Você está na página 1de 20

Matriz de atividade individual

Gestão Estratégica
Nome do aluno: RODRIGO MARENDINO FERRARI

Disciplina: GESTÃO ESTRATÉGICA

Turma: TURMA 4
Planejamento e Gestão Estratégica

A Loja da Esquina

Rodrigo Marendino Ferrari, 08/08/2019


OBJETIVOS

Uma boa gestão estratégica é essencial para o sucesso de uma empresa,


garantindo integrar todos os objetivos e garantir que as metas sejam alcançadas.
Esse trabalho tem como objetivo buscar uma solução estratégica para a livraria “Loja
da Esquina” frente a ameaça da concorrência estabelecida na mesma cidade.
Auxiliando a organização na tomada de decisão, redirecionando-a para manter a
competitividade e a empresa sustentável, buscando recuperar seu mercado e
faturamento.
VISÃO, MISSÃO E VALORES

VISÃO: Ser a melhor livraria voltada para o publico infantil, com atendimento de
qualidade e referência em vendas tanto físicas como online.

MISSÃO: Disponibilizar um acervo de livros infantis completo, contribuindo com o


desenvolvimento social de crianças e adolescentes, com uma equipe competente e
treinada, qualificando os colaboradores para um atendimento de excelência.

VALORES: Ética, Moral e Transparência; Excelência no atendimento; Compromisso


com a qualidade; Inovação; Responsabilidade cultural.
MACROAMBIENTE DE NEGÓCIOS – ANÁLISE DE TENDÊNCIAS E IMPACTOS
TENDÊNCIAS:
VARIÁVEL IMPACTOS
OPORTUNIDADES OU AMEAÇAS?
• Crescimento Demográfico; • Aumento na quantidade de leitores;
Demográfica • Localização; • Ampliação ou mudança de local
estratégico;
• Diminuição de leitores de livros • Quedas nas vendas;
Cultural físicos; • Expansão das vendas online;
• Aumento de leitura digital;
• Criação de impostos ou leis que • Livros mais caros que podem gerar
possam restringir livros; quedas nas vendas;
Legal-Política
• Isenção de impostos ou leis que • Livros mais baratos que podem atrair
incentivem a leitura; clientes;
• Alta de concorrentes online; • Aumento de concorrentes e
Tecnológica • Investimento em outros produtos; demanda online;
• Aumento da oferta;
• Crises econômicas; • Queda no consumo;
Econômica • Crescimento econômico e social; • Aumento da vendas;
ANÁLISE DO AMBIENTE COMPETITIVO
FORÇAS AVALIAÇÃO ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS

Dificuldade de entrada devido existência de concorrentes


Barreiras à entrada BAIXO estabelecidos; Clientes fidelizados;
Possível entrada de concorrentes digitais.

Grupo específico de consumidores e sem diversidade de


Produtos substitutos MUITO ALTO produtos;
Livros Digitais.

Baixas margens de lucro do concorrente;


Poder de barganha dos compradores MÉDIO
Produtos de qualidade e diferenciado.

Elevado numero de clientes dos fornecedores;


Poder de barganha dos fornecedores MÉDIO
Particularidade de livros vendidos.

Baixo numero de clientes específicos devido a localização


Grau de rivalidade entre os
ALTO geográfica;
concorrentes Concorrente com diversidade de produtos e baixo custo.
ESTRATÉGIA COMPETITIVA

Segundo Porter (1986, p.1) “A estratégia competitiva visa estabelecer uma


posição lucrativa e sustentável contra forças que determinam à concorrência da
indústria”.
Porter (1986) detecta três estratégicas genérica que a empresa pode utilizar,
as estratégias são: liderança de custo total, diferenciação e enfoque. A estratégia
proposta para a Loja da Esquina é o enfoque com as seguintes estratégias:

•Foco e especialização de livros e revistas infantis;


•Criar um local de diversão para crianças;
•Espaço de leitura com conforto e cenário infantil;
•Investindo no site para compra online com entrega personalizada;
•Buscando parcerias com escolas locais;
•Promoção de eventos mensais como contação de historia infantis e atividades;
•Inclusão de jogos educativos infantis disponíveis;
•Funcionários caracterizados com temas infantis.
MATRIZ SWOT

PONTOS FORTES OPORTUNIDADES


•42 anos atendendo famílias na região; Vendas Online
•Funcionários qualificados com excelência no Especialização e foco no publico alvo;
serviço; Melhoria do processo de compra e venda;
•3 mil famílias cadastradas; Otimização do atendimento com foco no cliente.
•Localização estratégica;
•Margem de lucro em 50%.

