Você está na página 1de 32

AS FERRAMENTAS BÁSICAS DA

MODELAGEM

Professor: MSc. Eng. Eder Reis Tavares


OS ELEMENTOS DE MODELAGEM
DO ARENA

A construção do modelo dentro do ARENA é feita


através dos elementos disponibilizados nos templates.
Estes elementos são denominados “módulos”, e são de
dois tipos distintos:

• Módulos de Fluxograma: são usados para construir o


fluxograma entro da área de trabalho.

• Módulos de Dados: apesar de aparecerem na janela do


template, não são colocados na área de trabalho. Ao serem
selecionados, apresentam sua lista de dados na área de
planilha, onde podem ser editados, excluídos ou inseridas
novas informações.
OS ELEMENTOS DE MODELAGEM
DO ARENA
Ao construir um fluxograma, é usado o ponto de vista da
parte dinâmica do sistema, ou seja, aquilo que se movimenta
ou “passa” dentro do sistema. Por exemplo:

• Em um processo de uma linha de produção, este elemento


é uma peça;
• Se for um hospital, são os pacientes;
• Se for uma agência bancária, são os clientes.

Essa parte que percorre o fluxo é chamada de “entidade”,


e o fluxograma representa a estrutura estática ou fixa do
sistema, assim como os processos de decisão e desvio
correspondentes.
OS ELEMENTOS DE MODELAGEM
DO ARENA
RECURSOS E ENTIDADES

O modelo de simulação em ARENA possui uma parte que


representa a estrutura disponível (máquinas, pessoas,
empilhadeiras, postos de trabalho, etc.) e as regras de
trabalho (decisões, procedimentos, tempos de processo, etc)
e outra parte “circulante” (peças que passam pelo sistema,
pessoas, etc.). Assim:

• Recursos: representam a estrutura do sistema, como


máquinas, postos de trabalho, meios de transporte,
pessoas que participam do processo e etc.;

• Entidades: são a parte circulante do modelo, que percorre


a lógica estabelecida pelo fluxograma, interagindo com os
recursos.
RECURSOS E ENTIDADES
O TEMPLATE BASIC PROCESS

O Template Basic Process reúne os elementos mais


básicos para a construção dos modelos com o ARENA. Os
principais elementos estão descritos a seguir:

CREATE

Este módulo de fluxograma serve para introduzir as


entidades no modelo segundo intervalos de tempo definidos.
Ao se clicar duas vezes sobre ele, é apresentada a seguinte
janela de opções:
O TEMPLATE BASIC PROCESS
O TEMPLATE BASIC PROCESS

DISPOSE

Este módulo de fluxograma tem função inversa à do


módulo Create. Ele tem a função de retirar as entidades do
sistema. Um duplo clique sobre ele abre a seguinte janela de
opções:
O TEMPLATE BASIC PROCESS

PROCESS

O módulo de fluxograma Process tem a função de


representar qualquer ação dentro do sistema que leve um
tempo para ser cumprida.

Também é capaz de representar a ocupação de uma


máquina ou operador (recurso). A janela de opções do módulo
Process está apresentada a seguir:
O TEMPLATE BASIC PROCESS
O TEMPLATE BASIC PROCESS

DECIDE

O módulo de fluxograma Decide representa uma ramificação no


fluxo do processo. Ele serve para alterar o rumo das entidades
baseado em uma condição do sistema ou de um percentual
probabilístico. Sua janela de opções é esta:
O TEMPLATE BASIC PROCESS

BATCH

Este módulo de fluxograma serve para criar agrupamentos de


entidades. Quando colocado no fluxo do processo, ele acumula as
entidades em uma fila até que chegue a quantidade especificada.
Quando isso acontece, as entidades são retiradas da fila e
agrupadas em uma única entidade representativa (um lote), que
segue em frente no fluxo do processo. O lote formado pode ser
temporário ou permanente.
• Se for permanente, as entidades que o compõem serão
definitivamente retiradas do modelo e apenas a entidade-lote
continuará.
• Se for temporário, o lote pode ser desfeito posteriormente
através do módulo Separate, explicado a seguir.
O TEMPLATE BASIC PROCESS
O TEMPLATE BASIC PROCESS

SEPARATE

Este módulo de fluxograma possui função inversa à do módulo


Batch. O Separate serve para desfazer os lotes temporários
formados por Batch, mas também pode criar duplicatas das
entidades que passam por ele. As duplicatas mantém as mesmas
características da entidade original.
O TEMPLATE BASIC PROCESS

RECORD

O módulo RECORD serve para coletar estatísticas em pontos


do modelo escolhidos pelo usuário. Entre as informações que
podem ser colhidas estão: contagem de entidades, frequência e
intervalos de tempo. Expressões personalizadas podem ser
incluídas também. A caixa de diálogo de RECORD é apresentada a
seguir:
O TEMPLATE BASIC PROCESS

Para usar o módulo RECORD, interrompa o fluxograma no


ponto desejado, apagando a linha que une os módulos, e refaça as
conexões com o RECORD inserido entre eles.

