Você está na página 1de 119

FUNDAMENTOS

DE
MECÂNICA AUTOMOTIVA
CONCEITOS
FORÇA TORQUE

POTÊNCIA PRESSÃO

ELEMENTOS DE MÁQUINA
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Se você vai fazer uma caixa de papelão, possivelmente
usará cola, fita adesiva ou grampos para unir as partes da
caixa
Por outro lado, se você pretende fazer uma caixa ou
engradado de madeira, usará pregos ou taxas para unir
as partes.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Na mecânica é muito comum a necessidade de unir peças como
chapas, perfis e barras. Qualquer construção, por mais simples que
seja, exige união de peças entre si.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Entretanto, em mecânica as peças a serem unidas, exigem elementos próprios de
união que são denominados elementos de fixação.

Numa classificação geral, os elementos de fixação mais usados


em mecânica são:
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TIPO DE UNIÃO

A união de peças feita pelos elementos de fixação pode ser de dois


tipos: móvel ou permanente.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
UNIÃO MÓVEL
No tipo de união móvel, os elementos de fixação podem ser colocados ou
retirados do conjunto sem causar qualquer dano às peças que foram unidas.
É o caso, por exemplo, de uniões feitas com parafusos, porcas e arruelas.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

UNIÃO MÓVEL
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
UNIÃO MÓVEL
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
UNIÃO PERMANENTE
No tipo de união permanente, os elementos de fixação, uma vez instalados,
não podem ser retirados sem que fiquem inutilizados. É o caso, por exemplo, de
uniões feitas com rebites e soldas.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
UNIÃO PERMANENTE
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Tanto os elementos de fixação móvel como os elementos de fixação
permanente devem ser usados com muita habilidade e cuidado porque são,
geralmente, os componentes mais frágeis da máquina.

Eles podem ser divididos nas seguintes especificações:

• Elemento de fixação de travamento;


• Elemento de transmissão;
• Elemento de vedação;
• Elemento de apoio;
• Elemento de acoplamento.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
POR TRAVAMENTO

Os elementos de fixação por travamento têm o objetivo de juntar duas ou mais


peças, estabelecendo assim, uma conexão entre elas.

Existem três formas básicas de uniões, conforme relacionadas a seguir:

• UNIÃO POR FECHAMENTO DE FORÇA;


• UNIÃO POR FECHAMENTO DE FORMA;
• UNIÃO POR MATERIAL

ABRIR LIVRO DE FUNDAMENTOS DE MECÂNICA AUTOMOTIVA


PÁGINA 55 PARA DETALHAMENTO.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Parafusos
O parafuso é um elemento mecânico que faz uniões com fechamento de forças.
Segundo as normas, os parafusos diferenciam-se pela rosca, forma da cabeça,
pescoço e forma de acionamento.

Acompanhar no livro – pag.56


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso de cabeça sextavada;


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso de cabeça sextavada interno;


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso de cabeça chata com fenda reta ou em cruz (Philips);


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso com cabeça redonda com fenda;


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso de cabeça escareada boleada com fenda reta ou em cruz (Philips)


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSOS
Existem diversos tipos de parafusos como relacionado a seguir:

• Parafuso com rosca soberba para madeira e plástico;


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

Cilíndrica Redonda Chanfrada Redonda


Redonda
plana cilíndrica
chanfrada
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSO PRISIONEIRO
São parafusos sem cabeça com rosca em
ambas as extremidades, sendo
recomendados nas situações que exigem
montagens e desmontagens frequentes. Em
tais situações, o uso de outros tipos
de parafusos acaba danificando a rosca dos
furos.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
PARAFUSO - Fabricação
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DE RESISTÊNCIA DOS PARAFUSOS

A classificação de resistência dos parafusos aplica-se aos parafusos e ás


porcas. Ao usá-los, é necessário tomar alguns cuidados, como os relacionados
a seguir:

• Que a força de tensão prévia não provoque nenhum alongamento residual;


• Que o pescoço do parafuso não ultrapasse o limite de fluência (deformação
permanente em função de uma tensão constante);
• Que a força não ultrapasse o limite de segurança de resistência do material.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DE RESISTÊNCIA DOS PARAFUSOS

As classes de resistência são nove:


3.6 – 4.6 – 5.6 – 5.8 – 6.8 – 8.8 – 10.9 – 12.9 e 14.9

Observações
• O primeiro número marcado na cabeça do parafuso significa 1% da
resistência à tração (N/mm²);

Cálculo de resistência à tração

8x100 N/mm² = 800 N/mm²


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DE RESISTÊNCIA DOS PARAFUSOS

As classes de resistência são nove:


3.6 – 4.6 – 5.6 – 5.8 – 6.8 – 8.8 – 10.9 – 12.9 e 14.9

Observações

• Já o segundo, representa o limite de fluência (deformação lenta de um corpo


submetido a uma tensão constante) = 1º número x 2º número x 10 N/mm².

