Você está na página 1de 32

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA

LUZ DE CÁRITAS

‘’O HOMEM DE BEM.’’

Allan Kardec, Evangelho Segundo o


Espiritismo, capítulo 17, item3.
• 918. Por que indícios se pode reconhecer em um
homem o progresso real que lhe elevará o Espírito
na hierarquia espírita?

• “O espírito prova a sua elevação, quando todos os


atos de sua vida corporal representam a prática
da lei de Deus e quando antecipadamente
compreende a vida espiritual.”

• Livro dos Espíritos


1. Interrogue a consciência sobre seus
próprios atos.

Conhecimento de si
mesmo!
• 2. Deposite fé em Deus, na sua
bondade, na sua justiça e na sua
sabedoria.

Confiança!
• 3. Acrescente fé no futuro, colocando
os bens espirituais acima dos bens
temporais.

Esperança!
• 4. Aceite as vicissitudes da vida sem
murmurar, entendendo-as como
provas ou expiações.

Resignação
• 5. Doe doses abundantes de caridade
e de amor ao próximo, retribuindo o
mal com o bem.

Beneficência
• 5. Faça o bem pelo bem e tome a
defesa do fraco contra o forte.

Beneficência
• 6. Pense nos outros, antes de pensar
em si, encontrando satisfação nos
serviços que presta.

Solidariedade
• 7. Seja bom, humano e benevolente
para com todos, sem distinção de
raças ou crenças.

Fraternidade
• 8. Respeite todas as convicções
sinceras sem lançar anátema aos que
não pensam como você.

Alteridade
• 9. Mais uma vez, não se esqueça de
em todas as circunstâncias tomar por
guia a caridade.

Caridade
• 10. Perdoe e esqueça todas as
ofensas, não alimentando
ódio, rancor ou desejo de
vingança.

Perdão
• 11. Seja indulgente para com as
fraquezas alheias, por também ser
credor de Indulgência!

Indulgência
• 12. Não evidencie os defeitos
alheios e procure sempre o bem
que possa atenuar o mal.

Compreensão
• 13. Estude as próprias imperfeições e
trabalhe incessantemente por
combatê-las.

Perseverança
• 14. Aproveite todas as ocasiões para
fazer ressaltar o que seja proveitoso
nos outros.

Bondade
• 15. Não se envaideça pela riqueza ou
vantagens pessoais, sabedor de que
são empréstimos.

Humildade
• 16. Se superior, trate os subalternos
com bondade e benevolência, vendo-
os como irmãos.

Humildade
• 17. Se subordinado, compreenda
seus deveres e se empenhe em
cumpri-los de bom grado.

Dedicação
• 18. Finalmente, respeite todos os
direitos que aos seus semelhantes
dão as leis da Natureza.

Amor
Esta não é a relação completa
   

das qualidades que distinguem


o homem de bem, mas quem
quer que se esforce para
possuí-las, estará no caminho
que conduz às demais.