Você está na página 1de 5

- TMDA -

Resp.: ALAN
SOCORRO A ACIDENTADOS
- DDS -

1- COMENTÁRIO

Socorro a acidentados é um tema eminentemente técnico. Para um


leigo, a situação torna-se um pouco mais complicada.

Em razão disto, estamos disponibilizando junto à Ferramentaria da Mina


a cópia de um exemplar do Padrão de Primeiros Socorros fornecido
pelo TAS - MEDICINA DO TRABALHO.

Esta cópia servirá para consultas mediante empréstimo ou para


reprodução e manutenção de um exemplar em cada uma das seções
dos Departamentos da TM.

Entretanto, é de fundamental importância que enfatizemos, desde o


início, que a prestação de socorro a um acidentado feita por um
leigo exige um mínimo de treinamento específico.

Portanto, cada Gerente Técnico deve agendar treinamentos ou meras


reciclagens junto à Medicina do Trabalho - TAS, de modo a capacitar ou
fornecer o mínimo exigido para uma primeira assistência, sem que haja
qualquer tipo de agravamento de uma lesão física na vítima.

Mesmo assim, passaremos alguns conceitos básicos para um


atendimento inicial antes da chegada do apoio especializado.

2- DEFINIÇÃO DE PRIMEIROS SOCORROS

É todo atendimento feito no local do acidente até a chegada e o início


de uma assistência médica especializada.

OBJETIVO : salvar e manter a vida; evitar o surgimento de lesões


adicionais; evitar o agravamento daquelas já existentes.

01
SOCORRO A ACIDENTADOS
- DDS -

3- DETALHES ROTINEIROS IMPORTANTES

•Tanto nas Operações de Lavra, como no Circuito de Beneficiamento do


Minério, os acessos aos locais onde se desenvolvem as mais diversas
tarefas têm que oferecer boas condições para um resgate ágil e seguro,
seja ele feito por transporte manual / maca, seja por veículo comum ou
ambulância;

•É de fundamental importância que os executantes das tarefas


conheçam os acessos e suas denominações de modo que as
informações prestadas após o acidente, e que orientarão o socorro
efetivo, sejam corretamente transmitidas;

•Da mesma forma, a localização correta de macas, estações de rádio,


telefones e os números de emergência sejam do conhecimento e
domínio de todos;

• As Análises de Risco de Tarefas devem contemplar a eventualidade


de uma prestação de socorro, onde as situações acima devem ser
analisadas e bloqueadas.

TELEFONES ÚTEIS NA MINA :

AMBULATÓRIO MÉDICO - Ramal 8156

BRIGADA DE INCÊNDIO - Ramais 8193 / 8111

PROCEDIMENTO BÁSICO : O socorrista aciona o posto ou


ambulatório médico, que por sua vez acionará o bombeiro /
ambulância.

02
SOCORRO A ACIDENTADOS
- DDS -

4- ETAPAS BÁSICAS

O socorrista deve obedecer a seguinte seqüência no atendimento à


vítima :

1- Dirigir-se imediatamente ao local do acidente, não sem antes verificar


a existência de risco para ele próprio, outras pessoas, assim como da
própria pessoa machucada;

2- Fazer uma avaliação inicial do ambiente e da vítima, procedendo os


cuidados básicos para o qual foi treinado;

3- Ter conhecimento da localização de macas, caixa de primeiros


socorros mais próxima e das condições dos acessos ao local;

4- Ter conhecimento do ramal telefônico ou da estação de rádio mais


próxima para a chamada da equipe de resgate e atendimento médico;

5- Comunicar com o serviço médico, informando que trata-se de uma


EMERGÊNCIA MÉDICA e fornecendo as seguintes informações :

•Identicação de quem está passando a informação;

•O local onde se encontra;

•O número do ramal que estiver ligando;

•Como chegar ao local onde se encontra;

•Resumir em poucas palavras o que está acontecendo ou o que


aconteceu;

•Relatar o estado da vítima.

03
SOCORRO A ACIDENTADOS
- DDS -

5- COMPORTAMENTO PESSOAL

•Mantenha-se sempre tranqüilo e transmita calma;

•Não permita que outras pessoas tumultuem o ambiente no afã de


ajudar, exceto aquelas que realmente possam fazê-lo;

•Delimite espaços para favorecer as ações e própria vítima;

•Console o acidentado, transmitindo-lhe ânimo e otimismo, caso não


esteja inconsciente;

•Estando a vítima inconsciente, suspeite sempre de uma possível lesão


na coluna ou pescoço. Portanto, não a movimente, exceto onde os
riscos adicionais ponham em risco a vida do acidentado. Mesmo assim,
seguindo as orientações passadas em treinamento;

•Se você desconhece as técnicas de primeiros socorros, procure no


local quem tem domínio sobre elas. Jamais tente descobri-las na hora
do socorro.

6- MENSAGEM FINAL

Quanto mais se conhece a técnica de primeiros socorros, maior a


possibilidade de sucesso e impedimento de complicações adicionais.

Entretanto, o grande segredo ainda reside num Trabalho Missionário


de Prevenção do Acidente no nosso dia-a-dia.

NOTA :

•TELEFONE DO MÉDICO DO TRABALHO (TAS03) : 7895


• TELEFONE DA FERRAMENTARIA DA MINA : 8161
04

Você também pode gostar