Você está na página 1de 76

AULA REMOTA

LÍNGUA PORTUGUESA

Marcela Ferreira Apolônio


ENQUETE
• https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc3cWt__
qN9Dx5NTQ1xfMdL497Ev5Ma3E-OZr3wG4NkM9KDIw/viewform?usp
=sf_link
MUDANÇAS NAS AULAS
ESTRATÉGIAS/PROCEDIMENTOS DE LEITURA:
APREENDER OS SENTIDOS GLOBAIS DO TEXTO
LEITURA DE IMAGENS
Imagem do artista
turco Ugur
Gallen.

O que você vê na
imagem?
O que você vê na
imagem?

A metade de um
banheiro rico e a
metade de uma casa
destruída com uma
banheira e duas
crianças tomando
banho em uma cidade
destruída no cenário
atrás.
Como você se sentiu ao
ver a imagem com duas
imagens tão distintas
uma da outra?

O que Ugur Gallen quis


provocar ao colocar
essas duas situações
como duas metades?
Como você se sentiu ao
ver a imagem com duas
imagens tão distintas
uma da outra?
Me senti incomodada
em uma delas tanto
luxo e na outra tanta
destruição.
O que Ugur Gallen quis
provocar ao colocar
essas duas situações
como duas metades?

Ele quis provocar uma


reflexão sobre a
desigualdade social
que existe no mundo.
Como você vê, nos aprofundamos em
questões mais fáceis e questões mais difíceis.
• Informações explícitas
Explícito adj. Característica de algo que é expresso ou manifestado sem
dúvidas ou ambiguidades (admitir mais de uma leitura): ordens explícitas.

• Informações implícitas
Adjetivo. Aquilo que não se expressa de modo claro ou explícito, mas que
pode ser deduzido facilmente: deixou implícito na carta seu interesse por
ela. Aquilo que se manifesta mais por ações do que por palavras: convite
implícito. Etimologia (origem da palavra implícito). Do latim
implicitus,a,um; enlaçado, entrelaçado.
INFORMAÇÃO EXPLÍCITA
EX – PRA FORA

INFORMAÇÃO IMPLÍCITA
IM – PRA DENTRO
PRECISA PENSAR
INTERNALIZAR
UM TEXTO É COMO UMA CAMADA, DE
RELANCE TEMOS UM CONCEITO OU
IDEIA E DEPOIS SE ANALISARMOS
ATENTAMENTE, PODEMOS PERCEBER
TODAS AS MINÚCIAS(DETALHES).
Ao ler o primeiro quadrinho o leitor é levado a
pensar que na sequência o texto:

A) defendida as mulheres

b) Reclamaria da qualidade do trabalho das


mulheres

c) criticaria as mulheres

d) daria mais tarefas para as mulheres


2.No segundo quadrinho do texto
a fala do homem revela ?

a) bons tratos a mulher

b) falta de sensibilidade com o


cansaço da mulher

c)carinho com a mulher

d)muita preocupação com o


cansaço da mulher​
Olhando mais perto!
• Sem um trabalho mental, o
sentido do texto iria se perder.
Entendeu como é importante
compreender as entrelinhas?
• Reconhecer o texto no sentido
global.
• Leia um texto desconfiando.
VAMOS RESUMIR AQUI!
Vamos imaginar que um texto é como um
mistério a ser desvendado e você é um detetive.
 Um detetive precisa de EVIDÊNCIAS para começar a buscar soluções
para um mistério. Essas são as suas INFORMAÇÕES EXPLÍCITAS.

No meio do caminho, novas pistas aparecem e o detetive faz novas


conexões entre suas informações. Essas conexões feitas por você são
as suas INFORMAÇÕES IMPLÍCITAS.

Preciso das evidências e das conexões, ou seja do explícito e do


implícito para compreender e interpretar bem meu texto.
ATIVIDADE (Texto no próximo slide)
Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi
produzido?

Do que fala principalmente o texto?

De que forma o texto abordou o assunto principal?


Goiana higieniza escolas municipais e unidades de saúde para conter avanço do
novo coronavírus
Escolas foram utilizadas para distribuir kits de alimentação para alunos. Cidade tem três mortes por
Covid-19 e oito casos confirmados, segundo Secretaria Estadual de Saúde.

Por Pedro Lins, TV Globo

23/04/2020 10h05  Atualizado há uma semana

As escolas municipais de Goiana, no Grande Recife, serão higienizadas na sexta-feira (24) como forma de
contenção ao avanço do novo coronavírus, segundo o prefeito em exercício da cidade, Eduardo Honório
(PSL). Outras medidas, como distribuição de máscaras e álcool em gel nas filas das agências bancárias e
higienização de unidades de saúde, também estão sendo tomadas durante a pandemia, afirmou.

Ainda de acordo com o prefeito, professores e alunos tiveram as atividades suspensas desde o dia 16 de março
para seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Apenas a parte administrativa das
instituições seguiu funcionando.
ATIVIDADE
Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi produzido?
A finalidade de uma notícia é informar ao leitor sobre algum fato que se
passa.

Do que fala principalmente o texto?


Sobre a higienização das escolas da cidade de Goiana.

De que forma o texto abordou o assunto principal?


O jornalista usou as informações passadas pelo prefeito da cidade durante a
entrevista.
NOTÍCIA
• A Notícia é um gênero textual jornalístico e não literário que está
presente em nosso dia a dia, sendo encontrada principalmente nos
meios de comunicação.

• Trata-se, portanto de um texto informativo sobre um tema atual ou


algum acontecimento real, veiculada pelos principais meios de
comunicação: jornais, revistas, meios televisivos, rádio, internet, dentre
outros.

