Você está na página 1de 24

CFSD 2014

Título do Conteúdo

• Conteúdo do slide
Procedimentos Policiais em Crimes
Ambientais

Cap PM Patricio Bernabé Fiorim


Procedimentos Policiais em Crimes
Ambientais

ATENDIMENTO ÀS OCORRÊNCIAS DE FLORA


SILVESTRE
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Contravenção X Crime X Infração Administrativa

 Contravenção: infração penal a que a lei comina,


isoladamente, pena de prisão simples ou de multa, ou
ambas, alternativa ou cumuladamente; (Dec. Lei
3.914/41)
 Crime: infração penal a que a lei comina pena de reclusão
ou de detenção, quer isoladamente, quer alternativa ou
cumuladamente com a pena de multa; (Dec. Lei 3.914/41)
 Infração administrativa: não comina em prisão ou
detenção. Penas definidas em normas.
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Vegetação Nativa x Vegetação Exótica

 Vegetação Nativa: proveniente da flora original


local;

 Vegetação Exótica: proveniente de fora da flora


original local.
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Vegetação Primária X Vegetação Secundária

 Vegetação Primária: vegetação de máxima expressão local,


com grande diversidade biológica, sendo os efeitos das
ações antrópicas mínimos, aponto de não afetar,
significativamente, suas características originais de
estruturas e de espécies;
 Vegetação Secundária: vegetação resultante de processos
naturais de sucessão, após supressão total ou parcial da
vegetação primária por ações antrópicas ou causas
naturais, podendo ocorrer árvores remanescentes da
vegetação primária.
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Estágios de regeneração

 Inicial: fisionomia herbácio arbustiva, serrapilheira quase


inexistente, pouca diversidade biológica, abundância de
espécies pioneiras, ausência de subosque e área basal
entre 02 e 10m2 por ha;

 Médio: fisionomia arbórea e/ou arbustiva, predominando


sobre a herbácea, cobertura de aberta a fechada com
indivíduos emergentes, serrapilheira presente,
diversidade biológica significativa, subosque presente e
área basal entre 10 e 18m2 por ha;
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Estágios de regeneração

 Avançado: fisionomia arbórea dominante, formando um


dossel fechado e relativamente uniforme, espécies
emergentes com diferentes graus de intensidade,
serrapilheira abundante, grande diversidade biológica,
estratos herbáceos, arbustivo e um notadamente arbóreo
e área basal com DAP maior ou igual a 10cm, podendo
variar entre 18 e 30m2 por ha. (Lei Estadual 5.361/96)
Procedimentos Policiais em Crimes
Ambientais

CRIMES CONTRA A FLORA (Lei Federal 9.605/98)


Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

FONTE: Fiorim, 2013, p. 80.


Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

FONTE: Fiorim, 2013, p. 106.


Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

FONTE: Fiorim, 2013, p. 107.


Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 38. Destruir ou danificar floresta considerada de


preservação permanente, mesmo que em formação, ou
utilizá-la com infringência das normas de proteção:
 Pena: detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas...
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 38-A. Destruir ou danificar vegetação primária ou


secundária, em estágio avançado ou médio de
regeneração, do Bioma Mata Atlântica, ou utilizá-la com
infringência das normas de proteção:
 Pena: detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas...
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 39. Cortar árvores em floresta considerada de


preservação permanente, sem permissão da autoridade
competente:
 Pena: detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas...
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 40. Causar dano direto ou indireto às Unidades de


Conservação e às áreas de que trata o art. 27 do Decreto
nº 99.274, de 6 de junho de 1990, independentemente de
sua localização:
 Pena: reclusão, de um a cinco anos.

 Art. 41. Provocar incêndio em mata ou floresta:


 Pena: reclusão, de dois a quatro anos e multa.
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 42. Fabricar, vender transportar ou soltar balões que


possam provocar incêndios nas florestas e demais formas
de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de
assentamento humano:
 Pena: detenção, de um a três anos, ou multa, ou ambas...
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

DOF: Documento de Origem Florestal


O DOF constitui-se licença eletrônica obrigatória para o transporte,
beneficiamento, comércio, consumo e armazenamento de produtos
florestais de origem nativa, inclusive o carvão vegetal nativo,
contendo as informações sobre a procedência desses produtos. (IN
21/2013 – IBAMA)
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

Produto Florestal Bruto: aquele que se encontra no seu estado bruto


ou in natura: (IN 21/2013 – IBAMA)
Madeira em tora;  Lenha;
Torete;  Palmito;
Poste não imunizado;  Xaxim;
Escora, estaca ou mourão;  Óleo essencial.
Achas e lascas;
Bloco, quadrado ou filé;
Pranchão desdobrado com motosserra;
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

Produto Florestal Processado: aquele que, tendo passado por


atividade de processamento, obteve a seguinte forma: (IN 21/2013 –
IBAMA)
Madeira serrada (Glossário);  Carvão;
Piso, forro e porta;  Artefatos de xaxim;
Rodapé, portal, batente, alisar, etc.;  Cavacos.
Lâminas de madeira;
Resíduos de indústria madeireira;
Dormentes;
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 46. Receber ou adquirir, para fins comerciais ou


industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de
origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do
vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem
munir-se da via que deverá acompanhar o produto até
final beneficiamento:
 Pena: detenção, de seis meses a um ano, e multa.

 § único: incorre nas mesmas penas quem vende, expõe a


venda, tem em depósito, transporta ou guarda madeira...
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 48. Impedir ou dificultar a regeneração natural de


florestas e demais formas de vegetação:
 Pena: detenção, de seis meses a um ano, e multa.

 Art. 49. Destruir, danificar, lesar ou maltratar, por


qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de
logradouros públicos ou em propriedade privada alheia:
 Pena: detenção, de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as
penas cumulativamente.
Atendimento às Ocorrências de Flora Silvestre

Crimes contra a Flora (Lei Federal 9.605/98)

 Art. 51. Comercializar motosserra ou utilizá-la em


florestas e nas demais formas de vegetação, sem licença
ou registro da autoridade competente:
 Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa.

 Art. 52. Penetrar em Unidades de Conservação


conduzindo substâncias ou instrumentos próprios para
caça ou para exploração de produtos ou subprodutos
florestais, sem licença da autoridade competente:
 Pena: detenção, de seis meses a um ano, e multa.
BPMA – 26 anos em defesa da vida e do meio ambiente

MUITO OBRIGADO!