PONTOS FRACOS AMEAÇAS


Dimensões reduzidas para estoques; Possíveis entradas de concorrentes digitais;
Concorrentes com preços mais atrativos; Aumento de demanda de e-books e audiolivro;
Pouco diversificação de produtos; Crises econômicas;
Custo elevado dos funcionários. Novos concorrentes.
MAPA ESTRATÉGICO Competitividade
e retomada do
Econômico-Financeiro crescimento
Estratégia de Estratégia de
produtividade crescimento
Expandir
Melhorar a Novos produtos
oportunidades
estrutura de e serviços
de receita
custos
Clientes
Acervo de Funcionalidade Melhora na
de compra e Parcerias
qualidade experiencia do
entrega com escolas
cliente

Processos
Gestão Internos
Operacional Gestão de Clientes Inovação Regulatório e Social
Vendas Fidelizar
digitais Novos Serviços Processos
produtos e clientes que
especializados
Espaço serviços Estudar com foco no melhorem a
personalizado clientes cliente comunidade

Aprendizado e Crescimento
Colaboradores motivados e Comercialização Criatividade
com profundo conhecimento digital e inovação
das funções
MAPA ESTRATÉGICO

Conforme Kaplan e Norton (1997, p.320) “como cada estratégia é única,


cada scorecard deve ser único e conter vários indicadores únicos”. Sendo assim o
principal objetivo é a identificação de indicadores que melhor se relacione com a
estratégia. Ao produzir o mapa estratégico temos como descreve-la para comunicar
aos funcionários para que seja tomada as iniciativas com a finalidade de alcançar
um objetivo em comum dos diversos departamentos para a empresa.
OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

PERSPECTIVAS OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

• Aumentar as vendas da empresa;


• Melhorar a satisfação do cliente.
Financeira
• Novos produtos e serviços.

• Melhorar a experiencia do cliente;


• Serviços qualificados;
Clientes • Fidelização de clientes.

• Melhorar vendas online;


Processos • Inovação no serviço com foco no cliente;
Internos • Embalagens personalizadas.

• Novos serviços personalizados;


Aprendizado e • Capacitação de funcionários;
Crescimento • Motivar os colaboradores.
RECOMENDAÇÕES ESTRATÉGICAS

1. Aumento da participação de mercado e melhora das vendas digitais;

2. Criação de novas embalagens e uniformes de atendimento;

3. Treinamento para funcionários;

4. Mudança de layout interno da livraria com novos espaços.


PLANO DE AÇÕES – RECOMENDAÇÃO ESTRATÉGICA 1

O QUÊ ONDE COMO QUANDO POR QUÊ? QUEM

Aumento da Escolas e Buscando Imediato Possibilidade de aumento de A Loja


participação de Internet parcerias com receitas e lucros
mercado e escolas locais e
melhora das melhorando e
vendas digitais; divulgando o site
PLANO DE AÇÕES – RECOMENDAÇÃO ESTRATÉGICA 2

O QUÊ ONDE COMO QUANDO POR QUÊ? QUEM

Criação de novas Loja Verificando imediato Aumento da competitividade e Empresa


embalagens e empresas melhorando a experiencia do terceirizada
uniformes de especializadas na cliente
atendimento área.
PLANO DE AÇÕES – RECOMENDAÇÃO ESTRATÉGICA 3

O QUÊ ONDE COMO QUANDO POR QUÊ? QUEM

Treinamento para Loja Trazendo Em um Melhora no atendimento e Empresa


funcionários profissionais semestre motivação dos colaboradores especializada
especializados na
área
PLANO DE AÇÕES – RECOMENDAÇÃO ESTRATÉGICA 4

O QUÊ ONDE COMO QUANDO POR QUÊ? QUEM

Mudança de Loja Implantando local Imediato Focar no publico alvo, Empresa


layout interno da temático para o aumentando conforto e especializada
livraria com publico infantil fidelizando e atraindo mais
novos espaços clientes com os serviços
personalizados
CONSIDERAÇÕES FINAIS

O planejamento e a Gestão estratégica são fundamentais para que as


empresas consigam atingir seus objetivos, as organizações que planejam
adequadamente o seu negocio tem um desempenho melhor do que as que não
planejam.
Ao fazer uma analise na empresa escolhida, foi possível fazer um
planejamento com a finalidade de reposicionar a Loja da Esquina no mercado após
a chegada de um forte competidor, com objetivo de auxiliar no crescimento frente
aos concorrentes. Sendo assim possível a recuperação de mercado e faturamento
com os objetivos estratégicos traçados e definidos.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

LOBATO. D. M. (2019), Gestão estratégica. Rio de Janeiro: FGV.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. (1997), A Estratégia em Ação: Balanced Scorecard.


Rio de Janeiro: Campus.

PORTER, M. E. (1990), Vantagem Competitiva. Rio de Janeiro: Campus.


ENCERRAMENTO

Agradeço a FGV pela oportunidade e desafio que este trabalho e a disciplina de


gestão estratégica me proporcionou. Agradeço também aos professores Ronaldo
Amaral e Murilo Alambert pelos aprendizados e ensinamentos.