Você está na página 1de 9

Movimento retilíneo

uniformemente variado
Movimento retilíneo uniformemente variado

Quando a força resultante aplicada ao corpo é constante, a aceleração a que o


corpo fica sujeito também o é. Todos os movimentos em que a aceleração é
constante e a trajetória é retilínea são movimentos retilíneos uniformemente
variados.

A equação das velocidades para estes movimentos é:

 𝑣 ( 𝑡 ) = 𝑣 0+ 𝑎 𝑡

v, v0 e a são componentes escalares na direção do movimento, podendo ter


valores positivos ou negativos.
Movimento retilíneo uniformemente variado

A equação das posições, ou lei do movimento, é:

  1 2
𝑥 ( 𝑡 )= 𝑥 0 +𝑣 0 𝑡 + 𝑎𝑡
2

x, x0, v0 e a são componentes escalares, podendo ter valores positivos ou negativos.

As duas equações anteriores são chamadas equações do movimento.

As equações do movimento ficam completamente definidas conhecendo o valor da


aceleração, a, e as chamadas condições iniciais: a posição inicial, x0, e o valor da

velocidade inicial, v0.


Movimento retilíneo uniformemente variado

As equações indicam que o gráfico x(t) é uma parábola e que o gráfico v(t) é uma
reta, cujas características dependem de x0, v0 e a.

O sinal positivo ou negativo de a determina o declive, positivo ou negativo, da reta


no gráfico v(t) e a concavidade da parábola (voltada para cima ou para baixo) no
gráfico x(t).
Movimento retilíneo uniformemente variado

Uniformemente acelerado: velocidade e resultante das forças com igual direção e


sentido.

 Velocidade:

Gráfico v(t): reta com declive não nulo

A: a > 0 (declive positivo) e v > 0

B: a < 0 (declive negativo) e v < 0


Movimento retilíneo uniformemente variado

Uniformemente acelerado: velocidade e resultante das forças com igual direção e


sentido.

 Posição (sobre o eixo dos xx):

Gráfico x(t): parábola

A: a > 0 (concavidade voltada para


cima)
B: a < 0 (concavidade voltada para
baixo)
Movimento retilíneo uniformemente variado

Uniformemente retardado: velocidade e resultante das forças com igual direção mas
com sentido opostos.

 Velocidade:

Gráfico v(t): reta com declive não nulo

A: a > 0 (declive positivo) e v < 0

B: a < 0 (declive negativo) e v > 0


Movimento retilíneo uniformemente variado

Uniformemente retardado: velocidade e resultante das forças com igual direção mas
com sentidos opostos.

 Posição (sobre o eixo dos xx):

Gráfico x(t): parábola

A: a > 0 (concavidade voltada para


cima)
B: a < 0 (concavidade voltada para
baixo)
Questões (Resolução)

Uma bola foi largada de uma varanda a 6,0 m do solo. Considere que não
atuam forças dissipativas na bola. y

1. Represente a(s) forças que atuam na bola. ⃗𝑃 

2. Indique a aceleração a que é sujeita a bola durante a queda.


Aceleração gravítica, g = 10 m s-2.
3. Classifique o movimento descrito pela bola.
Movimento retilíneo uniformemente acelerado.

1 da bola.
4. Calcule  o tempo de queda 2 1 2
𝑦 𝑡 = 𝑦 + 𝑣 𝑡 + 𝑎 𝑡 ⟺ 0=6 ,0 − × 10 ×𝑡 ⟺ 𝑡 =1,10 s
( ) 0 0
2 2
5. Calcule o valor da velocidade com que a bola chega ao chão.
  m s-1