Você está na página 1de 36

Melhoramento genético

melhoramento genético 
• ciência utilizada em plantas e animais para aumentar a frequência de 
alelos desejáveis em uma população animal ou vegetal.[1]
• Para ser iniciado um programa de melhoramento, é necessário haver 
variabilidade genética na população, e o progresso do programa será
maior tanto quanto for maior essa variabilidade.
Melhoramento genético
• Mudança da condição selvagem => Domesticação: trouxe aumento na
endogamia, na exogamia e nos acasalamentos dirigidos, com adição da
SELEÇÃO ARTIFICIAL além da SELEÇÃO NATURAL, já existente; - Modificações
no ambiente P = G + E: as diferenças entre os indivíduos foram manifestadas
mais claramente;
• ENDOGAMIA (acasalamento entre indivíduos com grau de parentesco
superior à média da população): provocou HOMOZIGOSE para certos
caracteres como PELAGEM e CONFORMAÇÃO => Diferenciação de
Populações; -
• EXOGAMIA (acasalamento entre indivíduos com grau de parentesco inferior à
média da população): cruzamento de animais com diferentes características;
Melhoramento genético
• Uso dos ACASALAMENTOS DIRIGIDOS: Ferramenta para obter os tipos de animais
desejados:
• * De animais SEMELHANTES: para concentrar na progênie uma determinada
característica;
• * De animais DIFERENTES: com fim de corrigir determinada característica; -

• SELEÇÃO: Diferentes taxas de reprodução dentro da população


• * Animais com algumas características tem mais filhos do que animais sem essas
características:
• GENES DOS ANIMAIS FAVORECIDOS SE TORNAM MAIS ABUNDANTES NA
POPULAÇÃO E DOS MENOS FAVORECIDOS MENOS ABUNDANTES.
Melhoramento genético
• - SELEÇÃO NATURAL: ocorre sem a intervenção do homem, base da
Teoria da Evolução proposta por Darwin em 1859; - SELEÇÃO
ARTIFICIAL OU DIRIGIDA: realizada pelos criadores, retendo para pais
da próxima geração alguns animais e eliminando outros da
reprodução, baseado em CRITÉRIOS que refletem seus INTERESSES. -
CARACTERES FAVORECIDOS em determinadas circunstâncias, podiam
NÃO SER os mesmos em outras circunstâncias; - Um criador ou grupo
de criadores podiam preferir um tipo de animal, enquanto que outro
grupo, podia preferir outro; - RAÇA ou TIPO: seleção dirigida no
sentido desse ideal particular;
Melhoramento genético
• Raça Aberdeen Angus: selecionada para produção de carne;
• Raça Holandesa: selecionada para produção de leite;
• Raça Jersey: selecionada para produção de leite e gordura;
• Raça Merino Australiano: selecionada para produção de lã;
• Raça Ile de France: selecionada para produção de carne;

• -O uso de pedigrees começou em fins do século XVIII na Inglaterra,


estabelecendo-se em meados do século XIX o início das SOCIEDADES DE
REGISTRO GENEALÓGICOS
Melhoramento genético
• Hoje temos a disposição tecnologias (BLUP, modelo animal), que
permitem obter DEPs de reprodutores com alta segurança; 
Biotecnologia: técnicas de impacto no melhoramento animal, como
I.A., T.E., sexagem de sêmen, clonagem, animais transgênicos
Melhoramento genético
• O processo de produção animal sofreu várias mudanças. As razões mais importantes das
modificações são:
• Novas exigências e mudanças na demanda pelo consumidor;
• Aplicação dos avanços tecnológicos para aumentar a eficiência no processo produtivo;
• Competitividade do mercado;
• Não basta produzir mais a preços econômicos, deve-se também produzir com qualidade;

• Modificações na demanda;
• Produtores: para reagir, terão que melhorar a seleção e os cruzamentos nos rebanhos.
• Aplicar eficientemente as técnicas modernas de melhoramento, para continuar obtendo
lucros
Melhoramento genético
• Para alterar populações GENETICAMENTE, o melhorista possui 2 estratégias
poderosas:
• Métodos de ACASALAMENTO: a decisão que o produtor toma relativa à
determinação de qual fêmea vai se acasalar com qual macho;
• SELEÇÃO: Decidir quais indivíduos serão mantidos para PAIS e, desta forma,
contribuirão com GENES para próxima GERAÇÃO.

