Você está na página 1de 44

Códigos e Linguagens e suas

Tecnologias - Português
Ensino Médio, 3ª série

A literatura brasileira contemporânea


História / Literatura, 3ª Série
Literatura brasileira contemporânea

Aulão História & Literatura

Ex-presidentes da esquerda para direita: (a) Getúlio Vargas / Governo do Brasil / Domínio Público (b) Juscelino Kubitschek / Agência Brasil /
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil (c) Garrastazu Medici / Agência Brasil / Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil (d) Tancredo Neves / Agência Brasil
/ Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil (e) Fernando Collor / Agência Brasil - Ubirajara Dettimar / Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil (f) Fernando
Henrique Cardoso / Agência Brasil / Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil (g) Luiz Inácio Lula da Silva / Agência Brasil - Ricardo Stuckert /
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil

De Getúlio Vargas à
Redemocratização
Vamos voltar no tempo, numa viagem
de (Re)descoberta da História Política,
Social e Cultural do Brasil nas décadas
de 50, 60, 70 e 80?
Nossa viagem começa na década de 50...

Imagens das décadas de 1950, 60, 70 e 80 da esquerda para direita: (a) Oscar Niemeyer / Arquivo Público do
Distrito Federal / Domínio Público (b) Roberto Carlos / Dantadd/ Domínio Público (c) Getúlio Vargas / Governo do
Brasil / Domínio Público (d) Marilyn Monroe/ 20th Century Fox / Public Domain (e) Elvis Presley Metro-Goldwyn-
Mayer, Inc. / Public Domain (f) Quadro de Luiz Gonzaga / Patrick-br / GNU Free Documentation License (g) VW
Kombi / Rafael Ruivo / GNU Free Documentation License (h) John Lennon / Roy Kerwood / Creative Commons
Attribution 2.5 Generic (i) Carmen Miranda / The Gang's All Here / Public Domain
Getúlio Vargas, 24 de agosto de 1954

http://www.youtube.com/watch?v=AL04DWXAslw
“ (...) Lutei contra a espoliação

Getúlio Vargas / Governo do Brasil / Domínio Público


do Brasil. Lutei contra a
espoliação do povo. Tenho
lutado de peito aberto. O ódio,
as infâmias, a calúnia não
abateram meu ânimo. Eu vos
dei a minha vida. Agora vos
ofereço a minha morte. Nada

Imagem:
receio. Serenamente dou o
primeiro passo no caminho da
eternidade e saio da vida para
entrar na História.”
(Trecho da carta de Getúlio Vargas)
GETÚLIO VARGAS (1951 – 1954) [1]

PTB + PSP

Crise econômica – inflação e falta de recursos.

Crise política – greves e pressões de oposicionistas.

Criação do BNDE - investimentos industriais nacionais.
NACIONALISMO X LIBERALISMO (“Entreguismo”)

* Estudantes, sindicalistas, PTB, UDN, empresários ligados aos


comunistas. EUA, setores das forças armadas
(ESG) e dos meios de comunicação.
* Campanha “O Petróleo é nosso!”
Criação da Petrobrás (1953).
Criação da Eletrobrás.
Aumento de 100% para o salário mínimo (MAI/1954).
Jango.
Críticas generalizadas da oposição.
“Manifesto dos Coronéis”
Atentado da Rua Toneleiros (AGO/54).
“República do Galeão”.
Pressões para renúncia.
Suicídio (24/08/1954). [2]
Imagens: (a) Logotipo da Petrobras / Petrobras –
Petróleo Brasileiro S.A. / Domínio público (b) Pijama e
revólver usados pelo presidente Getúlio Vargas na
madrugada
em que se suicidou. Museu da República / Yanguas /
Domínio Público
- O FINAL DO MANDATO DE VARGAS
(1954 – 1956)
Café Filho (PSD – vice): aproximação com
UDN. SUMOC 113 – facilidades de
importações para empresas estrangeiras.
Afastamento por doença.

Carlos Luz (PSD - Presidente do


Congresso Nacional) assume: tentativa de
golpe.

Impedido pelo Marechal Henrique T. Lott.


