Você está na página 1de 20

ATENÇÃO HUMANA

THIAGO VINICIUS DE OLIVEIRA


O QUE É ATENÇÃO?

• Atenção é um conceito estudado na psicologia cognitiva que se refere à:


forma como processamos informações presentes em nosso ambiente
específico ativamente. 

Enquanto uma pessoa lê um livro, por exemplo,


estão acontecendo muitas coisas ao redor – sons
e sensações, a pressão dos pés contra o chão, a
visão da rua por uma janela próxima, o calor
das roupas, a memória de uma conversa que
teve mais cedo com um amigo.
O QUE É ATENÇÃO?

• A Atenção é um fenômeno O ser humano é bombardeado por estímulos o tempo


todo, originários das mais variadas procedências.
necessário para que se
processe o aprendizado,
durante o qual a inteligência
escolhe e dá destaque a
determinados incitamentos e
produz uma conexão entre
eles.
O QUE É ATENÇÃO?

• Como é que conseguimos


experimentar todas essas
sensações e ainda nos concentrar
em apenas um elemento do
nosso meio ambiente?
O QUE É ATENÇÃO?

O FOCO É:
• O PSICÓLOGO e filósofo “A CONCENTRAÇÃO tirada de algumas
americano William James, a atenção coisas com a finalidade de lidar
“é a tomada de posse pela mente, de efetivamente com outras”
forma clara e vívida, de um entre
diversos objetos ou esquemas de
pensamento simultaneamente
possíveis.”
Consciência
LIMITES DA ATENÇÃO

• Existem variáveis ​que impactam Variáveis


a nossa capacidade de • A forma como estamos interessados ​no
permanecer na tarefa estímulo

A atenção é limitada • Quantas distrações nós experimentamos


SELETIVIDADE

• Sendo a atenção um recurso limitado, “Temos de ser seletivos no que


temos que ser exigentes sobre o que estamos a assistir, um
decidimos focar.  processo que muitas vezes
ocorre tão rapidamente que
• Não só temos de concentrar a nossa
nem percebemos que temos
atenção sobre um item específico em
nosso ambiente, mas também filtrar um ignorado certos estímulos em
número enorme de outros itens.  favor de outros.”
Willian James
SISTEMA COGNITIVO

• A atenção é um componente
básico da nossa biologia, presente
até mesmo no nascimento. 
• Nossos reflexos de orientação nos
ajudam a determinar quais eventos
em nosso ambiente precisam ser
atendidos, um processo que auxilia
na nossa capacidade de sobreviver. 
COMO A ATENÇÃO FUNCIONA?

• Sabemos que a atenção é seletiva e limitada em termos de capacidade, mas como


exatamente nós filtramos informações desnecessárias e apontamos os holofotes em
coisas que realmente importam?
• Como conseguimos ignorar todos os estímulos que nos rodeiam competindo por
recursos de atenção ainda não é totalmente explicado?
NEUROLOGIA

• Sugere-se que quando as áreas do cérebro


envolvidas na detecção de estímulo estão em um
alto nível de excitabilidade, as pessoas são muito
mais propensas a notar um estímulo. 
• Inversamente, quando os níveis são baixos nestas
regiões, a probabilidade de um sinal ser detectado
é muito menor.
• No plano fisiológico a atenção está sujeita ao bom • Na esfera motivacional tudo se desenrola
estado do sistema neurológico e ao contexto em conforme o estímulo se manifesta e atrai
o indivíduo.
que a pessoa está mergulhada.
NEUROLOGIA
CONSCIÊNCIA

No caso de uma pessoa, por exemplo, com


perturbação de sua esfera consciente, ela
• A atenção está sempre normalmente apresenta modificações no seu grau
conectada ao grau de de atenção e manifesta uma amplificação da
atenção passiva, revelando-se hipervigilante.
consciência do sujeito. Por Porém, quando o sujeito está entorpecido,
considera-se que ele está hipovigilante, como
esta razão não se deve crer quando alguém está deprimido.

que ela seja uma prática


mental independente.
CONSCIÊNCIA

  Ao focar a atenção em algo, o


indivíduo seleciona um assunto
em sua consciência e o destaca,
preservando-o severamente
realçado, sem se deixar afetar
pelas esferas externas ao seu nível
mental consciente. Fora esse
cuidado, ele tem poder para mudar
suas escolhas temáticas à vontade.
TIPOS DE ATENÇÃO

Atenção concentrada ou concentração


 A atenção concentrada é caracterizada pela concentração do cérebro em apenas uma atividade,
excluindo todos os estímulos ao redor. Essa atenção é usada quando focamos a atenção em um
único objeto de trabalho. Um exemplo prático de atenção concentrada pode ser observado quando
você assiste a uma aula e se foca totalmente no professor para entender a matéria.
TIPOS DE ATENÇÃO

Atenção alternada
• Ainda considerando o exemplo da aula, se você recebe uma mensagem no celular e desvia a atenção para
ela, então sua atenção está alternada. Esse é o tipo de atenção usado no trânsito: quando você está
dirigindo e o farol fecha, é preciso se concentrar no farol e na direção.
TIPOS DE ATENÇÃO

Atenção sustentada
A atenção sustentada é a habilidade de manter-se focado durante
uma atividade contínua e repetitiva, quando a mente está focada
em uma mesma tarefa por um longo período, sem distrações.
 Atenção seletiva
 Esse é um tipo de atenção consciente, quando escolhemos onde nossa
mente deve permanecer focada. É a atenção que você mantém no que o
professor está falando, mesmo com os colegas conversando na sala de
aula, o celular tocando e o barulho dos carros na rua. Você escolhe excluir
as distrações ao redor para que o cérebro fique concentrado no que o
professor está falando.
A PSICOLOGIA ATUAL

 Capacidade e foco de atenção (experiências subjetivas de concentração)

 Atenção seletiva (processos que facilitam a seleção de informações relevantes)

 Atenção constante ou sustentada (capacidade de manter a atenção ao longo do tempo)

LIMITAÇÕES NA CAPACIDADE DE MANTER A ATENÇÃOPOR LONGO TEMPO

COSNCIÊNCIA – ESTIMULOS -MOTIVAÇÃO


ANORMALIDADES DA ATENÇÃO

 HIPOPROSEXIA – Estado de atenção exacerbada


 APROSEXIA – Total incapacidade de manter a atenção por mais fortes e variados que sejam os estímulos
 DISTRAÇÃO – Sinal, da possibilidade de não concentração em um determinado objeto
 DISTRABILIDADE – Patológico, não mantém a atenção voluntária.
TRANSTORNOS MENTAIS

 Humor
 Quadros maníacos
 Quadros depressivos
 TOC
 Esquizofrenia
 TDAH