Você está na página 1de 18

AL 2.

1 Constante de acidez
AL2.1 Constante de acidez
AL2.1 Constante de acidez

Para ácidos fracos em que as reações com a água são incompletas, aplicam-se os
princípios do equilíbrio químico.

Para o ácido acético, que é um ácido monoprótico fraco, a sua ionização é dada pela
seguinte equação química:

CH3COOH (aq) + H2O (ℓ) ⇌ CH3COO− (aq) + H3O+ (aq)

A constante de acidez, Ka, será:


𝐾 a =[ CH 3 COO ]e ׿¿¿
 
AL2.1 Constante de acidez

Para determinar o valor da constante de acidez é necessário conhecer:

 • a concentração analítica do ácido, ;

• o pH da solução.

Conhecendo o pH do ácido, pode ficar a conhecer-se a concentração hidrogeniónica,


pois [H3O+] = 10−pH. A partir destes dados fica-se a saber:

• a concentração de ião acetato, pois [CH3COO−]e = [H3O+]e;

 
• a concentração de ácido acético no equilíbrio, se a solução não for muito
diluída, pois [CH3COOH]e ≈ por se tratar de um ácido monoprótico fraco.
AL2.1 Constante de acidez

A concentração do ácido acético no vinagre é de cerca de 6%, o que equivale a


cerca de 1,0 mol dm−3, de acordo com os cálculos seguintes.

• Como a concentração do ácido acético no vinagre é de 6%, isto significa que, por
cada 100 cm3 de vinagre há cerca de 6 g de ácido acético.

  ( CH COOH )= 60,05 g mol −1 ; 𝑛= 𝑚 → 𝑛= 6


𝑀 3
𝑀 60,05
−1
  𝑛=1,0 ×10 mol CH 3 COOH

• Como a densidade do vinagre é aproximadamente igual à da água:


(ρvinagre ≈ 1,0 g cm−3):
−1
 CH COOH = 𝑛 → CH COOH = 1,0 ×10 ❑

[ 3 ] 𝑉 [ 3 ] 0,100 [ CH 3 COOH ]=1,0 mol dm−3
AL2.1 Constante de acidez
AL2.1 Constante de acidez

6
• Pipeta volumétrica 1 1

• Copos de precipitação 2

• Balão volumétrico 3 2
5

• Termómetro 4

• Vareta de vidro 5
3
• Medidor de pH 6

• Pompete 4 7
7
AL2.1 Constante de acidez

Reagentes:

• vinagre de vinho branco;

• esguicho com água desionizada.


AL2.1 Constante de acidez
AL2.1 Constante de acidez

• Lavar muito bem um balão volumétrico de 200 mL e passá-lo duas vezes por
água desionizada.

• Pipetar, com uma pipeta volumétrica e respetiva pompete, 20,0 mL de


vinagre e colocá-lo no balão volumétrico já preparado. Completar o volume
com água desionizada até ao traço de referência.

• Rolhar o balão e agitar até homogeneização completa.

• Rotular o balão convenientemente (solução 1).

• Retirar 50 mL da solução 1 para um balão volumétrico de 100 mL e


completar o volume com água desionizada até ao traço de referência.

• Rolhar o balão, agitar até homogeneização completa e rotulá-lo


convenientemente (solução 2).
AL2.1 Constante de acidez

• Retirar 10 mL da solução 1 para um outro balão volumétrico de 100 mL e


completar o volume com água desionizada até ao traço de referência.

• Rolhar o balão, agitar até homogeneização completa e rotulá-lo


convenientemente (solução 3).

• Transvasar 75 mL de cada uma das soluções 1, 2 e 3 para três copos de


precipitação para uso de medidores de pH, previamente lavados com água
desionizada, e rotulá-los também com os números 1, 2 e 3 de modo que a
solução 1 fique no copo 1, e assim sucessivamente.

• Medir a temperatura das soluções.

• Calibrar o aparelho medidor de pH tendo em atenção as instruções que


acompanham o aparelho.
AL2.1 Constante de acidez

• Lavar com água desionizada os elétrodos do medidor de pH.

