Você está na página 1de 16

Orações

Subordinadas
Substantivas
SISTEMATIZAÇÃO PELO VALOR SINTÁTICO:
SUBJETIVAS SUBJETIVAS

José Carlos de Azeredo


OBJETIVAS OBJETIVAS
Cunha & Cintra
DIRETAS DIRETAS
OBJETIVAS COMPLETIVAS
INDIRETAS RELATIVAS
COMPLETIVAS OBJETIVAS
NOMINAIS INDIRETAS
COMPLETIVAS
PREDICATIVAS NOMINAIS

APOSITIVAS PREDICATIVAS

AGENTES DA
Produzido por Dani Bertollo APOSITIVAS
PASSIVA
ORAÇÕES SUBORDINADAS
SUBSTANTIVAS (OSS)
Normalmente, as OSS vêm introduzidas pela
CONJUNÇÃO INTEGRANTE QUE (às vezes,
por SE).

EU DESEJO QUE VOCÊ APRENDA.

NÃO SEI SE VOCÊ APRENDEU.


Produzido por Dani Bertollo
SUBJETIVA
SUJEITO: é o ser sobre
o qual se faz uma
declaração.
Exerce a função de sujeito:
A ALCIONE FARÁ
UMA BOA VIAGEM.
SUJEITO

É CERTO QUE A PROFESSORA FARÁ UMA BOA VIAGEM.

Produzido por Dani Bertollo


Objetiva direta
OBJETO DIRETO: é o
complemento de um verbo transitivo

Exerce a função de direto, se liga ao verbo sem preposição.

MÔNICA COMPROU UM
OBJETO DIRETO: CARRO.
VTD
OBJETO

Todos querem que Mônica compre um carro novo.


DIRETO

Produzido por Dani Bertollo


Objetiva INdireta
Exerce a função de OBJETO INDIRETO: é o complemento de
um verbo transitivo indireto, se liga ao verbo por
meio de preposição.
OBJETO INDIRETO: JONAS DUVIDAVA DE MINHA OPINIÃO.
VTD OBJETO
INDIRETO

Jonas duvidava de que eu estivesse certo.

Produzido por Dani Bertollo


COMPLETIVA
NOMINAL
Exerce a função de
COMPLEMENTO NOMINAL:
COMPLEMENTO NOMINAL: ligado por preposição ou
substantivo, ao adjetivo ou ao advérbio cujo sentido integra ou
limita. Pode ser representado por: substantivo, pronome,
numeral, palavra ou expressão substantivada.
ELA TINHA ÓDIO DE SI MESMA.
COMPLEMENTO NOMINAL

Temos preocupação com quem se odeia.


Produzido por Dani Bertollo
PREDICATIVA
Exerce a função de
PREDICATIVO: PREDICATIVO: verbo de ligação mais um predicativo do
PREDICATIVO: verbo de ligação mais um predicativo do
sujeito (estado permanente ou transitório, mudança de estado,
continuidade de estado, aparência de estado).

O BOATO É UM VÍCIO DETESTÁVEL.


SUJEITO PREDICATIVO DO SUJEITO

O BOATO É AS PESSOAS FALAREM DAS OUTRAS.


Produzido por Dani Bertollo
APOSITIVA
Exerce a função de
APOSTO: termo de caráter nominal que se junta a um substantivo,
APOSTO: a um pronome, ou a um equivalente destes, a título de explicação ou de
apreciação:

ELES, OS ALUNOS ESTUDIOSOS, TINHAM GRANDES


CHANCES.
APOSTO

Eles, os alunos que estudam, tinham grandes chances.

Produzido por Dani Bertollo


AGENTE DA
PASSIVA
AGENTE DA PASSIVA: é o complemento

Exerce a função de que, na voz passiva com auxiliar, designa o ser que
pratica a ação sofrida ou recebida pelo sujeito –
introduzido por POR (ou PER), algumas vezes por

AGENTE DA PASSIVA: DE.

A AULA FOI FEITA PELA PROFESSORA .


AGENTE DA PASSIVA

A AULA FOI FEITA POR QUEM PARTICIPOU DAS


ATIVIDADES.
As orações que desempenham a função de agente da passiva iniciam-se por
pronomes indefinidos (quem, quantos, qualquer, etc.) precedidos de uma das
preposições POR ou DE.
OMISSÃO DA INTEGRANTE QUE:
Depois de certos verbos que exprimem uma
ordem, um desejo ou uma súplica, a língua
portuguesa permite a omissão da INTEGRANTE
QUE:

QUEIRA DEUS NÃO VOLTES desanimado...


ORAÇÕES DESENVOLVIDAS E ORAÇÕES REDUZIDAS

Até aqui, estudamos as OSS que apresentam o


verbo numa FORMA FINITA (indicativo ou
subjuntivo), portanto em sua forma
DESENVOLVIDA..

ELE DISSE QUE ESTAVA COM DOR DE


CABEÇA.

Produzido por Dani Bertollo


ORAÇÕES DESENVOLVIDAS E ORAÇÕES REDUZIDAS
Vejamos agora sua ocorrência na forma
REDUZIDA, isto é, a oração não se inicia por
CONJUNÇÃO INTEGRANTE (sem nexo
subordinativo) e é formada por um verbo no
INFINITIVO.

ELE DISSE ESTAR COM DOR DE CABEÇA.

Produzido por Dani Bertollo


VEJAMOS UM EXEMPLO PARA CADA
SUBSTANTIVA:
• SUBJETIVA:
É preciso caminhar o passo certo.

• OBJETIVA DIRETA:
Espero também confiar em ti.

• OBJETIVA INDIRETA:
Encarregara-a de anunciar-se pessoalmente.
Produzido por Dani Bertollo
VEJAMOS UM EXEMPLO PARA CADA
SUBSTANTIVA:
• COMPLETIVA NOMINAL:
Estou ansioso por ir vê-lo.

• PREDICATIVA:
A sua intenção era comunicar a Maria o acidente.

• APOSITIVA:
A coragem é isto: encarar todos os obstáculos.
Produzido por Dani Bertollo
REFERÊNCIAS:

CUNHA, Celso; CINTRA, Luís F. Lindley. Nova gramática


do português contemporâneo. 4. ed. Rio de Janeiro: Lexikon
Editora Digital, 2007.

AZEREDO, José Carlos de. Gramática Houaiss da língua


portuguesa. 4. ed. São Paulo: Publifolha, 2018.

Produzido por Dani Bertollo