Você está na página 1de 38

NUTRIÇÃO DO IDOSO 3547 – Nutrição e Dietética no

Domicílio
OBJETIVOS
1. Conhecer os fatores que estão relacionados com a velocidade de envelhecimento;
2. Saber quais são as alterações e complicações caraterísticas dos idosos;
3. Caraterizar as necessidades nutricionais dos idoso;
4. Identificar e caraterizar a má nutrição dos idosos;
5. Enumerar as medidas que ajudam a evitar a má nutrição nos idosos;
6. Conhecer e caraterizar as necessidades especiais dos idosos;
7. Aplicar os conhecimentos adquiridos.

FORMADORA: DIANA ROSA


ENQUADRAMENTO DO ENVELHECIMENTO

 Genética  Social
 Género  Estilos de Vida
 Psicológicos
 Ambientais

Vão influenciar o estado nutricional do idoso

FORMADORA: DIANA ROSA


ALTERAÇÕES NORMAIS DO IDOSO
Perda da Sensação de Sede

Diminuição da Função Imunitária Diminuição da Densidade Óssea

Aumento da Massa Gorda Perda de Massa Muscular

Obstipação Envelhecimento Boco-


dentário

Dificuldades Digestivas Diminuição do Olfato e do Paladar

FORMADORA: DIANA ROSA


POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES DO IDOSO
 Anemia
 Desidratação
 Demência
 Cancro
 Depressão
 Intolerância à Lactose
 Intolerância ao Glúten

FORMADORA: DIANA ROSA


NECESSIDADES DO IDOSO

Cálcio
Vitaminas
Ferro

Energia

FORMADORA: DIANA ROSA


MÁ NUTRIÇÃO NO IDOSO
Má Nutrição pode ser consequência do
excesso ou défice de nutrientes e/ou
energia que pode alterar negativamente Excesso de
Nutrientes
o estado nutricional dos idosos:
 Mortalidade
 Gravidade das Doenças Crónicas
 Hospitalização
 Despesa com Saúde Défice de
Nutrientes

FORMADORA: DIANA ROSA


MÁ NUTRIÇÃO NO IDOSO
Nos idosos, é mais comum existir défice de
nutrientes do que excesso. Tal deve-se
essencialmente às alterações a nível da
alimentação que diminui o volume ingerido. Excesso de
Nutrientes

 Ferro
 Cálcio
Défice de
Nutrientes
FORMADORA: DIANA ROSA
DESNUTRIÇÃO NO IDOSO
Olhos Encovados

O défice de nutrientes no organismo do


idoso provoca situações de desnutrição.
Esta situação carateriza-se por
alterações corporais do idoso, perda de
peso e perda de força muscular.

Falta de Músculo
Cara Encovada
nas mãos

FORMADORA: DIANA ROSA


IDENTIFICAÇÃO DE DÉFICES NUTRICIONAIS
EM IDOSOS - CÁLCIO
O défice de cálcio pode ser detetado por:
 Unhas amarelas, grossas, fracas e com
ondulações;
 Ossos mais frágeis;
 Cáries dentárias.

FORMADORA: DIANA ROSA


COMBATER/EVITAR DÉFICES DE CÁLCIO

Para combater os défices de cálcio deve-se:


Quem não tolerar a lactose do leite pode substituí-los
 Aumentar o consumo de leite e derivados;
por leite sem lactose, iogurtes e queijos.
 Aumentar o aporte diário de Vitamina D.

A Vitamina D facilita a absorção do cálcio e


encontra-se em:
 Peixes gordos (salmão, sardinha,
cavala, por exemplo);
 Óleo de Fígado de Bacalhau;
 Fígado.
FORMADORA: DIANA ROSA
IDENTIFICAÇÃO DE DÉFICES NUTRICIONAIS
EM IDOSOS - FERRO

O défice de ferro pode ser detetado por:


 Palidez da conjuntiva;
 Pele pálida e amarelada;
 Cansaço;
 Frio anormal.

FORMADORA: DIANA ROSA


COMBATER/EVITAR DÉFICES DE FERRO
Para combater os défices de ferro deve-se:
 Consumir carne de vaca magra;
 Aumentar o consumo de leguminosas;
 Aumentar o consumo de legumes de cor verde;
 Aumentar o consumo de alimentos ricos em Vitamina C.

A Vitamina C facilita a absorção do ferro e encontra-se em:


 Frutas cítricas;
 Frutas antioxidantes;
 Brócolos.
FORMADORA: DIANA ROSA
DESIDRATAÇÃO NO IDOSO - SINTOMAS

FORMADORA: DIANA ROSA


DESIDRATAÇÃO NO IDOSO - CAUSAS
Dificuldade de Movimentos Perda da Sensação de Sede

Diabetes Diarreias

Demência Transpiração

FORMADORA: DIANA ROSA


Água
(Criar alturas do dia para beber água, por exempl

DESIDRATAÇÃO NO IDOSO –
COMO COMBATER/EVITAR? Chás
(Frios ou quentes)

Água Aromatizada

Rodelas de Ananás
(No forno com canela ou fresco com hortelã)

Gelados de Água e Fruta

Gelatina

FORMADORA: DIANA ROSA


EXCESSO DE SÓDIO NO IDOSO

O excesso de sódio no idoso pode provocar:


 Retenção de líquidos
 Hipertensão
 Doenças Cardiovasculares
 Cancro do Estômago
 Problemas renais