• O fato deve chegar ao leitor da forma mais clara possível;


Credibilidade é TUDO quando se trata de
notícias
Título principal

Título auxiliar

LEAD
O Que?
Quem?
Quando?
Onde?
Como?
Porque?
ATIVIDADES – GÊNERO NOTÍCIA

Leia:
Vivemos em um ritmo acelerado, correndo contra o tempo. Nós esquecemos de um detalhe: o segredo
para se relacionar melhor com as pessoas, estimular a criatividade e cumprir com a agenda, pode ser,
justamente, desacelerar. Isso mesmo! Ficar à toa pode ser mais produtivo do que você pensa.
Para Domenico de Masi, autor do livro O Ócio Criativo, desperdiçar o tempo, fazendo absolutamente nada,
pode ser positivo. Embasado por descobertas da neurociência e observações sobre o mundo da arte, ele
afirma que o cérebro, quando não ocupado com tarefas específicas, continua trabalhando em uma espécie de
“piloto automático”, necessário para processar as emoções e informações que recebemos. Por isso, ficar à toa
é tão importante. Com o ócio, ganhamos inspiração, autoconhecimento, criatividade e fôlego para continuar.
Então, sempre que você se sentir esgotado, com a atenção dispersa, tente parar por uns minutos e deixe sua
mente divagar. [...]
Disponível em: http://www.agenciasys.com.br.

1 . O objetivo do texto é:

a) divulgar o livro “O ócio criativo”.


b) destacar a importância da neurociência.
c) apresentar atividades de lazer.
d) informar sobre a necessidade do descanso.

 
ATIVIDADES – GÊNERO NOTÍCIA

Leia:
Vivemos em um ritmo acelerado, correndo contra o tempo. Nós esquecemos de um detalhe: o segredo
para se relacionar melhor com as pessoas, estimular a criatividade e cumprir com a agenda, pode ser,
justamente, desacelerar. Isso mesmo! Ficar à toa pode ser mais produtivo do que você pensa.
Para Domenico de Masi, autor do livro O Ócio Criativo, desperdiçar o tempo, fazendo absolutamente nada,
pode ser positivo. Embasado por descobertas da neurociência e observações sobre o mundo da arte, ele
afirma que o cérebro, quando não ocupado com tarefas específicas, continua trabalhando em uma espécie de
“piloto automático”, necessário para processar as emoções e informações que recebemos. Por isso, ficar à toa
é tão importante. Com o ócio, ganhamos inspiração, autoconhecimento, criatividade e fôlego para continuar.
Então, sempre que você se sentir esgotado, com a atenção dispersa, tente parar por uns minutos e deixe sua
mente divagar. [...]
Disponível em: http://www.agenciasys.com.br.

1 . O objetivo do texto é:

a) divulgar o livro “O ócio criativo”.


b) destacar a importância da neurociência.
c) apresentar atividades de lazer.
d) informar sobre a necessidade do descanso.

 
2. “Ficar à toa pode ser mais produtivo do que você pensa. ”. O item abaixo que mostra o acento indicativo de crase pela mesma razão o
que justifica no trecho grifado é:
a) Ficaram à espera dos momentos de lazer.
b) Precisava de momentos relaxantes, pois a sua vida se encontrava às avessas.
c) Segundo pesquisas, o ócio proporciona diferentes benefícios à vida.
d) Às vezes, busco descansar a minha mente.
 
3. “[...] tente parar por uns minutos e deixe sua mente divagar. ”
O tom desse segmento, criado pelo imperativo, é o de:
 

a) ordem
b) pedido
c) recomendação
d) desejo

4. “Nós esquecemos de um detalhe: o segredo para se relacionar melhor com as [...]”. A função dos dois-pontos nesse trecho é:

a) introduzir uma explanação


b) indicar uma enumeração
c) inserir uma exemplificação
d) incluir uma citação
2. “Ficar à toa pode ser mais produtivo do que você pensa. ”. O item abaixo que mostra o acento indicativo de crase pela mesma razão o
que justifica no trecho grifado é:
a) Ficaram à espera dos momentos de lazer.
b) Precisava de momentos relaxantes, pois a sua vida se encontrava às avessas.
c) Segundo pesquisas, o ócio proporciona diferentes benefícios à vida.
d) Às vezes, busco descansar a minha mente.
 
3. “[...] tente parar por uns minutos e deixe sua mente divagar. ”
O tom desse segmento, criado pelo imperativo, é o de:
 

a) ordem
b) pedido
c) recomendação
d) desejo

4. “Nós esquecemos de um detalhe: o segredo para se relacionar melhor com as [...]”. A função dos dois-pontos nesse trecho é:

a) introduzir uma explanação


b) indicar uma enumeração
c) inserir uma exemplificação
d) incluir uma citação
5. Após a leitura do texto acima, responda:
a)  Pela estrutura e pela linguagem utilizada, qual é o gênero de textos como esse? ________________________
 
b)  Qual é a finalidade deste tipo de gênero textual? ________________________________________________
 
c) Com suas palavras explique o assunto tratado no texto. ____________________________________________
__________________________________________________________________________________________
 
d) Onde aconteceu o fato tratado no texto? _______________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
 
e) Quando ocorreu o problema apresentado pelo texto? _____________________________________________
__________________________________________________________________________________________
 
6. Sobre as partes do texto, assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso nos parênteses:
 
(   ) A manchete (título principal) do texto não deixa claro para o leitor sobre o que o texto irá tratar.
(   ) A manchete focaliza mais o fato da aluna ter perdido a causa para o professor do que o próprio motivo da
discussão.
(  ) O texto em itálico logo abaixo da manchete funciona como um breve adiantamento de informação do que
terá no corpo da notícia.
(    ) O segundo parágrafo do texto narra o conflito acorrido entre o professor e a aluna.
(    ) O texto apresenta marcas de opinião pessoal do autor da notícia. 
5. Após a leitura do texto acima, responda:
a)  Pela estrutura e pela linguagem utilizada, qual é o gênero de textos como esse? É uma notícia
 
b)  Qual é a finalidade deste tipo de gênero textual? Informar o leitor
 
c) Com suas palavras explique o assunto tratado no texto. Uma aluna e a mãe dela entraram na justiça contra um professor,
mas perderam a causa.
d) Onde aconteceu o fato tratado no texto? Aconteceu  na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Apolônio Sales,
localizada no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife-PE  
e) Quando ocorreu o problema apresentado pelo texto? O fato ocorreu em 11 de abril de 2016, durante uma aula de Física.
 
