Você está na página 1de 28

Faculdade Maurício de Nassau

Gastronomia

Prof. Me.Alcenir Santos


INTRODUÇÃO À COZINHA DAS
AMÉRICAS – MÉXICO

BOLÍVIA
BOLÍVIA
BOLÍVIA
Bolívia

HISTÓRIA
POPULAÇÃO: Em sua grande maioria é indígena e influenciadora dos pratos
típicos Bolivianos mesmo após a colonização Espanhola.
GASTRONOMIA: Por conta das diferenças geográficas o País apresenta
grandes diversificações gastronômicas entre suas principais regiões: andes,
vales e altiplanos.
INFLUÊNCIAS: País de colonização Espanhola com grande influência da
gastronomia Crioula de ingredientes fundamentais como: carnes de trigo,
porco, cordeiro e frango.
Devido a baixa temperatura e aos costumes tradicionais do país, as refeições
sempre começam com uma sopa e pimenta para esquentar aqueles que vivem
nas alturas.
Bolívia

Comer na Bolívia é uma experiência que não o deixará indiferente, estamos


a falar de comer num lugar único, num lugar cuja gastronomia está baseada
em produtos tipicos da zona, e numa cozinha rica e variada. Um restaurante
tradicional boliviano oferecer-lhe-á uma gastronomia incrível, se bem que
existem restaurantes especializados em qualquer outra cozinha e
gastronomia do mundo.
Bolívia

Falar de gastronomia na Bolívia é falar de gastronomia sul americana, de


cozinha peruana ou brasileira, e se bem que cada uma delas tem a sua
própria personalidade e o seu cariz pessoal, não há que duvidar e esquecer
que sao todas similares, ou que são, requintadas à sua maneira. A variedade
climática da Bolívia que há dentro do próprio país da Bolívia, faz com que
haja gastronomia de tipos diferentes, em funçao do lugar em que se
encontra.
Bolívia

Hidratos de carbono nos pratos da zona de altura, frutas e verduras na regiao


de Cochabamba ou Tarija, mandioca e verduras nas zonas baixas, assim
como igualmente frutas, estes sao alguns dos ingredientes mais destacados
da Bolívia, em funçao da zona em que se encontra. Como pratos tipicos da
zona, destacamos o locro, que é uma sopa de arroz com frango, também
deveremos destacar o chairo, que é um caldo de cordeiro, a sajta, que é
frango com pimentos, o pacumutu, que é basicamente o mesmo, filetes de
vaca, assim como uma larga lista na qual se destacar carnes e o trigo, as
frutas, as verduras, o milho, os pimentos…e de sobremesa, café, doces e
queijo de cabra.
Bolívia

A cozinha boliviana é boa e é representativa dos produtos bolivianos. Aos


pratos nacionais mais típicos do país são o empanada salteña (tipo rissole à
base de carne de frango, de batatas, de azeitonas e de ovos, ao qual pode-se
acrescentar cebolas, pequenas ervilhas ou outros legumes) o chuño (batatas
secadas a frio, utilizadas na sopa chairo e outros pratos tradicionais)
montado de lomo (ovos frits sobre bifteck, servido com arroz e plantins frits
(tipo de banana) picante del pollo (frango fervido passado ao fogão e coze
no seu sumo, acompanhado de fritas ou chuño e salade brouillée com
pimentos) e o lechon Al horno (porco leite rôti acompanhado por o camote,
patates suaves e dos plantins frits).
Bolívia

Empanada salteña (tipo rissole à base de carne de frango, de batatas, de azeitonas e de ovos, ao
qual pode-se acrescentar cebolas, pequenas ervilhas ou outros legumes)
Bolívia

o chuño (batatas secadas a frio, utilizadas na sopa chairo e outros pratos tradicionais)
Bolívia

montado de lomo (ovos frits sobre bifteck, servido com arroz e plantins frits (tipo de banana)
Bolívia

picante del pollo (frango fervido passado ao fogão e coze no seu sumo, acompanhado de fritas
ou chuño e salade brouillée com pimentos)
Bolívia

o lechon Al horno (porco leite rôti acompanhado por o camote, patates suaves e dos plantins
frits).
Bolívia

A cozinha boliviana é boa e é representativa dos produtos bolivianos. Aos


pratos nacionais mais típicos do país são o empanada salteña (tipo rissole à
base de carne de frango, de batatas, de azeitonas e de ovos, ao qual pode-se
acrescentar cebolas, pequenas ervilhas ou outros legumes) o chuño (batatas
secadas a frio, utilizadas na sopa chairo e outros pratos tradicionais)
montado de lomo (ovos frits sobre bifteck, servido com arroz e plantins frits
(tipo de banana) picante del pollo (frango fervido passado ao fogão e coze
no seu sumo, acompanhado de fritas ou chuño e salade brouillée com
pimentos) e o lechon Al horno (porco leite rôti acompanhado por o camote,
patates suaves e dos plantins frits).
Bolívia- As bebidas

A cerveja boliviana, sobretudo o Cruzeña é uma do melhores do continente.


O chicha cochabambina licor muito forte à base de milho fermentado, é a
bebida preferida dos bolivianos. As bebidas quentes típicas são o mate de
coca e o api, uma bebida doce feita com milho. Porém, a bebida alcólica
mais popular entre os bolivianos é a chicha, que obté-se fermentando o
milho, frutas ou grãos. Refrigerentes a base de frutas, o despepitado ou
mocachinchi, a orchata e as batidas são consomidos habitualmente. As
cervejas locais são também apreciadas e variam segundo a origem (as das
altitudes são mais espumosas). Entre os vinhos destacam-se Conceiçao São
Bernardo da Fronteira ou São Pedro. Um derivado como o chamado singani
é mais barato e muito apreciado.
Bolívia- As bebidas

A cerveja boliviana, sobretudo o Cruzeña é uma do melhores do continente.


