Você está na página 1de 20

O QUE É UM PORTFÓLIO

REFLEXIVO DE
APRENDIZAGENS?
• O Portfólio é a base de trabalho para todo o processo RVCC,
quer de nível Básico, quer de nível Secundário.
• É uma coleção de documentos vários (de natureza textual ou
não).
• Revela o desenvolvimento e progresso na aprendizagem.
• Explicita os esforços relevantes realizados para alcançar os
objetivos acordados.
• Documenta experiências significativas e é fruto de uma
seleção pessoal.
Autobiografia…
É mais do que um relato do percurso de vida de cada um.
É uma REFLEXÃO acerca desse percurso.

• Acerca das aprendizagens:


– Escolares
– Profissionais
– Pessoais
– Sociais
A reflexão permite revelar
• Como? aprendizagens.
– O que aprendi?
– Como aprendi?
– Que mais-valias obtive?
– Que obstáculos ultrapassei?
Refletir é preciso...

A utilização da História de Vida/Autobiografia podem ser um ponto de partida. Mas é necessário que, para cada acontecimento ou competência significativa o adulto faça uma reflexão:

• Que alterações ocorreram na minha vida em consequência desses episódios?


• Que outro caminho podia ter seguido? Que aprendizagens/experiências podiam ter daí advindo?
• O que podia ter feito melhor?
• Para além das mais evidentes, que outras aprendizagens resultaram desse momento?
• Que importância teve esse momento na minha formação?
• Quais os pontos fortes e fracos dessas aprendizagens?
• Qual a contribuição desse episódio para o indivíduo que sou hoje?
Refletir é preciso...
• O adulto que inicia o seu PRA deve pensar que está a escrever a história
de tudo o que aprendeu.

• O começo é sempre simples. A sua vida. Mais profissional que pessoal.


Pensada, problematizada, refletida.

• Esta descrição deve ser acompanhada de questionamento sobre o que foi


aprendido.
Consulta de fontes exteriores
O recurso a pesquisas para a demonstração de competências é, muitas vezes necessária,
mas deve seguir algumas regras fundamentais:

1. As citações devem aparecer devidamente identificadas ( entre aspas e com indicação


da fonte – ex. “O homem é um animal social”, Aristóteles, Política).
2. As citações devem ser usadas apenas como meio auxiliar no desenvolvimento de um
tema e não como parte fundamental.
3. As competências não podem ser demonstradas apenas com texto de fontes
exteriores.
NG1- EQUIPAMENTOS E SISTEMAS TÉCNICOS
DR1- Contexto privado-Equipamentos Domésticos

• Desde quando as tecnologias começaram a fazer parte da sua vida?


• Que equipamentos e sistemas técnicos costuma utilizar em contexto privado, para
aceder à informação, comunicar, aceder a recursos culturais (câmaras de vídeo,
máquina fotográfica, computador, telemóvel, telefone, televisor, rádio, etc.)?
• Tem por hábito utilizar algum dos equipamentos referenciados para ler, escrever, pintar,
fotografar, filmar ou trabalhar qualquer outra área de expressão artística? Sugestão:
Escreva um texto/ reflexão sobre estas questões.
• Com recurso a diferentes fontes, elabore uma pesquisa sobre a evolução de um dos
equipamentos que habitualmente utiliza, procurando mostrar o respetivo potencial
cultural e comunicacional.
DR1- Contexto privado-Equipamentos
Domésticos
• Recorda-se de alguma situação em que teve que recorrer ao manual de instruções para
resolver um problema com um equipamento e sistema técnico? A partir da análise dos
textos, desenhos e diagramas do respetivo manual de instruções apresente um resumo
desse manual. Sugestão de trabalho: texto reflexivo sobre o modo como os equipamentos
afetam o nosso dia a dia.
• Identifique que equipamentos domésticos utiliza no dia-a-dia.
• - Quais as suas funcionalidades?
• - Após aquisição de um eletrodoméstico costuma consultar o manual de instruções?
Compreende a linguagem técnica utilizada, em língua portuguesa e em língua estrangeira,
por exemplo o que diz respeito à potência do aparelho e/ ou símbolos utilizados?
Exemplifique.
• •Quais as normas de boa utilização dos equipamentos com os quais trabalha (ou)?
Quando opera (ou) com os equipamentos tem (teve) em conta as normas de boa
utilização? Exemplifique.
DR2- Contexto profissional-Equipamentos Profissionais
• Que equipamentos e sistemas técnicos utiliza no seu dia-a-dia profissional? Algum desses equipamentos
tem potencial comunicacional?