6. Sobre as partes do texto, assinale (V) para verdadeiro e (F) para falso nos parênteses:
 
(  F ) A manchete (título principal) do texto não deixa claro para o leitor sobre o que o texto irá tratar.
(  V  ) A manchete focaliza mais o fato da aluna ter perdido a causa para o professor do que o próprio motivo da
discussão.
(  V ) O texto em itálico logo abaixo da manchete funciona como um breve adiantamento de informação do que
terá no corpo da notícia.
(  V  ) O segundo parágrafo do texto narra o conflito acorrido entre o professor e a aluna.
(  F ) O texto apresenta marcas de opinião pessoal do autor da notícia. 
ALUNA É CONDENADA A INDENIZAR PROFESSOR EM R$ 5 MIL POR DANOS MORAIS

O professor entrou com uma ação contra a aluna e a mãe dela por danos morais após discussão
em sala de aula

7. Com relação à manchete e a o lead da notícia, responda:


•Por que a locução verbal “é condenada” está no tempo presente? __________________________________
__________________________________________________________________________________________
b)    Por que a manchete (título principal) foi produzida em letras destacadas? ____________________________
c)     Apenas por essa manchete, tem possibilidade do leitor deduzir sobre o que o texto irá tratar? ____________
d)    Para que serve o lead nessa notícia? _________________________________________________________
e)    Quais informações a mais o lead apresenta em comparação com a manchete? ________________________
__________________________________________________________________________________________

8. Para uma notícia ser clara e completa, precisa responder as seguintes perguntas: o que? Quem? Onde?
Quando? Como? E por que? Sendo assim, retire deste texto as respostas para esses questionamentos.
a) O QUE aconteceu? _________________________________________________________________________
•ONDE? _________________________________________________________________________________
c) QUANDO? _______________________________________________________________________________
d) COMO? _________________________________________________________________________________
e) POR QUE? ______________________________________________________________________________
ALUNA É CONDENADA A INDENIZAR PROFESSOR EM R$ 5 MIL POR DANOS MORAIS

O professor entrou com uma ação contra a aluna e a mãe dela por danos morais após discussão
em sala de aula

7. Com relação à manchete e a o lead da notícia, responda:


A) Por que a locução verbal “é condenada” está no tempo presente? É uma característica das notícias, para
passar a impressão de que a notícia é sempre nova
B) Por que a manchete (título principal) foi produzida em letras destacadas? Para chamar a atenção do leitor.
C) Apenas por essa manchete, tem possibilidade do leitor deduzir sobre o que o texto irá tratar? Somente por
ela não
D) Para que serve o lead nessa notícia? O lead traz um breve resumo do que terá no corpo do texto.
E) Quais informações a mais o lead apresenta em comparação com a manchete? O fato de a mãe também ter
sido condenada.

8. Para uma notícia ser clara e completa, precisa responder as seguintes perguntas: o que? Quem?
Onde?
Quando? Como? E por que? Sendo assim, retire deste texto as respostas para esses questionamentos.
a) O QUE aconteceu? Aluna perdeu uma causa na justiça contra o professor
b) ONDE? Zona Sul de Recife
c) QUANDO? Em 11 de abril de 2016
d) COMO? Desobedeceu ao professor na hora da aula
e) POR QUE? Ela não gostou da bronca do professor e o acusou de tê-la maltratado
O professor ainda informou que essa não foi uma vitória só dele e que recebeu apoio de docentes de
todo o país. “Essa luta, essa batalha toda que houve não é uma vitória minha, mas de toda a classe
dos professores”, comentou.

9.    Sobre o trecho retirado do texto, responda:


a) Por que o autor do texto utilizou o sinal de aspas neste trecho? ______________________________________
__________________________________________________________________________________________
b)    O que significa a palavra “docentes”? _____________________________________
c)     As expressões “luta” e “batalha” usadas na fala do professor refere-se ao que? _______________________
d)    Quantas vozes há nesse trecho? Explique. _____________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
e)    Qual o sentido da palavra “mas” nesse trecho? _________________________________________________
10.    Após a leitura deste texto, possível compreender que:
a)    O professor saiu prejudicado desta situação.
b)    Apenas a aluna foi condenada pela justiça a pagar a indenização.
c)     O professor ganhou a causa porque as acusações da aluna não tinham fundamento legal.
d)    Jeff Kened é professor há cinco anos.
e)    A aluna pediu desculpas ao professor, mas ele não as aceitou.
O professor ainda informou que essa não foi uma vitória só dele e que recebeu apoio de docentes de
todo o país. “Essa luta, essa batalha toda que houve não é uma vitória minha, mas de toda a classe
dos professores”, comentou.

9.    Sobre o trecho retirado do texto, responda:


a) Por que o autor do texto utilizou o sinal de aspas neste trecho? Para indicar a fala do professor literalmente como ele a proferiu
b) O que significa a palavra “docentes”? Professores
c)     As expressões “luta” e “batalha” usadas na fala do professor refere-se ao que? A briga na justiça
d)    Quantas vozes há nesse trecho? Explique. Há duas vozes: do narrador e do professor
e)    Qual o sentido da palavra “mas” nesse trecho? Sentido de adição, soma de ideias.

