Você está na página 1de 18

Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalinos
As substâncias elementares formadas por elementos do grupo 1 da
Tabela Periódica são os metais alcalinos.

Fig. 1 | Tabela Periódica


1
Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalinos

As propriedades químicas semelhantes num grupo devem-se à semelhança


na estrutura dos átomos dos seus elementos.

Todos os metais alcalinos têm apenas 1 eletrão de valência. Perdem com


facilidade os seus eletrões de valência, originando iões monopositivos
(Li+, Na+, K+) com o último nível de energia completo.

Átomos dos metais Iões dos metais


alcalinos alcalinos

Distribuição eletrónica Distribuição eletrónica


3Li 2-1 3Li 2
+

11Na 2-8-1 11Na 2-8


+

19K 2-8-8-1 19K 2-8-8


+

Possuem 1 eletrão Têm o último


de valência nível completo 2
Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalinos

Metais alcalinos:

são moles; Cortam-se facilmente com uma faca

são muito reativos; Oxidam-se facilmente em contacto com o ar

são muito reativos com a água. Originando hidróxidos


(soluções básicas)

2 Li (s) + 2 H2O (l) → 2 LiOH (aq) + H2 (g)


São constituídas por
Hidróxido de lítio iões hidróxido, OH–, e
2 Na (s) + 2 H2O (l) → 2 NaOH (aq) + H2 (g) por iões
monopositivos (iões
positivos de carga
Hidróxido de sódio
+1): Li+, Na+ e K+.
2 K (s) + 2 H2O (l) → 2 KOH (aq) + H2 (g)

Hidróxido de potássio
3
Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalino-terrosos

Os metais alcalino-terrosos são substâncias elementares formadas por


elementos do grupo 2 da Tabela Periódica.

Fig. 2 | Tabela Periódica


4
Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalino-terrosos

A semelhança das propriedades entre os metais alcalino-terrosos decorre


da semelhança na estrutura dos respetivos átomos.

Todos têm apenas 2 eletrões de valência que perdem com facilidade


originando iões dipositivos (Mg2+ e Ca2+) com o último nível de energia
completo.

Átomos dos metais Iões dos metais


alcalino-terrosos alcalinos -terrosos

Distribuição eletrónica Distribuição eletrónica


12Mg 2-8-2 12Mg 2-8
2+

20Ca 2-8-8-2 20Ca 2-8-8


2+

Possuem 2 eletrões Têm o último


de valência nível completo
5
Duas famílias de metais: alcalinos e alcalino-terrosos

Metais alcalino-terrosos

Os metais alcalino-terrosos reagem com a água, originando hidróxidos,


que são básicos.

Mg (s) + 2 H2O (l) → Mg(OH)2 (aq) + H2 (g)

Hidróxido de magnésio

Ca (s) + 2 H2O (l) → Ca(OH)2 (aq) + H2 (g)

Hidróxido de cálcio

Estes compostos são constituídos por iões hidróxido, OH –, e por iões


dipositivos (iões positivos de carga 2+): Mg2+ e Ca2+.

6
Famílias de metais e de não-metais

Resumo
Metais
formados por átomos do
átomos do grupo 2
grupo 1
Alcalinos Alcalino-terrosos

• Metais moles
• Reagem com a água, embora de
• Muito reativos
uma forma menos violenta do que
• Reagem violentamente com a
os metais alcalinos, originando
água, originando hidróxidos (que
hidróxidos (que são básicos)
são básicos)
• Os respetivos átomos possuem
• Os respetivos átomos possuem
apenas 2 eletrões de valência,
apenas 1 eletrão de valência,
que perdem com facilidade
que perdem com facilidade
• Os respetivos átomos originam
• Os respetivos átomos originam
iões dipositivos (iões positivos de
iões monopositivos (iões
carga 2+)
positivos de carga 1+)

7
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Halogéneos

Os halogéneos são substâncias elementares formadas por moléculas


diatómicas dos elementos do grupo 17. São muito reativos.

Elementos: F, Cℓ, Br, I.


Substâncias elementares: F2, Cℓ2, Br2, I2. 8
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Halogéneos
Os halogéneos reagem com os metais, como o sódio (Na) e o potássio
(K), formando sais: iodetos, brometos, cloretos, fluoretos.

