Você está na página 1de 13

O PAPEL DOS ADVOGADOS NA

ORDEM JURÍDICA SÃO -


TOMENSE

Luicélio Monteiro
Advogado
04\08\2018
O ADVOGADO – ADVOCATU
(aquele chamado para junto de, para assistir, defender alguém)

 É um profisisonal liberal, licenciado em Direito e inscrito na Ordem dos Advogados


que defende/ representa em juízo ou fora dele os particulares entre si ou ante o
Estado.
 É auxiliar na administracão da justiça, assegurando a defesa dos , direito,
liberdades e garantias dos cidadãos.
 Não é uma simples profissão, mas um encargo público.
OBS: O advogado (no sentindo amplo) é o profissional que defende o Direito. Tem
uma função importantíssima na sociedade: zelar pelo bom cumprimento da lei, por
uma sociedade justa, democrática e ajudar os mais fracos.
FORMAS DE ACTUAÇÃO
 Consulta Jurídica;
 Assessoria Jurídica;
 Procuradoria Jurídica;
 Ensino Jurídico
A CONSTITUIÇÃO

Estado de Direito Democrático


Artigo 6º
1. A Republica Democrática de São Tomé e Príncipe é um Estado de Direito democrático, baseado nos
direitos fundamentais da pessoa humana.
2. O poder político pertence ao povo, que o exerce através de sufrágio universal, igual, direto e secreto
nos termos da Constituição.

Justiça e Legalidade
Artigo 7.º
O Estado de Direito Democrático implica a salvaguarda da justiça e da legalidade como valores
fundamentais da vida coletiva
A CONSTITUIÇÃO

Artigo 20.º
Acesso aos Tribunais

Todo o cidadão tem direito de recorrer aos tribunais contra os atos que violem os seus
direitos reconhecidos pela Constituição e pela lei, não podendo a justiça ser denegada por
insuficiência de meios económicos.
QUAL O REAL PAPEL DO ADVOGADO NA ORDEM JURÍDICA SÃO – TOMENSE?

Habitualmente é atribuído ao advogado, um papel redutor de mero promotor da defesa do direitos


fundamentais do cidadão.

Pelo contrário, (a legislação constitucional) quanto a infraconstitucional, tem reservado aos advogados
missão honrosa de defensores da Lei, da Justiça e Direito Democrático.
O PAPEL DO ADVOGADO SEGUNDO NOSSA ORDEM JURÍDICA

 O art.6.º da lei N.º 7/2010, (Lei Base do Sistema Judiciário) inserto no capítulo
destinado às funções essenciais à Justiça, prescreve que os “advogados
participam na administração da justiça, competindo-lhes, de forma exclusiva, e
com as exceções previstas na lei, exercer o patrocino das partes ”.
 A Lei 10/2006 (Estatuto da ordem dos advogados), estipula claramente no
artigo 56:º quais os deveres do advogado para com a comunidade.
Constituem deveres do advogado para com a comunidade, entre outros:
a) Pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da Justiça e pelo
aperfeiçoamento das instituições jurídicas;
b) Não advogar contra lei expressa, não usar de meios ou expedientes
ilegais, nem promover diligências reconhecidamente dilatórias, inúteis ou
prejudiciais para a correcta aplicação da lei ou a descoberta da verdade;
c) Recusar o patrocínio a questões que considere injustas;
d) Colaborar no acesso ao direito e aceitar nomeações oficiosas nas condições fixadas na lei e
pela Ordem;
e) Protestar contra as violações dos direitos humanos e combater as arbitrariedades de que
tiver conhecimento no exercício da profissão;
f) Não solicitar nem angariar clientes, por si nem por interposta pessoa;
g) Não aceitar mandato ou prestação de serviços profissionais que, em qualquer circunstância,
não resulte de escolha directa e livre pelo mandante ou interessado.
O PAPEL DO ADVOGADO SEGUNDO NOSSA ORDEM JURÍDICA

É de salientar também que, o advogado não faz apenas a defesa do acusado, mas também é
quem fiscaliza se os trâmites do processo estão correndo dentro do que prescreve a lei, se
todas as garantias em favor do acusado estão sendo corretamente aplicadas.
Vale à pena, aqui frisar, que ninguém poderá ser julgado se não tiver um defensor à sua
disposição.
ADVOGADO COMO GARANTE DA DEFESA E MANUTENÇÃO DO ESTADO
DIREITO DEMOCRATICO.

 respeito ao cidadão e interesses da sociedade;


O advogado como indispensável à administração da Justiça;
No exercício da sua função, o advogado presta serviço público e exerce função
social;
No processo judicial, o advogado contribui na concretização de decisão favorável ao
seu constituinte, no convencimento do julgador,constituindo os seu atos múnus
público.
O PAPEL DO ADVOGADO NA ORDEM JURÍDICA SÃO - TOMENSE

CONCLUSÕES:

Para existir um verdadeiro Estado de Direito Democrático necessário se torna um


aprofundamento da democracia participativa com o objetivo de atingir a igualdade real entre
todos.

Estado de direito democrático é a qualificação do Estado com duas ideias indissociáveis: a


prévia regulamentação legal e a democracia.
democracia

O papel do advogado na consolidação do estado de direito democrático, deve ser “tripartido”


pelos tribunais, ministério publico e Governo. Em todos os aspetos.
OBRIGADO

Luicélio Monteiro – Advogado e Membro do


Conselho Superior da OASTP
Email: monteiro@lmassociados.net
/luiceliomadv@gmail.com
www.lmassociados.net
Telef: 9959443

Você também pode gostar