      
10.    Após a leitura deste texto, possível compreender que:
a)    O professor saiu prejudicado desta situação.
b)    Apenas a aluna foi condenada pela justiça a pagar a indenização.
c)     O professor ganhou a causa porque as acusações da aluna não tinham fundamento legal.
d)    Jeff Kened é professor há cinco anos.
e)    A aluna pediu desculpas ao professor, mas ele não as aceitou.
11.    Sobre as características do gênero notícia, é CORRETO afirmar sobre o texto em analise que:
a)    Tem a função de conscientizar os alunos a não desobedecerem aos professores nas aulas.
b)    Traz informações sobre um acontecimento real e que pode servir de exemplo para professores e alunos de qualquer escola.
c)     Apresenta informações fictícias que servem para despertar uma reflexão tanto em alunos quanto a professores.
d)    Foi escrito numa linguagem muito informal, perdendo a credibilidade do leitor.
e)    É possível perceber o ponto de vista do autor sobre o fato noticiado.

12.    No trecho:

Uma ex-aluna da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Apolônio Sales, localizada no bairro do Ibura, Zona Sul
do Recife-PE, foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 5 mil a um professor. Jeff Kened Barbosa de
Melo, professor da instituição, processou a aluna e a mãe dela por danos morais.

Podemos afirmar que o FOCO principal deste parágrafo na notícia como um todo é:
a)    Mostrar o valor da indenização.
b)    Especificar em qual escola ocorreu o fato.
c)     Apontar em qual município aconteceu o problema.
d)    Mostrar que não se deve processar os alunos.
e)    Apresentar o problema e os principais envolvidos.

13.    Sobre o gênero notícia é INCORRETO afirmar que:


a)    É um gênero jornalístico que apresenta como objetivo principal informar.
b)    Trata sobre acontecimentos reais e de interesse social.
c)     Apresenta em sua estrutura apenas a manchete e o corpo do texto.
d)    Deve apresentar uma linguagem clara, objetiva e impessoal.
e)    Os verbos da manchete devem estar no tempo presente do indicativo, para transmitir a noção de que a notícia é sempre atual.
11.    Sobre as características do gênero notícia, é CORRETO afirmar sobre o texto em analise que:
a)    Tem a função de conscientizar os alunos a não desobedecerem aos professores nas aulas.
b)    Traz informações sobre um acontecimento real e que pode servir de exemplo para professores e alunos de qualquer escola.
c)     Apresenta informações fictícias que servem para despertar uma reflexão tanto em alunos quanto a professores.
d)    Foi escrito numa linguagem muito informal, perdendo a credibilidade do leitor.
e)    É possível perceber o ponto de vista do autor sobre o fato noticiado.

12.    No trecho:

Uma ex-aluna da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Apolônio Sales, localizada no bairro do Ibura, Zona Sul
do Recife-PE, foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 5 mil a um professor. Jeff Kened Barbosa de
Melo, professor da instituição, processou a aluna e a mãe dela por danos morais.

Podemos afirmar que o FOCO principal deste parágrafo na notícia como um todo é:
a)    Mostrar o valor da indenização.
b)    Especificar em qual escola ocorreu o fato.
c)     Apontar em qual município aconteceu o problema.
d)    Mostrar que não se deve processar os alunos.
e)    Apresentar o problema e os principais envolvidos.

13.    Sobre o gênero notícia é INCORRETO afirmar que:


a)    É um gênero jornalístico que apresenta como objetivo principal informar.
b)    Trata sobre acontecimentos reais e de interesse social.
c)     Apresenta em sua estrutura apenas a manchete e o corpo do texto.
d)    Deve apresentar uma linguagem clara, objetiva e impessoal.
e)    Os verbos da manchete devem estar no tempo presente do indicativo, para transmitir a noção de que a notícia é sempre atual.
14. Comparando a notícia que acabamos de ler com a imagem abaixo, assinale a única alternativa CORRETA:

a)    Os dois textos mostram o quanto os pais ficam contra os professores e apoiam os erros dos seus filhos.
b)    Apenas essa charge mostra o erro que muitos pais cometem ao acobertarem os deslizes dos filhos.
c)  A notícia criticou a atitude de uma mãe ao processar o professor da filha, enquanto essa charge informa casos
de violência contra os professores.
d)  A charge critica o fato de muitos pais culparem os professores pelas falhas de seus filhos, enquanto a notícia
incentiva os professores a denunciarem os pais de alunos que perseguem os docentes na escola.
e)    Os dois textos em nada têm a ver.
14. Comparando a notícia que acabamos de ler com a imagem abaixo, assinale a única alternativa CORRETA:

a)    Os dois textos mostram o quanto os pais ficam contra os professores e apoiam os erros dos seus filhos.
b)    Apenas essa charge mostra o erro que muitos pais cometem ao acobertarem os deslizes dos filhos.
c)  A notícia criticou a atitude de uma mãe ao processar o professor da filha, enquanto essa charge informa casos
de violência contra os professores.
d)  A charge critica o fato de muitos pais culparem os professores pelas falhas de seus filhos, enquanto a notícia
incentiva os professores a denunciarem os pais de alunos que perseguem os docentes na escola.
e)    Os dois textos em nada têm a ver.
15. Veja que as MANCHETES abaixo retiradas do site G1 Paraíba estão com as palavras fora de ordem.
Reorganize-as para que as mesmas façam sentido.

a.  para novo Palmeiras Luiz anuncia Felipe Scolari técnico vaga de a como Roger.

b.     ministérios que terá diz mulheres mais Alckmin em.

c.     de US$16 com perde ações do Zuckerberg bilhões recorde Facebook queda.

d.     ossada após pede que achada é do Mãe justiça filho confirmação.

e.     são de Quatro grupo de suspeitas extermínio na pessoas presas integrarem PB

f.     de da dona cachorro com matar foice golpes na Homem frente na suspeito de é PB.
15. Veja que as MANCHETES abaixo retiradas do site G1 Paraíba estão com as palavras fora de ordem.
Reorganize-as para que as mesmas façam sentido.

a.  para novo Palmeiras Luiz anuncia Felipe Scolari técnico vaga de a como Roger.

