Você está na página 1de 16

EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO

TRABALHO
DIVISÃO DO TRABALHO

• O homem primitivo vivia da coleta de alimentos, da caça e da pesca;


• Estas atividades eram coletivas e repartidas por idade e por sexo;
• O homem utilizava ferramentas rudimentares para realizar sua tarefa;
1ª DIVISÃO SOCIAL DO TRABALHO

• A partir da necessidade o homem começou a criar e aperfeiçoar seus


instrumentos de trabalho. ( lanças, machados... Passaram a ser feitos de
pedras ou bronze).
• Mais tarde com a descoberta da agricultura e da pecuária, o homem não
precisava mais se deslocar para procurar alimentos tornando-se sedentário
e produtor.
• Com a descoberta da agropecuária surgi especialização em determinadas
atividades. por exemplo, a pecuária, a agricultura ou a pastorícia.
• Aparece a primeira divisão social do trabalho.
2ª DIVISÃO SOCIAL DO TRABALHO
• Com o aperfeiçoamento do trabalho dos metais aparecem os ofícios
(profissões) que produzem os instrumentos ou armas em metal,
afastando-se as atividades de pastorícia e da agricultura.
• Novos ofícios surgem, como por exemplo, o tecelão ou o oleiro na
sociedade.
• Separam-se os ofícios da agricultura e da pastorícia, é a segunda divisão
social do trabalho.
O TRABALHO E A ANTIGUIDADE

• Podemos considerar duas divisões nesta sociedade:


• -os homens livres Os homens livres eram servidos pelos escravos,
viviam do ócio, do lazer, e da contemplação, meditavam.

• - os escravos O trabalho era considerado como algo de


penoso, duro e constituído por atividades péssimas . Mais tarde, esta
sociedade escravagista foi derrubada.
O TRABALHO E O FEUDALISMO
• Na Idade Media, após o período de escravidão, ( extinto pelo grande
numero de conflitos) surgiu o trabalho servil;
• Em troca de proteção e sustento os servos trabalham nas grandes
propriedades de terras dos senhores feudais e pagavam impostos para os
mesmos.
• Nos feudos os servos se organizavam e faziam as trocas de produtos e
objetos, controlando o mercado.
O SERVILISMO E O SEU DESAPARECIMENTO

• Fatores Do fim do servilismo:


• 1- As epidemias;
• 2- O crescimento do comércio; a burguesia;
• 3- O crescimento das cidades;
• 4- O aperfeiçoamentos de ferramentas e técnicas;
AS CORPORAÇÕES

• São organizações de produtores, agrupados por ofícios para garantir


os privilégios dos participantes e no sentido de controlar o mercado e
a concorrência.
• As corporações resultam de diversos fatores:
• - o êxodo rural para as cidades;
• - o aparecimento de novas atividades e ofícios;
• - a forma de mercado;
FATORES DE EXTINÇÃO DAS CORPORAÇÕES:

• Fatores de extinção das corporações:


• -a Revolução Francesa e a Revolução Industrial (a noção de liberdade e de
iniciativa);
• -o comércio internacional.;
IDADE MODERNA
A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

• O operário substitui o artesão e aparece a fábrica e podemos, agora, referir


a manufatura baseando-se essencialmente no trabalho manual do operário,
• é uma primeira forma do capitalismo .
• Mais tarde, surge a mecanização das atividades industriais, através de
invenções e de inovações, é o surgir da Revolução Industrial, nos séculos
XVIII e XIX e XX.
• Diversas invenções surgem na indústria e serviços, como por exemplo, a
máquina a vapor ou os caminhos de ferro.
• o trabalho assalariado. (mau pago)-Daqui aparecem as greves e revoluções
fundamentalmente das classes trabalhadoras.
• A partir destas mudanças econômicas, sociais e políticas surge uma nova
forma de organização económica e social, o capitalismo.
CAPITALISMO
• Sistema econômico caracterizado pela propriedade privada dos meios de produção, e
pela existência de mercados livres em que prevalecem as relações de trabalho
assalariado.
• • O capitalismo caraterizava-se por:
•  Existência da propriedade privada dos meios de produção;
•  O lucro ser a grande finalidade;
•  Oposição entre assalariado e o capitalista;
•  Apropriação privada dos meios de produção;
A SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

• Podemos citar nesse período algumas invenções e inovações:


• - a eletricidade;
• -o motor de explosão;
• - o petróleo;
• -o telefone;
• A partir das descobertas e outras invenções, vai aumentar a eficiência e a produção
em indústrias. Mas por outro lado, na economia industrializada começa a surgir o
desemprego.
IDADE CONTEMPORÂNIA
• O trabalho na atualidade se resume em uma palavra-
EMPREENDEDORISMO- o inicio de uma nova organização através da
identificação de oportunidades, transformações de recursos em negócios
lucrativos.

Você também pode gostar