Você está na página 1de 28

OS EFEITOS DA

EXPANSÃO MARÍTIMA
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

A VIDA QUOTIDIANA NA LISBOA QUINHENTISTA

O porto de Lisboa no século XVI .

Durante os séculos XV e XVI, a cidade de Lisboa sofreu grandes


alterações. A sua localização, nas margens do rio Tejo, junto ao
oceano atlântico, tornou a cidade num local de passagem das
rotas que vinham do Oriente e que seguiam em direção ao Norte
da Europa.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

A VIDA QUOTIDIANA NA LISBOA QUINHENTISTA


Ao longo do século XVI, a cidade de Lisboa não parou de crescer
na direção do rio Tejo e ao longo da zona ribeirinha. Por essa altura,
a cidade passou a contar com duas importantes praças: a do
Rossio e a do Terreiro do Paço.

Terreiro do Paço, Lisboa.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

A VIDA QUOTIDIANA NA LISBOA QUINHENTISTA


Na cidade de Lisboa, foram construídos também novos edifícios
ligados ao comércio marítimo como, por exemplo, a Casa da Índia,
a Ribeira das Naus e a Alfândega Nova.

Zona ribeirinha, Lisboa, século XVI.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

A POPULAÇÃO DE LISBOA
Durante o reinado de D. Manuel I, a população de Lisboa
aumentou consideravelmente.

Este aumento populacional deveu-se


a um grande número de migrantes,
que chegavam a Lisboa em busca
de mais oportunidades. A chegada
de estrangeiros e de milhares de
escravos africanos tornou a cidade
de Lisboa numa das maiores
cidades europeias, no século XVI.
No século XVI, existiam muitos escravos em Lisboa vindos de África.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

O IMPÉRIO PORTUGUÊS DO SÉCULO XVI


No século XVI, a presença portuguesa fez-se sentir em várias
regiões do Mundo:

 nos arquipélagos atlânticos;


 na costa africana;
 nos territórios do Oriente
(Índia, Macau e Japão);
 no Brasil.

O Império Português no século XVI.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

PROCESSO DE ACULTURAÇÃO
A convivência dos Portugueses com povos em níveis de
desenvolvimento muito distintos permitiu que diferentes culturas
se influenciassem mutuamente, deixando marcas, ainda hoje
visíveis. A este processo chama-se aculturação.

A capoeira. Rainha africana sentada numa cadeira de origem europeia.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

PROCESSO DE ACULTURAÇÃO
A expansão marítima deu a conhecer novos lugares, povos,
plantas, animais, produtos, saberes e culturas, o que influenciou o
quotidiano das populações nas mais diversas áreas.

A mão de obra escrava, os frutos e animais exóticos passaram a estar presentes nas casas dos Portugueses.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

PROCESSO DE ACULTURAÇÃO
A língua portuguesa, falada no Brasil, em Moçambique, em Angola,
em Cabo Verde, na Guiné, em São Tomé e Príncipe e em Timor, e a
prática da religião católica pela maioria dessas populações são
exemplos atuais da influência portuguesa nesses territórios.

Cristianização dos povos africanos.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

PROCESSO DE ACULTURAÇÃO
Do contacto entre Portugueses e outros povos resultou também a
alteração dos hábitos alimentares.

Com a Expansão portuguesa,


as especiarias (por exemplo,
a malagueta), o café, o
açúcar e a batata foram
alguns dos alimentos que
entraram e se generalizaram
na nossa alimentação.
Produtos introduzidos na Europa do século XVI.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

PROCESSO DE ACULTURAÇÃO

No Oriente, os Portugueses
encontraram civilizações antigas
(indiana, chinesa e japonesa),
muito desenvolvidas e
organizadas. Por isso, os
contactos estabelecidos foram,
essencialmente, comerciais.

Comércio português no Oriente (pormenor de um biombo japonês).


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

Processo de aculturação
A relação entre os povos recém-contactados e os Portugueses
foram ora amigáveis ora conflituosas.
O intenso comércio de escravos entre os continentes africano e
americano e a convivência entre Africanos, Índios e Europeus
resultou num cruzamento de raças, levando à formação de
comunidades mestiças.

Cruzamento de raças.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

CONSTRUÇÕES PORTUGUESAS NO IMPÉRIO


A presença e a influência dos Portugueses no Mundo é ainda hoje
testemunhada pelos vestígios arquitetónicos deixados no seu
antigo império, como igrejas e fortalezas.

Fortaleza de Malaca, na Malásia. Igreja de S. Francisco de Assis, Brasil. Ruínas da fachada da Igreja da Madre
de Deus (São Paulo), Macau.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS
Assistiu-se no século XVI, em Portugal, a um grande
desenvolvimento em áreas como a literatura, as ciências e a
arquitetura em consequência dos contactos estabelecidos com
diferentes povos durante a Expansão.
NA LITERATURA NAS CIÊNCIAS

Luís Vaz de Camões, poeta, Desenhos de Botânica de


autor de Os Lusíadas. Duarte Pacheco Pereira.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA - O ESTILO MANUELINO


A arte manuelina desenvolveu-se no reinado de D. Manuel I, e nela
é visível a influência dos Descobrimentos. Estas características
originais estão presentes na arquitetura, na pintura, na ourivesaria,
no mobiliário e na tapeçaria.
NA OURIVESARIA NA PINTURA

A Adoração dos Magos.


