Você está na página 1de 4

Ficha

informativa
nº 3
Ficha Informativa nº 3

Linguagem, estilo e estrutura

O soneto

Os Sonetos estão divididos em ciclos, sem títulos e com data.

A forma clássica do soneto expressa a unidade ao nível do conteúdo, apresenta


simplicidade na forma e mantém uma rigorosa coerência.

Segue o modelo camoniano e bocagiano, com recurso a personificações


maiusculadas ou a um vocabulário clássico e alatinado.
Ficha Informativa nº 3

Poesia e filosofia

Poesia como prolongamento ou complemento da


reflexão filosófica.

Cumprida a superação romântica da dualidade entre o exterior e o interior, entre


a objetividade do mundo e a subjetividade do sujeito...

… o homem poderá passar à filosofia, ambição maior


de Antero.
Ficha Informativa nº 3

A influência clássica e romântica

Clássica Romântica
Tradição clássica do soneto Romantismo visionário
Certos rasgos sentimentais O claro-escuro ou a simples gradação
sombria entre o negro e o pardacento
Cenários fantasmagóricos de terror Predomínio de emparelhamentos
crepuscular ou noturno nominais (noite-dia; nevoeiro-sol)
Recorrência de termos que figuram como
A obsessão da morte personagens de um universo cósmico
(sonho, turbilhão, ilusão,...)
Multiplicidade de personificações ou Matizes adjetivais com frequentes sinais
mitificações de maiúscula inicial de tensão por vezes agónica
Uso de latinismos e de certos Léxico que oscila entre os termos
superlativos alatinados (misérrimo) positivos e negativos