• O objetivo genético da seleção é aumentar a freqüência de alelos com efeitos


desejáveis sobre características que estejam sendo objeto de um PROGRAMA
de MELHORAMENTO e a conseqüente diminuição da frequência de outros
alelos (menos desejáveis).
Melhoramento genético
• SELEÇÃO => significa proporcionar diferentes taxas reprodutivas aos
diferentes genótipos.
• A MAIOR DIFICULDADE em se IDENTIFICAR animais desejáveis é que o
mérito genético dos indivíduos, representado pelo CONJUNTO DE
GENES, seu GENÓTIPO, NÃO É VISÍVEL, devendo ser ESTIMADO.

• Esse processo de avaliar animais geneticamente é o que se chama de:


AVALIAÇÃO GENÉTICA.
Aspectos éticos do melhoramento genético
• https://www.youtube.com/watch?v=Gt1IqgVJ8OE
revisão
Conceitos de herança, ácidos nucleicos e melhoramento genético
DNA
• ( )Esta estrutura molecular é encontrada nas células de todos os
seres vivos.
( ) Existem cinco tipos de bases nitrogenadas que podem se ligar ao
açúcar.
( ) O açúcar, que se une ao fosfato e à base nitrogenada, tem em sua
estrutura 5 carbonos.
( )Os nucleotídeos são as unidades que formam os ácidos nucleicos.
( )Nucleotídeos se ligam por meio de suas bases nitrogenadas, e
também estabelecem ligações entre o açúcar de um e com o fosfato
do outro.
Acidos nucleicos
• ( ) Os ácidos nucleicos são moléculas gigantes formadas por unidades
chamadas de nucleotídeos.
( ) O RNA transportador é formado a partir de regiões específicas do
DNA.
( ) O RNA ribossômico associado com proteínas forma os ribossomos.
( ) O DNA apresenta-se altamente condensado nas células
procarióticas.
DNA
• ( ) Os nucletídeos de DNA têm em sua estrutura uma pentose que é a
ribose. ( ) No DNA, cada par de bases consiste em uma base purina e
uma base pirimidina, pareadas de acordo com a seguinte regra: G
pareia com C e A pareia com U. ( ) A duplicação do DNA é
semiconservativa, ou seja, toda fita nova de DNA formada tem uma
das fitas originária do DNA que foi usado como molde. ( ) Os dois
filamentos de nucleotideos são mantidos juntos por ligações
covalentes entre as bases de cada filamento, formando uma estrutura
como uma escada em espiral.
Acidos nucleicos
• Com base na estrutura e função destes polímeros, assinale com V
(verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo.
• ( ) Seus monômeros são denominados nucleotídeos.
( ) Seus monômeros estão unidos por meio de ligações fosfodiésteres.
( ) Suas bases nitrogenadas estão diretamente ligadas aos fosfatos.
( ) Suas bases nitrogenadas podem ser púricas ou pirimídicas.
DNA
• A composição química do DNA a quantidade de adenina (A) é igual à de timina (T), e a
quantidade de guanina (G) é igual à de citosina (C) na grande maioria das duplas fitas de
DNA. Em outras palavras, esses cientistas descobriram que o total de purinas (A+G) e o
total de pirimidinas (C+T) eram iguais.
• Um professor trabalhou esses conceitos em sala de aula e apresentou como exemplo
uma fita simples de DNA com adeninas, timinas, guaninas e citosinas.
• Qual a quantidade de cada um dos nucleotídeos, quando considerada a dupla fita de
DNA formada pela fita simples exemplificada pelo professor?
• a) Adenina: 20 Timina: 25 Guanina: 25 Citosina: 30
b) Adenina: 25 Timina: 20 Guanina: 45 Citosina: 45
c) Adenina: 45 Timina: 45 Guanina: 55 Citosina: 55
d) Adenina: 50 Timina: 50 Guanina: 50 Citosina: 50
e) Adenina: 55 Timina: 55 Guanina: 45 Citosina: 45
Conceitos genética
• O ___________ diz respeito aos diferentes tipos de alelos
encontrados em um indivíduo, ou seja, à sua constituição genética.
• O termo que completa corretamente a frase é:
• a) gene.
• b) fenótipo.
• c) genótipo.
• d) cariótipo.
• e) heredograma. 
Conceitos gerais
• Imagine que você passou uma semana na praia e, ao voltar, notou
que sua pele está mais escura que antes da viagem. Essa coloração
ocorreu em decorrência de uma variação em seu:
• a) gene.
• b) fenótipo.
• c) genótipo.
• d) cariótipo.
• e) heredograma.
Conceitos em heriditariedade
• Um caso bastante conhecido de epistasia dominante é a cor das galinhas.
O gene C determina que as galinhas sejam coloridas e o gene c determina
a cor branca. Entretanto, o gene I é epistático, diferentemente do alelo i
que não possui nenhum efeito inibidor. Diante disso, marque a alternativa
em que se encontra o genótipo de uma galinha colorida.
• a) iiCC
• b) IiCc
• c) iicc
• d) IiCC
• e) IIcc
Melhoramento genético