Cálculo de limite de fluência

8 x 8 x 10 N/mm² = 640 N/mm²


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DE RESISTÊNCIA DOS PARAFUSOS

resistência à tração
limite de fluência
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DE RESISTÊNCIA DOS PARAFUSOS
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

TIPOS DE PORCA
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

TIPOS DE PORCA
PÁGINA 62 DO LIVRO FUNDAMENTOS DA MECÂNICA AUTOMOTIVA
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

TIPOS DE PORCA
PÁGINA 62 DO LIVRO FUNDAMENTOS DA MECÂNICA AUTOMOTIVA
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO

TIPOS DE ARRUELAS
PÁGINA 64 DO LIVRO FUNDAMENTOS DA MECÂNICA AUTOMOTIVA
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
CONTRAPINO OU CUPILHA
O contrapino ou cupilha é uma haste ou arame com forma semelhante à de
um meio-cilindro, dobrado de modo a fazer uma cabeça circular e tem duas
pernas desiguais. Introduz-se o contrapino ou cupilha num furo na
extremidade de um pino ou parafuso com porca castelo. As pernas do
contrapino são viradas para trás e, assim, impedem a saída do pino ou da
porca durante vibrações das peças fixadas.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Assim, para projetar
um conjunto
mecânico é preciso
escolher o elemento
de fixação adequado
ao tipo de peças que
irão ser unidas ou
fixadas.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Assim, para projetar um conjunto mecânico é preciso escolher o elemento de
fixação adequado ao tipo de peças que irão ser unidas ou fixadas.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Se, por exemplo, unirmos peças robustas com elementos de fixação fracos e
mal planejados, o conjunto apresentará falhas e poderá ficar inutilizado.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Ocorrerá, portanto, desperdício de tempo, de materiais e de recursos
financeiros.

Ainda é importante planejar e escolher corretamente os elementos de


fixação a serem usados para evitar concentração de tensão nas peças
fixadas. Essas tensões causam rupturas nas peças por fadiga do fadiga
material.
TIPOS DE ROSCAS
Triangular Utilizada para fixação
Medindo o passo da rosca
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
ELEMENTOS DE TRANSMISSÃO

LIVRO PAGINA 78.


ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TRABALHO EM GRUPO
Organize sua carteira igual ao layout abaixo;
Lousa
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TRABALHO EM GRUPO
Organize sua carteira igual ao layout abaixo;
Lousa
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TRABALHO EM GRUPO
Organize sua carteira igual ao layout abaixo;
Lousa
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TRABALHO EM GRUPO
Procedimento do trabalho:

• Efetuar a leitura do livro, fundamentos de mecânica


automotiva, no capítulo 6 referente aos elementos de
travamento e elementos de transmissão;
• Elaborar 16 questões, levando em consideração, os
seguintes padrões de pergunta:
Qual a função do...
De acordo com a utilização.....qual o .....mais
indicado?
Explique quais são os tipos.....
Quais são as características de um.....
Como é feito a fixação do...
Quais são os tipo de......
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
TRABALHO EM GRUPO
Procedimento do trabalho:

• Fazer as questões em uma folha rascunho e ao, discutir e


chegarem a uma conclusão das melhores questões,
passar a limpo em uma folha, colocando apenas as
PERGUNTAS (sem resposta);
• Entregar as folhas com as perguntas ao professor quem
irá estar efetuando a troca das mesmas entre os grupos.

• Em equipe, responder as questões elaborada por outro


grupo, sem a utilização do livro. Apenas discutindo entre
os participantes do grupo.
ELEMENTOS DE FIXAÇÃO
Teste rápido
Responda:
• Quais sãos os meios aplicáveis dos elementos
de fixação?
• Cite um exemplo de utilização dos elementos
de fixação?
• Como selecionar um parafuso, porca e arruela
corretamente para uma determinada
aplicação?
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
• ATENÇÃO
Este assunto é de extrema importância para
reparador automotivo, pois, trata de um dos
defeitos mais comum e que pode gerar muitos
transtornos se não for muito bem reparado.
Portanto, aproveite bem a oportunidade e tire
todas suas dúvidas.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
A MANUTENÇÃO É IMPORTANTE E O MEIO AMBIENTE
AGRADECE.

MAS OS VEDADORES, NÃO SÃO APENAS PARA RETER FLUIDOS.

