Você está na página 1de 29

Área 2 – Química

Ensino Médio, 2º Ano


EQUAÇÃO DE ESTADO DOS GASES PERFEITOS
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos
Center (NASA-ARC) / Public Domain
Imagem: NASA Ames Resarch

A importância dos gases

National Marine Sanctuaries Media Library /


NOAA/NOS/NMS/FGBNMS;
O gás hélio é utilizado em dirigíveis

Sanctuary Superintendent
Imagem: G.P. Schmahl,
e balões com fins recreativos.

Public Domain.
A mistura hélio/oxigênio é usada para mergulhos à
grande profundidade, já que o hélio é inerte e menos
solúvel no sangue que o nitrogênio (1).
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Imagem: Tradimus /  GNU Free Documentation License

Imagem: Janne Karaste / GNU Free A importância dos gases


Documentation License

Harrison Schmitt ou Ron Evans (da


missão Apollo 17) / Public Domain
Imagem: NASA. Foto tirada por 
O gás oxigênio
é muito importante na respiração
de muitos seres vivos, além de ser O gás ozônio tem grande
usado como comburente (2). importância na atmosfera.
A camada de ozônio é responsável
por "filtrar" (absorver) os raios
ultravioleta provenientes do Sol.
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

O comportamento dos GASES é melhor compreendido quando conhecemos ...

... sua temperatura (T)

... sua pressão (P)

... seu volume (V)

... a quantidade de partículas do gás.


QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

TEORIA CINÉTICA DOS GASES

As partículas de um GÁS ...

... encontram-se muito afastadas umas da outras.


... movimentam-se em trajetória retilínea.
... sofrem colisões perfeitamente elásticas.

... possuem força de interação desprezível.


QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Todo gás exerce uma PRESSÃO, ocupando um certo


VOLUME à determinada TEMPERATURA (3) .

Aos valores conhecidos (medidos)


de pressão, volume e temperatura chamamos de
ESTADO DE UM GÁS.

V = 5L
Assim:
T = 300 K

P = 1 atm
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Os valores da pressão, do volume e


da temperatura não são constantes, então, dizemos que
PRESSÃO (P), VOLUME (V) e TEMPERATURA (T)
são
VARIÁVEIS DE ESTADO DE UM GÁS (4).

P1 = 1 atm P2 = 2 atm P3 = 6 atm

V1 = 6 L V2 = 3 L V3 = 3 L

T1 = 300 K T2 = 300 K T3 = 900 K


QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Denomina-se pressão de um gás a razão (força/área)


originada pela colisão de suas moléculas com as
paredes
do recipiente em que ele se encontra.

PRESSÃO
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Experiência de TORRICELLI
vácuo

1 atm = 76 cmHg = 760 mmHg


mercúrio

100 cm
76 cm 1 atm = 101,3 kPa
1 atm

mercúrio
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

é o espaço ocupado pelo gás.

1 L = 1000 mL = 1000 cm3

Nos trabalhos científicos, a unidade usada


é a escala absoluta ou Kelvin (K).

T = t + 273
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 1 atm P2 = 2 atm

V1 = 6 L V2 = 3 L

T1 = 300 K T2 = 300 K
ESTADO 2

ESTADO 1

TRANSFORMAÇÃO ISOTÉRMICA
Mantemos constante a TEMPERATURA e
modificamos a pressão e o volume de
uma massa fixa de um gás (5).
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 1 atm P2 = 2 atm P3 = 6 atm

V1 = 6 L V2 = 3 L V3 = 1 L

T1 = 300 K T2 = 300 K T3 = 300 K


P (atm)
7
LEI DE BOYLE-MARIOTTE
6
P xx VV= constante
P 1 = P 2 x V2
5
1

4
PRESSÃO e VOLUME
3
são
2 inversamente proporcionais.
1

V (litros)
1 2 3 4 5 6 7 8
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 1 atm P2 = 1 atm

V1 = 6 L V2 = 3 L

T1 = 300 K T2 = 150 K
ESTADO 2

ESTADO 1

TRANSFORMAÇÃO ISOBÁRICA

Mantemos constante a PRESSÃO e


modificamos a temperatura absoluta e o volume
de uma massa fixa de um gás (6).
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 2 atm P2 = 2 atm P3 = 2 atm


V1 = 1 L V2 = 2 L V3 = 3 L
T1 = 100 K T2 = 200 K T3 = 300 K
V (L)
7 VOLUME e TEMPERATURA ABSOLUTA
são diretamente proporcionais.
6

5
V
4 = constante
T
3

2
1 LEI DE CHARLES

T (Kelvin)
100 200 300 400 500 600 700 800
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 4 atm P2 = 2 atm

