Você está na página 1de 26

| |

É a parte do Medicina Legal


que estuda os traumas, as
lesões e os instrumentos
(agentes) vulnerantes.
| |
h É permitido em
alguns casos, após a
reunião de outros
elementos de
investigação,
estabelecer a eventual
dinâmica do fato e,
até mesmo, a autoria
envolvida no caso.
| 
h É o resultado da ação vulnerante que
possui energia capaz de produzir lesão.
h O Artigo 129 do C.P. e O Artigo 121 do
C.P.
h Lesão é o objeto de estudo da Medicina
Legal é o resultado do trauma e suas
conseqüências médicas e legais.

|  

|

 |

hOobjetivo do perito ² legista é através


da análise da lesão , fornecer dados
para identificar o agente vulnerante e
quando possível a autoria do evento


|
h Ôão apresentam
características
específicas do
agente vulnerante.


|
h O instrumento,
agente vulnerante
deixa lesões
específicas, isto é,
´Lesões com
Assinatura··
 

 
 |


   

1. MECÂÔ CA
2. FÍS CA
3. QUÍM CA
4. B OQUÍM CA
5. M STA
AGEÔTES
COÔTUÔEÔTES
h mpacto de agentes vulnerantes nos
quais os pontos de contato com o
corpo da vítima não tem ponta nem
gume. São agentes vulnerantes que
planas.
possuem superfícies rombas ou planas.
   
|

 |
|

1. Órgãos naturais
de defesa ou
ataque dos
homens e animais

(MOR A E CÃO)
Ñ  | 
|   



|

w m mm 
m
m m 

|

 |





  
MOV MEÔTO

MASSA

VELOC AE

|

 |





  
h EÔERG A C ÔÉT CA É:

MASSA x (VELOC AE)


2

O EFE TO LES VO EPEÔE MA S


A VELOC AE.
 
| 
h Pressão é =
FORÇA
SUPERFÍC E
´ Uma mesma força
exercida sobre uma
superfície cada vez
menor, a pressão local
será cada vez maior ··
 

    

 |
|

hRubefação- é a mais leve


Rubefação-
desta série, é
exclusivamente vital e é
um fenômeno vaso-
vaso-
motor.
Exemplo: bofetada na face
ou nadégas.

 
h É a lesão decorrente da ação contundente que
produz arrancamento total e parcial da
epiderme.
h Tempo de regeneração-
regeneração- 20 à 30 dias.
h Valor médico-
médico-legal-
legal- forma; localização e
evolução
h A presença de infecção dificulta o trabalho
pericial.

 
  !"
!
h efinições:   ! são lesões que
ocorrem no corpo humano durante a vida, com
características específicas como: infiltração da
malha tecidual, coagulação, presença abundante
de leucócitos,etc. # $.
$.
 ! são lesões que ocorrem após a
morte, não possuem # $. $.
 !



h efine-se por lesões que


efine-
são caracterizadas por
infiltração hemorrágica
nas malhas do tecido.
$%& ' ($&
)* !
h Forma: Correntes,
Fivelas, Chicotes, etc

h Localização: Pescoço,
Áreas Genitais, Pálpebras
*&#&&
)* !
+|!,$

,'
)* !- '&
(& * *$$
h Evolução das Equimoses ias
h Vermelho 1º
h Violáceo 1ºou 2º
h Azulado 3º
h Esverdeado 5ºou 6º
h Amarelado 7º
h esaparece 10º à 12º
$(*! ( .Ôão
.Ôão ,!

,'
)* !- '

h Conjuntiva Oculares
h edos

h Região Plantar
'*, $(&&$/' 
0 Ñ
hQuando se examina um menor supostamente
submetido a maus ²tratos, é comum que os
responsáveis aleguem ser a criança muito
desatenta e assim tropeçar e cair com freqüência.
Contudo, no exame direto, os peritos podem
colher dados que desmascaram a tentativa de
esconder a verdade. Ôesse sentido, o lemento
mais importante é :
'*, $(&&$/' 
0 Ñ
a) Presença de lesões traumáticas em faces
distintas de evolução;
b) Predominância de lesões dos membros;
c) Multiplicidade de lesões traumáticas;
d) Multiplicidade de agentes causais nas lesões;
e) Atitude excessivamente tímida.

Você também pode gostar