• Mergulhar o elétrodo na solução do copo 1 e agitar até que o valor que


aparece no visor estabilize. Medir e registar o pH desta solução.

• Desligar e retirar o sensor da solução contida no copo 1, lavá-lo e mergulhá-


lo na solução do copo 2. Agitar até que o valor que aparece no visor
estabilize.

• Repetir para a solução do copo 3 o procedimento do penúltimo tópico.


AL2.1 Constante de acidez
Constante de acidez
AL2.1
Questões teórico-práticas.

1. Numa aula laboratorial foi entregue a cada grupo de alunos um balão


volumétrico de 250 mL de capacidade cheio com uma solução 0,25 mol dm −3
em ácido acético, CH3COOH, com a finalidade de preparar, a partir desta

solução, 100 mL de duas soluções diluídas em CH 3COOH com as


concentrações de 0,10 mol dm−3 e 0,050 mol dm−3, à mesma temperatura.
Dado: Ka(CH3COOH) = 1,8 × 10−5, a 25 °C.

1.1 Determine os volumes que se devem retirar da solução inicial para


preparar as duas soluções diluídas.

1.2 Que material é necessário para preparar 100 mL das soluções


diluídas?
Constante de acidez.
AL2.1
Questões teórico-práticas.

1.3 Qual o fator de diluição em cada uma destas duas soluções?

1.4 Determine o pH da solução inicial, apresentando o resultado com o


número correto de algarismos significativos.

1.5 Realizaram-se três medições de pH para a solução de CH 3COOH cuja


concentração é 0,050 mol dm−3 e obtiveram-se os seguintes valores:
pH = 2,7, pH = 3,1 e pH = 3,0.
Calcule a incerteza relativa desta medição.
Constante de acidez.
AL2.1
Questões teórico-práticas. (Resolução)

1.1
Volume a retirar para preparar 100 mL de solução 0,10 mol dm −3 em
CH3COOH:
ni = nf → ci × Vi = cf × Vf → 0,25 × Vi = 0,10 × 0,100 Vi = 0,040 L ou
Vi = 40 mL

Volume a retirar para preparar 100 mL de solução 0,050 mol dm −3 em


CH3COOH:
ni = nf → ci × Vi = cf × Vf → 0,25 × Vi = 0,050 × 0,100 Vi = 0,020 L ou
Vi = 20 mL

1.2
Dois balões volumétricos de 100 mL; esguicho de água desionizada; pipeta
graduada de 50 mL e respetiva pompete.

1.3
Vf 100 Vf 100
f1   f1   f1  2,5 f2   f2   f2  5
Vi 40 Vi 20
Constante de acidez
AL2.1
Questões teórico-práticas. (Resolução)

1.4

  CH3COOH (aq) + H2O (ℓ) CH3COO− (aq) + H3O+ (aq)

ci / mol dm−3 0,25 – 0 ≈0

ceq / mol dm−3 0,25 – x ≈ 0,25 – x x

Ka 
CH COO   H O 
3

e 3

e
 1,8  10 5 
x 2
 x  2,1  10 3 mol dm3
 CH3COOH e 0,25

[H3O+] = 2,1 × 10−3 mol dm−3

pH = −log [H3O+]
 pH = 2,7
Constante de acidez
AL2.1
Questões teórico-práticas. (Resolução)

1.5
Determinação do valor de referência:

Ka 
 CH COO   H O 
3

e 3

e 5
 1,8  10 
x2
 x  9,5  10 4 mol dm 3
 CH3COOH e 0,050
[H3O+] = 9,5 × 10−4 mol dm−3

pH = −log [H3O+]
⇔ pH = 3,0
Determinação do valor mais provável:
2,7  3,1  3,0
x  x  2,9
3
Determinação da incerteza absoluta:

2,7 − 3,0 = −0,3


3,1 − 3,0 = 0,1 Incerteza absoluta = 0,3
3,0 − 3,0 = 0