V1 = 6 L V2 = 6 L

T1 = 300 K T2 = 150 K

ESTADO 1 ESTADO 2

TRANSFORMAÇÃO ISOCÓRICA

Mantemos constante o VOLUME e


modificamos a temperatura absoluta e a pressão
de uma massa fixa de um gás.
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

P1 = 1 atm P2 = 2 atm P3 = 3 atm

V1 = 2 L V2 = 2 L V3 = 2 L

T1 = 100 K T2 = 200 K T3 = 300 K

P (atm)
7
PRESSÃO e TEMPERATURA ABSOLUTA
6 são diretamente proporcionais.
5

4 P
3
= constante
T
2
1 LEI DE GAY-LUSSAC
T (Kelvin)
100 200 300 400 500 600 700 800
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos
01) Um cilindro com êmbolo móvel contém 100 mL de CO2 a 1,0 atm.
Mantendo a temperatura constante, se quisermos que o volume
diminua para 25 mL, teremos que aplicar uma pressão igual a
(7):
a) 5 atm. V1 = 100 L V2 = 25 L
b) 4 atm.
P1 = 1 atm P2 = ? atm
c) 2 atm.
d) 0,4 atm. P1 x V1 = P2 x V2

e) 0,1 atm. 1 x 100 = P2 x 25

100
P2 =
25

P2 = 4 atm
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

02) Um recipiente com capacidade para 100 litros contém um gás


à temperatura de 27°C. Esse recipiente é aquecido até uma
temperatura de 87°C, mantendo – se constante a pressão. O
volume ocupado pelo gás a 87°C será de (8):

a) 50 litros. V1 = 100 L T1 = 27°C + 273 = 300 K


b) 20 litros.
V2 = ? T2 = 87°C + 273 = 360 K
c) 200 litros.
d) 120 litros. V1
100 V2
= 300 X V2 = 100 x 360
e) 260 litros. 300
T1 360
T2

36000
V2 = V2 = 120 L
300
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

03) Um recipiente fechado contém hidrogênio à temperatura


de 30°C e pressão de 606 mmHg. A pressão exercida
quando se eleva a temperatura a 47°C, sem variar o
volume, será (9): T1 = 30°C + 273 = 303 K
a) 120 mmHg. P1 = 606 mmHg
b) 240 mmHg.
T2 = 47°C + 273 = 320 K
c) 303 mmHg.
P2 = ?
d) 320 mmHg.
P1
606 P2
e) 640 mmHg. 2 = P2 = 2 x 320
303
T1 320
T2
P2 = 640 mmHg
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos
04) Um recipiente cúbico de aresta 20 cm contém um gás à pressão de
0,8 atm. Transfere-se esse gás para um cubo de 40 cm de
aresta,
mantendo-se constante a temperatura. A nova pressão do gás é de
(10):
a) 0,1 atm.
b) 0,2 atm. 20 cm

c) 0,4 atm. 40 cm
T = constante
d) 1,0 atm.
20 cm
e) 4,0 atm. 20 cm 40 cm
P = 0,8 atm 40 cm
P’ = ? atm
V == 88000
V a3L3 cm
20 3
V’ = a64000
64
3 3L
40 cm3
P’ x V’ = P x V
6,4
P’ x 64 = 0,8 x 8 P’ = P’ = 0,1 atm
64
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

EQUAÇÃO GERAL DOS


GASES
P1 x V1 P2 x V2
=
T1 T2

Observação:

V1 V2 P1 P2
P1 x V 1 = P2 x V2 = =
T1 T2 T1 T2

Transformação Transformação Transformação


ISOTÉRMICA ISOBÁRICA ISOCÓRICA
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

01) Uma amostra de 1 mol de gás oxigênio ocupa 22,4 L a 0ºC e 1 atm.
Empregue a equação geral dos gases para prever qual será o
volume dessa mesma amostra de gás se estivesse submetida a
uma temperatura de 273ºC e a uma pressão de 0,5 atm (11).

V1 = 22,4 L V2 = ? L T1 = 0ºC + 273 = 273 K


P1 = 1 atm P2 = 0,5 atm T2 = 273ºC + 273 = 546 K
T1 = 0ºC T2 = 273ºC

1 x 22,4 0,5 x V2 1 x 22,4 0,5 x V2


= =
273 546 1 2

2 x 22,4
V2 = V2 = 89,6 L
0,5
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

02) Com base em dados enviados de Vênus por sondas espaciais


norte – americanas e soviéticas, pode-se considerar que, em
certos pontos da superfície desse planeta, a temperatura é de
327ºC e a pressão atmosférica é de 100 atm. Sabendo-se que
na superfície da Terra o volume molar de um gás ideal é 24,6 L
a 27ºC e 1,00 atm, qual seria o valor desse volume nesses
pontos de Vênus?

