Você está na página 1de 19

JORNAL: A LEITURA NOSSA DE CADA DIA

Ensino Fundamental
Volume 1
Unidade 3
O jornal impresso é um meio de
comunicação muito comum e de fácil acesso. No
Jornal há vários gêneros textuais: notícia,
reportagem, classificado, tirinhas, anúncios,
artigos de opinião, editorial, carta de leitor,
entre muitos outros.
A primeira página dos jornais impressos traz
destaques e resumos das notícias mais importantes:

• MANCHETE - é o
título da notícia
principal da primeira
página do jornal, por
isso ocupa maior
espaço, diferentes
tipos e tamanho de
letras e fotos
coloridas.
• CHAMADAS -
são
pequenos textos
que resumem as
notícias e indicam o
caderno e a página
da notícia completa.
Cada página do jornal é também chamada de
caderno, seção ou parte que reúne gêneros
textuais diversos como:

• EDITORIAL - é um gênero
textual em que o jornal ou
a revista expressa sua
opinião sobre algum
acontecimento polêmico
ou controverso. Por ser da
esfera jornalística, o editor
não assina o editorial.
• CARTA DE LEITOR - é um gênero textual que é
publicado em uma seção, parte ou caderno do jornal,
onde os leitores manifestam-se sobre diversos assuntos,
com comentários, reclamações, opiniões, elogios, críticas
e sugestões.
IMPORTANTE: para que uma carta de leitor seja
publicada é necessário obedecer às normas
estabelecidas pelo jornal, ou seja, selecionar a
matéria lida no jornal ou revista, respeitar a
quantidade de caracteres, indicar a data e o
nome da cidade, colocar uma expressão cordial
no início da carta, despedir de maneira cordial e
assinar o nome completo sem abreviar.
• LEGENDA é um texto curto que acompanha
gravuras, ilustrações e fotos, em jornais e
revistas, livros diversos, enciclopédia que ajuda o
leitor a fazer uma leitura melhor das imagens,
por isso você deve ler atentamente a legenda
associada à imagem.
LEMBRE-SE: muitos jornais afirmam que
transmitem informações com imparcialidade
(que julga com justiça e neutralidade) e
neutralidade (que não toma partido nem a favor
nem contra). No entanto, toda construção de
linguagem está carregada de ideologia, isto é, de
crenças, tradições e princípios de quem produz
o texto, por isso não é possível que um texto
jornalístico seja neutro.
Esses são os principais conteúdos
trabalhados na unidade 3. Contudo, para
potencializar seus estudos, faz-se necessário
estudá-los juntamente à unidade 4, cujo resumo
está logo a seguir, a fim de realizar as avaliações
pós-quarentena.
Jornal: Virando as páginas

Ensino Fundamental
Volume 1
Unidade 4
Jornal é um meio de comunicação impresso
organizado em cadernos, que utiliza a
linguagem jornalística em diferentes fontes de
informação.
Podemos dizer, que a primeira página do
jornal é uma das partes mais importantes desse
meio de comunicação, pois é através dela que
localizamos as principais informações ou
assuntos do nosso interesse.
Dessa maneira, basta observar a indicação do
caderno e/ou número da página que aparecem ao final
do resumo da notícia, ou ao lado dos títulos, ou
fotografias para localizar o texto do nosso interesse.
dentro do jornal.
Os jornais são elaborados com diferentes
propósitos, muitas vezes para atingir públicos
variados. Contudo, é possível encontrar jornais
especializados em vários assuntos direcionados a
um público específico, como por exemplo, jornais
especializados em economia, cujas notícias e
reportagens são quase que exclusivamente
ligadas ao mundo dos negócios. Nesse caso, a
linguagem, as imagens, a publicidade estão
direcionadas ao público que compra esse tipo de
jornal, como empresários e comerciantes.
Notícia e reportagem
Notícias são textos relativamente curtos de cunho
informativo e impessoal, sem teor opinativo, que usam
linguagem formal de maneira clara a fim de registrar
fatos ocorridos ou acontecimentos e eventos que vão
ocorrer em breve.
Reportagens são textos mais extensos e
aprofundados do que as notícias e apresentam a
opinião do autor. Geralmente, as notícias têm citações,
entrevistas, trechos de opinião, relatos, fotografias etc.
para melhor explanar temas de interesse da sociedade.
Fato e opinião
Ao ler um jornal, o leitor se depara com textos em que a
opinião de quem escreve é facilmente reconhecida, como
por exemplo, editoriais, resenhas, cartas dos leitores. Outros
textos, no entanto, são predominantemente informativos,
como: reportagens, dicas culturais, entre outros.
Contudo, faz-se importante lembrar que mesmo os
textos informativos, como as notícias, nunca são totalmente
imparciais, neutros ou objetivos. Isso porque a palavra
escrita ou falada está sempre carregada de pontos de vista,
de ideologias, de crenças de quem escreve o texto.
Sendo assim, é de essencial importância perceber a
diferença entre o que é fato e o que é opinião.
Fato x opinião
Fato é algo que aconteceu e/ou acontece. Ele
pode ser comprovado de alguma maneira. Seja
através de documentos, dados numéricos, vídeos
ou registros.

Ex.: “Houve aumento da taxa de criminalidade


em Vila Velha-ES.”

É um fato, pois tem registros dos casos e


através deles pode-se fazer essa confirmação.
Fato x opinião
Opinião é a interpretação do fato, isto é, um modo
muito particular e pessoal de olhar, analisar o fato. A
opinião pode ser alterada de pessoa para pessoa, devido a
fatores socioculturais, sociais e pela singularidade de cada
sujeito.

Ex.: “Se aquela moça fosse mais alta poderia jogar


basquete.”

É uma opinião, pois não há nada que comprove que


uma pessoa de determinada estatura não possa jogar
basquete.
Esses são os principais conteúdos trabalhados
na unidade 4.
Esperamos que eles sirvam de apoio para uma
melhor aprendizagem. Caso tenha dúvidas sobre
esse conteúdo, entre em contato conosco pela
página da disciplina de Língua Portuguesa no
Facebook (https://www.facebook.com/groups/931220290682397/?ref=bookmarks).