Você está na página 1de 27

ACH – Arquitectura de

Computadores e Hardware

Por Prof. Álvaro Rumbane


29-06-20 asrumbane@gmail.com
PERIFÉRICOS DE ENTRADA E SAIDA
São dispositivos eletrônicos que ligados ao computador
permitem o envio e o recebimento de dados, facilitando assim a
interação entre o utilizador e a máquina.
São chamados periféricos porque ficam fora da unidade principal
do sistema de computação.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
TIPOS DE PERIFÉRICOS
Periféricos de entrada – aqueles que permitem o envio dos dados para compu­tador. Ex.:
teclado, mouse, scanner, microfone, joystick, câmara filmadora, câmara digital, caneta óptica,
etc.

Periféricos de saída – responsáveis pela transmissão da informação do com­putador ao


utilizador. Ex.: monitor de vídeo, projector de vídeo ou imagem, colunas de som, impressora,
sensores, etc.

Periféricos de entrada e saída – são aqueles que enviam e recebem os dados do computador
ao utilizador ou vice-versa. Ex.: modem, drive de CD / DVD, monitor touch screen, etc.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
PERIFÉRICOS DE ENTRADA DE DADOS

29-06-20 asrumbane@gmail.com
1. Teclado
Principal método de entrada de dados. É utilizado principal­mente para a escrita de textos ou para
o controle dos sistemas instalados no computador. Possui teclas que representam letras, símbolos,
números e ou­tras funções diversas.

Alguns teclados possuem ainda botões para controle de áudio, acesso à Internet e ainda botões
para ligar, desligar e activar o modo de espera. São chamados de “teclado multimídia”.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
O teclado pode ser dividido em quatro partes ou áreas distintas:

1. Funções

2. Alfanumérico

3. Edição

4. Numérico

Teclas ou Teclado de Funções - está numerado de F1 a F12 e localiza-se por cima do teclado
alfanumérico. Fornece funções especiais que dependem de cada programa.

Teclas ou Teclado Alfanumérico - este é o mais utilizado, corresponde ao mesmo teclado de


uma máquina de escrever, nesta área se localizam letras, números e sinais de pontuação, bem
como outras teclas específicas.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
O teclado pode ser dividida em quatro partes ou áreas distintas:

1. Funções

2. Alfanumérico

3. Edição

4. Numérico

Teclado de Edição - é formado por setas direcionais e teclas de movimentação rápida. Permite
movimentar o cursor na tela nas quatro direcções, movimentar rapidamente no documento do
início ao fim de uma linha, da página anterior a página seguinte e possui também teclas que
permitem apagar e inserir caracteres.
Teclado Numérico - tem as mesmas teclas de uma calculadora e permite controlar o cursor ou
digitar números. Para utilizar esta parte é necessário pressionar a tecla NumLock.
29-06-20 asrumbane@gmail.com
Cuidados a ter com teclado
1. Evitar líquidos (agua, bebida, chá, refresco, sumo, etc.) ao lado
do teclado

2. Evitar cortar unhas e tirar agrafos perto do teclado

3. Para a limpeza do teclado temos que usar substâncias voláteis,


cotonete ou ainda um papel A4 dobrado quatro vezes e fazer
passar o papel entre os intervalos das teclas.
29-06-20 asrumbane@gmail.com
2. Rato ou Mouse
Acessório que facilita a comunicação do utilizador com o computador. O utilizador acciona o rato
e o movimento é produzido na tela por um cursor em forma de seta. Com este cursor é possível
escolher as funções desejadas dentro de um programa, sem usar o teclado.

Os botões de um mouse padrão têm as seguintes funções:

Botão esquerdo – com um clique, o utilizador seleciona (escolhe) algo. Por exemplo, se for um
texto basta posicionar o cursor no início da palavra desejada, clicar mantendo o botão do mouse
pressiona­do e arrastá-lo na direção oposta.

Botão esquerdo – com dois cliques seguidos o utilizador executa algo.

Botão direito – com este comando é possível criar um atalho.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Cuidados a ter com Rato

Limpar as roletas ou contactos da esfera com um cotonete embebido com


benzina.

