Você está na página 1de 16

DIREITO DAS SUCESSÕES

DA SUCESSÃO
TESTAMENTÁRIA
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 FUNDAMENTO LEGAL:
ART. 1.857 E SEGUINTES DO CC/2002.

 CONCEITO DE TESTAMENTO: É NEGÓCIO JURÍDICO


UNILATERAL, PERSONALÍSSIMO, SOLENE E REVOGÁVEL, PELO
QUAL ALGUÉM DISPÕE, NO TODO OU EM PARTE, DE SEU
PATRIMÔNIO PARA DEPOIS DE SUA MORTE OU DETERMINA
PROVIDÊNCIAS DE CARÁTER PESSOAL OU FAMILIAR.

 ATO PERSONALÍSSIMO: NÃO SE ADMITE QUE SEJA FEITO


POR PROCURADOR OU REPRESENTANTE (ART. 1.858 CC);
NÃO SE ADMITE A INTERFERÊNCIA DE OUTRA VONTADE.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 NEGÓCIO JURÍDICO UNILATERAL: ATO DE VONTADE COM


VISTAS À PRODUÇÃO EFEITOS (PARA DEPOIS DA MORTE). É
ATO UNILATERAL PORQUE NÃO DEPENDE DA ACEITAÇÃO
POR PARTE DO HERDEIRO OU LEGATÁRIO PARA QUE O
TESTAMENTO SE APERFEIÇOE.

 REVOGÁVEL: SENDO UM ATO QUE SÓ PRODUZ EFEITOS


APÓS A MORTE, NÃO HÁ RAZÃO PARA IMPEDIR A
ALTERAÇÃO DA VONTADE ENQUANTO O TESTADOR ESTIVER
VIVO (ART. 1.858 CC); ADEMAIS, É NULA QUALQUER
DISPOSIÇÃO QUE VISE ELIMINAR A POSSIBILIDADE DE
REVOGAÇÃO DO ATO DE ÚLTIMA VONTADE.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 POR SER ATO PERSONALÍSSIMO, NÃO SE ADMITE QUE O


TESTAMENTO SEJA CONJUNTIVO (CORRESPECTIVO, RECÍPROCO OU
SIMULTÂNEO), A FIM DE QUE UMA VONTADE NÃO INTERFIRA NA
OUTRA (ART. 1.863 CC). O TESTAMENTO É NEGÓCIO UNIPESSOAL.

 TESTAMENTOS CONJUNTIVOS: TESTAMENTOS DE MÃO COMUM OU


MANCOMUNADOS.

 SIMULTÂNEOS: CONTÉM DISPOSIÇÕES COMUNS EM FAVOR DE


TERCEIROS;
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 RECÍPROCOS: CONTÉM BENEFÍCIOS MÚTUOS NO MESMO


TESTAMENTO;
 CORRESPECTIVOS: CONTÉM DISPOSIÇÕES EM RETRIBUIÇÃO A
OUTRAS CORRESPONDENTES (CARACTERIZA-SE PELA DISPOSIÇÃO
“DESDE QUE”

 SOLENIDADE DO TESTAMENTO

 A MANIFESTAÇÃO DE VONTADE CONTIDA NO TESTAMENTO


DEVE SER EFETIVADA MEDIANTE O PREENCHIMENTO DAS
FORMALIDADES LEGAIS, QUE VISAM DAR O MÁXIMO DE
GARANTIA E CERTEZA À VONTADE DO TESTADOR.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 AS FORMALIDADES SÃO DA SUBSTÂNCIA DO NEGÓCIO E A


INOBSERVÂNCIA GERA NULIDADE QUE PODE SER
RECONHECIDA DE OFÍCIO.

 DISPOSIÇÕES TESTAMENTÁRIAS

DISPOSIÇÃO DO PATRIMÔNIO
 DISPOSIÇÕES NÃO PATRIMONIAIS (ART. 1.857, §2º, CC), QUE
PODEM VERSAR, EXEMPLIFICATIVAMENTE, SOBRE:
A) RECONHECIMENTO DE FILHOS (ART. 1.609, III, CC);
B) NOMEAÇÃO DE TUTOR;
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

C) CRIAÇÃO DE FUNDAÇÃO;
D) DESERDAÇÃO;
E) PERDÃO DO INDIGNO;
F) CONFISSÃO DE UM FATO;
G) DISPOSIÇÃO DE PARTES DO CORPO.

 GRATUIDADE DO TESTAMENTO

AINDA QUE DE CARÁTER PATRIMONIAL, O TESTAMENTO NÃO


PODERÁ IMPOR AO BENEFICIADO QUALQUER
CONTRAPRESTAÇÃO. AINDA QUE HAJA UM ENCARGO IMPOSTO
NO LEGADO ISSO NÃO RETIRA O CARÁTER DE GRATUIDADE.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 CAPACIDADE DE TESTAR E DE ADQUIRIR POR TESTAMENTO

 HÁ UMA CAPACIDADE ESPECIAL PARA TESTAR QUE NÃO SE


CONFUNDE COM A CAPACIDADE EM GERAL PARA OS ATOS DA
VIDA CIVIL;

 SOMENTE PESSOAS FÍSICAS PODEM TESTAR;

 ALGUMAS PESSOAS, EMBORA TENHAM CAPACIDADE PARA


TESTAR, NÃO PODEM SE UTILIZAR DE CERTAS FORMAS DE
TESTAMENTO (EX. ANALFABETO NÃO PODE REALIZAR
TESTAMENTO PARTICULAR).
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 CAPACIDADE DE TESTAR E DE ADQUIRIR POR TESTAMENTO

 CAPACIDADE ATIVA: ART. 1.857 – QUALQUER PESSOA


CAPAZ PODE TESTAR (REGRA); É AFERIDA NO MOMENTO
DA REALIZAÇÃO DO TESTAMENTO.