• Reflita sobre o modo como os equipamentos e sistemas técnicos e, nomeadamente os associados aos
processos comunicacionais, influenciam a vida dos trabalhadores e o funcionamento da organização.
• Costuma utilizar os manuais de instrução para a montagem e uso de equipamentos profissionais?

- A partir da análise dos textos, desenhos e diagramas do manual de instruções de um equipamento e


sistema técnico utilizado na organização onde trabalha, apresente um resumo desse manual.
• Elabore um registo textual, utilizando a estrutura e os marcadores próprios do diário, relatando um dia na
sua vida profissional.

(Por exemplo, pequenas avarias, como procede para as resolver e para as evitar, descreva as avarias mais
frequentes, …). Limita-se a chamar um técnico ou primeiro procura informação em manuais de instruções?
Compreende os símbolos e diagramas utilizados? Consegue interpretar informação em língua estrangeira? Dê
um exemplo concreto.
DR3- Contexto institucional-Utilizadores, Consumidores

• Apresente uma reflexão sobre o modo como interage com as diferentes


instituições, públicas e privadas, para resolver problemas de vida, cumprir
deveres e exigir direitos enquanto consumidor e cidadão, apresentando
evidências sob a forma de textos do domínio transacional que tenha elaborado
(reclamação, contrato, exposição, etc.) de modo a evidenciar competências
linguísticas e comunicacionais.
• Já teve necessidade de realizar alguma reclamação sobre um equipamento?
- Como a fez (deve utilizar linguagem cientifica na redação da reclamação)?
- A que instituições?
DR4 - Contexto global--Transformações e Evoluções Técnicas

Refletindo sobre a evolução dos meios de comunicação considera que estes têm

sofrido uma rápida evolução nos últimos anos? Exemplifique, comparando o primeiro
equipamento que adquiriu (telefone, telemóvel…) com o de última geração no
mercado.
• De que modo é que esta evolução contribui para uma comunicação mais eficaz?
Como verifica essa comunicação no seu dia-a-dia e na sociedade em geral?

Desenvolva o tema:
Evolução da televisão e da internet ao longo da história.
Evolução do telemóvel ao longo dos tempos.
Vantagens e desvantagens das novas tecnologias.
Explore as transformações e evoluções técnicas sofridas ao longo do tempo da
televisão e a forma como na sua opinião, hoje em dia, os meios de comunicação
influenciam a opinião pública.
NG2 - Resíduos e Reciclagem
DR1- Consumo e eficiência energética
•Que cuidados diários tem para proteger o ambiente e reduzir dos consumos energéticos?
(pode consultar o Guia Prático da Eficiência Energética da EDP).

- Considera que a sua ação no uso de práticas de poupança energética e de poupança ecológica vai
alterar alguma coisa no nosso planeta? Porquê?
- Qual a importância destas campanhas de redução de consumos energéticos nos meios de
comunicação social? Como verifica o seu impacto na sociedade?
•Quando adquiriu os eletrodomésticos e equipamentos teve em consideração a Etiqueta de
Eficiência Energética?
- Qual a sua importância? Como transmite as suas características, níveis de consumo e qualidade
do equipamento? (anexe um exemplar usando como modelo)
- Explique de que modo esta simbologia o elucidou como consumidor.
- Costuma adquirir equipamentos de Classe A?
DR2 - Resíduos e Reciclagem

•Atualmente, efetua separação em contexto privado e profissional? De quê? Quais as


vantagens dessa separação? Qual o seguimento dado a esse material? Fale um pouco
sobre as profissões associadas ao tratamento de resíduos.

