Você está na página 1de 36

ALGARISMO SIGNIFICATIVO

AULA 5
INTRODUÇÃO

• Quando realizamos uma medida precisamos


estabelecer a confiança que o valor encontrado para a
medida representa.
• Medir é um ato de comparar e esta comparação
envolve erros dos instrumentos, do operador, do
processo de medida e outros.
• Em qualquer situação deve-se adotar um valor que
melhor represente a grandeza e uma margem de erro
dentro da qual deve estar compreendido o valor real.
Valor médio
• Quando você realiza uma medida e vai estimar o
valor situado entre as duas menores divisões do
seu aparelho de medida, você pode obter
diferentes valores para uma mesma medida.
• Como exemplo, vamos medir o espaço (S)
percorrido pelo marcador utilizando uma régua
milimetrada (a menor divisão é 1 mm).
N SN (cm)

1 5,82
2 5,83
3 5,85
4 5,81
5 5,86
N=5 SN = 29,17

Fazendo a média aritmética dos valores encontrados temos o valor


médio, ou seja, o valor mais provável de S como sendo:
Valor médio de S = (5,82 + 5,83 + 5,85 + 5,81 + 5,86) / 5 = 5,83 cm.
Algarismos Significativos
• Quando você realizou as medidas com a régua milimetrada do
espaço S, você colocou duas casas decimais, porque você
considerou os algarismos significativos.
• O que são os algarismos significativos?
Quando você mediu o valor de S = 5,81 cm com a régua
milimetrada você teve certeza sobre os algarismos 5 e 8, que
são os algarismos corretos (divisões inteiras da régua), sendo o
algarismo 1 avaliado denominado duvidoso.
Consideramos algarismos significativos de uma medida os
algarismos corretos mais o primeiro duvidoso.
• ALGARISMO SIGNIFICATIVO=5,81 cm
• ALGARISMO CORRETOS= 5,8
• ALGARISMO DUVIDOSO=1
Observação:

Os zeros à esquerda não são considerados


algarismos significativos com no exemplo:
• 0,000123 contém apenas três algarismos
significativos.
Exemplos
1)      A medida 143,25 cm: 
Nº. de Algarismos Significativos: cinco (1, 4,
3,2 e 5)
Algarismos corretos: 1, 4,3 e 2
Algarismo duvidoso: 5
 
2)      A medida 12345,0 cm: 
Nº. de Algarismos Significativos: seis (1, 2, 3,
4,5 e 0)
Algarismos corretos: 1,2,3,4 e 5
Algarismo duvidoso: 0
O zero(0) após a vírgula é significativo.
Exemplos

3)      A medida 0,00014 cm: 


 

Nº. de Algarismos Significativos: dois (1 e 4)


Algarismos corretos: 1
Algarismo duvidoso: 4
Os zeros (0) à esquerda  do algarismo 1 não são
significativos.
Exercício
• Indique o número de algarismos significativos de
cada número abaixo e o algarismo duvidoso:
a) 12,00       
b) 0,0015     
c) 2,23
d) 2008
e) 33,55 g

a) 4,ultimo 0 b)2,5 c)3,3 d)4,8 e)4,5


Números exatos
• São números que não foram obtidos através de
medições. Exemplos:
– Números obtidos através de contagem. O triângulo tem 3
lados
– Número que resultam de definições legais. 1 polegada = 2,54
cm
– Coeficientes de fórmulas: A = bxh/2
• Têm precisão infinita.
• Aplicam-se as regras da aritmética.
Regras de arredondamento - Norma ABNT
NBR 5891
• 1. OBJETIVO
Esta norma tem por fim estabelecer as regras de
arredondamento na Numeração decimal.

• 2. REGRAS DE ARREDONDAMENTO

2.1 Quando o algarismo imediatamente seguinte ao


último algarismo a ser conservado for inferior a 5, o
último algarismo a ser conservado permanecerá sem
modificação. Exemplo:

1,333 3 arredondado à primeira decimal tornar-se-á 1,3.