SERVEM PARA PROTEGER SISTEMAS DE MEIOS EXTERNOS


ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
CARRO POÇANTE
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
Elementos de vedação, são peças que impedem a saída de um fluido de um ambiente
fechado. (tubulação, depósito, etc.) e evitam que esse ambiente sejam poluído por
agentes do ambiente externo.

Esses elementos, geralmente localizam-se entre duas peças fixas ou em


duas peças em movimento relativo. As junções cujas peças apresentam
movimento relativo se subdividem em girantes, quando o movimento é de
rotação e deslizante, quando o movimento é de translação.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
VEDAÇÃO DE ELEMENTOS GIRANTES

Aplicações no automóvel
Defeitos Comuns
Possíveis Causas
Manutenção preventiva
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO

Rolamentos blindados, utilizam sistema de vedação.


Não necessitam de manutenção.
No automóvel, podemos encontra-los nos cubos de rodas e
alternadores.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
Exemplo de aplicação e defeito
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
VEDAÇÃO DE ELEMENTOS DESLIZANTES
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
O vazamento
contamina todo o
sistema em volta;
A areia que fica
retida, torna-se
um abrasivo;
A contaminação
externa irá
penetrar nos
elementos,
diminuindo a vida
util.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO

Alguns vazamentos,
somente são
identificados quando
é feito uma inspeção
mais minuciosa no
sistema. Alguns
elementos escondem
o vazamento.
Ex. Caixa de direção,
Servo freio...
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
Indicadores de Vazamento

Alguns elementos, podem acusar no painel de


instrumentos que um vazamento pode estar
acontecendo.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO

PRIMEIROS SINAIS DE PROBLEMA


ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
PRIMEIROS SINAIS DE PROBLEMA
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
Prejuízo
Se os vazamentos não
forem identificados a
tempo, os prejuízos
podem ser muito
maiores.
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
EXEMPLO DE VEDAÇÃO DESLIZANTE
ELEMENTOS DE VEDAÇÃO
DEFEITO SILENCIOSO
Responda:
Os elementos de vedação, pode ser
reaproveitado?

Os elementos de vedação pode ser trabalhado


em manutenção preventiva?

Quais motivos pode gerar falhas no


elemento de vedação?
ELEMENTOS DE APOIO

Os elementos de apoio são componentes que possibilitam o movimento


radial de eixos de forma suave e sobre alta rotação, sem sofrer desgastes
excessivos. Eles podem ser de dois tipos, como relacionado a seguir:

•Buchas;
•Casquilhos;
Página 91
•Rolamentos.
ELEMENTOS DE APOIO
Os elementos de apoio são componentes que possibilitam o movimento
radial de eixos de forma suave e sobre alta rotação, sem sofrer desgastes
excessivos. Eles podem ser de dois tipos, como relacionado a seguir:

•Buchas;
•Casquilhos;
•Rolamentos.

Página 91
BUCHAS
As buchas são elementos de máquinas de forma cilíndrica. Servem para
apoiar eixos nos casos em que eles deslizam dentro da bucha, necessitando
de lubrificação.

As buchas podem ser fabricadas:

•Com metal antifricção – liga de cobre, zinco, estanho, chumbo e antimônio.


É conhecido também por metal patente ou metal branco;

•Com materiais plásticos ou nylon – utilizadas em equipamentos que não


requerem grandes esforços radiais de movimento do eixo

Página 91
Conhecendo
as buchas
BRONZINAS
OU CASQUILHOS
BRONZINAS
OU CASQUILHOS
São peças que vão intercaladas entre os eixos e os apoios dos mancais
móveis e fixos para ajudar a reduzir o atrito, permitindo melhorar a
eficiência dos motores e prolongar sua vida útil.

A superfície das bronzinas exposta aos efeitos do movimento está recoberta


por uma liga de metal mole chamada metal antifricção.
BRONZINAS
OU CASQUILHOS
Principais características

•Pressão residual
•Ressalto de localização
•Ranhuras de lubrificação
•Casquilho principal / Semianéis (arruelas de encosto)

Pag. 94
ROLAMENTOS

Pag. 94
ROLAMENTOS

Rolamentos são componentes cuja função principal é suportar o eixo e


reduzir o atrito, permitindo trabalhos em altas rotações. Há vários tipos
de rolamentos, como relacionado a seguir:

•Rolamento fixo de uma carreira de esferas;


•Rolamento de rolo cilíndrico;
•Rolamento de rolo cônico;
•Rolamento de agulha.

Pag. 94
ROLAMENTOS
Rolamento fixo de uma carreira de esferas

O rolamento fixo de uma carreira de esferas é o mais comum dos


rolamentos.
Suportam cargas radiais e pequenas cargas axiais e é apropriado para
rotações elevadas.
Sua capacidade de ajustagem angular é limitada. É necessário um
perfeito alinhamento entre o eixo e os furos da caixa.