PALMEIRAS ANUNCIA LUIZ FELIPE SCOLARI COMO NOVO TECNICO PARA A VAGA DE ROGER.

b.     ministérios que terá diz mulheres mais Alckmin em.


ALCKMIM DIZ QUE TERÁ MAIS MULHERES EM MINISTÉRIOS

c.     de US$16 com perde ações do Zuckerberg bilhões recorde Facebook queda.


Zuckerberg PERDE US$16 BILHOES COM QUEDA RECORDE DE AÇÕES DO FACEBOOK.

d.     ossada após pede que achada é do Mãe justiça filho confirmação.

MÃE PEDE JUSTIÇA APÓS CONFIRMAÇÃO QUE OSSADA ACHADA É DO FILHO

e.     são de Quatro grupo de suspeitas extermínio na pessoas presas integrarem PB

QUATRO PESSOAS SÃO PRESAS SUSPEITAS DE INTEGRAREM GRUPO DE EXTERMÍNIO NA PB

f.     de da dona cachorro com matar foice golpes na Homem frente na suspeito de é PB.
HOMEM É SUSPEITO DE MATAR CACHORRO COM GOLPES DE FOICE NA FRENTE DA DONA NA PB
Reportagem, Artigo de Opinião,
Fotorreportagem, Editorial.
Gênero Textual - Reportagem
• A Reportagem é um gênero textual não literário. Ela é considerada um texto jornalístico veiculado pelos meios de
comunicação: jornais, revistas, televisão, internet, rádio, dentre outros.
• O repórter é a pessoa que está incumbida de apresentar a reportagem, a qual aborda temas da sociedade em geral.
• A Reportagem é um tipo de texto que tem a finalidade de informar ao mesmo tempo que prevê criar uma opinião
nos leitores, portanto, ela possui uma função social muito importante como formadora de opinião.
• É um texto opinativo, ou seja, o repórter apresenta seu ponto de vista sobre o que está sendo apresentado.
Geralmente são textos mais longos, opinativos e assinados pelos repórteres, enquanto as notícias são textos
relativamente curtos e impessoais que possuem o intuito de somente informar o leitor de um fato atual ocorrido.
•  
• Estrutura Básica - Vale lembrar que a estrutura básica dos textos jornalísticos é dividida em três partes:
• Título Principal e Secundário: as reportagens, tal qual as notícias, podem apresentar dois títulos, um principal e
mais abrangente (chamado de Manchete), e outro secundário (uma espécie de subtítulo) e mais específico.
• Lide: na linguagem jornalística a Lide corresponde aos primeiros parágrafos dos textos jornalísticos, os quais devem
conter as informações mais importantes que serão apresentadas pelo autor. Portanto, a Lide pode ser considerada
uma espécie de resumo, onde as palavras chave serão apontadas.
• Corpo do Texto: Desenvolvimento do texto, sem perder de vista o que foi apresentado na Lide. Nessa parte, o
repórter reúne todas as informações e as apresenta num texto coeso e coerente.
LEIA: Famílias trocaram a cidade pelo campo para ter uma vida simples
• Trocar o campo pela cidade à procura de uma vida melhor sempre foi a opção mais comum. Porém,
algumas famílias, cansadas do caos urbano, estão fazendo o caminho inverso, deixando os grandes
centros para viver literalmente no meio do mato.
• São pessoas que cursaram faculdade, desfrutavam de um certo conforto na cidade, mas não aguentavam
mais a correria, falta de liberdade, o trânsito e o excesso de consumo. Em busca de uma vida mais simples
e saudável, elas não têm medo de encarar a enxada e descobrir um novo modo de sobreviver.
• Para a mineira Manuella Melo Franco, 34, a chegada do primeiro filho foi o empurrão que faltava para
deixar a cidade e, finalmente, experimentar uma vida mais tranquila e autossustentável, ao lado do
companheiro Hugo Ruax. “O nascimento do Tomé reforçou esse nosso desejo. Queríamos oferecer a ele
uma infância mais próxima da natureza, longe dos valores consumistas e da loucura da cidade”, diz a
fotógrafa e jornalista. [...]
• O catarinense Marinaldo Pegoraro, 54, também não demorou muito para deixar o apartamento em
Curitiba (PR), onde residiu nos últimos 11 anos, para ir viver com a mulher e as duas filhas adolescentes
no Sítio Serra Dourada em Delfim Moreira, no extremo sul de Minas Gerais. [...]
• [...] Existe um esgotamento desse modelo de vida urbano”, diz Marinaldo Pegoraro, sem sentir falta dos
shoppings e feliz de poder trabalhar na terra e ouvir o canto dos pássaros. Disponível em:
<https://estilo.uol.com.br>.
• 1. O texto acima é do gênero:
a) crônica
b) artigo de opinião
c) reportagem
d) conto
e) propaganda

2. Identifique o assunto do texto: ___________________________________________________________


_______________________________________________________________________________________

3. Assinale o motivo que não leva as pessoas a se mudarem para o campo:


a) “[...] um certo conforto na cidade [...]
b) “[...] a correria [...]”
c) “[...] falta de liberdade [...]”
d) “[...] o trânsito [...]”
e) “[...] o excesso de consumo. ”
 
4. O texto apresenta o objetivo das pessoas que deixam a cidade rumo ao campo. Identifique-o:
_______________________________________________________________________________________
 
• 1. O texto acima é do gênero:
a) crônica
b) artigo de opinião
c) reportagem
d) conto
e) propaganda