Bolívia- As bebidas

O chicha cochabambina licor muito forte à base de milho fermentado, é a


bebida preferida dos bolivianos.
Bolívia- As bebidas

O refrigerante mais consumido na Bolívia é o Inca Kola, bebida feita da


planta lúcia-lima, com gosto de essência de abacaxi. A marca é originária do
Peru, e foi comprada pela The Coca-Cola Company a algum tempo. Um
emblema cultural. Quase patrimônio da humanidade. A cor amarelo-
detergente não é lá muito convidativa. O sabor lembra uma tubaína de tutti-
frutti. E o rótulo da embalagem deve ter sido descoberto em alguma
escavação de Machu Picchu.
Bolívia- As bebidas

É uma bebida boliviana, feita com pêssegos descascados e secos. As frutas


são deixadas na água durante a noite, depois fervidas com açúcar e canela .
A bebida é servida fria. No verão de 2012, o ministro das Relações
Exteriores da Bolívia, David Choquehuanca, pediu aos cidadãos de seu país
que bebessem mocochinchi, como alternativa à Coca-Cola , como parte do
plano do governo do presidente Evo Morales de expulsar da Bolívia a The
Coca-Cola Company.
Bolívia- As bebidas

Na Bolívia existe uma grande variedade de milhos, incluindo o conhecido


milho roxo (maíz morado). Este tipo de milho é muito duro para mastigar e
por esse motivo é cozido em água para fazer a chicha morada.O resultado é
uma bebida doce e refrescante, com especiarias sutis, que incluem cravo e
canela, além de um gostinho de abacaxi. Esta bebida deve ser servida
gelada.Chicha Morada Bolívia.
Bolívia

Para o desfrute do turista a comida boliviana é muito variada. Os pratos do


Planalto abundam em féculas e carbohidratos. São típicos os chunhos ou
tintas, batatas muito gostosas secadas ao frio. O satja, um caldo de frango
coberto de molho de pimentões picantes ou a saltenha, empada de carne e
verduras, como forma de bola, são outras das delícias nativas.
O desjejum compõe-se principalmente, de café com bolos ou pastelaria. A
metade da manhã costuma-se tomar algo, escolhendo provavelmente as
saltenhas para degustar nessa hora. A comida principal do dia é a do meio
dia, o almoço. Que consiste em uma sopa, como entrada e um prato
principal, seguido de sobremesa e café. O jantar é similar ao almoço, porém
menos elaborado.
Bolívia

A carne é muito apreciada na Bolívia, e normalmente é acompanhada por


arroz, batatas e alface; tudo isto temperado com um molho picante, llajhua,
baseado em tomates e locotos… Nas terras baixas é popular a mandioca e os
vegetais locais, que vêem a subsituir às batatas… A carne costuma ser de
cordeiro, bode ou lhama. A carne de porco é reservada para as grandes
ocasiões, enquanto que o leitão é uma especialidade de Cochabamba. As
carnes preparam-se ensopadas ou grelhadas. O frango, preferencialmente
frito, é também, comum na gastrônomia boliviana. Consome-se também o
peixe, a truta é típica do Planalto, do Lago Titicaca. O robalo, o dourado e o
surubim são outros dos peixes que encontram-se nas águas bolivianas. Em
algumas áreas, servem também de alimento partes do macaco e do jacaré.
Bolívia

Outras especialidades típicas são as papas recheiadas, batatas preparadas


com algo de picante; a lhaucha pacenha, típica de La Paz, que contém uma
massa de pão e queijo; os tomates recheados, com qualquer coisa, carne com
tempero ou vegetais.

Muitos vegetais conservam-se em escabeche para durar mais e resulta


também, muito populares. Irá encontrar chola, pão enrolado recheado de
carne, cebola, tomate e escabeche, em numerosos postos. Assim como,
choclo, espiga de milho preparada.
Bolívia

As comidas típicas da Bolívia diferem de acordo com a região do país. Nas


cidades da região ocidental ou andina a base dos pratos é o milho, queijo,
carne suína, ovino, batatas, pimenta. Já nas cidades de vale (região central )
como Cochabamba, Tarija e Chuquisaca as comidas são variadas e consume-
se bastante verdura, batata, milho e carne bovina. Na região oriental (Santa
Cruz, Beni e Pando), os pratos são a base de arroz, mandioca (aipim), carne
bovina, queijos, derivados de aves.
Bolívia
Fricasé de porco (Região
Andina)

Comida típica boliviana com carne suína, “chuño” = batata deshidratada,


“mote”= milho branco, “Ají amarillo” = Pimenta em vagem amarela,
temperos. Muito difundida no ocidente boliviano.
“Majao”(Região Oriental).Comida típica da região oriental da Bolívia (Santa
Cruz de la Sierra) parecido como o arroz carreteiro brasileiro. Leva ovo e
carne de sol.
“Chicharrón de cerdo”
(Região dos Vales)

Comida típica da região dos vales da Bolívia (Cochabamba). Carnes suinas


fritas acompanhadas de milho (choclo) e “Llajua “=molho picante

Você também pode gostar