Você está na página 1de 16

9.3.

Óticas de cálculo do valor do produto

Óticas de cálculo do
valor do produto
Óticas de cálculo do produto

É possível determinar o valor do produto de um país segundo três processos ou óticas


diferentes:

 ótica da produção, que informa sobre a natureza e a origem do produto realmente


efetuado;

 ótica da despesa, que informa sobre o modo como o produto foi utilizado;

 ótica do rendimento, que informa sobre a repartição do rendimento criado durante o


processo produtivo.
Como se calcula o PIB – as 3 óticas

Ótica da
produção

Ótica da
despesa

Ótica do
rendiment
o
Ótica da Produção

O problema da múltipla contagem

Pela ótica da produção, os produtos são contabilizados segundo o ramo de atividade


económica que lhes dá origem. No entanto, nessa contabilização é preciso ter em conta a
relação que se estabelece entre as várias empresas e ramos de atividade envolvidos na
produção dos bens ou produtos.
Na determinação do valor do produto, o valor dos bens intermediários - cuja utilização
corresponde a um consumo intermédio - é contabilizado mais do que uma vez.

Este problema é designado por :


Problema da múltipla contagem.
Ótica da Produção

O problema da múltipla contagem - exemplo

Este problema consiste na contabilização dos consumos intermédios mais do que uma vez.

Suponha que a economia do país X é constituída apenas pelas seguintes empresas e que o
único bem produzido é o bem mobiliário.

 Empresa silvícola – produz madeira que vende por 500 u.m. à


 Empresa de serração de madeiras. Esta, por sua vez, vende a madeira cortada por 1000 u.m.
à
 Empresa de fabrico de móveis que, por sua vez, vende os móveis por 5 000 u.m.
Ótica da Produção

O problema da múltipla contagem - exemplo

Cálculo do valor do produto do País X:

Somando o valor dos produtos finais das 3 empresas, teríamos:

Produto = 500 + 1000 + 5000 = 6500 u.m.

Este valor está errado porque contabilizámos o valor dos consumos intermédios como
produtos finais.
Ótica da Produção

O problema da múltipla contagem - exemplo

Como proceder para evitar este erro?

Ter-se-á de calcular o valor que, de facto, cada uma das empresas acrescentou ao produto
(valor acrescentado – VA)

Empresa A – acrescentou 500 u.m. (VA = 500 u.m.)


Empresa B – acrescentou 1000 – 500 = 500 u.m. (VA = 500 u.m.)
Empresa C – acrescentou 5000 - 1000 = 4000 u.m. (VA = 4000 u.m.)

Produto do País X = ∑ VA = 500 + 500 + 4000 = 5000 u.m.


Cálculo do Produto
Ótica da Produção

Podemos, então, recorrer:

 ao método dos valores acrescentados:


Produto = ∑ VA = 500 + 500 + 4000 = 5000 u.m.

ou

 ao método do produtos finais:


Produto = Valor do produto final (móveis) = 5000 u.m.
Cálculo do Produto
Ótica da Produção

Permite conhecer:
 o valor do produto (PIB), através da soma dos valores acrescentados dos setores de
atividade,
 a estrutura setorial do PIB.
Estrutura Setorial do PIB - Portugal

Fonte: INE 2012


Cálculo do Produto
Ótica da Despesa

O Produto pode igualmente calcular-se pela ótica da despesa, dado que


PIB = Despesa Interna (DI)

DESPESA INTERNA

+ CONSUMO PRIVADO
+ CONSUMO PÚBLICO

+ INVESTIMENTO
( FBCF + V Existências )

+ EXPORTAÇÕES
- IMPORTAÇÕES
Cálculo do Produto
Ótica da Despesa

A Ótica da Despesa, para além do valor do produto, também permite conhecer


o destino da produção:

I - Uma parte destina-se à procura interna:


 Consumo (privado e público);
 Investimento.

II - Outra parte à procura externa:


 Exportação.

Nota: ter-se-á de retirar a parcela das importações que já está incorporada nas parcelas anteriores.

Assim:
DI = Consumo privado + Consumo público + Investimento + Exportações – Importações

Procura Interna Procura Externa Líquida


Cálculo do Produto
Ótica da Despesa

Procura Global - Portugal


(mil milhões de euros)

Fonte: INE 2012


Cálculo do Produto
Ótica do Rendimento

Pode-se calcular o valor do produto pela ótica do rendimento.


Esta ótica permite conhecer a repartição funcional do rendimento, isto é:

 a parte do rendimento atribuída ao fator trabalho (remunerações);


 a parte atribuída ao fator capital (excedente bruto de exploração).

Repartição Funcional do Rendimento- Portugal


(mil milhões de euros)

Fonte: INE 2012


As três Óticas de Cálculo
do Valor do Produto - síntese

Pode-se calcular o valor do Produto por qualquer das óticas apresentadas.

Ótica da Produção
 método dos valores acrescentados
PIB = ∑ VA
 método dos produtos finais
PIB = ∑ Produtos finais

Ótica da Despesa
PIB = consumo privado + consumo público + investimento + exportações - importações

Ótica do Rendimento
PIB = remunerações + excedente bruto de exploração

Será necessário apenas fazer os ajustamentos adequados.


Como se calcula o PIB

 Ótica da oferta ou da produção: O PIB é a soma do valor acrescentado bruto (VAB;


produção deduzida do consumo intermédio necessário para a obter) a preços de base dos
diferentes ramos da atividade, acrescido dos impostos líquidos de subsídios sobre os
produtos;

 Ótica da procura ou das despesas: O PIB é a soma das despesas de consumo final
das Famílias residentes, das Instituições Sem Fim Lucrativo ao Serviço das Famílias (a soma
destes dois agregados corresponde à designação numa terminologia mais simples de
consumo privado) e das Administrações Públicas (neste caso também habitualmente
chamado consumo público) com o investimento e as exportações líquidas de importações;

 Ótica do rendimento: O PIB é a soma das remunerações do trabalho, dos impostos


líquidos de subsídios sobre a produção e importação e do excedente bruto de exploração.

Fonte: Como se calcula o PIB, INE, 2013


As três Óticas de Cálculo
do Valor do Produto - síntese

Você também pode gostar