Você está na página 1de 5

Genética e hereditariedade

Esquema e ideias-chave
2

GENÉTICA
estuda a forma como
se transmitem os

apresentam
associa-se formas
Cromossomas Genes alternativas, Alelos determinam o Genótipo
em
os
podem ser têm
informação
para uma
cuja expressão
pode ser determina
Cromossomas
Autossomas sexuais (ou
heterossomasmas Proteína
Fenótipo
Homozigótico Heterozigótico
em conjunto
formam o
pode ser
Cariótipo

Dominante Recessivo
3

Ideias-chave da Unidade 9
• A Genética é o ramo da Biologia que estuda a forma como ocorre a
transmissão das características biológicas de geração para geração,
isto é, estuda a hereditariedade.
• O conhecimento genético ocorreu a partir do século XIX e muitos
contributos foram dados, nomeadamente os que resultaram dos
trabalhos de Mendel e Morgan.
• O ADN codifica a informação genética.
• Os genes são porções lineares de ADN que, em conjunto, formam
os cromossomas situados no núcleo das células. Cada gene tem
uma localização específica e informação codificada para uma
proteína.
4

Ideias-chave da Unidade 9

• Os alelos — formas alternativas de um mesmo gene —, em


conjunto, constituem o genótipo, que se expressa numa
característica biológica — o fenótipo.

• As características biológicas que se expressam por dois fenótipos


resultam da interação entre dois alelos distintos para o mesmo
gene, em que um é dominante e o outro, recessivo. Nestes casos,
os homozigóticos dominantes e os heterozigóticos manifestam o
fenótipo dominante, enquanto os homozigóticos recessivos
manifestam o fenótipo recessivo.
5

Ideias-chave da Unidade 9
• Quando as características biológicas são codificadas por alelos
situados nos cromossomas sexuais, a probabilidade de
apresentarem a característica difere no homem e na mulher.

• A reprodução sexuada aumenta a variabilidade genética.

• O conhecimento genético tem possibilitado diversas aplicações na


sociedade, as quais, por um lado, têm melhorado a qualidade de
vida dos cidadãos, mas, por outro lado, levantam problemas
bioéticos.