[3]
Imagens: (a) João Café Filho, presidente do Brasil (1954-
1955) / Agência Brasil / Domínio público (b) Carlos Luz / Ohio
/ O detentor dos direitos autorais desta imagem permite que
qualquer um a utilize para qualquer propósito, incluindo
redistribuição sem restrição, uso comercial e modificações
- JUSCELINO KUBITSCHEK
(1956 – 1961):
•PSD + PTB;
•Democrata, hábil politicamente.
“Presidente Bossa Nova”;
•Desenvolvimentismo;
“50 anos em 5”
Plano de Metas – ênfase na
indústria; [4]
Imagem: Juscelino Kubitschek / Agência Brasil /
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil
Facilidades para multinacionais – setor automotivo. [5]

Carros brasileiros: (a) Romi Isetta / Alberto Salguero / GNU Free Documentation License (b) VW Fusca / Sven Storbeck / GNU Free Documentation
License
Construção de estradas (Belém-Brasília) e usinas (Furnas,
Três Marias);
Construção de Brasília (1960);
Empréstimos – endividamento externo;
Urbanização intensa e desordenada;
SUDENE (fracasso);
Inflação e concentração de renda;
1960 – Rompimento com FMI. [6]

Imagem: Montagem de fotos da cidade de Brasília,


Brasil / Heitor Carvalho Jorge /
GNU Free Documentation License
E SURGE UMA NOVA CAPITAL...

Construção de Brasília: (a) Construção dos edifícios ministeriais em Brasília / Arquivo Público do Distrito Federal / GNU Free Documentation License
(b) Esboço da nova capital federal do brasil, feito pela Comissão para Localização da Capital Federal / Comissão para Localização da Capital Federal
/ Domínio Público
"PROJETAR BRASÍLIA PARA OS POLÍTICOS QUE VOCÊS
COLOCARAM LÁ, FOI COMO CRIAR UM LINDO VASO DE
FLORES PRÁ VOCÊS USAREM COMO PENICO.
HOJE EU VEJO, TRISTEMENTE, QUE BRASÍLIA NUNCA
DEVERIA TER SIDO PROJETADA EM FORMA DE AVIÃO,
MAS SIM DE CAMBURÃO”.

(Oscar Niemeyer) - 08.09.2011

Imagem: Oscar Niemeyer / Valter Campanato/Abr /


Creative Commons - Atribuição 2.5 Brasil
JÂNIO QUADROS (1961):
•Sem base partidária: PTN (Partido Trabalhista acional),
de representação inexpressiva;
•Teatral, contraditório, apresentava-se como a
renovação política;
•Vassoura – símbolo de campanha (“varrer a corrupçã
o”);
•Apoio da UDN – “UDN de porre”.

Imagem: Jânio Quadros / Agência Brasil


/Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil
Política interna:
• conservadorismo econômico;
• Congelamento de salários;
• Corte de subsídios para o trigo e o
petróleo;
• Inflação.

Política externa:
• “independente” – não alinhamento;
• Reatou relações diplomáticas com
URSS, CHINA e CUBA;
• Condecorou Ernesto “Chê” Guevara.
Moralismo:
• Proibição de brigas de
galo;
• Proibição de corridas de
cavalo em dias úteis;
• Proibição do uso do
biquíni;
• Descontentamento geral;
• Renúncia.

Imagem: Carta de renúncia de Jânio Quadros /


Kaktus Kid / GNU Free Documentation License
JOÃO GOULART (1961 – 1964):

• PTB
• Crise para a posse – medo do comunismo:
1961: Movimento da Legalidade (Leonel Brizola –
RS);
• Solução negociada – instituição do parlamentarismo
(Tancredo Neves);
• 1963: Retomada de poderes (volta do
presidencialismo – plebiscito).

