Você está na página 1de 19

A Escola e as Novas

Configurações Familiares

Prof. Dr. Adailson Moreira


• A família é a principal e mais antiga
(onipresente) forma de estabelecimento de
vínculos afetivos.

• Forma a base da sociedade.

• É nela que surge o indivíduo.

• É sua responsabilidade formar o indivíduo.


Formação do SNC
• Poucos dias depois de ser originada a primeira
célula até a fase adulta, o cérebro de um
indivíduo está em constante desenvolvimento.
• O processo de maturação cerebral é
significativamente mais lento no ser humano do
que em qualquer outra espécie.
• Contudo, esta lentidão significa uma vantagem,
como a progressiva complexificação estrutural e
funcional da rede neural.
• Nos dias seguintes à concepção, o embrião é só um
minúsculo aglomerado de células.
• No início, é um disco plano formado por três camadas
celulares:
• Endoderma - vai originar o revestimento dos
órgãos;
• Mesoderma - dá origem aos ossos e aos músculos;
• Ectoderma - origina o sistema nervoso e a pele. 
• O primeiro indício de formação do SNC consiste em
um espessamento do ectoderma, formando a
chamada placa neural.
• Em humanos, isso ocorre geralmente com 3 semanas
de gestação. 
• A partir deste momento – o futuro ser
humano já possui capacidade de sentir e
registrar essas percepções/emoções.

• Há uma continuidade de aspectos da vida


pré com a vida pós-natal.
• Fatos ocorridos antes do nascimento:

• Recebem registro mnêmico (memória).


• Este registro fica guardado no inconsciente.
• Todas as vivências pelas quais passa o ser
no período pré-natal irão fazer parte de sua
bagagem inconsciente, exercendo influência
tanto sobre a sua personalidade pós-natal
como sobre a sua conduta e o seu
comportamento.
(WILHEIM, 2002, p. 18)
Família
• Palavra, que tem sido utilizada, em diferentes
momentos históricos, por pessoas de culturas diversas,
para designar agrupamentos sociais e instituições com
estrutura e funções bastante diferenciadas.

• Em um mesmo tempo histórico, como na


contemporaneidade urbana brasileira, existem diversas
possibilidades de arranjos e configurações familiares.
• Unidade biopsicosocial integrada por
número variável de pessoas,
• ligadas por vínculos de
consanguinidade e afinidade,
• matrimônio e ou união estável
• e que vivem em um mesmo lugar.
A família transformou-se
profundamente na medida em que
modificou suas relações internas com
as crianças
A Família Contemporânea
• Famílias tradicionais
• Famílias monoparentais
• Famílias recasadas
• Famílias ampliadas
• Famílias adotantes
• Famílias não convencionais,
etc.
• Valorização da mulher no mercado de
trabalho.
• Nova concepção da infância – maior
investimento emocional.
• Filhos sob responsabilidade de avós ou
“amas” modernas – babás/creches.
• Papéis dos pais misturados (poder familiar).
• Sustento da casa é compartilhado.
• Surgimento de novos modelos familiares.
• Não existe uma família ideal ou um modelo pré-
determinado de família, existem famílias reais.
• Independente de sua configuração, a família
continua sendo a instituição social responsável
pelos:
• cuidados,
• proteção,
• afeto e
• educação das crianças pequenas.
• Ou seja, é o primeiro e importante canal de iniciação
dos afetos, da socialização, das relações de
aprendizagem.
• As famílias encontram-se organizadas de
maneiras diferentes, de acordo com suas
próprias necessidades e possibilidades.

• Até algum tempo, tais variações eram


consideradas como indicadoras da
desestruturação familiar em processo.

• Apenas, recentemente, tal fenômeno passou


a ser compreendido como recomposições nas
relações de familiares.
Independente da maneira como a família
se estrutura e os desenhos que assume,
ela é um importante grupo no qual as
pessoas, adultos e crianças constroem e
reconstroem sua subjetividade.
• Base familiar:
• Não mais compromissos
familiares/sociais/políticos.
• Existência de afeto/sentimento.
• Desejo de estar junto.
• Desejo de formar um núcleo familiar.
• Desejo de ser pai/mãe.
A Escola
• Importante para o contexto social – formação do
cidadão.
• Direito de todo cidadão (art. 205, CF).
• Deve estar atenta a essas mudanças sociais –
formação continuada dos professores.
• Promover o pensamento crítico.
• Combater toda forma de preconceito.
A bagagem que vem com o aluno nos dias
atuais, mostra para a instituição escolar o
quanto é relevante adicioná-la à sua
proposta, agregando tudo o que o mesmo
traz do seio familiar.
Família e escola devem estar juntas – se
complementam para o desenvolvimento
pleno do indivíduo/cidadão.
Obrigado!!!

Você também pode gostar