Você está na página 1de 14

GRADUAÇÃO UNIALFA

DISCIPLINA ADM7013 - FINANÇAS


CORPORATIVAS I
DATA: 03/03/2021

Prof.ª Esp. Nívea dos Reis Bernardes


Aconteceu na Empresa...

Aumentei as vendas, aumentei o faturamento,


mas estou endividado e estou sem dinheiro...

O QUE OCORREU ?

A RESPOSTA ESTÁ NA GESTÃO DO


CAPITAL DE GIRO
Gestão do Capital de Giro

As Demonstrações Financeiras e o Capital de Giro


Balanço Patrimonial

 Apresenta todos os bens, direitos e obrigações da empresa.


 Mostra as fontes de onde vieram os recursos utilizados para
a empresa operar e as aplicações, ou seja, os bens e
direitos em que esses recursos se encontram investidos.
 Retrato da empresa: mostra os valores contábeis da
empresa em um determinado momento.
 Organiza e resume o que a empresa possui (ativo), o que a
empresa deve (passivo exigível) e o seu patrimônio líquido.
Grupos Patrimoniais
Aplicações – Investimentos Fontes – Financiamentos
Retornos
• Ativo Circulante • Passivo Circulante
Custos

• Ativo Não Circulante • Passivo Não Circulante

• Patrimônio Líquido
Grupos Patrimoniais
• Ativo Circulante Financeiro • Passivo Circulante Financeiro
– Empréstimos Bancários CP
– Caixa e Bancos
– Financiamentos CP
– Aplicações Financeiras – Duplicatas Descontadas
• Ativo Circulante Operacional – Dividendos e IR (lucro real)
– Duplicatas a Receber • Passivo Circulante Operacional
– Fornecedores
– Estoques – Salários e Encargos
– Adiantamentos e Despesas – Impostos e Taxas
Antecipadas – Adiantamentos de Clientes

• Passivo não Circulante


• – Exigível a Longo Prazo
Ativo não Circulante
– Realizável a Longo Prazo
• Patrimônio Líquido
– Investimentos
– Capital Social
– Permanente – Reservas de Lucro
– Intangível – Res Exercício
Capital de Giro Total

Capital de Giro Total (CGT) = Capital de Giro Bruto

Investimento de Capital em ativos de curto prazo

ATIVO CIRCULANTE

Disponibilidades
Recebíveis
Estoques
Fontes de Capital de Giro

Exemplos de fontes geradas pelas operações:

• Duplicatas a pagar;
• Impostos a recolher;
• Salários e encargos sociais a pagar.

De forma geral, essas são fontes não onerosas (exceto


quando o fornecedor cobra juro pela concessão do prazo de
pagamento).
Fontes de Capital de Giro

Exemplos de fontes geradas pelas atividades


financeiras:

• Financiamentos bancários;
• Empréstimos bancários
• Desconto de Títulos de Crédito/Recebíveis

Geralmente essas são fontes onerosas.


Fontes de capital de giro

APLICAÇÕES FONTES

ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE

PASSIVO NÃO CIRCULANTE


(aplicação de capital de giro)

ATIVO NÃO CIRCULANTE


PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital de giro financiado por fontes de Terceiros de CP, LP e LP


Fontes de capital de giro

APLICAÇÕES FONTES

ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE

(aplicação de
capital de giro)

ATIVO NÃO CIRCULANTE


PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital de giro financiado por fontes de Terceiros de CP e PL


Fontes de capital de giro

APLICAÇÕES FONTES

PASSIVO CIRCULANTE
ATIVO CIRCULANTE

(aplicação de
capital de giro)
PASSIVO NÃO CIRCULANTE

ATIVO NÃO CIRCULANTE


PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital de giro financiado por fontes de Terceiros de CP e LP


Fontes de capital de giro

APLICAÇÕES FONTES

ATIVO CIRCULANTE
PASSIVO CIRCULANTE
(aplicação de
capital de giro)

PASSIVO NÃO CIRCULANTE

ATIVO NÃO CIRCULANTE

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital de giro financiado por fontes de Terceiros de CP e LP


Fontes de capital de giro

APLICAÇÕES FONTES

ATIVO CIRCULANTE

(aplicação de
capital de giro) PASSIVO CIRCULANTE

ATIVO NÃO CIRCULANTE PASSIVO NÃO CIRCULANTE

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital de giro financiado por fontes de Terceiros de CP

Você também pode gostar