Imagem: Foto oficial de João


Goulart / Governo do Brasil /
Domínio Público
Lei de Remessa de Lucros:
• Descontentamento dos EUA e da oposição
ligada a UDN;
• Plano Trienal de Desenvolvimento;
• Reformas de Base (agrária, urbana, política
e educacional);
• Atuação intensa das Ligas Camponesas.
Acirramento de atritos entre defensores e opositores do governo:
MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS
COMÍCIO DA CENTRAL DO
BRASIL (RJ) - Manifestação de
apoio ao presidente. X PELA LIBERDADE (SP) –
Manifestação contrária ao
presidente.
31/3/1964: Golpe militar derruba o presidente e
institui a ditadura no país.

http://www.youtube.com/watch?v=T8p6j1X1DX0
Governo Militar (1964 – 1985):
• Uma Junta Militar chamada de Comando Supremo da
Revolução assumiu o governo;
• O Primeiro Ato Institucional (AI – 1) aumentava os poderes
do executivo.
→ Governo Castelo Branco (1964 – 1967) – Um General de
Sorbonne

AI – 2. Aboliu os partidos e transformou em indiretas as


eleições para presidente;

AI – 3. Cancelou eleições para governadores, prefeitos


de capitais e cidades polos e instaurou o bipartidarismo
(ARENA / MDB);
Paeg (Plano de Ação Econômica do Governo);
Imagem: Foto oficial de Humberto
AI – 4. Reabertura do Congresso para aprovação da de Alencar Castelo Branco /
Governo do Brasil / Domínio Público
Constituição (1967);
Os Atos Institucionais foram garantidos pela prática dos
expurgos.
A Censura fazia cada vez mais parte da
realidade brasileira, levando intelectuais a se
calarem, serem presos, torturados, exilados.

http://www.youtube.com/watch?v=13SqV1lQ-TQ&feature=related
“Estou acostumando a fazer e refazer a vida,
que muita gente quer resolver,
mas a vida não se resolve,
a vida se vive e eu vou viver lutando até o fim.”

Imagem: O político brasileiro Miguel Arraes /


José Cruz/ABr / Creative Commons Atribuição
3.0 Brasil
Em 1968, os estudantes continuavam a ser os
maiores inimigos do regime militar. Reprimidos
em suas entidades, passaram a ter voz através da
música.
A Música Popular Brasileira começa a atingir as
grandes massas, ousando falar o que não era
permitido à nação. Diante da força dos festivais da
MPB, no final da década de sessenta, o regime
militar vê-se ameaçado. Movimentos como a
Tropicália, com a sua irreverência de teor social-
cultural mais do que político-engajado, passou a
incomodar os militares.
Vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=__E4-sSMImA
A censura passou a ser a melhor forma da
ditadura combater as músicas de protesto
e de cunho que pudesse extrapolar a moral
da sociedade dominante e amiga do regime.
Com a promulgação do AI-5, em 1968, esta
censura à arte institucionalizou-se. A MPB
sofreu amputações de versos em várias das
suas canções, quando não eram totalmente
censuradas.
Para censurar a arte e as suas vertentes,
foi criada a Divisão de Censura de
Diversões Públicas (DCDP), por onde
deveriam, previamente, passar todas as
canções antes de executados nos meios
públicos.
Imagem: Censura / Stefan-Xp /
GNU Free Documentation License

Esta censura prévia não obedecia a qualquer


critério, os censores poderiam vetar tanto por
motivos políticos, ou de proteção à moral
vigente, como por simplesmente não
perceberem o que o autor queria dizer com o
conteúdo. A censura, além de cerceadora, era de
uma imbecilidade jamais repetida na história
cultural brasileira.
Governo Costa e Silva (1967 – 1969) Um
General Linha Dura

AI – 5. Fechamento do Congresso Nacional /


O Estado de Segurança Nacional /
Suspensão dos Direitos Civis / Qualquer
pessoa “suspeita” poderia ser presa /
Eliminação de qualquer forma legal de
protesto;

DOPS (Departamento de Ordem Política e


Social) / SNI (Serviço Nacional de
Informação) / DOI (Destacamento de
Operações e Informações) / CODI (Centro de
Operações e Defesa Interna);
Imagem: Foto oficial do Marechal Artur da
Costa e Silva, presidente do Brasil entre 1967 e
MR-8 (Movimento Revolucionário 8) / ALN 1969 / Governo do Brasil/ Domínio público

(Aliança Libertadora Nacional) / Teologia da


Libertação.
Governo Médici (1969 – 1974), outro linha dura:

• A esquerda armada foi derrotada em 1973;


• O Milagre Brasileiro;
• Noventa milhões em ação, pra frente Brasil, salve a seleção.