Para limpar as roletas não é necessário desmontar o mouse, bastando


apenas abrir a parte que dá acesso a esfera do mouse logo.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
3. Scanner

Este dispositivo de entrada nos permite converter uma imagem ou texto


que se encontra impresso em papel numa imagem digital. Também pode
converter textos impressos de modo que estes possam ser editados.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Funcionamento

O funcionamento do scanner baseia-se na emissão de um feixe de luz sobre o


objeto a ser digitalizado que, em função da sua cor, refletirá um feixe de luz de cor
diferente que é analisado por sensores fotoelétricos que convertem o feixe refletido
em sinal digital.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Tipos

Os scanner mais conhecidos são:

De Mão – que deve ser arrastado sobre o desenho ou texto a ser digitalizado, sendo
o feixe de luz guiado manualmente pelo utilizador;

De Mesa – a imagem é posicionada sobre uma superfície com tampa e será


digitalizada. Neste caso o feixe de luz será movimentado por um motor,
dispensando todo o trabalho manual do utilizador.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
4. Microfone

Através dele pode-se transmitir a voz pela internet ou intranet, ou até


mesmo ditar um texto para o computador utilizando programas de
reconhecimento de voz.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
PERIFÉRICOS DE SAIDA DE DADOS

29-06-20 asrumbane@gmail.com
1. Monitor
É um dispositivo de saída que utiliza uma tela semelhante à TV como meio de visualização das
informações processadas.

Actualmente existem várias tecnologias de monitores, das quais se destacam CRT, LCD, plasma,
LED, OLED, FSA. (Trabalho: Fazer o estudo de cada tecnologia).

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Tipos de Monitores
1. CRT

Os monitores Cathode Ray Tube (CRT) são os mais comuns. Esta tecnologia é utilizada tanto em
televisores como em ecrãs de computador. Utilizam um feixe de electrões que varre o interior
do ecrã. Cada vez que o feixe de eletrões varre o ecrã, ilumina os pontos de fósforo no
interior do tubo de vidro. Desenhando essas linhas de cima para baixo no ecrã, consegue se
criar uma imagem completa.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Existem dois tipos de monitores CRT:

Monocromáticos – nos tubos dos monitores monocromáticos apenas existe um tipo


de fósforo, o que permite apenas obter duas cores conforme o fosforo esteja ou não
activado. Esse fósforo pode ser branco, verde ou âmbar. No caso de ser branco, trata
se de um monitor de tons de cinzento.

A cores – possuem três feixes de electrões independentes, cada qual incide sobre
um conjunto de fósforo de uma das cores primárias: vermelho, verde ou azul.
Variando a intensidade de cada um dos feixes, são obtidas todas as cores.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
2. LCD

Monitores Cristal Líquido ou Liquid Crystal Display (LCD) são planos, pois não têm
cinescópio e, em vez disso, a imagem é gerada num rectángulo plástico, onde milhões de
transístores criam os pixels.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Vantagens dos LCD
•Menor radiação;
• Menor consumo de energia;
• Melhor qualidade de imagem;
•Ocupa menos espaço.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
2. Impressora
São dos dispositivos mais utilizados. Permitem imprimir em papel, transparências
(acetatos), e outros materiais. Pode estar ligada a um único computador ou a uma
rede que serve a vários computadores.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Existem vários tipos de impressoras, mas os principais são:

Matriciais ou Agulhas - estão em desuso por serem ruidosas e de pouca qualidade


de impressão.

Laser - são as que têm melhor qualidade de impressão (preto e branco e a cores) e
maior velocidade, no entanto são as mais dispendiosas.

Jacto de tinta – os mais utilizados pelos utilizadores.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Ligação com Computador

•Portas Paralelas;

•Portas Series;

•USB;

•Infravermelhos;

•Placa de Rede.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Cuidados a ter com Impressora

1.Testes preliminares;

2.Problemas com o papel;

3.Prolemas mecânicos.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
PERIFÉRICOS MISTOS
Podem ser utilizados tanto para a entrada como para a saída de dados. São
dispositivos capazes de canalizar informação do exterior para o interior do
computador e vice-versa.
Exemplo:
Modem;
Drive de CD / DVD;
Monitor touch screen.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Modem: dispositivo que permite ligar um computador a outros computadores
remotos ou a redes alargadas (WAN), como é o caso da Internet, através das linhas
telefónicas, convertendo os sinas digitais do computador em sinais analógicos das
linhas telefónicas e vice-versa.

Placa de rede: é um dispositivo que se encaixa num slot da motherboard e que


permite ligar um computador a uma rede local (LAN). Permite enviar dados de um
computador para outros, bem como receber dados provenientes de outros
computadores.

29-06-20 asrumbane@gmail.com
Exercícios

1. Num teclado, onde se situam, geralmente, as teclas de funções?


2. Diz a que se destinam, fundamentalmente, as seguintes teclas: Tabs, Caps Lock,
Backspace, Del e Num Lock.
3. O que é um scanner?
4. Distingue placa gráfica de monitor.
5. Enumera os tipos de impressoras mais comuns no mercado actual.
6. Disserte superficialmente sobre três periféricos de entrada a sua escolha.
7. Discorra sobre o funcionamento básico de uma impressora jato de tinta.
29-06-20 asrumbane@gmail.com

Você também pode gostar