Você está na página 1de 61

REVISÃO DE MATEMÁTICA E SI

REVISÃO DE MATEMÁTICA E SI - PROGRAMA

Equação do 1º grau;
Potenciação e radiciação;
Razão e proporção;
Regra de três;
percentagem
Trigonometria;
Logaritmo decimal;
Logaritmo natural ou neperiano;
Regras de diferenciação;
Integrais imediatas.
Sistema Internacional de Unidades - SI

Prof.: Antonio Fernando de Carvalho Mota


As equações do primeiro grau são aquelas que podem ser
representadas sob a forma

ax + b = 0,
em que a e b são constantes reais, com a diferente de 0, e x é a variável.

PROPRIEDADES:
 Adicionando um mesmo número a ambos os membros de uma equação,
ou subtraindo um mesmo número de ambos os membros, a igualdade
se mantém.
 Dividindo ou multiplicando ambos os membros de uma equação por um
mesmo número não-nulo, a igualdade se mantém.

Ex. 1: 5x = 10 + 4x
5x – 4x = 10 + 4x – 4x
x = 10
Ex. 2: 3x = 15
3x = 15
3 3
x=5
PROPORÇÕES – REGRA DE TRÊS
Bianca comprou 3 camisetas e pagou R$120,00. Quanto ela pagaria se
comprasse 5 camisetas do mesmo tipo e preço?
Solução: montando a tabela:

Camisetas Preço (R$)


3 120
5 x

Observe que: Aumentando o número de camisetas, o preço aumenta.


Como as palavras correspondem (aumentando - aumenta), podemos
afirmar que as grandezas são diretamente proporcionais. Montando a
proporção e resolvendo a equação temos:

3 = 120
5 x o produto dos meios é igual ao produto dos extremos
3x = 5.120
x = 5.120/3 = 200

Logo, a Bianca pagaria R$200,00 pelas 5 camisetas


POTENCIAÇÃO
Consideremos uma multiplicação em que todos os fatores são
iguais

Exemplo
5x5x5, indicada por 5³

ou seja , 5³= 5x5x5=125

onde :

5 é a base (fator que se repete)

3 é o expoente ( o número de vezes que repetimos a base)

125 é a potência ( resultado da operação)


POTENCIAÇÃO
Outros exemplos :

a) 7²= 7x7=49
b) 4³= 4x4x4=64
c) 5⁴= 5x5x5x5=625
d) 2⁵= 2x2x2x2x2=32

O expoente 2 é chamado de quadrado


O expoente 3 é chamado de cubo
O expoente 4 é chamado de quarta potência.
O expoente 5 é chamado de quinta potência.
Assim:

a) 7² Lê-se: sete elevado ao quadrado


b) 4³ Lê-se: quatro elevado ao cubo
c) 5⁴Lê-se: cinco elevado a quarta potência
d) 2⁵ Lê-se: dois elevado a quinta potência
RADICIAÇÃO
Qual o número que elevado ao quadrado é igual a 9?

Solução

Sendo 3² = 9, podemos escrever que √9 = 3

Essa operação chama-se radiciação, que é a operação inversa da potenciação

Exemplos

Potenciação------------------------radiciação
a) 7² = 49 ---------------------------- √49= 7
b) 2³= 8 ------------------------------ ∛8 = 2
c) 3⁴= 81 ---------------------------- ∜81 = 3

O sinal √ chamamos de radical


O índice 2 significa : raiz quadrada
O índice 3 significa: raiz cúbica
O índice 4 significa: raiz quarta
RADICIAÇÃO
assim:

√49= 7 lê-se: raiz quadrada de 49

∛8 = 2 lê-se : raiz cúbica de 8

∜81 = 3 lê-se: raiz quarta de 81

Nota:

Não é necessário o índice 2 no radical para a raiz quadrada


Obs.: Há expressões onde aparecem os sinais de associação e que devem ser
eliminados nesta ordem:

1°) parênteses ( )
2°) colchetes [ ]
3°) chaves { }
Razão e proporção
1) Qual a razão que é igual a 2/7 e cujo antecedente seja igual a 8
Resolução:
 
Vamos igualar as razões.
 
8 = 2
X    7
 
2x = 8 x 7
 
2x = 56
 
X = 56/2
 
X = 28
 
Desta forma a razão igual a 2/7, com antecedente igual a 8 é : 8/28 = 2/7
Escala e noção de proporção
2) Almejando desenhar uma representação de um objeto plano de 5m de
comprimento, usando uma escala de 1:20, qual será o comprimento no
desenho
Resolução: Escala: 1
            20
 
Sabendo que 1m = 100 cm.
 