Imagem: Time brasileiro antes do jogo contra o


Peru na Copa do Mundo de 1970 / Caio
Brandão Costa / Domínio público
→ Geisel (1974 – 1979)
Pacote de Abril (1975);
Fim do Milagre;
Passeatas Relâmpagos /
Movimento Estudantil
Movimento Sindical.

Imagem: Ernesto Geisel, 29º presidente do


Brasil / Agência Brasil / Creative Commons
Atribuição 3.0 Brasil
A ARTE foi mudada, destruiu-se a estética tradicional, e impunha-
se a representação realista da realidade, que supunha que a
literatura ou a pintura espelhava ponto por ponto o real.

%C7OES/2010/Um_dia_1974_69/miniaturas/miniHumbert
Humberto Espíndola, Bovinocultura, 1969 /
http://www.mac.usp.br/mac/EXPOSI

o_espindola.jpg
É preciso entender (e não esquecer) que o
Modernismo foi a crise da representação realista
do mundo e da arte.
Na pintura e na escultura Pop, houve a fusão da
arte com a vida, que não queriam representar o
realismo, e nem interpretar, mas mostrar os
verdadeiros objetivos.

Imagem: "Tortura nunca mais" - Recife, Brasil. /


marcusrg / Creative Commons Attribution 2.0
Generic
Na literatura, o pós-modernismo prolonga a liberdade de
experimentação e invenção modernista, mas com algumas diferenças
do modernismo, pois eles queriam a destruição da forma romance e
querem o pastiche*, a paródia, o uso de formas gastas e de massa,
surge o nouveau roman que destrói a forma de romance, banindo o
enredo, o assunto e o personagem.

Photoshop, com o objetivo de ilustrar o termo


combinando elementos de dois arquivos em
Imagem: Um pastiche criado pelo usuário,

"pastiche" / DO11.10 / GNU Free


Documentation License
* Modernamente, o pastiche pode ser visto como uma espécie de colagem ou
montagem, tornando-se uma paródia em série ou colcha de retalhos de vários textos.
No Brasil, especificamente, a juventude das
décadas de 60 e 70 se tornava cada vez mais
politizada e envolvida com os movimentos que se
opunham à Ditadura Militar.

Ouvir a música:
http://jeocaz.wordpress.com/2008/09/0
3/a-musica-brasileira-e-a-censura-da-
ditadura-militar/
→ Figueiredo (1979 – 1985):
• Abertura Lenta e gradual;
• Anistia ampla, geral e irrestrita;
• Pluripartidarismo;
• Diretas Já;
• Consequências do Milagre Brasileiro.

Imagem: Foto oficial de João Figueiredo,


presidente do Brasil entre 1979 e 1985. /
Governo do Brasil / Domínio Público
Imagens: (a) Monumento erigido em homenagem à
trabalhadores do MST (Movimento dos Sem Terra) /
Angeloleithold / GNU Free Documentation License (b) Foto
oficial do presidente José Sarney. / Agência Senado /
Creative Commons Attribution 3.0 Brazil (c) Ulysses
Guimaraes e a Constituição Brasileira de 1988./
Agência Brasil / / Creative Commons Attribution 3.0 Brazil
REFERÊNCIAS