•Incentiva a prática de reciclagem, quer em contexto profissional, quer em contexto


privado? Como é que o faz?
•Como é que os media têm abordado este assunto nos últimos anos? Considera que
têm uma influência positiva?
•Cada vez mais artistas fazem exposições com materiais reciclados ou reutilizados. Na
sua opinião porque acontecerá isso? Que mensagem estão a transmitir?
DR3 - Recursos Naturais

Reflita sobre a importância (social, económica e cultural)


do património natural da sua região.

Exemplos que poderão ajudar: Alto Douro Vinhateiro,


Sete Maravilhas Naturais de Portugal, Parque Natural da
Peneda – Gerês, Barragem dos minutos; entre outros.
DR4- Clima

• Alterações climáticas.
• Que efeitos têm as alterações climatéricas na qualidade de vida da
população e nos seus estilos de vida (a nível global, nacional e a sua
prática de lazer)?

NG 3 – SA Ú DE - Cui dad os Bá s i cos


DR1 - Cont exto p riva do
Ref i r a at i vi dad es q ue r eal i z a dur a nt e o s eu t em p o de l aze r , nom eada m ent e em con j unt o com out r a s pes s oas , ( ex er cí c i o f í s i co, at i vi dades am ador a s ou d e exp l or aç ão da nat ur eza , par t i ci pa ção e m ev ent o s cul t ur ai s , r ec r eat i vos , ou d es por t i vos , et c. ) pr o m ot o r as de s aúde e da q ual i d ade d e vi da.
Ref l i t a s o br e o m od o co m o a s at i v i dade s de l azer m e l hor a m , al i vi am o s t r es s , co nt r i b uem p os i t i vam e nt e p ar a um a s aúde f í s i c a e m ent a l .

- Pa r t i nd o da s s ua s vi v ênci a s pes s oai s e f a m i l i ar es m os t r e a i m por t ânc i a de s e a dot ar um e s t i l o de vi da pr om ot or de s aú de ( c ons i der ar var i ávei s com o qual i dad e de vi da, al i m ent aç ão, c ons u m o d e s ub s t ânc i as no ci vas , ed ucaçã o, co ndi çõ es de habi t ação , vi d a f am i l i a r e pr of i s s i ona l ) e de s e at ua r pr ev ent i v am e nt e d e m o do a evi t ar ou m i ni m i za r aci dent e s e pr obl em as de s a úde a s s oci ados a cer t as d oença s ( di abet e s , obe s i dad e, p r obl e m as vas cu l ar es , doen ças s exua l m en t e t r ans m i s s í ve i s , et c. ) .
- Com o é qu e os es t i l os d e vi da e os s eus m om ent os de l azer s e a r t i cu l am com os s eus cu i dado s de s aúde ( ho bbi es , exer cí ci o f í s i co, a l i m ent aç ão, et c. ) ?
• Qu ai s o s cu i dado s al i m ent ar es q ue co s t um a t e r con s i go e com os s eus f am i l i ar e s ?
- Res pei t a a r o da do s al i m en t os ? C om o? Quai s os al i m ent o s que val or i za? Por qu ê? S e não , quai s os m ot i vos ?
DR2 - Contexto profissional - Riscos e Comportamentos Saudáveis
- Tendo como ponto de partida as próprias vivências e formações frequentadas, elabore um relatório sobre as
políticas de higiene, prevenção e segurança no trabalho adotadas na organização onde trabalha ou trabalhou,
dando especial atenção aos processos e suportes comunicacionais utilizados (cartazes, circulares, regulamentos ou
outro material informativo).
- Recorde uma situação em que aconteceu ou esteve para ocorrer um acidente profissional e apresente uma
reflexão crítica sobre ela, no sentido de alertar terceiros para a importância de se adotarem boas práticas em
matéria de prevenção de acidentes de trabalho.
• Teve formação em Higiene e Segurança no trabalho em todas as empresas onde trabalhou? Quais as
aprendizagens mais importantes que retira dessa formação? De que forma aplica (ou) o que aprendeu na sua
atividade profissional? Se não teve formação, acha que deveriam ter formação anualmente? O que acha que
poderia ser feito por parte da (s) entidade (s) patronal (ais) e em que áreas deveria incidir essa formação?
• Que normas e regras de segurança tem (teve) de cumprir (ou fazer cumprir) no seu local de trabalho? Existe
algum cuidado específico que tenha de ter? Qual? Porquê?
• Que símbolos tem que saber identificar e qual o seu significado, no seu local de trabalho, ou nos
equipamentos/materiais que utiliza?
• No exercício da sua atividade profissional, como é que transmite essas mesmas regras e cuidados a outros
colegas?
• No caso de ter uma doença/ acidente profissional a quem pode recorrer? Quais as garantias? (por exemplo,
seguros e regimes de segurança social específicos para profissões de rápido desgaste físico e psicológico …);
DR3 - Contexto institucional-Medicinas e Medicação