2. Identifique o assunto do texto: O texto tem como assunto: a mudança de famílias, que residiam em grandes centros urbanos,
para o campo, a fim de viverem de modo simples
3. Assinale o motivo que não leva as pessoas a se mudarem para o campo:
a) “[...] um certo conforto na cidade [...]
b) “[...] a correria [...]”
c) “[...] falta de liberdade [...]”
d) “[...] o trânsito [...]”
e) “[...] o excesso de consumo. ”
 
4. O texto apresenta o objetivo das pessoas que deixam a cidade rumo ao campo. Identifique-o:
As pessoas que mudam para o campo buscam uma vida mais simples e saudável.  
5. De acordo com a entrevistada Manuella Melo Franco, “O nascimento do Tomé reforçou esse nosso desejo”. A que desejo ela se
refere? __________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
 
6. No segmento “[...] para ir viver com a mulher e as duas filhas adolescentes no Sítio Serra Dourada em Delfim Moreira [...]”, a
parte sublinhada exprime a noção de:
a) causa
b) lugar
c) direção
d) finalidade
e) meio
 
7 – No trecho “Porém, algumas famílias, cansadas do caos urbano, estão fazendo o caminho inverso [...]”, a conjunção em
destaque faz uma
a) comparação entre dois fatos.
b) explicação de um fato.
c) complementação de um fato.
d) conclusão de um fato.
e) oposição entre dois fatos.
 
8. As aspas foram empregadas para indicar:
a) as citações científicas.
b) as falas dos entrevistados.
c) as passagens mais importantes do texto.
d) as partes escritas em linguagem informal.
e) as palavras de origem estrangeira.
5. De acordo com a entrevistada Manuella Melo Franco, “O nascimento do Tomé reforçou esse nosso desejo”. A que desejo ela se
refere? Ela refere-se ao desejo de “experimentar uma vida mais tranquila e autossustentável”  

6. No segmento “[...] para ir viver com a mulher e as duas filhas adolescentes no Sítio Serra Dourada em Delfim Moreira [...]”, a
parte sublinhada exprime a noção de:
a) causa
b) lugar
c) direção
d) finalidade
e) meio
 
7 – No trecho “Porém, algumas famílias, cansadas do caos urbano, estão fazendo o caminho inverso [...]”, a conjunção em
destaque faz uma
a) comparação entre dois fatos.
b) explicação de um fato.
c) complementação de um fato.
d) conclusão de um fato.
e) oposição entre dois fatos.
 
8. As aspas foram empregadas para indicar:
a) as citações científicas.
b) as falas dos entrevistados.
c) as passagens mais importantes do texto.
d) as partes escritas em linguagem informal.
e) as palavras de origem estrangeira.
ARTIGO DE OPINIÃO
• O artigo de opinião é um tipo de texto dissertativo-argumentativo onde o
autor apresenta seu ponto de vista sobre determinado tema, e por isso
recebe esse nome.

• A argumentação é o principal recurso retórico utilizado nos textos de opinião,


que tem como característica informar e persuadir o leitor sobre um assunto.

• Geralmente os artigos de opinião são veiculados nos meios de comunicação


de massa - televisão, rádio, jornais ou revistas - e abordam temas da
atualidade.
Atividade (Texto nos próximos slides)

Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi produzido?

Do que fala principalmente o texto?

De que forma o texto abordou o assunto principal?


Artigo: As primeiras lições do coronavírus
''Fica sem sentido o populismo que divide as massas criando-se inimigos virtuais a serem combatidos, pois o inimigo real é comum''
 
FA Flávia Arruda*
postado em 01/04/2020 09:51
 
A gripe espanhola, entre 1918 e 1919, matou mais de 30 milhões de pessoas no mundo todo e, no Brasil, matou até o presidente da República,
Rodrigues Alves. Esse episódio histórico ocorreu exatamente 100 anos atrás.
 
A história da humanidade tem muitos outros registros de epidemias que ceifaram milhões de vidas, paralisaram economias, trouxeram marcas
profundas para gerações e induziram a evolução da indústria farmacêutica, a criação de vacinas e antibióticos. Mostraram a importância dos
cuidados com saneamento básico, saúde pública e meio ambiente.
 
Mas todas elas ocorreram num mundo onde eram muito raras as pessoas que, uma vez na vida, viajavam a outros países ou outros continentes.
 
A grande revolução tecnológica do século 20 criou um mundo novo, com transportes rápidos e acessíveis, grande intercâmbio comercial e
informações imediatas, diminuindo distâncias entre as nações e entre os seres humanos.
 
Não se trata mais de ser contra ou a favor, mas de perceber que esse é o mundo em que vivemos, o mundo globalizado. Essa é a primeira lição do
novo coronavírus. Para o bem e para o mal, para a doença e para o remédio, estamos conectados à grande aldeia global.

O vírus chegou rápido aqui e é preciso olhar o que o mundo inteiro está fazendo para tomarmos as melhores decisões. Isso vale para os cuidados
que devem ser tomados pelos cidadãos e pelos governos, independentemente de serem de direita ou de esquerda, que levem em conta as questões
de saúde pública e também de ordem econômica, já que a economia mundial está infectada, ou impactada, pelo vírus.
Nesse cenário, vemos o mundo inteiro buscando o isolamento social para diminuir a curva de demanda pelos hospitais e pelos aparelhos de respiração
forçada. Todos os países estão chamando o Estado para colocar dinheiro para atender os mais vulneráveis socialmente e para socorrer as empresas e os
empregos.
 
Daí se extrai a segunda lição. Os problemas reais da vida moderna exigem posições menos ideológicas e mais práticas, menos radicais e mais
cooperativas, menos sectárias e mais complementares, relações mais inclusivas e fraternas. Isso posto, fica sem sentido o populismo que divide as
massas criando-se inimigos virtuais a serem combatidos, pois o inimigo real é comum. A crise aguda exige, para ser ultrapassada, humildade dos
governantes e a busca de convergências, pois o esforço tem que ser de todos.
 