http://jeocaz.wordpress.com/2008/09/03/a-musica-brasileira-e-a-censura-da-ditadura-militar/
http://www.vagalume.com.br/especiais/anos-80.html
http://pt.shvoong.com/humanities/history/1651216-d%C3%A9cada-50-populismo-metas-desevolvimentistas/
http://listasliterarias.blogspot.com/2010/04/os-10-melhores-livros-da-decada-de-80.html
http://listasde10.blogspot.com/2010/04/10-filmes-sobre-ditadura-militar.html
http://jeocaz.wordpress.com/2008/09/03/a-musica-brasileira-e-a-censura-da-ditadura-militar/
http://resende.blogspot.com/2009/03/redentora-faria-hoje-45-anos.html
http://listasliterarias.blogspot.com/2010/04/os-10-melhores-livros-da-decada-de-80.html
http://www.revistabula.com/posts/listas/100-melhores-livros-de-todos-os-tempos-lista-das-listas
http://luctasocial.blogspot.com/2010/04/e-tudo-mudou-no-sindicalismo.html
http://www.fatoexpresso.com.br/2011/08/30/68-partidos-politicos-tentam-atrair-eleitores-no-brasil/
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
2a (a) Getúlio Vargas / Governo do Brasil / Domínio http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Getulio_Var 26/04/2012
Público gas_(1930).jpg
2b (b) Juscelino Kubitschek / Agência Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Juscelino.jp 26/04/2012
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil g
2c (c) Garrastazu Medici / Agência Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Garrastazu 26/04/2012
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil _m%C3%A9dici.jpg
2d (d) Tancredo Neves / Agência Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Tancredo_ 26/04/2012
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil Neves.jpg
2e (e) Fernando Collor / Agência Brasil - Ubirajara http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Fernando_c 26/04/2012
Dettimar / Creative Commons Atribuição 3.0 ollor.jpg
Brasil
2f (f) Fernando Henrique Cardoso / Agência Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Fhc- 26/04/2012
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil color.jpg
2g (g) Luiz Inácio Lula da Silva / Agência Brasil - http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Lula_- 26/04/2012
Ricardo Stuckert / Creative Commons Atribuição _foto_oficial05012007_edit.jpg
3.0 Brasil
4a (a) Oscar Niemeyer / Arquivo Público do Distrito http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Oscarni 26/04/2012
Federal / Domínio Público emeyer.jpg
4b (b) Roberto Carlos / Dantadd/ Domínio Público http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Roberto 26/04/2012
carlosinicioanos70.jpg
4c (c) Getúlio Vargas / Governo do Brasil / Domínio http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Getulio_Var 26/04/2012
Público gas_(1930).jpg
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
4d (d) Marilyn Monroe/ 20th Century Fox / Public http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Monroe 26/04/2012
Domain _sings_from_the_trailer_of_Niagra_2.jpg
4e (e) Elvis Presley Metro-Goldwyn-Mayer, Inc. / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:YoungEl 26/04/2012
Public Domain visPresley.jpg
4f (f) Quadro de Luiz Gonzaga / Patrick-br / GNU http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Caruaru 26/04/2012
Free Documentation License -S%C3%A3o-Jo%C3%A3o-2005-Luiz-Gonzaga.jpg
4g (g) VW Kombi / Rafael Ruivo / GNU Free http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Brazilia 26/04/2012
Documentation License n_Kombi.jpg
4h (h) John Lennon / Roy Kerwood / Creative http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lie_In_ 26/04/2012
Commons Attribution 2.5 Generic 15_--
_John_rehearses_Give_Peace_A_Chance.jpg
4i (i) Carmen Miranda / The Gang's All Here / Public http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Carmen 26/04/2012
Domain _Miranda_in_The_Gang
%27s_All_Here_trailer_cropped.jpg
6 Imagem: Getúlio Vargas / Governo do Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Getulio_Var 26/04/2012
Domínio Público gas_(1930).jpg
8a (a) Logotipo da Petrobras / Petrobras – Petróleo http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Petrobras.s 26/04/2012
Brasileiro S.A. / Domínio público vg
8b (b) Pijama e revólver usados pelo presidente http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:GetulioVarg 26/04/2012
Getúlio Vargas na madrugada asPijamaRevolver.jpg
em que se suicidou. Museu da República /
Yanguas / Domínio Público
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
9a (a) João Café Filho, presidente do Brasil (1954- http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Caf 26/04/2012
1955) / Agência Brasil / Domínio público %C3%A9_Filho.jpg
9b (b) Carlos Luz / Ohio / O detentor dos direitos http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:CarlosLuz.jp 26/04/2012
autorais desta imagem permite que qualquer um g
a utilize para qualquer propósito, incluindo
redistribuição sem restrição, uso comercial e
modificações
10 Juscelino Kubitschek / Agência Brasil / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Juscelino.jp 26/04/2012
Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil g
11a (a) Romi Isetta / Alberto Salguero / GNU Free http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Iso_Isetta.j 26/04/2012
Documentation License pg

11b (b) VW Fusca / Sven Storbeck / GNU Free http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Vw_kaefer_ 26/04/2012