 INCAPACIDADE ATIVA (ART. 1.860): NÃO PODEM


TESTAR
(i) OS INCAPAZES (MENORES DE 16 ANOS);
(ii) OS QUE NO MOMENTO DE TESTAR NÃO
TIVEREM PLENO DISCERNIMENTO.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 OS MAIORES DE 16 ANOS TÊM CAPACIDADE PARA TESTAR (PARÁGRAFO


ÚNICO, ART. 1.860), SENDO DESNECESSÁRIA A ASSISTÊNCIA DO
REPRESENTANTE LEGAL.

 QUANTO AO PLENO DISCERNIMENTO NO MOMENTO DA FEITURA DO


TESTAMENTO, AINDA QUE A AUSÊNCIA DE DISCERNIMENTO SEJA
TRANSITÓRIA (EMBRIAGUEZ, USO DE ENTORPECENTES, POR EX.,)
INVALIDA O TESTAMENTO.

 POR OUTRO LADO, A INCAPACIDADE SUPERVENIENTE NÃO O INVALIDA


(ART. 1.861 CC), ASSIM COMO O TESTAMENTO FEITO POR INCAPAZ NÃO
SE VALIDA COM A AQUISIÇÃO DA CAPACIDADE. (A CAPACIDADE
TESTAMENTÁRIA É REGULADA PELA LEI VIGENTE À ÉPOCA DA
ELABORAÇÃO DO TESTAMENTO.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 DEVE-SE PRESUMIR A CAPACIDADE DO TESTADOR, PREVALECENDO


A VALIDADE DO ATO EM CASO DE DÚVIDA.
 A VELHICE IMPEDE A PESSOA DE TESTAR?

 APTIDÃO PARA RECEBER POR TESTAMENTO (CAPACIDADE PASSIVA)

 TRATA-SE DA APTIDÃO DE ALGUÉM PODER SER


INSTITUÍDO HERDEIRO OU LEGATÁRIO PELA VONTADE
DO TESTADOR.

 É AFERIDA NO MOMENTO DA ABERTURA DA SUCESSÃO.


DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 PODEM RECEBER POR TESTAMENTO:

 A PESSOA NATURAL VIVA (REGRA GERAL DE QUE DEVE


EXISTIR AO TEMPO DA MORTE DO TESTADOR), SALVO
DUAS SITUAÇÕES:
(i) NASCITURO;
(ii) PROLE EVENTUAL DE PESSOAS DESIGNADAS PELO
TESTADOR E EXISTENTES AO ABRIR-SE A SUCESSÃO
(ART. 1.799 CC).
 AS PESSOAS JURÍDICAS EXISTENTES E AQUELAS CUJA
ORGANIZAÇÃO FOR DETERMINADA PELO TESTADOR SOB A
FORMA DE FUNDAÇÃO.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 NÃO PODEM RECEBER POR TESTAMENTO


(INCAPACIDADE PASSIVA): ART. 1.801 CC
 PESSOA QUE, A ROGO, ESCREVEU O TESTAMENTO, NEM O
SEU CÔNJUGE OU COMPANHEIRO, OU OS SEUS
ASCENDENTES E IRMÃOS;
 AS TESTEMUNHAS DO TESTAMENTO;
 O CONCUBINO DO TESTADOR CASADO, SALVO SE ESTE,
SEM CULPA SUA, ESTIVER SEPARADO DE FATO DO
CÔNJUGE HÁ MAIS DE CINCO ANOS;
 O TABELIÃO, CIVIL OU MILITAR, OU O COMANDANTE OU
ESCRIVÃO, PERANTE QUEM SE FIZER, ASSIM COMO O QUE
FIZER OU APROVAR O TESTAMENTO.
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 LIMITAÇÃO AO DIREITO DE TESTAR: ART. 1.857, § 1º CC

 A LEGÍTIMA DOS HERDEIROS NECESSÁRIOS NÃO PODE SER INCLUÍDA


NO TESTAMENTO. TRATA-SE DE PARTE INDISPONÍVEL DO
PATRIMÔNIO.

 A LEGÍTIMA É CALCULADA SOBRE O VALOR DOS BENS EXISTENTES


POR OCASIÃO DA ABERTURA DA SUCESSÃO (ART. 1.847 CC),
OBSERVANDO-SE O SEGUINTE:
 PASSO 1: ABATE-SE DO TOTAL DO PATRIMÔNIO AS DÍVIDAS DO
FALECIDO E DESPESAS DO FUNERAL;
 PASSO 2: DIVIDE-SE A HERANÇA LÍQUIDA EM DUAS PARTES
(DISPONÍVEL E INDISPONÍVEL);
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 PASSO 3: INCLUSÃO DOS VALORES REFERENTES A


EVENTUAIS BENS QUE FORAM DOADOS COMO
ADIANTAMENTO DE LEGÍTIMA (COLAÇÃO),
ACRESCENTANDO-SE À METADE INDISPONÍVEL;
 PASSO 4: O RESULTADO DA SOMA DO PASSO 3 CONSTITUI
A LEGÍTIMA.

 SUCESSORES TESTAMENTÁRIOS

 HÁ DUAS ESPÉCIES
 HERDEIRO TESTAMENTÁRIO (RECEBE UMA FRAÇÃO DA
HERANÇA);
DA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA

 LEGATÁRIO (RECEBE BENS ESPECÍFICOS);