Então 5m = 5 x 100 = 500 cm.
 
O comprimento no desenho será:
 
500 x 1    = 500 / 20 =25 cm
 20  
Desta forma em uma escala 1:20 em plano de 5m, o comprimento do
desenho será 25 cm
Razão e proporção
3) Em uma sala de aula,  a razão de moças para o número de rapazes é de
5/4. Se o número total de alunos desta turma é de 45 pessoas, caso exista
uma festa quantas moças ficariam sem par ?
Resolução: Primeiro vamos denominar o número de moças por X, e o número de
rapazes por Y.
 
x/y = 5/4 (Igualam-se as razões)
 
x + y = 45 (Soma total de alunos)
 
x + y = 5 + 4  (Aplicação das propriedades das proporções)
  x           5
 
45/x = 9/5 ---> 45 x 5 = 9x
 
225 = 9x ---> x = 225/9 ---> x = 25 moças
 
Substituindo X = 25 na expressão x + y = 45, temos :
 
25 + y = 45 ---> y = 45 – 25 ----> y = 20 rapazes
 
Tendo por base que cada rapaz fique apenas com uma moça, o número de
moças que ficariam sem par será : 25 – 20 = 5 moças
 
Então, o número de moças que ficará sem par é igual a 5
Regra de três
Um disco gira a 45 rotações por minuto. Em 4 segundos, o disco dá :

Obs.: É importante notar que 1 minuto é igual a 60s.


 
Resolução:
 
60 s ---------------> 45 voltas
 
4 s  ----------------> x
 
Resolvendo a regra de três acima :
 
60x = 45 x 5
 
60x = 180
 
X = 180/60
 
X = 3 volta . Resp.: Em 4 segundos o disco dá 3 voltas.
Percentagem
Uma pesquisa realizada pelo IBGE constatou que a população de uma
cidade havia aumentado de 82.350 para 105.200 habitantes. Calcule o valor
desse aumento em índices percentuais. 
Resolução:
FATORAÇÃO - produtos notáveis
Definição de Fatoração

A fatoração é a transformação da soma e/ou subtração de vários


termos em um produto de diversos fatores.
Vejamos alguns exemplos onde temos alguns dos principais tipos de
fatoração:
Diferença de Dois Quadrados: a2 - b2 = (a + b)(a - b)

O produto da soma pela diferença de dois termos nos leva à diferença de


dois quadrados.

Ex. 25y2 – 9x2

Visto que a2 - b2 = (a + b)(a - b), podemos realizar a fatoração como a


seguir:

25y2 – 9x2 = (5y)2 – (3x)2 = (5y + 3x) (5y – 3x)


Agrupamento:
ax + bx + ay + by = (a + b)(x + y)
Diferença de Dois Quadrados: a2 - b2 = (a + b)(a - b)
Este os próximos quatro tipos de fatoração que veremos estão relacionados
aos produtos notáveis. Aos estudá-los vimos que o produto da soma pela
diferença de dois termos nos leva à diferença de dois quadrados, então
podemos utilizar de forma inversa este conhecimento na fatoração da
diferença de dois quadrados.
Trinômio Quadrado Perfeito - Soma: a2 + 2ab + b2 = (a + b)2
Quando desenvolvemos o quadrado da soma de dois termos chegamos a
um trinômio quadrado perfeito, que é o que demonstra a sentença acima,
só que temos os membros em ordem inversa. Então o quadrado da soma
de dois termos é a forma fatorada de um trinômio quadrado perfeito.
Trinômio Quadrado Perfeito - Diferença:
a2 - 2ab + b2 = (a - b)2
Cubo Perfeito - Soma: a3 + 3a2b + 3ab2 + b3 = (a + b)3
Na sentença acima temos um polinômio e a sua forma fatorada, que nada mais
é que o cubo da soma de dois termos.
Cubo Perfeito - Diferença: a3 - 3a2b + 3ab2 - b3 = (a - b)3
A forma fatorada do polinômio no primeiro membro da sentença acima é o 
cubo da diferença de dois termos.
Revisão de Trigonometria