Documentation License 1500_v_sst.jpg
12 Imagem: Montagem de fotos da cidade de http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Montagem 26/04/2012
Brasília, Brasil / Heitor Carvalho Jorge / _Bras%C3%ADlia.jpg
GNU Free Documentation License

13a (a) Construção dos edifícios ministeriais em http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:0741_NOV_ 26/04/2012


Brasília / Arquivo Público do Distrito Federal / B_05_Esplanada_dos_Ministerios_Brasilia_DF_0
GNU Free Documentation License 3_09_1959.jpg
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
13b (b) Esboço da nova capital federal do brasil, feito http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:PlanoVeraC 26/04/2012
pela Comissão para Localização da Capital ruz1.jpg
Federal / Comissão para Localização da Capital
Federal / Domínio Público
14 Imagem: Oscar Niemeyer / Valter http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Oscar_Nie 26/04/2012
Campanato/Abr / Creative Commons - meyer_cropped.jpg
Atribuição 2.5 Brasil
15 Imagem: Jânio Quadros / Agência Brasil http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Janio_Quad 26/04/2012
/Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil ros.png
17 Imagem: Carta de renúncia de Jânio Quadros / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:JanioQuadr 26/04/2012
Kaktus Kid / GNU Free Documentation License os.jpg
18 Imagem: Foto oficial de João Goulart / Governo http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Jango.jpg 26/04/2012
do Brasil / Domínio Público
23 Imagem: Foto oficial de Humberto de Alencar http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Castelobran 26/04/2012
Castelo Branco / Governo do Brasil / Domínio co.jpg
Público
25 Imagem: O político brasileiro Miguel Arraes / http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Miguel_Arr 26/04/2012
José Cruz/ABr / Creative Commons Atribuição aes.jpg
3.0 Brasil
28 Censura / Stefan-Xp / GNU Free Documentation http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Censors 26/04/2012
License hip.png
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
29 Foto oficial do Marechal Artur da Costa e Silva, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Costa_e 26/04/2012
presidente do Brasil entre 1967 e 1969 / _Silva.jpg
Governo do Brasil/ Domínio público
30 Imagem: Time brasileiro antes do jogo contra o http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Brazil_1970 26/04/2012
Peru na Copa do Mundo de 1970 / Caio Brandão .JPG
Costa / Domínio público
31 Imagem: Ernesto Geisel, 29º presidente do http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Ernesto_Ge 26/04/2012
Brasil / Agência Brasil / Creative Commons isel.jpg
Atribuição 3.0 Brasil
32 Humberto Espíndola, Bovinocultura ,1969 / http://www.mac.usp.br/mac/EXPOSI 26/04/2012
http://www.mac.usp.br/mac/EXPOSI %C7OES/2010/Um_dia_1974_69/miniaturas/min
%C7OES/2010/Um_dia_1974_69/miniaturas/min iHumberto_espindola.jpg
iHumberto_espindola.jpg
33 "Tortura nunca mais" - Recife, Brasil. / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Monum 26/04/2012
marcusrg / Creative Commons Attribution 2.0 ento_Tortura_Nunca_Mais_-_Recife.jpg
Generic
34 Imagem: Um pastiche criado pelo usuário, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pastich 26/04/2012
combinando elementos de dois arquivos em e.jpg
Photoshop, com o objetivo de ilustrar o termo
"pastiche" / DO11.10 / GNU Free
Documentation License
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
36 Imagem: Foto oficial de João Figueiredo, http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Figueire 26/04/2012
presidente do Brasil entre 1979 e 1985. / do.jpg
Governo do Brasil / Domínio Público
37a Imagens: (a) Monumento erigido em http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Monum 26/04/2012
homenagem à trabalhadores do MST entoMST.JPG
(Movimento dos Sem Terra) / Angeloleithold /
GNU Free Documentation License

37b (b) Foto oficial do presidente José Sarney. / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Sarneyo 26/04/2012


Agência Senado / Creative Commons Attribution ficial.jpg
3.0 Brazil
37c (c) Ulysses Guimaraes e a Constituição Brasileira http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ulysses 26/04/2012
de 1988./ Agência Brasil / / Creative Commons guimaraesconstituicao.jpg
Attribution 3.0 Brazil