A terceira lição é a aceitação da nossa fragilidade humana e da fragilidade das sociedades modernas e ultrainformatizadas. Vaidosos das nossas
potencialidades, dos nossos avanços tecnológicos, viciados no consumismo, esquecemos que estamos tão despreparados para situações de crise quanto
as gerações que nos antecederam. Só que agora com uma população mundial que cresceu exponencialmente e se interconecta com enorme facilidade.
 
Como refletiu Augusto Cury, foi necessário um vírus para desacelerar o planeta, para olharmos mais para dentro de nós mesmos e de nossas famílias,
para mandar mensagens aos amigos esquecidos, para sermos mais cuidadosos com a higiene e mais carinhosos com os idosos. Foi preciso um vírus
para entendermos que o culto às celebridades, com ou sem o uso de robôs e redes sociais, é estupidez intelectual, e que o poder só interessa se servir à
sociedade. Foi preciso um vírus para dar mais valor à vida que ao dinheiro.
 
A essa altura ninguém tem certezas absolutas, e por isso faço uma reflexão e não um texto definitivo, mas, ao torná-lo público, enfatizo a
desimportância de tantas quedas de braço que têm merecido manchetes de jornais ou guerras virtuais, no Brasil e no mundo inteiro. O que elas valem
diante de uma pandemia que deve matar milhões de pessoas?
 
Claro que há muitas lições por aí e você deve estar pensando em outros ângulos da questão, inclusive a necessidade de líderes e governantes
responsáveis, agregadores, sensatos e prudentes. Vamos, então, como cidadãos, cada um fazer a sua parte, com tolerância e compreensão, unidos no
desejo comum de superar os obstáculos e aprender com a crise para sairmos do outro lado num mundo mais fraterno e solidário.

*Deputada federal (PL-DF)


Atividade

Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi produzido?


Foi escrito para convencer as pessoas que o coronavírus trouxe muitas lições para
a vida das pessoas.

Do que fala principalmente o texto?


Do efeito que o coronavírus tem causado.

De que forma o texto abordou o assunto principal?


Primeiramente abordou fatos do conteúdo, mas logo ao fim apresentou o ponto de
vista e fez uma reflexão que aparece no fim do artigo, dizendo que o coronavírus
nos trouxe lições.
Atividade

Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi produzido?

Do que fala principalmente o texto?

De que forma o texto abordou o assunto principal?


Atividade

Qual a finalidade desse texto? Por que ele foi produzido?


Divulgar a união e organização de alunos em acampamento escolar

Do que fala principalmente o texto?


Que alunos se organizaram para manter a organização de
acampamento em escola

De que forma o texto abordou o assunto principal?


Com fotos da organização dos alunos
Gênero Textual - Editorial
O editorial é um tipo de texto utilizado na imprensa, especialmente em jornais e revistas, que tem por objetivo informar, mas sem
obrigação de ser neutro, indiferente.
É comum se ter uma seção chamada Editorial na mídia impressa. Então, a objetividade e imparcialidade não são características dessa
tipologia textual, uma vez que o redator dispõe da opinião do jornal sobre o assunto narrado.
Logo, os acontecimentos são relatados sob a subjetividade do repórter, de modo que evidencie a posição da mídia, ou seja, do grupo que
está por trás do canal de comunicação, uma vez que os editoriais não são assinados por ninguém.
Assim, podemos dizer que o editorial é um texto mais opinativo do que informativo.
O editorial possui um fato e uma opinião. O fato informa o que aconteceu e a opinião transmite a interpretação do que aconteceu.
Pelas características apontadas acima, podemos dizer que o editorial é um texto: dissertativo, pois desenvolve argumentos baseados em
uma ideia central; crítico, já que expõe um ponto de vista; informativo, porque relata um acontecimento.
O jornal que apresenta matérias excessivamente críticas e opinativas e que não possui um ambiente separado para editoriais é considerado
“de opinião”!
Contudo, contrariando o fato do editorial levar em consideração a opinião do jornal como um todo, muitos editoriais de revista mostram
apreciações feitas por autores que assinam o texto e muitas vezes até mostram o rosto em uma foto!
 
Estrutura
Por ser um texto dissertativo-argumentativo, os editoriais apresentam a estrutura básica dividida em três partes principais:
Introdução: exposição do assunto que será tratado no decorrer da leitura.
Desenvolvimento: momento em que a argumentação do escritor será a principal ferramenta.
Conclusão: finalização do texto com a opinião do autor ou da equipe.
LEIA ATENTAMENTE E RESPONDA:
ALÉM DA DOSE
Quinta-feira, Novembro 24, 2011

