define-se como o movimento das águas na superfície do solo, na
interface entre a superfície e o interior do solo e no lençol subterrâneo;
Depende:
• Área e forma da bacia;
• Conformação topográfica da bacia
(declividade, depressões
acumuladoras e represamentos
naturais);
• Tipo de Solo;
• Cobertura Vegetal;
• Áreas Impermeáveis(pavimentos
urbanos).

Fonte: Galvão; Lacerda (?) 17


O escoamento superficial ocorre quando a água é
impulsionada pela gravidade para cotas mais baixas,
sobre a superfície terrestre ou no interior dela;
Este processo é responsável pela erosão do solo na
bacia e pelo aumento repentino do nível d’água nos
rios, que pode dar origem às enchentes.
O escoamento subterrâneo acontece quando a
porção de precipitação infiltrada percola até os
aqüíferos subterrâneos (zona de saturação), escoando
de forma bastante lenta;
O escoamento de base mantém a vazão de base dos
rios em períodos de estiagem.
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS
EVAPORAÇÃO
É o processo pelo qual as moléculas de água na superfície
líquida ou na umidade do solo, adquirem energia suficiente
(através da radiação solar e outros fatores climáticos) e
passam do estado líquido para o de vapor.
Depende:
• Temperatura;
• Pressão Atmosférica;
• Umidade Relativa;
• Vento;
• Radiação Solar. 20
CICLO HIDROLÓGICO: PROCESSOS
TRANSPIRAÇÃO
É o resultado da extração de água contida no solo pelas raízes
das plantas e liberação para a atmosfera pelos poros.

Depende:
• Da Espécie de Planta;
•Da sua fase de cresci –
mento.

21
A evapotranspiração é a combinação dos processos
físicos e fisiológicos responsáveis pela transformação
da água da superfície terrestre em vapor;
evaporação da água ocorre antes da mesma atingir a
superfície terrestre, ainda durante a precipitação.
A transpiração ocorre pela absorção da umidade do
solo pelas raízes e transformada em vapor liberado
para a atmosfera através das ações fisiológicas dos
vegetais.
Classifique as questões como verdadeiras ou falsas:

I- o ciclo hidrológico é um processo fechado no âmbito


da bacia hidrográfica.
II- o ciclo hidrológico não é alterado por ações
antrópicas.
III- o ciclo hidrológico é impulsionado, dentre outros
fatores, pela energia solar.
IV – ao longo do ciclo hidrológico a água sofre alterações
de qualidade e mudança de fase.
Rios voadores – Antônio Nobre
https://www.youtube.com/watch?v=uxgRHmeGHMs
Artigo: Oki, T.; Kanae, S. Global Hydrological Cycles and World
Water Resources. Science. Vol. 313, aug, 2006.
Fonte: Oki, Kanae(2006)
Permafrost
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O permafrost ou pergelissolo (em língua portuguesa)


é o tipo de solo encontrado na região do Ártico.
A etimologia de permafrost vem de perma, de permanent
(inglês para permanente), e frost (inglês para congelado).
É constituído por terra, gelo e rochas permanentemente
congelados. Esta camada é recoberta por uma camada de
gelo e neve que, se no inverno chega a atingir 300 metros
de profundidade em alguns locais, ao se derreter no
verão, reduz-se para de 0,5 a 2 metros, tornando a
superfície do solo pantanosa, uma vez que as águas não
são absorvidas pelo solo congelado.
Reservatório Volume de água (%)
armazenado (103
km3)
Oceano 1.338.000 96,54
Rios 2 < 0,01
Lagos 175 0,01
Geleiras e Neve 24.064 1,74
Terras Úmidas 17 < 0,01
Vapor d’água s/ continentes 3 < 0,01
Vapor d’água s/ oceanos 10 < 0,01
Água nos organismos 1 < 0,01
Umidade do solo 17 < 0,01
“Permafrost” 300 0,02
Água Subterrânea 23.400 1,69
TOTAL 1.385.989 100
Fonte de água doce
97, 5% da água é salgada (oceanos, mares, lagos
salgados e aquíferos salinos)
2,5% de água doce

Fonte: Clarke; King (2005)


Disponibilidade de água
x
Demanda de água

Quantidade
x
Qualidade
Variabilidade temporal e espacial
(demanda e disponibilidade)

Recharged – recarregada
Therefore – portanto
Even though – apesar de
Helpful – úteis
Available – disponível
Assessment – avaliação
Although – embora
Withdrawals – retiradas
Uneven – desigual
Thereby – assim
Offset – compensar
Such - tal
Water is naturally circulating resource that is constantly recharged.
Therefore, even though the stocks of water in natural and artificial
reservoirs are helpful to increase the available water resources for
human society, the flow of water should be the main focus in water
resources assessments.
The climate system puts na upper limite on the circulation rateof
available renewable freshwater resources (RFWR).
Although current global withdrawals are well bellow the upper
limit, more than two bilion people live in highly water-stressed
areas because of the uneven distribution of RFRR in time and
space.
Climate change is expected to accelerate water cycle and thereby
increse the available RFWR.
This would slow down the increse of people living under water
stress; however, changes in seasonal patters and increasing
probability of extreme events may offset this effect.
Reducing current vulnerability will be the first step to prepare for
such anticipated changes.
Questões
Porque em bacias hidrográficas onde há uma maior
infiltração e menor escoamento superficial da água
precipitada os níveis de água no curso de água são mais
constantes, com secas e enchentes menos severas, do
que em bacias onde há um maior escoamento
superficial e menor infiltração.
Próxima aula:
Trazer pote plástico vazio

Você também pode gostar