Você está na página 1de 29

A Hermenêutica da

Literatura Poética
Livros poéticos são aqueles
nos quais o seu conteúdo é
escrito numa linguagem
caracterizada pela emoção,
ritmo e linguagem metafórica.
– (Esdras Bento)
1. LITERATURA
POÉTICA
 Os Salmos são basicamente
orações e hinos, pela sua
própria natureza são dirigidos a
Deus ou expressam verdades
acerca de Deus em cântico. -
Gordon
 Os poemas eram usados como meio de
preservar a história dos povos.
 Em Israel, a poesia era apreciada como
meio de aprendizagem.
 Os Israelitas achavam relativamente
fácil memorizar e relembrar coisas
compostas em poesias.
2. A poesia Hebraica Contém
Paralelismo
O Paralelismo na poesia Hebraica é de
ideias ou pensamentos.
Exemplo:
O Justo florescerá como a palmeira.
Crescerá como o cedro do Líbano.
2.1.Paralelismo Sinônimo
Consiste em repetir na segunda parte do
verso, com algumas variações de forma, o
que fora anunciado na primeira.
Exemplo:
Em Deus Louvarei a sua palavra.
No Senhor louvarei a sua palavra. Sl 56.10
2.2.Paralelismo Contrastante
O Segundo verso faz agudo contraste
com o primeiro.
Exemplo:
O Filho Sábio alegrará a seu pai,
Mas o homem insensato despreza a sua
mãe. Pv 15.20
Devemos ter o cuidado no
exercício de interpretar os textos
poéticos para não encontrarmos
significados especiais em toda a
palavra ou frase. – Dores Lemos
2.3. A Literatura Poética é
Composta de Poemas Musicais
 Os Salmos não são um sistema de
Doutrina, são cânticos.
6
Na minha aflição clamei ao Senhor; gritei
por socorro ao meu Deus. Do seu templo ele
ouviu a minha voz; meu grito chegou à sua
presença, aos seus ouvidos.
7
A terra tremeu e agitou-se, e os
fundamentos dos montes se abalaram;
estremeceram porque ele se irou.
8
Das suas narinas subiu fumaça; da sua boca
saíram brasas vivas e fogo consumidor.
Salmos 18
O Leitor dos Salmos não podem
interpretar literalmente esse
cântico do Salmista. Davi nesse
cântico relata que Deus deu
vitória a ele contra os seus
inimigos. – Doris Lemos
2.4. O Vocabulário da Literatura Poética é
em grande Parte Metafórico