A proibição da venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos é uma daquelas leis que jamais foram cumpridas com rigor no Brasil. Uma
pesquisa recente encomendada pelo governo do Estado de São Paulo mostrou que um em cada cinco adolescentes entre 12 e 17 anos bebe
regularmente, e quatro em cada dez conseguem comprar álcool sem restrições. Diante desse quadro, é salutar a nova lei estadual que busca endurecer
as regras contra o consumo de álcool por adolescentes.
Em vigor desde o fim de semana passado, a legislação impõe multas de R$ 1.745 a R$ 87.250 a estabelecimentos que vendam bebida alcoólica a
menores de idade. Assim como ocorreu com a bem-sucedida lei antifumo, a expectativa de punição deve reforçar os controles de bares e
supermercados e tornar mais difícil o acesso de adolescentes ao álcool.
Idealizada segundo as regras da "tolerância zero", a nova Lei antiálcool erra, porém, ao transferir para os estabelecimentos comerciais a total
responsabilidade pelo consumo de bebida por menores, mesmo em situações que não estão sob seu controle.
O ponto mais contestável é o enquadramento do comerciante ainda que a bebida seja comprada legalmente por um maior e repassada a um menor.
Não é razoável imaginar que os bares tenham bedéis para verificar e proibir, por exemplo, um pai de oferecer um copo de cerveja a seu filho. A pena,
se coubesse, deveria recair sobre o adulto irresponsável, não sobre o comerciante.
O Sindicato de Bares e Restaurantes também reclama, com razão, da multa a quem vender bebida para jovem com documento de identidade
falsificado. A não ser que se trate de uma montagem grosseira, é exigir demais que os vendedores se transformem em peritos a detectar fraudes em
carteiras.
O terceiro aspecto sob contestação, a obrigatoriedade de geladeiras separadas para bebidas alcoólicas e outras, também é controverso. Além de gerar
custo extra para os comerciantes - que pode ser expressivo em alguns casos -, sua utilidade é duvidosa.
A nova lei acerta ao reforçar restrições e impor multas mais pesadas, mas exagera na dose nos pontos acima mencionados - que deveriam ser revistos.
 
RESPONDA:
 
Na introdução, já se presume o assunto do texto. Escreva-o: ______________________________________
_________________________________________________________________________________________
2. Para escrever um EDITORIAL o autor precisa
(A) criar fatos e personagens conforme sua imaginação.
(B) utilizar-se de um assunto pouco conhecido pelos leitores.
(C) falar sobre uma realidade polêmica.
(D) ser complexo e utilizar um vocabulário acima do padrão.

3. O texto apresenta características, principalmente


(A)  narrativas.
(B)  argumentativas.
(C)  descritivas.
(D)  instrucionais.

Localize no texto o que se pede abaixo:


4. Uma opinião: ____________________________________________________________________________

5. Um fato: ________________________________________________________________________________

6. O texto foi escrito utilizando-se de uma linguagem


(A) popular, sem observar a regras gramaticais.
(B) padrão, com regras linguísticas definidas.
(C) com gírias, pois está endereçado a um público alvo: adolescentes.
(D)  regional, especificando, principalmente, um dialeto.
 
RESPONDA:
 Na introdução, já se presume o assunto do texto. Escreva-o: o texto tem como assunto a negligencia do brasil referente a vendas de bebidas
alcoílicas para menores de 18 anos

2. Para escrever um EDITORIAL o autor precisa


(A) criar fatos e personagens conforme sua imaginação.
(B) utilizar-se de um assunto pouco conhecido pelos leitores.
(C) falar sobre uma realidade polêmica.
(D) ser complexo e utilizar um vocabulário acima do padrão.

3. O texto apresenta características, principalmente


(A)  narrativas.
(B)  argumentativas.
(C)  descritivas.
(D)  instrucionais.

Localize no texto o que se pede abaixo:


4. Uma opinião: A pena, se coubesse, deveria recair sobre o adulto irresponsável, não sobre o comerciante

5. Um fato: "A proibição da venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos é uma daquelas leis que jamais foram cumpridas com rigor
no Brasil"

6. O texto foi escrito utilizando-se de uma linguagem


(A) popular, sem observar a regras gramaticais.
(B) padrão, com regras linguísticas definidas.
(C) com gírias, pois está endereçado a um público alvo: adolescentes.
(D)  regional, especificando, principalmente, um dialeto.
 

7. No trecho “... e quatro em cada dez conseguem comprar álcool sem restrições”, a palavra destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido
do texto, por
(A)  limitações.
(B)  medo.
(C)  punições.
(D)  regulamentos.

8. No trecho “O ponto mais contestável é o enquadramento do comerciante ainda que a bebida seja


comprada legalmente...” A expressão destacada pode ser substituída, sem alteração do sentido do texto, por
(A) à medida que
(B) mesmo que
(C) para que
(D) já que

9. Em “A nova lei acerta ao reforçar restrições e impor multas mais pesadas, mas exagera na dose...” A palavra destacada exprime ideia de
(A)  causa
(B)  consequência
(C)  adversidade
(D)  adição

10. No trecho, “Diante desse quadro, é salutar a nova lei estadual que busca endurecer as regras contra o consumo de álcool por adolescentes” A
palavra destacada foi utilizada em substituição do termo ou expressão
(A) nova lei estadual.
(B) desse quadro.
(C) regras
(D) consumo de álcool.
 

7. No trecho “... e quatro em cada dez conseguem comprar álcool sem restrições”, a palavra destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido
do texto, por
(A)  limitações.
(B)  medo.
(C)  punições.
(D)  regulamentos.

8. No trecho “O ponto mais contestável é o enquadramento do comerciante ainda que a bebida seja


comprada legalmente...” A expressão destacada pode ser substituída, sem alteração do sentido do texto, por
(A) à medida que
(B) mesmo que
(C) para que
(D) já que

9. Em “A nova lei acerta ao reforçar restrições e impor multas mais pesadas, mas exagera na dose...” A palavra destacada exprime ideia de
(A)  causa
(B)  consequência
(C)  adversidade
(D)  adição

10. No trecho, “Diante desse quadro, é salutar a nova lei estadual que busca endurecer as regras contra o consumo de álcool por adolescentes” A
palavra destacada foi utilizada em substituição do termo ou expressão
(A) nova lei estadual.
(B) desse quadro.
(C) regras
(D) consumo de álcool.
HORA DO DESAFIO
• Que tal aproveitar que está em casa
e se inspirar e criar algum dos textos que
conhecemos nas últimas semanas?
Pode ser uma notícia do bairro, uma
fotorreportagem ou até mesmo um
artigo de opinião contando sobre como
você ou as pessoas à sua volta estão
sendo afetados pelo isolamento social
e/ou a pandemia causada pelo coronavírus!