Pag. 94
ROLAMENTOS
Rolamento fixo de uma carreira de esferas
ROLAMENTOS
Rolamento de rolo cilíndrico
O rolamento de rolo cilíndrico é apropriado para cargas radiais
elevadas.

Seus componentes são separáveis, o que facilita a montagem e a


desmontagem.

Os rolamentos de rolos cilíndricos possuem alta capacidade de carga


radial porque os rolos e a pista estão em contato linear.

Esses rolamentos são adequados para aplicações


que envolvem uma pesada carga radial
de impacto.

Eles também são apropriados para aplicações


de alta velocidade para as quais podem ser
utilizados com bastante precisão devido
à sua estrutura.
ROLAMENTOS
Rolamento de rolo cônico

Os rolamentos de rolo cônico, além de cargas radiais, também suportam


cargas axiais em uma só direção.
Os anéis são separáveis.
Os anéis interno e externo podem ser montados separadamente.
Como só admitem cargas axiais em um sentido é necessário montar os
anéis aos pares, um contra o outro.
ROLAMENTOS
Rolamento de agulha
O rolamento de agulha é composto por uma seção transversal muito fina
em comparação com os rolamentos de rolos comuns.
É utilizado especialmente quando o espaço radial é limitado.

DIVERSAS APLICAÇÕES
AUTOMOTIVAS
ROLAMENTOS
Vantagens do rolamento

As vantagens técnicas/ tecnológicas que o rolamento tem em relação ao


mancal convencional são as relacionadas a seguir:

• Baixo aquecimento;
• Resistente a altas rotações;
• Pequeno aumento da folga mesmo depois de grande tempo de uso;
• Baixa exigência de lubrificação;
• Pouca manutenção;
• Intercambialidade internacional.
RESÍDUOS
RESÍDUOS GERADOS
NO PROCESSO DE
SERVIÇOS
AUTOMOTIVOS
DEFINIÇÃO DE
RESÍDUOS SÓLIDOS
A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) define resíduos sólidos
por meio da NBR 10.004 “Resíduos Sólidos – Classificação”, como
relacionado a seguir:

“São considerados resíduos nos estados sólidos e semissólido, que


resultam de atividades de origem industrial, doméstica, comercial, agrícola,
de serviços e de varrição.
Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistema de
tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalações de
controle de poluição, bem como determinados líquidos cujas
particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de
esgotos ou corpos de água, ou exijam para isso soluções técnicas e
economicamente inviáveis em face à melhor tecnologia disponível.”
RESÍDUOS SÓLIDOS
Diversos resíduos são gerados durante os serviços realizados em oficinas
automotivas, trazendo riscos para a saúde. Para evitar contaminação é
preciso tomar medidas preventivas e usar equipamentos adequados.
PROCEDIMENTOS DE
RECEPÇÃO DE
VEÍCULOS NA OFICINA

Enviar link para o aluno ver em seu computador


https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-oficina-
mecanica,46187a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD
Localização; boa fachada; fácil acesso.
Oficina
Recepção – Atendente; confiança.
Conforto – Wifi; sala de espera; A/C; sofá confortável.
Organização – Limpeza da oficina; uniformes; mecânico.
Marketing – Divulgação dos serviços pelos diversos meios
de comunicação.
Peças à pronta entrega – Peças de giro.
Funcionário – Treinados e qualificados
Parcerias – lava-rápido; taxi; guincho.
Serviços rápidos – Serviços de atendimento imediato.
Ferramental – Moderno para a atualidade do mercado
Refeitório – Visando a comodidade dos funcionários
Sustentabilidade – descarte de peças; resíduos sólidos e
liquido apropriado – redução de emissão de poluentes.
Referência – Informações de quem já passou por lá...
Cliente
Agilidade – Atendimento rápido.
Layout – organização; arejamento; espaço.
Internet – Acesso com Wifi
Pontualidade – Tempo de entrega do veículo;
responsabilidade.
Limpeza – higiene dos mecânicos e limpeza oficina
Pós-Venda – Atendimento;
Serviços extras – leva e trás; primeiros socorros
Histórico – Registro de passagens do veículo.
Preço – valor acessível;
Área especial para fumante;
Honestide
Oficina X Cliente
Qual o ponto de equilíbrio?
Honestidade;

Localidade;

Organização e limpeza;

Agilidade no atendimento;

Conforto ao esperar o término do


serviço;

Registro de passagem do veículo

Atendimento de pós-venda
ORDEM DE SERVIÇO
FERRAMENTAS ESPECIAIS

Você também pode gostar