2 K + I2 → 2 KI 2 Na + Cℓ2 →2 NaCℓ 2 Na + F2 → 2 NaF

Iodeto de potássio Cloreto de sódio Fluoreto de sódio

K+ Na+ Na+
KI NaCl NaF

I- Cℓ- F-

Todos estes sais são constituídos por iões


mononegativos (iões negativos de carga –1) resultantes
de átomos de halogéneos, por exemplo F– e Cℓ–. 9
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Halogéneos

A semelhança das propriedades entre os halogéneos decorre da semelhança


na estrutura dos respetivos átomos. Todos têm 7 eletrões de valência
ganhando com facilidade um eletrão, originando iões mononegativos
estáveis, com o último nível de energia completo.

Átomos dos
Iões dos halogéneos
halogéneos

Distribuição eletrónica Distribuição eletrónica

9F 2-7 9F– 2-8


17Cℓ 2-8-7 17Cl 2-8-8

Possuem 7 eletrões Têm o último


de valência nível completo
10
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Gases nobres
Os gases nobres são substâncias elementares formadas por elementos
do grupo 18 (grupo dos gases nobres).

Estes não-metais são muito pouco reativos e, por isso,


encontram-se na natureza como substâncias elementares. 11
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Gases nobres
Os átomos dos gases nobres são particularmente estáveis possuindo o
último nível de energia completo.

Átomos dos gases nobres

Distribuição eletrónica

2He 2
10Ne 2-8

18Ar 2-8-8

Têm o último nível


completo

São pouco reativos e muito estáveis.


12
Famílias de metais e de não-metais

Resumo
Não-Metais
formados por formados
átomos do por átomos
grupo 17 do grupo 18
Halogéneos
Gases nobres

• São muito pouco reativos


• São muito reativos
• Apresentam grande estabilidade
• Reagem com os metais formando
• Encontram-se na natureza como
sais
substâncias elementares
• Os respetivos átomos captam um
• Os respetivos átomos têm o último
eletrão facilmente, formando
nível de energia completo
iões mononegativos (iões
• Os respetivos átomos não perdem
negativos com carga 1–)
nem captam eletrões facilmente

13
Duas famílias de não-metais: halogéneos e gases nobres

Substâncias de elementos do grupo 16


Os átomos do grupo 16 ganham com facilidade dois eletrões, originando
iões dinegativos, O2– e S2–, estáveis, com o último nível de energia
completo.

Átomos do grupo 16 Iões do grupo 16

Distribuição eletrónica Distribuição eletrónica

8O 2-6 8O2– 2-8


16S 2-8-6 16S 2-8-8
2–

Possuem 6 eletrões Têm o último


de valência nível completo

14
Elementos químicos no corpo humano

Metais e não-metais no corpo humano


Mais de 99% da massa do corpo humano deve-se apenas a 11
elementos químicos:

Mais oxigénio (O), carbono (C), hidrogénio (H)


abundantes e nitrogénio (N)
Elementos

cálcio (Ca), enxofre (S), fósforo (P), sódio


Menos
(Na), potássio (K) e cloro (Cℓ)
abundantes

Presentes em
cobalto (Co), molibdénio (Mo), flúor (F),
quantidades
cromo (Cr) e selénio (Se)
residuais

15
Elementos químicos no corpo humano

Metais e não-metais no corpo humano


Os elementos químicos que existem em menor quantidade no corpo
humano são também fundamentais para a vida.

Fig. 3 | Percentagens em massa dos elementos


químicos no corpo humano
16
Elementos químicos no corpo humano

Metais e não-metais no corpo humano


Cérebro
Glóbulos vermelhos
Constituição do esqueleto
e dos dentes; Ferro
Cálcio Funcionamento normal do
cérebro
Divisão celular Transporte de oxigénio e
Regulação hormonal dióxido de carbono
Coagulação do sangue Síntese do ADN
Contração muscular

Disperso por todo o corpo,


Fluido intercelular, sobretudo no esqueleto;
hemácias, músculos e
tecido nervoso Magnésio
Regulação de membranas
Sódio celulares
potássio Participação em enzimas
Comunicação de impulsos para a disponibilização de
nervosos no sistema energia a partir dos
nervoso alimentos
Síntese de proteínas

Tecido muscular
Fígado
Zinco Rins

Atividade
enzimática 17
Famílias de metais e de não-metais

Resumo

Elementos químicos no corpo humano

Apenas 11 tipos de elementos são responsáveis por mais


de 99% da massa do corpo humano.
• Mais abundantes: O, C, H e N
• Menos abundantes (mas igualmente essenciais à
vida): Ca, P, Cℓ, S, Na, K, Mg

18

Você também pode gostar