Você está na página 1de 22

ELETROQUÍMICA

A eletroquímica pode ser dividida em dois grupos:


• Processo espontâneo (Pilhas)
• Processo não- espontâneo ou forçado (Eletrólise)

Esquematicamente, tem-se:
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

As reações químicas que ocorrem nos eletrodos durante a condução


eletrolítica constituem a eletrólise. Quando a fonte de eletricidade para os
eletrodos de uma experiência for uma bateria ou qualquer outra fonte de
corrente continua, cada íon no liquido tende a mover-se em direção ao
eletrodo de carga oposta.
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

Esta migração de cargas iônicas através do liquido é chamada condução


eletrolítica.
Em suma, a eletrólise pode ser entendida como sendo um processo forçado
de descarga de íons do sistema eletrolítico.
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:

- ÍGNEA

- AQUOSA
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:

ÍGNEA
É uma eletrólise onde não há presença de água. Compostos iônicos são fundidos
(derretidos) e ao se fundirem, eles dissociam seus íons. A partir desses íons, é formada a
corrente elétrica.
A fusão (transformação do estado físico sólido para líquido) do NaCl a 808°C:

808 C  
NaCl S  
 Na  Cl (l) (l)
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:

Os eletrodos devem ser inertes. Pode ser carbono grafite ou platina.


Estes eletrodos são polarizados, um com carga negativa e o outro com carga positiva e
são colocados em uma cuba eletrolítica com o metal NaCl já fundido.

808C  
FUSÃO DO SAL NaCl S  
 Na  Cl (l) (l)

REAÇÃO DO CÁTODO 2Na +  2e 


 2Na°

REAÇÃO DO ÂNODO 2Cl 
 Cl2  2e
-

REAÇÃO GLOBAL 2Na + 2Cl 


+
 2Na°  Cl 2
-
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:

808 C
FUSÃO DO SAL NaCl S    Na(l)  Cl(l)

REAÇÃO DO CÁTODO 2Na +  2e  


 2Na°

REAÇÃO DO ÂNODO  Cl 2  2e


2Cl - 

REAÇÃO GLOBAL 2Na + + 2Cl - 


 2Na°  Cl 2
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:

AQUOSA
É uma eletrólise onde há a dissociação de um composto iônico em solução aquosa.
O eletrodo deve ser inerte.
É necessário considerar a reação de auto-ionização da água, onde produz íon H+ e íon
OH-. Usa-se um quadro de prioridade de descarga, de cátions e ânions em relação aos
íons fornecidos pela água.
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

A eletrólise pode ser classificada como:


ORDEM DE PRIORIDADE DE DESCARGA
AQUOSA PARA CÁTIONS

todos os cátions de
metais › H +
› cátions da
1A; 2A E AL
 

PARA ÂNIONS
todos os todos os
ânions não
oxigenados
› OH -
› ânions
oxigenados
exceto
F-   exceto
HSO4-; acetatos
ELETROQUÍMICA - Eletrólise

AQUOSA - Para uma solução aquosa de


NaCl, tem-se a seguinte análise:

DISSOCIAÇÃO 2NaCl 
 2Na +  2Cl 
AUTO-IONIZAÇÃO DA ÁGUA 2H 2 O 
 2H  +2OH -
REAÇÃO DO CÁTODO 2H +  2 e  
 H 2 g 
REAÇÃO DO ÂNODO 2Cl  
 Cl 2 g   2e

REAÇÃO GLOBAL 2NaCl  2H 2O 


 2Na +  2OH   H 2  g   Cl 2  g 
ELETROQUÍMICA

Tabela com semi-reações


de oxidação e redução.
ELETROQUÍMICA - Eletrólise
ELETROQUÍMICA - Eletrólise
Exercícios Questão 04 p.55 EP
Exercícios Questão 06 p.55 EC
Exercícios Questão 06 p.55 EC
Exercícios Questão 03 p.25 EP
Exercícios Questão 04 p.25 EP
Exercícios Questão 05 p.25 EP
Exercícios Questão 02 p.26 EC