Você está na página 1de 7

Introdução à Gestão

- O que é a Gestão?
- “Gestão é o processo levado a cabo por um ou mais
indivíduos, de coordenação de outras pessoas, com vista a
alcançar resultados que não seriam possíveis pela acção
isolada de uma pessoa.”

Ou,
“Actividade racional através da qual coordenamos recursos
materiais e financeiros com vista à persecução de
objectivos”.

Temos portanto, nestas duas definições, alguns pontos


importantes:

· A Gestão é uma actividade, um processo;


Gerir é obter coisas através dos
Introdução à Gestão
- Porque estudar a Gestão?
· Po rq u e a n o ssa so cie d a d e d e p e n d e d e in stitu içõ e s e o rg a n iza çõ e s
e sp e cia liza d a s p a ra a o b te n çã o d o s b e n s e se rviço s q u e d e se ja .

· Po rq u e to d o s n ó s, d e u m a m a n e ira o u d e o u tra te m o s q u e g e rir.

· Po rq u e o su ce sso d e u m p a ís, e m p re sa o u in stitu içã o d e p e n d e d a


su a ca p a cid a d e d e G e stã o !
Introdução à Gestão
- Funções de um Gestor?
· Pla n e a r ( processo de determinar antecipadamente o que deve
se r fe ito e co m o fa zê -lo

· O rg a n iza r ( consiste estabelecer relações formais entre as pessoas


e o s re cu rso s p a ra a tin g ir o s o b je ctivo s p ro p o sto s) -

· D irig ir ( processo de determinar , isto é , afectar ou influenciaro


co m p o rta m e n to d o s o u tro s – e n vo lve m o tiva çã o , lid e ra n ça e
co m u n ica çã o )

· C o n tro la r ( processo de comparação do actual desempenho da


o rg a n iza çã o co m p a d rõ e s ( sta n d a rts) p re via m e n te e sta b e le cid o s,
a p o n ta n d o e ve n tu a is a cçõ e s d e co rre cçã o )
Introdução à Gestão
- Conceito de Organização?
· Pe rsp e ctiva d e M e io s Té cn ico s e E q u ip a m e n to s - conjunto de
e q u ip a m e n to s e d e p ro ce sso s d e tra n sfo rm a çã o , d e m e io s té cn ico s
e fin a n ce iro s

· Pe rsp e ctiva A ctiva e S o cia l – C o n ju n to d e p e sso a s o rg a n iza d a s e


d o ta d a s d e o b je ctivo s

· Q u e m ? ( C o n ju n to d e Pe sso a s)
· Po rq u ê ? ( m e ta s e o b je ctivo s)
· C o m o ? ( co o rd e n a çã o d o s m e io s m a te ria is e h u m a n o s)

Q u a lq u e r q u e se ja a d im e n sã o d a o rg a n iza çã o , a m e sm a p o d e
d e fin ir-se co m o co n ju n to d e d u a s o u m a is p e sso a s in se rid a s n u m a
e stru tu ra a b e rta a o m e io exte rn o , tra b a lh a n d o e m co n ju n to e d e
u m m o d o co o rd e n a d o p a ra a lca n ça r o b je ctivo s.
Introdução à Gestão
-Razões da Existência das
Organizações
· R a zõ e s S o cia is – prendem -se com questões culturais e
so cio ló g ica s. O u se ja , a s p e sso a s sã o se re s g re g á rio s q u e
n e ce ssita m d o re la cio n a m e n to e sta b e le cid o co m o s o u tro s p a ra
vive r e so b re vive r. O in d ivíd u o p o r se r u m se r so cia lte m
n e ce ssid a d e d e se a sso cia r.

· R a zõ e s M a te ria is – q u e stõ e s q u e se p re n d e m co m a sp e cto s q u e ,


iso la d a m e n te o in d ivíd u o ja m a is co n se g u iria o b te r:
- Aumento de especialização – a divisão de tarefas permite o
a u m e n to d a e sp e cia liza çã o .
- Compressão de Tempo – uma vez que as tarefas se encontram
d ivid id a s p o r vá ria s p e sso a s, te n d e m a co n cre tiza r-se m a is
ra p id a m e n te .
-A cu m u la çã o d e co n h e cim e n to - o s in d ivíd u o s tê m p e rso n a lid a d e s e
exp e riê n cia s d ife re n te s, q u e p o d e rã o p e rm itir u m e n riq u e cim e n to
d a ta re fa e a tro ca d e co n h e cim e n to s co m o s se u s co m p a n h e iro s.
Efeito Sinergético - Quando a actuação conjunta
dos indivíduos produz efeito maior que a soma dos
efeitos dos indivíduos isolados. SINERGIA: 1
+1>2
Introdução à Gestão
N íve is d e G e stã o
C o n sid e ra m -se g e ra lm e n te Trê s N íve is
-In stitu cio n a l – forte componente estratégica , envolvimento
d a to ta lid a d e d o s re cu rso s d isp o n íve is ( g e ra lm e n te
a sso cia d o a a cçõ e s d e m é d io e lo n g o p ra zo ), p o lítica s g e ra is
– conselho de administração , direcção geral , gerência

-In te rm é d io – co m p o n e n te tá ctica co m m o vim e n ta çã o d o s


re cu rso s e p la n o a cu rto p ra zo – d ire cto re s d e á re a ,
d ire cto re s d e d ivisã o , d ire cto re s d e d e p a rta m e n to s, e tc .

-O p e ra cio n a l – co m p o n e n te té cn ica , exe cu çã o d e ro tin a s e


p ro ce d im e n to s –su p e rviso re s, ch e fe s d e se rviço , ch e fe s d e
se cçã o .
Introdução à Gestão
A p tid õ e s d o s G e sto re s
A a ctu a çã o d o s g e sto re s a va lia -se g e ra lm e n te p o r p a d rõ e s
d e e ficiê n cia e e ficá cia – p a ra isso d e ve p o ssu ir e
d e se n vo lve r vá ria s a p tid õ e s e sse n cia is.

-A p tid ã o co n ce p tu a l – capacidade para apreender ideias


g e ra is e a b stra cta s e a p lica -la s e m situ a çõ e s co n cre ta s.

-A p tid ã o té cn ica – ca p a cid a d e p a ra u sa r co n h e cim e n to s,


m é to d o s o u té cn ica s e sp e cífica s n o se u tra b a lh o co n cre to .

-A p tid ã o e m re la çõ e s h u m a n a s – ca p a cid a d e d e
co m p re e n d e r, m o tiva r e o b te r a a d e sã o d a s o u tra s p e sso a s.
C a p a cid a d e d e co m u n ica r, tra b a lh a r e e n te n d e r a s a titu d e s
e o s co m p o rta m e n to s d o s in d ivíd u o s e d o s g ru p o s.