Você está na página 1de 39

ESCRITA

CIENTÍTICA Prof. Dr. Müller Ribeiro Andrade

Salvador, 2019
Comunicação científica
PESQUISA

OBSERVA
R
EXPLICA
R

DESCREV
ER

ARTIGO CIENTÍFICO
Artigo

 Parte de uma publicação com autoria declarada, que


apresenta e discute ideias, métodos, técnicas,
processos e resultados nas diversas áreas do
conhecimento (ABNT, 2003);

 Trabalhos técnico-científicos, escritos por um ou mais


autores, com a finalidade de divulgar a síntese
analítica de estudos e resultados de pesquisas (LEHFELD,
2007).
Características

 Podem ser de dois tipos (ABNT, 2003):


- Originais: quando apresentam abordagens ou assuntos
inéditos;

- Revisão: quando abordam, analisam ou resumem


informações já publicadas.

 Formam os periódicos científicos e devem seguir as


normas editorias do periódico a que se destinam
(LEHFELD, 2007);
Periódicos Científicos
Banco de dados
Características
Finalidade

COMUNICAÇÃ
Pesquisador 1 O
CIENTÍFICA
ARTIGO
PRODUZ CIENTÍFIC
O
COMUNICAÇÃ
Informação 1 O Pesquisador 2
CIENTÍFICA

PRODUZ

Informação 2

(REY, 1993)
Finalidade

 Comunicar os resultados de pesquisa, ideias e debates


de uma maneira clara, concisa e fidedigna.

 Servir de medida da produtividade (qualitativa e


quantitativa) de autores e das instituições.

 Refletir a análise de um dado assunto, num certo


período de tempo.
Linguagem Científica

 Linguagem correta e precisa;

 Coerência e Coesão na argumentação;

 Clareza na exposição das ideias;

 Objetividade;

 Impessoalidade;

 Fidelidade às fontes citadas.


Estrutura geral do artigo científico

• Título e subtítulo (se houver);


Elementos • Autores e filiação;
Resumo
Pré-textuais

• Palavra-chave

• Introdução
Elementos • Objetivo
• Desenvolvimento (Materiais e métodos,
Textuais Resultados e Discussão)
• Conclusão

Elementos • Agradecimentos
• Referências
Pós-textuais
Elementos Pré-textuais

LEITOR

Busca por
ARTIGOS nos TÍTULO RESUMO
Banco de dados

DOWNLOAD TEXTO
DO ARTIGO
FIGURAS e
TABELAS
(VOLPATO, 2010)
Elementos Pré-textuais - Título

 Expressa a essência da pesquisa;


OBJETIVO
 Mínimo possível de palavras;
TÍTULO
 Primeiro contato do leitor;

 Evitar termos vazios; CONCLUSÃO


 Um estudo sobre... Noções sobre... Aspectos do...

 Evitar inclusão de detalhes sobre o local de estudo

 CURTO, FIEL e COMPREENSÍVEL (VOLPATO, 2010);


Elementos Pré-textuais – Autores e filiação

 Indicados em ordem alfabética ou por titulação;


 Devem ser digitados abaixo do título, por
extenso;
 Filiação - instituição de origem;
 Contato de um dos autores;
Elementos Pré-textuais – Autores e filiação

 AUTOR É QUEM???
• Participa da ideia, constrói o objetivo;
• Define a estratégia da pesquisa;
• Participa da elaboração das
conclusões;
• Está apto a defender qualquer ponto
do trabalho perante a comunidade
científica;
• Ordem dos autores é importante???
Elementos Pré-textuais

TÍTUL
O

AUTORE
S

FILIAÇÃ
O
Elementos Pré-textuais
Elementos Pré-textuais – Resumo

 Apresenta os pontos principais do trabalho de


modo conciso e objetivo;
 Traz todas as informações essenciais e
necessárias para o perfeito entendimento do
trabalho;
 Permite ao leitor avaliar a relevância do
trabalho em sua linha de interesse;
Elementos Pré-textuais – Resumo

 RESUMO CONVENCIONAL ou
ESTRUTURADO
 “Miniatura do estudo” – breve resumo de
partes do texto;
 Segundo a ABNT – NBR 6028:
 Escrito no idioma do país;
 Até 250 palavras;
Elementos Pré-textuais – Resumo

 RESUMO CONVENCIONAL ou
ESTRUTURADO
Introduçã
o Justificativa
Objetivo
Métodos Delineament
o
Resultado Principais
s Resultados
Conclusões
Discussão

(VOLPATO, 2010)
Elementos Pré-textuais – Resumo

 RESUMO CONVENCIONAL ou
ESTRUTURADO (VOLPATO, 2010)
 Justificativa – mínimo de evidência que
justifiquem o objetivo;
 Objetivo – qual o propósito do estudo?
 Metodologia – cita o delineamento sem detalhes;
 Resultados – Enfatize os efeitos, não os valores;

 Conclusão – Generalize e afirme solidamente.