FORMADORA: DIANA ROSA


EXCESSO DE SÓDIO NO IDOSO –
COMO DIMINUIR?
Reduzir gradualmente o sal adicionado

Não colocar saleiro na mesa


Juntar o sal no final da confeção

Passar por água os alimentos enlatados


Utilizar ervas aromáticas na confeção dos pratos

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO Necessidades Especiais
DIABÉTICO
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO DIABÉTICO
o Aumentar o consumo de água;
Complicações associadas ao
o Acompanhar a fruta com alimentos ricos em fibra; Complicações associadas ao
descontrolo dos níveis de açúcar
descontrolo dos níveis de açúcar
o Aumentar os hortícolas na refeição; em diabéticos:
em diabéticos:
o Diminuir alimentos com glúcidos simples;  Insuficiência renal;
 Insuficiência renal;
 Problemas de visão;
o Não disponibilizar açúcar para adição (substituir por adoçante);  Problemas de visão;
 Dificuldade de cicatrização;
o Reduzir o consumo de sobremesas doces;  Dificuldade de cicatrização;
 Problemas cardiovasculares.
 Problemas cardiovasculares.
o Fazer reforços alimentares em intervalos de 2h ou 3h.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO Necessidades Especiais
HIPERTENSO
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO HIPERTENSO

o Aumentar o consumo de água;


o Reduzir o consumo de sal adicionado;
o Reduzir o consumo de produtos enlatados;
o Reduzir o consumo de enchidos;
o Reduzir o consumo de bacalhau;
o Promover o consumo de pão com menos sal.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO COM Necessidades Especiais
COLESTEROL
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO COM COLESTEROL

o Aumentar o consumo de hortícolas no prato;


o Reduzir o consumo de carnes vermelhas; Complicações associadas ao
Complicações associadas ao
o Reduzir o consumo de fritos; descontrolo dos níveis de colesterol:
descontrolo dos níveis de colesterol:
 Insuficiência cardíaca
o Reduzir o consumo de produtos enlatados;  Insuficiência cardíaca
 Enfarte agudo do miocárdio;
o Reduzir o consumo de molhos;  Enfarte agudo do miocárdio;
 Acidente vascular cerebral;
 Acidente vascular cerebral;
o Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra.  Arteriosclerose.
 Arteriosclerose.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO Necessidades Especiais
OBSTIPADO
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO OBSTIPADO

o Aumentar o consumo de hortícolas no prato;


o Aumentar o consumo de frutas (em especial citrinos);
o Aumentar o consumo de cereais integrais;
o Aumentar o consumo de água;
É considerado obstipação
o Aumentar o consumo de iogurtes. quando o idoso está há mais
de três dias com prisão de
ventre.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO Necessidades Especiais
INTOLERANTE À LACTOSE
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO INTOLERANTE À LACTOSE

o Substituir o leite de vaca magro ou meio gordo por leite sem lactose;
o Substituir a manteiga de vaca por creme vegetal;
o Eliminar o consumo de queijo;
o Aumentar o consumo de legumes com folhas verdes escuras;
o Eliminar o consumo de iogurtes com lactose;
o Eliminar o consumo de alimentos que contenham lactose.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO Necessidades Especiais
INTOLERANTE AO GLÚTEN
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO INTOLERANTE AO GLÚTEN

o Substituir as farinhas de trigo, aveia e centeio por farinhas de arroz, milho ou mandioca;
o Substituir queijos curados por queijos frescos;
o Eliminar alimentos embutidos, como as salsichas e fiambre;
o Eliminar produtos com molho de soja.

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO COM Necessidades Especiais
DIFICULDADES EM COMER
FORMADORA: DIANA ROSA
IDOSO COM DIFICULDADES EM COMER
o Modificar a consistência dos alimentos;
o Diminuir o consumo das carnes vermelhas;
o Diminuir o consumo de alimentos secos;
o Diminuir o consumo de fruta crua;
o Cozinhar durante mais tempo as hortícolas;
o Triturar/Cortas finamente as carnes e peixes;
o Diminuir o consumo de carnes grelhadas/assadas;
o Tornar as refeições mais apelativas a nível do sabor.

FORMADORA: DIANA ROSA


ADAPTAÇÃO DA CONSISTÊNCIA
Cremes
Açordas
(sopa)
Purés
Ensopad
os Pratos de
Consistência Mole e Empadã
Suave
o
Ovos Mexidos,
Cozidos ou
Escalfados
Caldeirada
Massada de Peixes
de Peixe
FORMADORA: DIANA ROSA
ALIMENTAÇÃO PASTOSA
• Sopa de Legumes Triturada
• Sumo de uma laranja (descascada e
triturada a polpa)
• Bife de frango grelhado
• Arroz de cenoura Quando utilizar dieta pastosa?
Dieta Pastosa • Puré de ervilhas  Pouca dentição
 Dor ao engolir
 Dificuldade em engolir
 Acamados

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO NO IDOSO DEMENTE Necessidades Especiais

FORMADORA: DIANA ROSA


IDOSO DEMENTE
o Tornar o prato mais apelativo visualmente;
o Tornar o prato mais apelativo a nível do sabor;
o Comer com supervisão (de preferência fazer um turno de almoço/jantar para idosos dementes);
o Triturar/Cortar finamente os alimentos;
o Incentivar o consumo de hortícolas.

FORMADORA: DIANA ROSA


ORGANIZAÇÃO DO PRATO

Hortícolas

Cereais e Carne, Peixe,


Tubérculos Ovos ou
Leguminosas

FORMADORA: DIANA ROSA


NUTRIÇÃO DO IDOSO 3547 – Nutrição e Dietética no
Domicílio

Você também pode gostar