Regras de arredondamento - Norma ABNT
NBR 5891
2.2 Quando o algarismo imediatamente seguinte
ao último algarismo a ser conservado for
superior a 5, ou, sendo 5, for seguido de no
mínimo um algarismo diferente de zero, o
último algarismo a ser conservado deverá ser
aumentado de uma unidade. Exemplo:

1,666 6 arredondado à primeira decimal tornar-


se-á: 1,7.
Regras de arredondamento - Norma ABNT
NBR 5891
2.3 Quando o algarismo imediatamente seguinte ao
último algarismo a ser conservado for 5 seguido de
zeros, dever-se-á arredondar o algarismo a ser
conservado para o algarismo par mais próximo.
Consequentemente, o último a ser retirado, se for
ímpar, aumentará uma unidade. Exemplo:

4,550 0 arredondados à primeira decimal tornar-se-


ão: 4,6.
Regras de arredondamento - Norma ABNT
NBR 5891
2.4 Quando o algarismo imediatamente seguinte
ao último a ser conservado for 5 seguido de
zeros, se for par o algarismo a ser conservado,
ele permanecerá sem modificação. Exemplo:

4,850 0 arredondados à primeira decimal tornar-


se-ão: 4,8.
Exercício
• Os dados abaixo são os tempos (em seg) alcançados
por bebês para responder a um estímulo auditivo.
Faça os arredondamentos. 2 significativos.
• a) 15,4 ____________b) 15,7 ___________
• c) 15,0 ______________ d) 15,99____________
• e) 15,5 ___________ f) 15,55 _____________
• g) 15,05 ___________h) 15,6 ___________
• i) 15,3 ______________
Exercício
Arredonde para 3 significativos
a) 0,0001230
b) 1,2984
c) 984,476
d) 1,0000000
e) 9,7654321
f) 9,99999999999

a) 0,000123 b) 1,30 c)984 d)1,00 e) 9,76 f) 10,0


Operações com algarismos significativos
Adição e subtração:
Vamos supor que você queira fazer a seguinte adição:
250,657 + 0,0648 + 53,6 =
Para tal veja qual parcela apresenta o menor número
de algarismos significativos. No caso 53,6 que
apresenta apenas uma casa decimal. Esta parcela será
mantida e as demais serão aproximadas para uma
casa decimal.
Você tem que observar as regras de arredondamento.
Operações com algarismos significativos

Exercícios
• 27,8 + 1,324 + 0,66=
• 1,575987 – 1,48=
• 8,34 + 0,659=
• 46,768 + 10=
Operações com algarismos significativos
• Multiplicação e divisão
Vamos multiplicar 6,78 por 3,5 normalmente:
6,78 x 3,5 = 23,73
Aparece no produto algarismos que não são
significativos.
A seguinte regra é adotada:
Verificar qual o fator que apresenta o menor número de
algarismos significativos e apresentar no resultado apenas a
quantidade de algarismo igual a deste fator, observando as
regras de arredondamento.
6,78 x 3,5 = 23,7
• Para a divisão o procedimento é análogo.
Operações com algarismos significativos

Multiplicação e divisão
Observação: As regras para operar com algarismos
significativos não são rígidas. Poderia ser mantido
perfeitamente um algarismo a mais no produto. Os
dois resultados são aceitáveis:

6,78 x 3,5 = 23,73 ou 6,78 x 3,5 = 23,7.


Operações com algarismos significativos

Exercício:
a) 2,0002 x 1,15=
b) 6,27 x 3,7=
c) 2,6 x 1,4=
d) 8,34 x 0,659=
e) 3,7 x 2,6= a) 2,30 b)23,2 c)3,6 d)5,50 e)9,6
MULTIPLOS E SUBMULTIPLOS
• A fim de facilitar a compreensão de grandezas
foram criados os múltiplos e submúltiplos de uma
unidade padrão. Exemplos:
• Um pacote de feijão tem 1000 gramas. Porém é
mais fácil dizer 1 Quilograma (Kg), que é um
múltiplo do grama.
• Uma régua tem 0,3 metros. Dizendo que ela tem 30
centímetros (cm), entendemos mais fácil. O cm é
um submúltiplo do metro.
MULTIPLOS E SUBMULTIPLOS

Em negrito
estão as
notações
científicas mais
usadas
Mudança de unidades
Mudança de unidades
Transforme 72,65m em decímetro (dm)?

km hm dam m dm cm mm

Transforme 0,4m em Milímetro (mm)?

km hm dam m dm cm mm

726,5dm, 400 mm
Converta 125,8 m² em km² ?

Km² hm² dam² m² dm² cm² mm²

Converta 8,37 dm² em mm² ?

Km² hm² dam² m² dm² cm² mm²

0,0001258 km2 , 83700 mm2


Converta 5 cm³ em m³ ?

Km³ hm³ dam³ m³ dm³ cm³ mm³

Converta 12 m³ em cm³ ?