Já recorreu ou acedeu a informação sobre práticas terapêuticas originárias de diferentes realidades culturais
(medicinas não convencionais)?
Produza um texto de carácter argumentativo em que aborde o binómio medicina convencional versus medicinas não
convencionais, dando conta da sua posição sobre o assunto.
- Recorda-se de alguma situação em que teve que recorrer a uma bula para esclarecer dúvidas relativamente a um
medicamento? Apresente o resumo da bula e redija um texto destinado a chamar a atenção de terceiros para a
importância de se dar atenção às informações constantes das bulas dos medicamentos.
- A partir do relato de uma experiência pessoal ou familiar relacionada com o acesso ao Serviço Nacional de Saúde
comente a polémica existente em Portugal sobre a forma como funciona esse Sistema equacionando questão da sua
sustentabilidade.
Sugestão de trabalho: texto expositivo e de opinião sobre medicinas alternativas, tradicionais.
• Adota ou já adotou práticas terapêuticas alternativas? Em que situações e porque as valorizou?
- Quais as diferentes medicinas e a sua origem (medicinas tradicionais, naturais, convencionais e alternativas)?
- Por que motivos existe um alargamento na procura de práticas terapêuticas alternativas pelas sociedades ocidentais
(massagens, acupunctura, homeopatia, hipnoterapia, etc.)? Tem verificado este fenómeno? Porquê?
NG4 - Gestão e Economia
DR1 – Orçamentos e Impostos

• Como é gerido o seu dia-a-dia, sobretudo no que respeita ao orçamento


familiar?
• Descreva a forma com gere o seu orçamento pessoal e/ ou familiar, com o uso
de vocabulário relativo a este tema (despesas, saldos, receitas, débitos, créditos,
etc.).
• Costuma fazer reservas para despesas que não as de primeira necessidade
(lazer, férias, compra de livros, CD’s, viagens, música, saída com os amigos,
concertos, exposições, cinema)?
• Qual a importância de incluir, quando a situação o permite, rubricas culturais e
de lazer na gestão do orçamento?
DR2 – Empresas, Organizações e Modelos de
Gestão
• Tendo em conta a sua experiência profissional, apresente o
organograma da empresa onde trabalha. De que forma estão
distribuídas as funções? Quem reporta a si e a quem tem de reportar?
O que é para si trabalhar em equipa? Qual a importância do trabalho
em equipa? De que forma o trabalho em equipa se reflete na eficiência/
produtividade do trabalho apresentado?
• Que textos circulam dentro da sua empresa? Como é que as regras
internas chegam aos colaboradores?
DR3 – Sistemas Monetários e Financeiros
Desenvolva o Tema:

• Moeda EURO (Notas e Moedas)


• Banco Central Europeu
• FMI
• As peças de arte são desde há muito um investimento a que os
Portugueses recorrem. Como tal, se for o seu caso, elabore um texto onde
reconheça a dimensão económica da cultura e das artes.

Você também pode gostar