Cos2 = Cos2 + 1 e Sen2 = 1 – Cos2


2 2
sen 2α = 2 sen α.cos α
APLICAÇÃO:
5º) Os dois arames estão interligados em A. Se a carga P
provocar o deslocamento vertical de 3 mm ao ponto A, qual
será a deformação normal provocada em cada arame?
Concentração de Tensões de Tração
Todo componente estrutural que apresente descontinuidades como furos ou
variação brusca de seção, quando solicitados, desenvolvem tensões maiores na
região de descontinuidade do que a tensão média ao longo da peça

a) Distribuição de tensão de tração uniforme numa barra de seção constante;


b) Distribuição de tensões de tração próximas a um furo circular.
CÍRCULO TRIGONOMÉTRICO - SIMETRIA
LOGARITMO
Na matemática, o logaritmo (do grego: logos= razão e
arithmos= número), se b > 0 e b  1, o logaritmo na
base b de x é denotado por logbx   
by = x  logb x = y
Ex. 
Em termos simples o logaritmo é o expoente que uma dada
base deve ter para produzir certa potência. 
A função logaritmica é inversa a função exponencial
Domínio: 0 a + contradomínio: - a +
Função Logaritmica
Logaritmo Decimal
O logaritmo decimal de um número x é a soma de um
número inteiro c com um decimal m menor que 1, em que o
decimal m é denominado mantissa.
log x = c + m, onde 0 ≤ m < 1.

Ex. calcular log 620

10² < 620 < 10³ → log10² < log 620 < log10³

Para comprovarmos essa propriedade basta utilizarmos


uma calculadora científica, através da tecla log. Digite o
número, no caso 620 e aperte a tecla log, observe que
teremos como resultado o número decimal 2,792391
Logaritmo natural ou neperiano (John Neper)
O logaritmo natural é o logaritmo de base e, onde e é
um número irracional aproximadamente igual a
2,718281828459045... chamado de número de Euler e
representado por ln x

Hipérbole equilátera
Propriedades dos Logaritmos Naturais
• ln 1 = 0 Decimais log 1 = 0
• ln e = 1 log 10 = 1
• ln e  = n
n log 10 n
=n
• ln (x · y) = ln (x) + ln (y)
• ln (x / y) = ln (x) − ln (y)
• ln xn = n ln (x)
Mudança de Base

a base nova "c", pode ser qualquer


número que satisfaça a condição de
existência da base, ou seja,
c>0ec≠1
Revisão de Matemática
TABELA DE INTEGRAIS IMEDIATAS
 
f1 ∫xα dx = xα + 1 + C para α ≠ - 1
α+1
f2 ∫1 dx = ln|x| + C
x
FORMULÁRIO DE DERIVADAS E INTEGRAIS IMEDIATAS:
Parábola:
ax2 + bx + c = 0 Parábola Circunferência e Elipse Hipérbole

OBRIGADO Hipérbole equilátera


Elipse:

x2 + y 2 = 1
a2 b 2
Sistema Internacional de Unidades - SI

O Brasil adotou o Sistema Internacional de Unidades - SI


em 1962.
A Resolução nº 12 de 1988 do Conselho Nacional de
Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial –
CONMETRO ratificou a adoção do SI no País e tornou seu
uso obrigatório em todo o território nacional.
No Sistema Internacional temos duas classes de unidades:
as unidades de base e as unidades derivadas.
De acordo com o INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia,
Normalização e Qualidade Industrial, 2007) a Conferência Geral de
Pesos e Medidas, levando em consideração as vantagens de se adotar
um tema prático único para ser utilizado mundialmente nas relações
internacionais, no ensino e no trabalho científico, decidiu
basear o Sistema Internacional em sete unidades, consideradas como
independentes sob o ponto de vista dimensional:
REVISÃO DAS LEIS DE NEWTON

1º Lei de Newton: Princípio da Inércia

"Todo corpo permanece em seu estado de repouso, ou


de movimento uniforme em linha reta, a menos que
seja obrigado a mudar seu estado por forças impressas
nele"
Exemplo da primeira Lei de Newton:

Um foguete no espaço pode se movimentar sem o auxilio dos


propulsores apenas por Inércia.
Quando os propulsores do foguete são desligados ele continua seu
movimento em linha reta e com velocidade constante
2º Lei de Newton: A Força