Km³ hm³ dam³ m³ dm³ cm³ mm³

5 × 10^-6 m3, 12 × 10^6 cm3


O litro é uma unidade de medida de volume, Corresponde à quantidade de líquido
que cabe exatamente dentro de um cubo com 1 dm de aresta, de modo que o cubo
fique completamente cheio. O metro cúbico (m³) é a unidade oficial do SI para
medidas de volume/capacidade.

1 litro = 1 dm³ 

1 litro = 1 dm³ = 0.001 m³ 

1 m³ = 1000 dm³ = 1000 litros ( porque litro= dm³ )

O LITRO É IGUAL AO dm³

O LITRO É A MILESIMA PARTE DO m³ 


Converta em litros: 3,5 dm³

Km³ hm³ dam³ m³ dm³ cm³ mm³

Converta em litros: 5 m³

Km³ hm³ dam³ m³ dm³ cm³ mm³

a) 3,5 ℓ ; b) 5000 ℓ
RELAÇÃO ENTRE AS TRÊS GRANDEZAS FÍSICAS MAIS
UTILIZADAS NA HIDRÁULICA INDUSTRIAL

FORÇA (F) É o fenômemo cápaz de modificar o estado de


um corpo, deforma-lo, movimenta-lo ou para-
lo • N (Newton)
UNIDADES de FORÇA • Kgf (Quilograma Força)
• Lbf (Libra Força)
ÁREA (A) Corresponde à superfície em que fluido
hidráulico atua
Medida de uma superfície (área) Plana :

A=bxh h=25 m

A = 10 m x 25 m
A = 250 m²
b=10 m
Medida de uma Superfície (área) cilíndrica
CÍRCULO COROA CIRCULAR

D d D

A = π x D2 A = π x (D2 – d2 )
4 4
A = 0,7854 x D2 A = 0,7854 x (D2 – d2 )
A = π x R2 A = π x (R2 – r2 )

Onde: • D = Diâmetro externo


• R = Raio do diâmetro externo
• d = Diâmetro interno
• r = Raio do diâmetro interno
PRESSÃO (P) é força (F) distribuida pela Superfície (A)
e é representada pela seguinte fórmula :
P (Kgf/cm2 ) = F (Kgf)
A (cm2 )

Como obter as fórmulas de PRESSÃO (P), força (F) e


ÁREA (A) através do triângulo de pascal :
F (Kgf) = P (Kgf/cm2 ) x A (cm2 )
Esta linha representa
uma divisão A (cm2 ) = F ( Kgf )
F P (Kgf/cm2 )
Esta linha
representa uma P A
multiplicação
P (Kgf/cm2 ) = F ( Kgf )
A (cm2 )
• Atm (Atmosferas)
• Bar (Bárias)
• Kgf/cm² (Quilograma
Força por cm²)
• Kpa (Quilopascal)
UNIDADES de • Lbf/pol² (Libra Força
PRESSÃO
por polegada
quadrada)
Pound (libra)
• PSI Square (quadrada)
Inch (polegada)
EQUIVALÊNCIA ENTRE AS UNIDADES DE PRESSÃO

1 Bar ≈ 1 Atm ≈ 1 Kgf/cm2 ≈ 100 Kpa ≈ 14,5 PSI (Libf/pol2 )


≈ 750 mm Hg

X X

Kpa 100 Bar 14,5 PSI

‫׃‬ ‫׃‬
EQUIVALENCIAS ENTRE AS UNIDADES DE PRESSÕES
MAIS COMUNS EM HIDRÁULICA INDUSTRIAL
X X
1 atm = 1,0333 kgf/cm² 1 kgf/cm² = 0,9667 atm
1 atm = 1,0134 bar (N/m²) 1 kgf/cm² = 0,9807 bar
1 atm = 14,697 PSI (lbf/pol²) 1 kgf/cm² = 14,223 PSI (lbf/pol²)
1 atm = 760 mmHg 1 kgf/cm² = 736 mmHg
1 bar = 0,9867 atm 1 PSI (lbf/pol²) = 0,068 atm
1 bar = 1,0196 kgf/cm² 1 PSI (lbf/pol²) = 0,0703 kgf/cm²
1 bar = 14,503 PSI (lbf/pol²) 1 PSI (lbf/pol²) = 0,0689 bar
1 bar = 750 mmHg 1 PSI (lbf/pol²) = 51,719 mmHg
‫׃‬ ‫׃‬
PORTANTO PODEMOS CONCLUIR QUE PARA
CÁLCULOS PRÁTICOS DEVEMOS CONSIDERAR :
1 atm = 1 kgf/cm² = 1 bar = 14,7 PSI (lbf/pol²) = 760 mmHg