Você está na página 1de 29

RA NÇ A

SEG U
BA LH O
NO T RA
CAUSAS E PREVENÇÕES
DE ACIDENTES

GESTÃO DE PESSOAS

Erick dos Anjos Prof.: Roseli


Ewanderson Roberto
Markos Lones
Matheus Ricardo
Segurança no Trabalho
O que é?

Não são apenas profissões de


cuidado ao trabalhador
Ciência que estuda a ocorrência
de acidentes do trabalho de
forma a preveni-los e proteger a
saúde do trabalhador
Garantia de bem estar
ACIDENTE DE TRABALHO

De acordo com o artigo 19 da lei 8.213, publicada em 24 de


julho de 1991, e alterada pelo Decreto n 611, de 21 de julho
de 1992, ”Acidente de trabalho é aquele que ocorre
pelo exercício do trabalho, a serviço da empresa, ou
ainda, pelo serviço de trabalho de segurados
especiais, provocando lesão corporal ou perturbação
funcional que cause a morte, a perda ou redução da
capacidade para o trabalho, permanente ou
temporária”.

Ministério do Trabalho (1995).


Tipos de Acidente
• Acidente típico: Acontecimento
brusco, repentino, inesperado, e
traumático, ocorrido durante o
trabalho ou em razão dele, que
agride a integridade física ou
psíquica do trabalhador.
• Video exemplificando
Tipos de Acidente
• Acidente de trajeto: São aqueles
sofridos no percurso da residência
para o local de trabalho ou deste
para aquela, qualquer que seja o
meio de locomoção, inclusive
veículo de propriedade do segurado.
• Video exemplificando
Doenças Ocupacionais
• Doença profissional: É a produzida
ou desencadeada pelo exercício do
trabalho peculiar a determinada
atividade. (Art. 20 da lei 8213/91)
• Video exemplificando
Doenças Ocupacionais
• Doença do trabalho: É a adquirida
ou desencadeada em função de
condições especiais em que o
trabalho é realizado e com ele se
relacione diretamente. (Art. 20 da lei
8213/91)
• Video exemplificando
Acidente de Trabalho
2004 2005 2006

MOTIVO Qtde % Qtde % Qtde %

TÍPICO 375.171 80,6 398.613 79,8 406.264 80

TRAJET
60.335 12,9 67.971 13,6 73.981 14,7
O

DOENÇA 30.194 6,5 33.096 6,6 26.645 5,3

TOTAL 465.700 100 499.680 100 503.890 100

FONTE:
CAUSAS
Jornada de trabalho prolongada
Pressão de trabalho
Desatenção ou Distração
Falta de manutenção de máquinas e
equipamentos
Trabalho com esforço repetitivo
• Video exemplificando
CAUSAS
Manuseio de cargas
Manuseio de produtos perigosos
Organização e limpeza do ambiente
de trabalho
Velocidade
Relações interpessoais no trabalho
• Vídeo exemplificando
Profissionais da Segurança do Trabalho
O que é o DDS? (Diálogo Diário de Segurança)
Despertar nos colaboradores a conscientização
em relação a suas atividades diárias em prol da
segurança, saúde, meio ambiente e qualidade
das mesmas

Finalidade: informar os trabalhadores sobre os


procedimentos de segurança para o trabalho,
assim como divulgar medidas de prevenção de
doenças e acidentes que precisam ser adotadas.
EPI - Equipamento de Proteção
Individual

Equipamentos a fim de proteger


individualmente cada usuário a fim de
combater algum risco existente
presente  saúde ou integridade física
do trabalhador.

todos os EPIs deve apresentar o Certificado


de Aprovação – CA, que pode ser verificado
facilmente no site do Ministério do Trabalho
para verificar quais as condições do CA de
um determinado produto.
EXEMPLOS DE EPI

• Calçados de segurança • Cinto de Segurança


• Capacete de segurança • Vestimentas Especiais
• Luvas de segurança • Protetor facial
• Óculos de segurança • Protetor auricular e
• Máscaras respiratórias abafador de ruído
NRs – Normas Regulamentadoras
• Segundo o MTE, obrigações trabalhistas que
devem ser cumpridas por todo contratante.
• Cada norma regulamentadora visa a prevenção de
acidentes e doenças provocadas ou agravadas pelo
serviço.
• Estabelecem os parâmetros mínimos e as
instruções sobre saúde e segurança
• Servem para nortear as ações dos empregadores e
orientar os funcionários, de forma que o ambiente
laboral se torne um local saudável e decente.
1) Disposições Gerais 1) Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e
2) Inspeção Prévia Combustíveis
3) Embargo ou Interdição 2) Trabalho a Céu Aberto
4) Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e 3) Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração
em Medicina do Trabalho 4) Proteção Contra Incêndios
5) Comissão Interna de Prevenção de Acidentes 5) Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de
6) Equipamentos de Proteção Individual (EPI) Trabalho
7) Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional 6) Resíduos Industriais
(PCMSO) 7) Sinalização de Segurança
8) Edificações 8) Revogada pela Portaria GM n.º 262, 29052008 Registro
9) Programas de Prevenção de Riscos Ambientais Profissional do Técnico de Segurança do Trabalho no
10) Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade MTB
11) Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de 9) Fiscalização e Penalidades
Materiais 10) Segurança e Saúde no Trabalho Portuário
12) Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos 11) Segurança e Saúde no Trabalho Aquaviário
13) Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações 12) Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária
14) Fornos Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura
15) Atividades e Operações Insalubres 13) Segurança e Saúde no Trabalho em Estabelecimentos de
Saúde
16) Atividades e Operações Perigosas
14) Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados
17) Ergonomia
15) Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da
18) Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da
Construção e Reparação Naval
Construção
16) Trabalho em Altura
19) Explosivos
17) Segurança e Saúde no Trabalho em Empresas de Abate
e Processamento de Carnes e Derivados
+ SEGURANÇA - ACIDENTES – DESPESAS = $$$$
$$