O frango hoje é abatido com cerca de 42 dias, alcançando peso vivo de até 3,0 quilos.
Qual principal fator levou o frango de corte a atingir tais índices zootécnicos?
•A
Melhoramento genético
•B
Uso de hormônios nas rações.
•C
Rações com uso de mais aditivos.
•D
Maior produção de ovos férteis
Conceitos gerais
• Algumas situações, é possível perceber que um alelo de um
determinado lócus gênico inibe a ação de outro alelo em outro lócus.
Essa situação em que um gene mascara a expressão de outro é
chamada de:
• a) Codominância.
• b) Recessividade.
• c) Epistasia.
• d) Euploidia.
• e) Homozigose.
Conceitos de hereditariedade
• Analise as alternativas a seguir e marque aquela que explica corretamente o
significado do termo heterozigoto.
• a) Heterozigotos são indivíduos que apresentam diferentes alelos.
• b) Heterozigotos são indivíduos que possuem o mesmo alelo em um mesmo
lócus e em cromossomos homólogos.
• c) Heterozigotos são indivíduos que apresentam alterações cromossômicas em
todo o conjunto cromossômico.
• d) Heterozigotos são indivíduos que apresentam alelos diferentes em um mesmo
lócus e em cromossomos homólogos.
• e) Heterozigotos são indivíduos que apresentam genes que só se expressam aos
pares.
Conceitos gerais
• Alguns genes só se expressam quando aparecem em homozigose.
Esses genes são denominados de:
• a) Dominantes.
• b) Codominantes.
• c) Epistáticos.
• d) Recessivos.
• e) Hipostáticos.
Conceitos gerais
• ( ) Os genes podem ser considerados as unidades funcionais da
hereditariedade, sendo compostos por ácidos nucleicos que carregam
as informações e que definem a variabilidade entre os seres vivos.
• ( ) Os alelos são variações dos genes que determinam o mesmo
caráter e estão posicionados nos mesmos lócus em cromossomos
homólogos, ou seja, cromossomos que têm a mesma sequência de
genes.
• ( ) O gene pode ser definido como a região do DNA responsável por
codificar um RNA mensageiro que contém a sequência de códons
determinantes da sequência de aminoácidos de uma proteína.
Conceitos gerais
• Monogênicas, por serem controladas por um único loco. B) Imutáveis,
por não sofrerem modificação genética. C) Adquiridas, por serem
adquiridas após o nascimento. D) Congênitas, por não serem
influenciadas por efeitos de meio. E) Poligênicas, por serem
controladas por um grande número de genes distribuídos pelo
genoma.
Conceitos gerais
• A noção de _____________ refere-se àquilo que dispõe ou que pode adoptar
múltiplas formas Há espécies que se caracterizam pelo______________,
uma vez que os seus membros apresentam formas diferentes por algum
motivo. Um exemplo típico deste ____________biológico ocorre com as
borboletas, as quais, antes de chegarem à idade adulta, se desenvolvem
como larvas. O termo que se encaixa aos espaços é:
• A) epistasia
• B) codominancia
• C) polimorfismo
• D) sexagem
conceitos
• _________________é consequência da homozigose existente
nos loci do indivíduo. Ao se acasalarem indivíduos aparentados (maior
percentagem de alelos idênticos por descendência), aumenta-se a
probabilidade de características deletérias que estavam "escondidas"
pela heterozigose serem expressas. O termo que preenche a lacuna é:
• A) epistasia
• B) homozigose
• C) endogamia
• D) heterose
Conceitos gerais
• ( ) genes posicionados no mesmo cromossomo não apresentam
segregação independente, mas apresentam distribuição independente.
• ( ) um gene com dois alelos, que determina certa característica, terá a
possibilidade de formar quatro, e não dezesseis genótipos.
• ( ) um gene pode apresentar vários alelos; todos, sem exceção, vão
apresentar o mesmo fenótipo.
• ( ) o crossing over ocorre no paquíteno durante a meiose I e é a troca
de pedaços de cromossomos entre as cromátides irmãs.
• ( ) na meiose II, na anáfase II, as fibras do fuso encurtam e separam os
cromossomos homólogos.
heredograma