ASSIGN

O módulo ASSIGN serve para alterar ou associar valores à


variáveis, atributos de entidades, alterar a figura das entidades e
outros parâmetros ou variáveis do sistema. Sua janela de diálogo
está mostrada a seguir:
O TEMPLATE BASIC PROCESS
O TEMPLATE BASIC PROCESS

ENTITY

O módulo de dados Entity reúne as definições e parâmetros


referentes a todos os tipos de entidades usados pelo modelo. A
entrada de dados é realizada através da área de planilha ou de uma
caixa de diálogo. Para abrir a caixa de diálogo para um módulo de
dados, clique com o botão direito sobre a planilha e escolha a
opção “Edit via Dialog”. As opções de entrada para a caixa de
diálogo de Entity estão explicadas a seguir:
O TEMPLATE BASIC PROCESS
O TEMPLATE BASIC PROCESS

RESOURCE

O módulo de dados Resource relaciona todos os recursos


usados no modelo. Por recurso, entende-se uma estrutura que será
usada pela entidade, a qual irá despender uma certa quantidade de
tempo neste processo. Um recurso, então, poderia ser uma
máquina onde a peça sofre um processo, um caixa bancário que
atende a um cliente ou uma mesa de cirurgia por onde passa o
paciente. Do mesmo modo que o módulo Entity, seus dados podem
ser editados pela planilha ou pela caixa de diálogo. As opções de
entrada para a caixa de diálogo de Resource estão explicadas a
seguir:
O TEMPLATE BASIC PROCESS
TEMPO DE SIMULAÇÃO E
PARÂMETROS
Os estudos de simulação geralmente são feitos em um período
limitado de tempo ou um conjunto de períodos idênticos. No
ARENA, isto pode ser configurado na janela “Replication
Parameters, acessada através do menu RUN, opção SETUP, e
clicando na aba correspondente.

No ARENA, os intervalos de tempo simulados são chamados


replicações. Por exemplo: uma simulação que objetiva coletar
estatísticas diárias de um processo durante uma semana, deve ser
configurado para rodar 7 replicações de um dia cada uma.
TEMPO DE SIMULAÇÃO E
PARÂMETROS
CONFIGURAÇÃO DA COLETA DE
ESTATÍSTICAS
Ao rodar a simulação, o Arena coleta estatísticas padrão sobre
os vários elementos do modelo, como filas (tempo de espera na fila,
quantidade na fila, etc.), recursos (utilização, disponibilidade, etc.) e
outros. O usuário também tem a possibilidade de criar suas próprias
coletas de dados.

Os dados coletados constituem um relatório ao término da


simulação. Na caixa de diálogo a seguir, também apresentada
através do menu RUN, opção SETUP, mas na aba “Project
Parameters”, podem ser escolhidas as estatísticas a serem
coletadas:
TEMPO DE SIMULAÇÃO E
PARÂMETROS
EXERCÍCIO 1

O gerente do depto. de RH pretende testar a estratégia para o


processo de seleção de trainees deste ano através de um modelo
de simulação.
Os currículos, desta vez, serão recebidos apenas via E-mail.
Estima-se que estes cheguem em intervalos de 4 minutos seguindo
uma distribuição exponencial.
Os E-mails são lidos inicialmente por uma secretária, seguindo
uma distribuição normal de média 3 minutos e desvio padrão de 1.
Ela separa todos os currículos que não possuem os requisitos
essenciais (fluência em inglês e conhecimentos em
Windows/Office) e os envia para o arquivo.
EXERCÍCIO 1

Os currículos que atendem a estes requisitos são enviados para


a área específica, também via E-mail, que os avalia
detalhadamente em um tempo de média 10 minutos com desvio
padrão de 2, segundo uma distribuição normal. Os currículos
aprovados nesta fase são enviados ao próprio gerente de RH, e os
recusados vão para o arquivo.
Sabe-se que 20% dos currículos recebidos não possuem os
requisitos básicos e que 80% dos currículos são recusados pela
área.
Diante da urgência para a contratação, o gerente de RH deseja
saber se alguma etapa ficará sobrecarregada, gerando atraso no
processo.
A simulação de um dia de trabalho (8 horas) será considerada
suficiente para esta análise.
EXERCÍCIO 2

No departamento de suporte técnico da empresa está sendo


estudada uma nova forma de atender os chamados dos clientes. A
gerência deseja fazer uma análise de custos do novo processo.
O atendimento aos clientes é feito da seguinte maneira: as
chamadas são atendidas pela mesma pessoa, que conversa com o
cliente e identifica qual é o problema. Feita essa triagem, a
chamada é transferida para um dos três responsáveis pelo suporte,
dependendo do tipo de problema.
Sabe-se que o intervalo de tempo entre chamadas segue uma
distribuição exponencial de média 5, sendo que 30% das chamadas
seguem para o primeiro técnico de suporte, 20% seguem para o
segundo e as 50% restantes seguem para o terceiro técnico, por
ser a área mais problemática.
EXERCÍCIO 2

Os tempos de atendimento obtidos através de cronometragens,


seguem as seguintes distribuições: normal de média 5 minutos e
desvio padrão de 0,5 para o primeiro técnico, normal de média 5
minutos e desvio padrão de 1 para o segundo e finalmente uma
normal de média 4 minutos e desvio padrão de 0,6 para o terceiro
técnico.
A pessoa que atende aos clientes consegue fazer a triagem em
um tempo que segue a distribuição normal de média 3 minutos e
desvio padrão de 0,5.
O atendimento e triagem inicial é uma operação que não agrega
valor, enquanto o suporte é uma atividade que agrega valor.
EXERCÍCIO 2

O custo por hora do atendente inicial, tanto ocioso como


ocupado, é de R$ 5,00 por hora.
Os técnicos de suporte 1 e 2 tem custo ocioso e ocupado de R$
10,00 por hora, e o terceiro técnico tem custo R$ 15,00 por hora,
tanto ocioso quanto ocupado.
Simule durante um período de 8 horas e verifique os recursos
de maior custo neste processo. Inclua também um contador para
registrar quantas chamadas foram atendidas no total durante este
período.
.
Dúvidas