Você está na página 1de 7

Sequências

textuais
Sequências textuais

Organização de sequências textuais

Qualquer texto é constituído por um conjunto de sequências que,


organizadas entre si, determinam a estrutura global, permitindo a sua
classificação como, predominantemente, pertencente a uma determinada
família de textos.
Essas sequências podem ser de natureza:

narrativa descritiva argumentativa

explicativa dialogal
Sequências textuais

Narrativa
Narração de acontecimentos, vividos por personagens num determinado
espaço, e que apresentam uma certa sequencialização temporal.

Géneros
Exemplificação Marcas
textuais
“Calmamente, o Felismino acabou  Pretérito perfeito Biografia
então de se vestir, foi à gaveta do alternando com pretérito Memórias
pão buscar uma côdea, e quando imperfeito e presente do Conto
acabou de mastigar bebeu dum indicativo.
Fábula
trago um cálice de aguardente.  Conectores de
Depois, pôs o cinturão, tirou a arma Lenda
natureza espácio- Notícia
do prego…”
Miguel Torga,
temporal.
 Articuladores que Novela
Novos contos da montanha, “A caçada” demarcam a sequencialização Romance
narrativa.
Sequências textuais

Descritiva
Apresentação da descrição de um objeto/tema ao qual se atribuem
características/qualidades.

Géneros
Exemplificação Marcas
textuais

“Visto de dentro da capa de  Predomínio de verbos de estado: Retrato


oleado, o mundo parecia uma ser, estar, parecer…
Adivinha
coisa irreal, alva, inefável como  Utilização do presente e/ou
um sonho. O céu estava ainda imperfeito do indicativo para
mais silencioso e mais alto que transmitir a perspetiva durativa.
de costume.”  Estruturas qualificativas
Miguel Torga, (modificadores/orações relativas …).
Novos contos da montanha, “Fronteira”
 Abundância de recursos
expressivos.
Sequências textuais

Argumentativa
A intenção comunicativa é a de convencer, persuadir o interlocutor. A
argumentação está presente em várias situações do dia a dia: discussões, debates,
diálogos…

Géneros
Exemplificação Marcas
textuais
Comunidade edp  Verbos no presente Artigo de
Vantagens que nos unem. do indicativo. opinião
Poupe na sua fatura de energia. Discurso
 Estruturação do discurso
A sua família pode poupar ainda mais. político
argumentativo: tese 
Com a Comunidade EDP ganha descontos na
argumentação  conclusão. Sermão
sua fatura de energia, através de compras nos
nossos parceiros e também encontra as Texto
 Abundância de publicitário
melhores dicas de eficiência energética, para conectores que marcam a
aplicar em sua casa e poupar no seu dia a dia. progressão e articulam as Diálogo
diferentes partes do texto. argumen-
Visão, n.˚ 1217, 30/06 a 06/07/2016 tativo
Sequências textuais

Explicativa
A intenção comunicativa é a de explicar, expor e informar. O objetivo é conduzir
o leitor à compreensão da informação fornecida.
Géneros
Exemplificação Marcas
textuais
Como é que os colibris pairam  Utilização predominante Artigos
Incrivelmente, os colibris – ou beija-flores – do presente do indicativo. de natureza
têm imensa dificuldade em andar devido às científica ou
 Discurso
suas patas minúsculas. Em vez disso, pairam enciclopédica
predominantemente
sobre o solo batendo as suas asas num de terceira pessoa. Definições
movimento em forma de oito, cerca de 80
 Especificidade lexical
vezes por segundo. […]
(de acordo com a temática
A ave baixa significativamente a temperatura
tratada).
corporal e a atividade metabólica e,
basicamente, “desmaia” para conservar  Estruturas qualificativas
energia. (modificadores, orações
Quero Saber, janeiro de 2015 relativas, …).
Sequências textuais

Dialogal
Ocorre sempre que os interlocutores conversam, usando da palavra
alternadamente. Está presente em qualquer interação verbal, em diferentes situações
e contextos.
Géneros
Exemplificação Marcas
textuais
Augusto mudou de tom, dizendo-  Referenciação deítica Conversa
-lhe:
− Prometes passar por minha casa  Marcas relacionadas com a situação de Diálogo
produção do discurso: alternância da
esta madrugada? Debate
primeira e da segunda pessoas e formas
− Pois sempre quer?...
verbais no presente do indicativo.
− Se não partir contigo, partirei só. Entrevista
− Nesse caso…  Discurso marcado pelas características
− Espero-te. Aonde vais agora? da oralidade (repetições, pausas, …).
− Ao mosteiro.
− Ah!... vais ao mosteiro?...  No registo escrito, apresenta
travessões e mudança de linha para
Júlio Dinis, A morgadinha dos canaviais assinalar a mudança de interlocutor.