V1 = ? L V2 = 24,6 L T1 = 327ºC + 273 = 600 K


P1 = 100 atm P2 = 1,00 atm T2 = 27ºC + 273 = 300 K
T1 = 327ºC T2 = 27ºC

100 x V1 1 x 24,6 100 x V1 1 x 24,6


= =
600 300 2 1
49,2
V1 = V1 = 0,492 L = 492 mL
100
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

03) Certa massa de gás hidrogênio ocupa um volume de 100 litros a


5 atm e – 73°C. A que temperatura essa massa de hidrogênio irá
ocupar um volume de 1000 litros na pressão de 1 atm (12)?
a) 400°C. V1 = 100 L
b) 273°C. P1 x V1 P2 x V2
P1 = 5 atm =
c) 100°C. T1 T2
T1 = – 73°C + 273 = 200 K
d) 127°C. V2 = 1000 L
e) 157°C. P2 = 1 atm
T2 = ?
5 x 100 1 x 1000 5 x 1 1 x 1000
= =
200 T2 2 T2

2000
T2 = T2 = 400 K– 273 = 127°C
5
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

Lei do Gás Ideal (Equação de Clapeyron)

P x V
= constante
T
P x V 1 x 22,4
Para 1 mol de gás nas CNTP = 0,082
= 273
T
P x V 1 x 22,4 x 2
Para 2 mols de gás nas CNTP = 2 x

= 0,082
273
PTx V 1 x 22,4 x n
Para n mol de gás nas CNTP = n x
= 0,082
T 273

Generalizando, teremos: P x V = n x R x T
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

01) (UFRGS) Um extintor de incêndio contém 4,4 kg de CO 2. Qual o

volume máximo de gás liberado na atmosfera, a 27ºC e 1 atm, em


litros?
Dados: C = 12 u.; O = 16 u. 4400
a) 0,229 m = 4,4 kg = 4400 g n = = 100 mols
44
V = ? L
b) 2,46
T = 27ºC = 300 K
c) 24,6
P = 1 atm
d) 229,4
e) 2460 P x V = n x R x T

1 x V = 100 x 0,082 x 300

V = 2460 L
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

02) Podemos afirmar que 5 mols de moléculas de gás oxigênio,


submetido a 27°C e ocupando o volume de 16,4 L , exercerão
uma pressão de (13):
n = 5 mols
a) 3,0 atm. P.V=n.R.T
T = 27°C+ 273 = 300 K
b) 5,0 atm.
P x 16,4 = 5 x 0,082 x 300
c) 3,5 atm. V = 16,4 L
P x 16,4 = 123
d) 7,5 atm. P=?
123
e) 2,5 atm. P =
16,4

P = 7,5 atm
QUÍMICA, 2ª Série
Equação de Estado dos Gases Perfeitos

03) O volume ocupado por 14,2g de gás cloro (Cl2) medidos a 8,2 atm
e 727°C é de:
V=?
Dado: Cl = 35,5 u
14,2
m = 14,2 g n = = 0,2 mol
a) 1,0 litro. 71
P = 8,2 atm
b) 1,5 litros.
T = 727°C + 273 = 1000 K
c) 2,0 litros.
P.V=n.R.T
d) 2,5 litros.
e) 3,0 litros. 8,2 x V = 0,2 x 0,082 x 1000
8,2 x V = 16,4
16,4
V = V = 2L
8,2
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso
       
2a NASA Ames Resarch Center (NASA-ARC) / http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Zep 31/01/2012
Public Domain pelin.jpg
2b Imagem: G.P. Schmahl, Sanctuary http://commons.wikimedia.org/wiki/File:San 14/02/2012
Superintendent NOAA/NOS/NMS/FGBNMS; c0460_-_Flickr_-_NOAA_Photo_Library.jpg
National Marine Sanctuaries Media Library
/Public Domain.

3a Janne Karaste / GNU Free Documentation http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Mid 31/01/2012


License summer_bonfire_closeup.jpg

3b Tradimus /  GNU Free Documentation Licens http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ast 31/01/2012


hma_spacer.JPG
3c NASA. Foto tirada por Harrison http://commons.wikimedia.org/wiki/File:The 31/01/2012
Schmitt ou Ron Evans (da missão Apollo 17) / _Earth_seen_from_Apollo_17.jpg
Public Domain