Você está na página 1de 18

Relações Jurídicas

A L U N O : D A N I L L O A U G U S T O S A N TO S S I LVA
CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA
PROFESSORA: MARIA REGINA

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 1


REFLEXÃO
"Deve-se, primeiramente, unir em dupla
os seres que, como o homem e a mulher,
não têm existência individual, devido à
reprodução."
Aristóteles.Política.São Paulo: Martin
Claret,2006. p.1

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 2


FATO
É um fato que vivemos em sociedade e interagimos
com outros seres humanos.
“As relações jurídicas, estão presentes diariamente
e em praticamente cada ato de nossa vida pessoal,
profissional e social. Aos nos relacionarmos com
outras pessoas sejam físicas ou jurídicas, estamos
mantendo consciente ou inconscientemente uma
relação jurídica”

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 3


INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 4
RELAÇÃO SOCIAL
Todas a pessoas travam relações o tempo todo e tempo
inteiro e essas podem ser chamadas de relações sociais, ou
seja, relações entre duas ou mais pessoas.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 5


RELAÇÃO
JURÍDICA

Algumas relações sociais tem um


potencial muito grande de gerar
conflitos e é ai que entra o direito! O
ordenamento jurídico surge para
facilitar a vida em sociedade, ou
melhor, as relações sociais, o direito
disciplina essas relações sociais que
tem potencial de gerar conflitos de
interesse e essas relações sociais
reguladas pelo direito chamamos de
relação jurídica.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 6


RELAÇÃO JURÍDICA

ELEMENTO ELEMENTO ELEMENTO


SUBJETIVO OBJETIVO ABSTRATO

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 7


ELEMENTO
SUBJETIVO

SUJEITO PASSIVO SUJEITO ATIVO

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 8


SUJEITO
ATIVO
É o sujeito Titular do direito,
aquele que exige algo.

SUJEITO PASSIVO

É o sujeito Titular de um
dever ou sujeição.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 9


ELEMENTO
OBJETIVO

COMPORTAMENTO
BEM CORPÓREO
DO SUJEITO PASSIVO

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 10


EXEMPLO
Art. 481 - Pelo contrato de compra e venda, um
dos contratantes se obriga a transferir o
domínio de certa coisa, e o outro, a pagar-lhe
certo preço com dinheiro.
• Sujeito ativo: Comprador
vendedor - Pode
- Podeexigir
exigiraono ato
comprador
do pagamentoo dinheiro;
que o vendedor entregue a
• Sujeito Passivo: Comprador - deve pagar o
mercadoria;
• Sujeito
preço combinado pelo produto.
Passivo: Vendedor - Tem o Dever de
entregar o produto ao comprador.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 11


ELEMENTO ABSTRATO

O vínculo é o que une o


sujeito ativo e passivo em
torno do objeto.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 12


RELAÇÃO JURÍDICA

REQUISITOS ELEMENTOS

MATERIAL FORMAL

SUBJETIVO OBJETIVO ABSTRATO

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 13


AQUISIÇÃO DO DIREITO
Aquisição de um direito é a sua conjunção com seu titular;
no âmbito patrimonial são 2 os modos de aquisição: o
ordinário, se o direito nascer no momento em que o titular
se apropria do bem de maneira direta, sem interposição ou
transferência de outra pessoa; o derivado, se houver
transmissão do direito de propriedade de uma pessoa a
outra, existindo uma relação jurídica entre a anterior e o
atual titular.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 14


EXTINÇÃO DOS DIREITOS
• perecimento do objeto sobre o qual recaem se ele perder
suas qualidades essenciais ou o valor econômico;

• alienação, que é o ato de transferir o objeto de um


patrimônio a outro, havendo perda do direito para o
antigo titular;

• renúncia, que é o ato jurídico pelo qual o titular de um


direito dele se despoja, sem transferi-lo a quem quer que
seja, sendo renunciáveis os direitos atinentes ao interesse
privado de seu titular, salvo proibição legal;

• falecimento do titular, sendo o direito personalissímo e


por isso intransmissível;

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 15


MODIFICAÇÃO DOS
DIREITOS
• OBJETIVA:

tem-se modificação objetiva quando atingir a qualidade ou


quantidade do objeto ou conteúdo da relação jurídica;

• QUALITATIVA:

será a modificação quando o conteúdo do direito se


converte em outra espécie

• QUANTITATIVA:

será quantitativa a modificação se o seu objeto aumentar ou


diminuir no volume, sem aumentar a qualidade do direito

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 16


MODIFICAÇÃO DOS
DIREITOS
• SUBJETIVA:

são aquelas modificações no titular do direito subjetivo. Ela


pode se dar tanto pela modificação do sujeito ativo, do
sujeito passivo, da quantidade de sujeitos. Exemplo: toda a
criança tem o direito de saber quem são seus pais
biológicos, e tem o direito de ser reconhecido por eles, e é
para defender este direito que a ação de investigação de
paternidade encontra seu propósito. Contudo, se antes da
realização do exame pericial de DNA o suposto pai falecer,
a ação precisará prosseguir, e prosseguirá contra os
herdeiros dele, mudando, portanto, o sujeito passivo.

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 17


RERÊNCIA
BIBLIOGRÁFI • https://www.youtube.com/watch?v=vnB4Ja22950
CA • https://www.youtube.com/watch?v=rQgA5X6lHrU

• Aristóteles.Política.São Paulo: Martin Claret,2006. p.1


• Direito + Aquisição,Modificação e Extição de Direitos – Material da aula 8 – Texto 2

• https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-civil/as-relacoes-juridicas/

• https://jus.com.br/artigos/14332/a-importancia-do-conceito-de-relacao-juridica

• https://www.centraljuridica.com/doutrina/59/direito_civil/teoria_geral_dos_fatos_juridicos.html

INTRODUÇÃO AO DIREITO – RELAÇÃO JURÍDICA 18