Determine os padrões de
Herança
HAR HAD HLXR HLXD
Heranças
• Em gatos, a cor branca da pelagem se deve a
um gene autossômico e as cores amarela e
preta são devido aos dois alelos decorrentes
da herança genética. No entanto, as fêmeas
podem apresentar as cores branca, amarela e
preta. Essa característica se manifesta devido:
A) Ao alelismo múltiplo.
• B) Ao sistema sexual ZW.
• C) À herança ligada ao sexo.
• D) À herança limitada ao sexo. E
• E) À herança influenciada pelo sexo.
Conceitos em genética
• ( ) Cães sem raça definida apresentam maior grau de homozigose que cães
de raças específicas.
• ( ) A pelagem de cães da raça Labrador é um exemplo de característica
determinada por epistasia, e portanto não responde à seleção.
• ( ) O cão é hoje um dos animais com maior grau de polimorfismo entre as
espécies animais.
• ( ) O melhoramento genético de cães deve basear-se em cruzamentos
endogâmicos para diminuir a ocorrência de doenças hereditárias.
• ( ) Um exemplo de modo de ação gênica não aditiva de sobredominância em
cães, é a resistência a algumas doenças, fator determinado em animais com
maior grau de homozigose.
Cores labrador - A epistasia (do grego epi: sobre e stasia: inibição) pode ser definida como um processo em que um gene mascara
ou interrompe a ação de outro gene não alelo. Isso quer dizer que um gene terá ação inibitória sobre outro gene, sendo um caso,
portanto, de interação gênica.
Melhoramento animal
• ( ) O desempenho do próprio animal é uma das importantes
informações utilizadas para sua avaliação como melhorador de um
rebanho.
• ( ) A seleção de um animal pela cor de sua pelagem garante que será
um bom cavalo em provas equestres.
• ( ) Informações de pedigree são essenciais na seleção de bons
reprodutores, pois garantem acurácia na seleção.
• ( ) Desempenho de parentes colaterais, como irmãos, contribui para
garantir uma boa escolha dos reprodutores.
Melhoramento genético
• ( ) A sequência do genoma canino é idêntica ao genoma humano; por isso,
sua descoberta foi facilmente descrita.
• ( ) O conhecimento de sequências genômicas em cães serão fundamentais
para estudos evolutivos da espécie, suas raças e doenças genéticas.
• ( ) A sequência do genoma canino representa a descrição de todas as
proteínas envolvidas nos processos metabólicos dos cães.
• ( ) As informações sobre o genoma canino auxiliam, de maneira
insignificante, os médicos veterinários na busca por novos tratamentos de
patologias caninas.
• ( ) Informações sobre o genoma canino podem ser estendidos a estudos de
felinos, uma vez que ambos possuem o mesmo número de cromossomos.
Melhoramento animal
• O melhoramento genético suíno proporciona aos produtores produzir
um suíno tipo"light", diferente do suíno produzido por muitos anos no
Brasil, o famoso "porco tipo banha". Pode-de destacar, nesse
melhoramento, a participação de três raças. Identique-as. A) Large
White, Landrace e Duroc. B) Large White, Landrace e Santa Inês. C)
Large White, Landrace e Pardo Suíço. D) Large White, Landrace e Piau.
E) Large White, Landrace e Tatu.

Você também pode gostar