 Quando o leitor se depara com


textos poéticos, é necessário
que não force as metáforas,
nem as entenda literalmente.
 Deus é visto como: pastor,
fortaleza, escudo e rocha. Desse
modo, é extremamente
importante compreender a
metáfora e o que significa.
 Quando ler um salmo, tome
cuidado para não derivar dele
conceitos que nunca foram
pretendidos pelo poeta musical
que foi inspirado para escrevê-
lo.
Sl 59:7 Alardeiam de boca; em
seus lábios há espadas. Pois
dizem eles: Quem há que nos
escute?
TIPOS DE SALMOS
Lamentações
As Lamentações, com
frequência, eram feitas em
tempos difíceis para os israelitas;
e expressavam, com um fervor
profundo e honesto, a aflição
que as pessoas sentiam.
As lamentações ajudam a pessoa
a expressar diante do Senhor as
suas lutas, os seus sofrimentos
ou sua decepção.
1
Senhor, muitos são os meus adversários! Muitos se rebelam
contra mim!
2
São muitos os que dizem a meu respeito: "Deus nunca o
salvará! " Pausa
3
Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória
e me fazes andar de cabeça erguida.
4
Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me
responde. Pausa
5
Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que
me sustém.
6
Não me assustam os milhares que me cercam.
7
Levanta-te, Senhor! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de
todos os meus inimigos; arrebenta os dentes dos ímpios.
8
Do Senhor vem o livramento. A tua bênção está sobre o teu
povo. Salmo 3
Ações de Graças
Expressam alegria diante do Senhor
porque alguma coisa sairá bem,
porque as circunstancias eram boas.
Ajudam uma pessoa ou um grupo a
expressar pensamentos e
sentimentos de gratidão.
1
Deus tenha misericordia de nós e nos abençõe; e faça resplandecer
o seu rosto sobre nós.
2
Para que se conheça na terra o teu caminho, e entre todas as
nações a tua salvação.
3
Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.
4
Alegrem-se e regozijem-se as nações, pois julgarás os povos com
equidade, e governarás as nações sobre a terra.
5
Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.
6
Então a terra dará o seu fructo; e Deus, o nosso Deus, nos
abençoará.
7
Deus nos abençoará, e todas as extremidades da terra o temerão.
Salmos 67
Hinos de Louvor
Estes Salmos centralizam-se no
louvor a Deus por causa de quem
ele é, por sua grandeza e por sua
bondade para com toda a terra.
Salmos 8
Salmos de Afirmação
Usado na liturgia de
renovação de aliança. Salmos
50
Salmos de Sabedoria
Mostram o mérito da
Sabedoria e sua importância.
Salmos 36
Ao comparar com cuidado todos os
salmos de lamentação, os estudiosos
conseguiram identificar seis
elementos que aparecem
praticamente, de uma forma ou de
outra, em todos eles. Ex.: Salmos 3
1
Ó SENHOR(DESTINATÁRIO), COMO cresceu o número dos meus inimigos! Há
muita gente contra mim, querendo me destruir.
2
Tantos estão dizendo que Deus nem vai se interessar em me salvar.(QUEIXA)
3
Mas Tu, Senhor, és o escudo que me protege; Tu és o meu orgulho. Tu me fazes
andar de cabeça erguida, apesar da minha vergonha e do meu sofrimento.
4
Contei ao Senhor os meus problemas e Ele me respondeu, do santo lugar onde
vive.
5
Por isso posso me deitar tranqüilo e dormir em paz. Quando acordo, me sinto
seguro, porque o Senhor cuida de mim.
6
Agora mesmo, cercado de todos os lados por um exército de dez mil inimigos,
não tenho medo!(CONFIANÇA)
7
Pedirei a Ele: "Levanta-Te Senhor! Salva-me, meu Deus!(LIBERTAÇÃO) " Então,
Ele ataca os meus inimigos, fere os seus queixos e quebra os seus dentes.
(SEGURANÇA)
8
Isso acontece porque a salvação pertence ao Senhor. Ele dá grandes bênçãos ao
seu povo!(Louvor)
Estrutura do Salmos de Ações de Graça
1
EU te louvarei, de todo o meu coração; na presença dos deuses a ti cantarei
louvores.
2
Inclinar-me-ei para o teu santo templo, e louvarei o teu nome pela tua
benignidade, e pela tua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o
teu nome.(INTRODUÇÃO – TESTEMUNHO DE COMO DEUS SOCORREU)
3
No dia em que eu clamei, me escutaste;(AFLIÇÃO) e alentaste com força a minha
alma.(APELO)
4
Todos os reis da terra te louvarão, ó SENHOR, quando ouvirem as palavras da
tua boca;
5
E cantarão os caminhos do SENHOR; pois grande é a glória do SENHOR.
6
Ainda que o SENHOR é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo
conhece-o de longe.
7
Andando eu no meio da angústia, tu me reviverás; estenderás a tua mão contra a
ira dos meus inimigos, e a tua destra me salvará. (LIBERTAÇÃO)
8
O SENHOR aperfeiçoará o que me toca; a tua benignidade, ó SENHOR, dura
para sempre; não desampares as obras das tuas mãos.(TESTEMUNHO)
CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. LER O SALMOS VARIAS VEZES.
2. IDENTIFICAR O TIPO DE SALMOS.
3. ANALIZAR O CONTEXTO HISTÓRICO DO SALMO.
4. VER O SENTIDO DA LINGUAGEM METAFORICA DO SALMOS.
5. NÃO INTERPRETAR LITERALMENTE A LINGUAGEM FIGURADA.
6. APLICAR CORRETAMENTE O SALMOS.