Elementos Pré-textuais – Resumo

 RESUMO CRIATIVO (VOLPATO, 2010)


 Sem estruturação prévia;
 Curtíssimo;
 Texto breve que amplie a função do titulo em
mostrar ao leitor a beleza do estudo;
 Convidar a ler o texto;
 Pode ser em forma de imagem/esquema.
Graphic abstract
Elementos Pré-textuais – Palavra-chave

 3 a 5 palavras – descritores;
 Permitem a indexação do trabalho;
 A indexação permite a recuperação do trabalho;
 Indicam os campos teóricos abordados no
trabalho;
Elementos Pré-textuais – Palavra-chave

 Inclua termos que não aparecem em lugar algum


do texto;
 Use termos consagrados e não segmentos de
frases com várias palavras;
 Use sinônimos de termos importantes presentes
no texto;
Elementos Pré-textuais – Palavra-chave
Elementos Textuais

 É o texto propriamente dito, onde nessa etapa é


apresentado o assunto e o corpo do trabalho;

 Introdução

 Desenvolvimento

 Conclusão.
Elementos Textuais - Introdução

 Apresentação do problema;

 Fundamentação teórica para a compreensão do


problema e sua inserção no contexto da teoria;

 Declaração do objetivo: expectativas e hipóteses;

Contexto Justificativa Objetivo


Elementos Textuais - Introdução

 Fundamente todos os aspectos do objetivo;


 Devem ser evitadas divagações, situando o tema
no tempo e no espaço;

 INOVAÇÃO (VOLPATO, 2010)


 Apresente a sua principal conclusão;
 Resalte a novidade do seu estudo;
 Avalie o poder de argumentação da Introdução.
Elementos Textuais – Objetivo

 Expõe de forma clara qual a


FINALIDADE de se realizar este trabalho;
 Finaliza a introdução;

 Deve ser endossada pela introdução;

 Será o “porque” do material e métodos;


Elementos Textuais – Materiais e Métodos

 Informar o sujeito do estudo, sua estratégia de


pesquisa, como os dados foram coletados e
analisados.
 Siga do geral para o específico;
 Apresente o texto em tópicos;
 Inclusão nome e local de onde realizou a
pesquisa???
Elementos Textuais – Materiais e Métodos

 Caracterização do objeto de estudo;


 Descrição do delineamento da pesquisa;

 Detalhamento dos procedimentos específicos;

 Descrição da forma de análise dos dados;


 Descrição do material necessário para a realização da
pesquisa;
 Comitê de Ética.
Elementos Textuais – Materiais e Métodos

Sujeito

Objetivo
Delineament
o

Procedmiento
s específicos

Análise de
dados
(VOLPATO, 2010)
Elementos Textuais – Resultados

 Dados sob a forma descritiva - tabelas, gráficos,


figuras;

 Apresente apenas os resultados necessários;

 Não repita a legenda de figuras ou tabelas.

 Não repita resultados de figuras ou tabelas.

 Redija no passado.
Elementos Textuais – Resultados

 Resultados necessários para sustentar as conclusões;

 Sequência que aparecerão na Discussão;

 Abreviaturas – convencionais;

 Não avançar em conceitos teórico;

 A apresentação pode ser dividida em itens


Elementos Textuais – Discussão

 Conduzida como uma argumentação lógica em


função do objetivo apresentado na introdução.
 Apoiada em referências necessárias.
 Escrita na ordem de apresentação dos resultados.
 Valida os métodos e resultados.
 Conclui a partir de dados válidos.
Elementos Textuais – Conclusão

 Expressas com clareza e relacionadas com as


expectativas ou hipóteses colocadas na
introdução;

 Tempo verbal – Presente;

 Os dados que o formam, devem está presente na


discussão;
Elementos Pós-textuais

 Compreendem componentes que completam e


enriquecem o trabalho, sendo alguns opcionais,
variando de acordo com a necessidade.

Agradecimentos Referências
 Contribuição técnica pontual;  Use apenas as necessárias;
 Revisão escrita;  Siga estritamente as normas;
 Contribuição que não justifique  Periódicos têm normas diferentes;
autoria
(VOLPATO, 2010)
Por fim...
Conclusão

Questionamento Estrutura do Artigo


Qual foi o problema? Introdução
Como o problema foi
Material e métodos
estudado?
O que foi encontrado? Resultados
O que essas observações
Discussão
significam?
Qual foi a resposta ao Conclusão.
problema?
OBRIGAD
O!
mullerrib@gmail.co
m

Você também pode gostar