Você está na página 1de 44

Bebop / Jazz Modal:

Transição e características
Como se fez a mudança?

• Encontros Nocturnos

• Bares: Minton´s / Monroe´s

• Jam Sessions
Bebop – Desenvolvimento do estilo

• Improvisação sobre estruturas harmónicas já


existentes;

• Escreviam temas apartir dos seus improvisos;


Músicos mais notáveis no estilo:
CHARLIE PARKER
DIZZY GILLESPIE
THELONIOUS MONK
BUD POWELL
KENNY CLARKE
MILES DAVIS
Bebop - Características
• Tempos rápidos e energéticos;
• Estilo de notável dificuldade técnica;
• Temas com muita harmonia;
• Improvisação vertical;
• Uso de arpejos dos acordes;
• Escalas Bebop;
• Padrões melódicos;
• Variações rítmicas (pulsação rítmica inconstante);
• Poliritmias;
• Deslocamento rítmico das frases;
• Interacção musical;
• Melodias complexas e pouco audíveis;
• Aproximações cromáticas;
• Improvisação “matemática” (notas alvo);
• Ornamentação de notas chave;
• Formas mais comuns: AABA/Blues;
• Linhas de baixo à seminima (walking bass lines);
• Uso de longas sucessões de colcheias (tercinadas ou swingadas):
Arpejo dos acordes

3 5 b7 9

1 b3 5 b7 9 11
3 5 7 9 b3 5 b7 9

3 5 b7 T

3 5 b7 9

1 b3 b5 bb7

b3 5 b7 9
1 b3 5 b7 9 11

3 5 7 9

3 5 b7 9
1 b3 5 b7

5 3 1
3 5 b7

1 b3 b5

1 b3 5
3 5 7

1 b3 5 b7 9 11 3 5 7 9
3 5 7

3 5 b7 9

5 b7 9 11
Uso de cromatismo
3 5 7 9
Notas alvo (3º grau do acorde)
Deslocamento rítmico

1 b3 b5
3 5 b7 9

1 b3 5 b7 9 11
3 5 7 9 b3 5 b7 9

3 5 b7 T

3 5 b7 9

1 b3 b5 bb7

b3 5 b7 9
1 b3 5 b7 9 11

3 5 7 9

3 5 b7 9
1 b3 5 b7

5 3 1
3 5 b7

1 b3 b5

1 b3 5
3 5 7

1 b3 5 b7 9 11 3 5 7 9
3 5 7

3 5 b7 9

5 b7 9 11
Do Bebop ao Jazz Modal
Músicos mais notáveis
MILES DAVIS
HERBIE HANCOCK
BILL EVANS
WYNTON KELLY
JIMMY COBB
JOHN COLTRANE
PAUL CHAMBERS
Jazz Modal - Características

• Pouca Harmonia;
• Desenvolvimento motivico e melódico;
• Repetições rítmicas;
• Maior espaço;
• Maior criatividade;
• Improvisação na horizontal (modos gregos)
• Uso de paralelismos;
• Várias escalas para um só acorde;
• Notas-pedais;
• Uso de progressões harmónicas;
Resolução na tónica
Desenvolvimento Motivico
Motivo

Resolução na tónica com repetição rítmica


Resolução na tónica com repetição rítmica

Resolução na tónica com repetição rítmica


Desenvolvimento Motivico
Motivo

Paralelismo diatónico
Quadro comparativo
Bebop Jazz Modal

• Improvisação sobre os acordes (na • Improvisação sobre as escalas (na


vertical); horizontal);

• Frases “matemáticas”; • Desenvolvimento motivico;

• Muita harmonia / pouco espaço; • Pouca harmonia / muito espaço;

• Maior dificuldade técnica e menor • Menor dificuldade técnica e maior


criatividade; criatividade;

• Baixo à seminima; • Notas pedais / maior liberdade;

• Escalas Bebop / cromatismo; • Modos Gregos;

• Deslocamento rítmico e poliritmias; • Deslocamento ritmico e poliritmias;

• Melodias pouco audíveis; • Melodias mais audíveis e expressivas;