Custódia de Belém.
Museu Grão Vasco, Viseu.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA – O ESTILO MANUELINO


Elementos decorativos mais comuns na arte manuelina:

• Símbolos nacionais e cristãos


Esfera armilar, cruz de Cristo, escudo real.
• Elementos relacionados com a Natureza
Troncos, folhas, raízes.
• Elementos relacionados com os barcos e o mar
Redes, boias, algas, pérolas, conchas, cordas, nós.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA - O ESTILO MANUELINO


Janela do Convento de Cristo, Tomar.
CRUZ DE CRISTO ESFERA ARMILAR

ARMAS REAIS
CORAIS

ALGAS

NÓS

CORDAS
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA - O ESTILO MANUELINO

Torre de Belém, Lisboa.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA - O ESTILO MANUELINO

Torre de Belém, Lisboa (pormenores).


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ARQUITETURA - O ESTILO MANUELINO

Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa.


OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

ATIVIDADES DE CONSOLIDAÇÃO DO POWERPOINT


1. Indica qual o tema tratado na apresentação.
Os efeitos da expansão marítima.
………………………………………………………………………………………………………
2. Na resposta a cada um dos itens, assinala com um X as opções corretas.
2.1. Durante o século XVI, a cidade de Lisboa…
 cresceu em direção ao rio, tendo sido construídos amplos edifícios de
apoio à atividade comercial.
 tornou-se num incontornável local de passagem das rotas que vinham do
Oriente e que seguiam em direção ao Norte da Europa.
 deixou de fazer parte das rotas comerciais que ligavam o Oriente ao Norte
da Europa.
 viu surgir novos espaços, como as praças do Rossio e do Terreiro do Paço.
 viu nascer novos edifícios ligados ao comércio marítimo, como, por
exemplo, a Casa da Índia, a Ribeira das Naus e a Alfândega Nova.
 viu serem construídos novos edifícios, como o Castelo de S. Jorge e a
ponte sobre o Tejo.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.2. No século XVI, a população de Lisboa aumentou, devido…


 à chegada de milhares de escravos africanos.
 à emigração dos escravos africanos e à chegada de índios do
Brasil.
 à chegada constante de estrangeiros, que estavam ligados,
essencialmente, ao comércio.
 à migração de portugueses que se deslocavam para Lisboa em
busca de mais oportunidades.
2.3. No século XVI, a presença portuguesa fez-se sentir em
várias regiões do Mundo. Identifica-as.
 Índia; Brasil; arquipélagos atlânticos; costa africana; Macau;
Japão.
 América do Norte; Península Escandinava; costa africana e
arquipélagos africanos; Macau; Japão.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.4. Ao processo de influência mútua que se realiza entre várias


culturas que se passam a conhecer chama-se:
 hominização.
 colonização.
 aculturação.
2.5. A expansão marítima permitiu que os Portugueses dessem
a conhecer ao Mundo “novos mundos”. Identifica alguns desses
novos conhecimentos.
 Novos lugares.
 Novos produtos.
 Novos povos.
 Novas plantas.
 Diferentes animais.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.6. A transferência dos costumes portugueses aos outros povos


fez-se sentir em vários domínios. Identifica alguns deles.
 Na língua, uma vez que alguns destes povos passaram a falar
português.
 Na gastronomia, porque introduziram o uso da batata e da
malagueta na comida.
 Na religião, uma vez que esses povos passaram a seguir o
Cristianismo.
 Nos hábitos de higiene, já que os Portugueses divulgaram o
sabão.
2.7. Os países ibéricos introduziram na Europa alguns produtos.
Identifica-os.
 Malagueta.  Tomate.  Alface.
 Batata.  Laranja.  Feijão.
 Trigo.  Banana.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.8. No Oriente, os Portugueses contactaram com as culturas…


 desorganizadas.
 muito antigas e organizadas.
 organizadas em tribos.
2.9. No Oriente, os Portugueses contactaram com as culturas…
 indiana, chinesa e japonesa.
 indiana, brasileira e africana.
2.10. As relações criadas entre os povos recém-contactados e os
Portugueses foram sempre…
 pacíficas e abertas à adoção do Cristianismo.
 conflituosas e guerreiras.
 amigáveis.
 amigáveis e conflituosas.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.11. Completa a frase:


escravos resultou no cruzamento de raças.
O intenso comércio de _________
2.12. Identifica três exemplos de construções feitas pelos
Portugueses no Mundo e que ainda hoje são visitados por muitos
turistas…
 Igreja de S. Francisco de Assis, no Brasil.
 Torre Eiffel, na França.
 Fortaleza de Malaca, na Malásia.
 Ruínas da fachada da igreja da Madre de Deus, em Macau.
 Big Ben, em Inglaterra.
OS EFEITOS DA EXPANSÃO MARÍTIMA

2.13. Países onde se fala a língua portuguesa, em resultado da


aculturação:
 Itália.  Moçambique.  Índia.
 Brasil.  Venezuela.  Japão.
 Cabo Verde.  Canadá.  S. Tomé e Príncipe.
 Argentina.  Angola.
2.14. Assistiu-se no século XVI, em Portugal, a um grande
desenvolvimento resultante do período da Expansão. Estes
avanços fizeram-se sentir em áreas como…
 a literatura, as ciências e a arquitetura.
 a medicina, o ensino e a agricultura.
2.15. O estilo artístico que surgiu no reinado de D. Manuel, e
que se inspirava nos Descobrimentos, foi o estilo…
 manuelinho.  manuelino.  românico.
OS EFEITOS DA
EXPANSÃO MARÍTIMA