"A mudança do movimento é proporcional à força motriz impressa


e se faz segundo a linha reta pela qual se imprime essa força“.
Força , em física, qualquer ação ou influência que modifica o estado
de repouso ou de movimento de um corpo. A força é um vetor, o que
significa que tem módulo, direção e sentido.
Quando várias forças atuam sobre um corpo, elas se somam
vetorialmente, para dar lugar a uma força total ou resultante.
No Sistema Internacional de unidades, a força é medida em newtons.
Um newton (N) é a força que proporciona a um objeto de 100g de
massa uma aceleração de 1m/s²

F = m. a
Exemplo da segunda Lei de Newton:
Os carros podem aumentar e diminuir suas velocidades graças ação
de forças aplicadas pelo motor e pelo freio respectivamente.
3º Lei de Newton: Princípio da Ação e Reação

"A uma ação sempre se opõe uma reação igual, ou seja,


as ações de dois corpos um sobre o outro são sempre
iguais e se dirigem a partes contrárias "
Sempre que dois corpos quaisquer A e B interagem, as
forças exercidas são mútuas.

Exemplo da terceira lei de Newton:

Para se deslocar, o nadador empurra a água para trás, e, esta por


sua vez, o empurra para frente.
UNIDADES UTILIZADAS PARA FORÇA E TENSÃO

SISTEMA METRICO PRÁTICO- massa ou força: kg ou kgf


O valor numérico da unidade de massa é a mesma da unidade de força.

Ex.: 40kg ou 40kgf, na balança temos a massa de 40kg e na mão a


força de 40kgf.
Quanto vale 1N (newton) em Kgf (Quilograma força) ?

1 kgf = 9,8 Newtons , 1N =1kg.m/s2, (2ª lei de Newton)


1 kgf = 9,8 N ~10N

Então:
1 Newton = (1 / 9,8) kgf
1 Newton = 0,102 kgf (aproximado)

0bs.: 1MPa = 106.Pa = 106.N/m2 = 106.N/106mm2 = 1N/mm2


Peso
Peso é a força gravitacional sofrida por um corpo nas vizinhanças
de um planeta.
É uma grandeza vetorial e, portanto, possui módulo, direção e
sentido. Matematicamente temos:

P =m.g

Onde g é a aceleração da gravidade local


ENGENHOSIDADE – LEVANTAMENTO DE PESOS

R/2 R/2

= R/2

Talha Diferencial Talha Elétrica


Talha Exponencial
Fórmula Geral: F = R
Capacidade de 0,5 a 16t
2 n

Onde, n = número de polias móveis

53
Super Guindastes

O EAS investiu US$65milhões na aquisição de dois Golias, capacidade de


Içar peças com até 1500t cada.
DECOMPOSIÇÃO DE FORÇAS: CONTRA-ESTERÇAR CURVA A ESQUERDA

o
lot
Pi
Fo

o/
r ça

ot
Ce

M
n

xo
trí
f

Ei
ug
a Centro de gravidade
Moto/Piloto
Co
m
po
ne
 nt
e
M
ot
o/
P il o
to

Peso Moto/Piloto

 = ângulo de inclinação variável Moto/Piloto.


Componente horizontal Moto/Piloto = Peso Moto/Piloto Sen  = Reação a Força Centrifuga.
A força Centrífuga depende do peso do veículo, de sua velocidade e do raio de curvatura.
POSTURAS EM CURVAS

Em curvas mais lentas, incline só a moto Em curvas mais rápidas, incline o corpo
e mantenha o corpo reto mais do que a moto
CONSTRUÇÃO NAVAL

Estaleiro Atlântico Sul


160 mil toneladas aço/ano
Dique seco – 400/73/12 m
5.000 funcionários

Carteira de Pedidos:
14 Petroleiros Suezmax
07 Navios Sonda
08 Petroleiros Aframax
01 Plataforma (P55-casco)

Estaleiro Promar Estaleiro Construcap Estaleiro Galíctico


Início obras julho/11 Início obras dezembro/11 Protocolo intenções
2.000 funcionários 1.000 funcionários 1.500 funcionários
Carteira de Pedidos: Carteira de Pedidos: Carteira de Pedidos:
08 Navios Gaseiros (??) Plataformas Reparos Navais
(?) Navio Apoio Offshore
1º Petroleiro: João Cândido 07/05/10- Suezmax 274 metros de
comprimento e capacidade de um milhão de barris de petróleo
SENAI
Matemática Aplicada: 

- CONJUNTOS NUMÉRICOS 
- MEDIDA, UNIDADES E TRANSFORMAÇÕES 
- RAZÃO 
- PROPORÇÃO 
- REGRA DE TRÊS SIMPLES