Você está na página 1de 18

PRONOMES OBLÍQUOS

 Os pronomes pessoais do caso oblíquo são os


empregados como complemento verbal sendo
objeto direto ou objeto indireto. 
Verbos Transitivos Diretos e  Indiretos

 Alguns verbos podem aceitar ao mesmo tempo um


objeto direto e outro indireto.
 Nos verbos transitivos diretos e indiretos, o objeto
direto costuma indicar coisas e o objeto indireto
costuma indicar pessoas.
Objeto Direto
 É o termo da oração que completa a significação de um
verbo transitivo direto sem necessitar de preposição.
 Exemplo:
   A doceira           fez                  um bolo
                   verbo transitivo direto           artigo
                                                                          Objeto direto
Objeto Indireto

 É o termo da oração que completa a significação de um


verbo transitivo indireto necessitando de preposição (a, de,
em, por)

 Exemplo:
A menina        gosta       de caramelos.
V.T.I O. I
Análise sintática de frases com verbos transitivos diretos e
indiretos

 Eu agradeci o convite ao diretor

Sujeito: eu 
Predicado: agradeci o convite ao diretor
Verbo transitivo direto e indireto: agradeci
Objeto direto: o convite 
Objeto indireto: ao diretor
Pronome Oblíquos como Complementos
Verbais

 Os pronomes oblíquos geralmente assumem a função


de complementos verbais (objeto direto e objeto
indireto).
Uso da Próclise e da Ênclise 
Cada regra tem duas formas de se usar o pronome:
 Se o pronome vier antes do verbo chama- se proclise e
se vier depois do verbo, chama- se enclise.
 Para usar a próclise por ser a forma coloquial do
Brasil, devemos nos remeter a primeira regra.
 Exemplo: Vou cantar o hino​​

1. Enclise: Vou cantá- lo​​

2. Próclise:  (1° Regra: o, os, a, as)

    O vou cantar​​
1° Regra: Verbos terminados: vogais

 Quando o verbo terminar em vogal, substitui- se o complemento


verbal ou objeto direto pelos pronomes oblíquos 
      o, os, a, as
     Abri a porta
a) Abri- a
b) A abri
2° Regra: Verbos terminados: r, s, z
 Quando o verbo terminar em r, s, z 
Eliminam- se tais letras e substitui-se pelos  pronomes oblíquos 
Ele vai abrir  a  lo, los, la, las
porta
1. Ênclise: Ele vai abrí- la
2. Próclise: Ele a vai abrir
  Mas lembre-se que no falar diário tais formas não são usadas; fica
muito pedante. Devemos conhecer estes usos apenas para aplicá-los
a uma linguagem especial, culta.
3° Regra:Verbos terminados: m, (~)

 Quando os verbos terminarem num som nasal ou seja m ou vogal


acentuada com til (~): am, em, ão(s) ou õe(s)
  o complemento verbal ou objeto direto substitui- se por

no- nos- na- nas 

 Ex: As mulheres compram muitos sapatos


1. Ênclise: As mulheres compram- nos
 2. Próclise: As mulheres 
Objeto indireto= lhe

 O pronome lhe nunca substitui objeto direto! Ele é usado


para substituir o objeto indireto.

Exemplo:
Entreguei a carta ao mensageiro. (objeto indireto) 
Entreguei-lhe a carta. (pronome oblíquo indireto)