Você está na página 1de 58

SENSORIAMENTO REMOTO

E SUAS APLICAÇÕES
AMBIENTAIS

Valéria Peixoto Borges


Doutoranda em Meteorologia
Universidade Federal de Campina Grande
Valéria Peixoto Borges

Engenheira Agrônoma graduada


pela Universidade Federal da
Bahia

Mestrado em Ciências Agrárias


pela Universidade Federal do
Recôncavo da Bahia

Doutoranda em Meteorologia -
Universidade Federal de
Campina Grande
O QUE É SENSORIAMENTO
REMOTO?

 “Sensoriamento remoto é a ciência de


aquisição de informações sobre a
superfície terrestre sem haver contato
com ela. É feito através da captação
da energia refletida ou emitida pelos
alvos e posterior processamento,
análise e aplicação da informação.”
O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE
DADOS POR SENSORIAMENTO
REMOTO
RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA

 Fonte de energia radiante (natural ou


artificial)
 Comprimento e frequência da onda
Múltiplos do metro e do Hertz

• milímetros: 1 mm = 10-3 m
• micrômetro: 1 µm = 10-6 m
• nanômetro: 1 nm = 10-9 m
• Angströn: 1 Å = 10-10 m =
10-4 mm
• quilohertz: 1 kHz = 103 Hz
• megahertz: 1 mHz = 106 Hz
• gigahertz: 1 gHz = 109 Hz
ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO
ESPECTRO VISÍVEL

• violeta: 390 a 455 nm • amarelo: 577 a


597 nm
• azul: 455 a 492 nm • laranja: 597 a
622 nm
• verde: 492 a 577 nm • vermelho: 622
a 720 nm
ESPECTRO INFRAVERMELHO
 IV próximo: 0,7 a 3 µ m
 IV médio: 3 a 6 µ m
 IV distante: 6 a 1000 µ m
 Banda termal: 8 a 14 µ m

ESPECTRO DO MICROONDAS
 Microondas: 1mm até cerca de 1m

ou
300GHz a 300MHz
INTERAÇÃO DA RADIAÇÃO
COM
A ATMOSFERA

 Espalhamen  Absorção
to
 Absorção da radiação eletromagnética
pela atmosfera
Reflectânci
a (%)

Infravermel
ho
próximo

Infravermel
ho termal

Janelas
atmosfér
icas
INTERAÇÃO DA
RADIAÇÃO COM
A SUPERFÍCIE

A interação REM x
alvo : alteração das O SR detecta e
propriedades da registra estas
radiação incidente: alterações.
Intensidade, direção e
comprimento de onda.

Ao interpretarmos os dados e
imagens resultantes, determinamos
as características da matéria que
interagiu com a REM incidente.
RADIAÇÃO
INCIDENTE

Absorção Reflexão
Transmiss
ão
A REM cede A REM é
muita de A REM redirecionad
sua energia continua a a após
para se se propagar interação
transformar ao mudar com a
em calor, de meios de superfície,
que passa a densidades conservando
aquecer a diferentes, inalterado
superfície. sofrendo seu
refração. comprimento
de onda.
 Interaçãoda radiação incidente com o
dossel vegetal
 Interação da radiação incidente com a
água
Assinatura espectral dos alvos

É a curva de reflectância do alvo, e


portanto depende das suas
características físico-químicas e
biológica.
 Refere-se à intensidade relativa com
que cada corpo reflete a radiação
eletromagnética nos diversos
comprimentos de onda.
 As diferentes interações entre a REM e
os objetos terrestres é que possibilitam
a distinção e o reconhecimento dos
alvos detectados remotamente.
 Assinatura espectral dos alvos
 Assinatura espectral dos alvos
 Imagem do satélite Landsat 5 na banda
4 (infravermelho próximo – 0,76 a 0,90
µm)
 Assinatura espectral dos alvos
 Imagem do satélite Landsat 5 na banda
7 (infravermelho médio – 2,08 a 2,35
µm)
SISTEMAS SENSORES

No contexto do sensoriamento remoto, sensore


o todos dispositivos capazes de detectar e registra
adiação eletromagnética, em determinadas fa
espectro eletromagnético, e gerar informaçõe
e possam ser transformadas num produto passíve
ser interpretado, seja na forma gráfica, imagem o
ela.
PRODUTO DE
SENSORES EM SR

Gráficos
Imagem

Banda Nível de cinza


1 25
Tabela
2 35
3 40
4 55
CARACTERÍSTICAS DOS
SISTEMAS SENSORES

 Tipos de sensores
Passivos
a) Quanto à fonte de energia
Ativos

Imageadore
a) Quanto ao produto gerado s
Não-
imageadores
 Tipos de sensores

c) Quanto ao princípio de funcionamento

Não- Varredur
varredura a
 Sensores manuais e de superfície
Espectroradiômetros:

FieldSpec
Hand Held
 Sensores a bordo de aviões

Esquema de emissão e reflexão de ondas com


o uso de radar:
 Sensores a bordo de aviões

A obtenção de imagens com sistema de radar


apresenta as seguintes vantagens:
- obter imagens de resolução diversas;
- observar diferentes detalhes em feições
como ondas do mar, estruturas geológicas e
geomorfológicas;
- Avaliar movimentação de massas de ar;

- Acompanhar deslocamento de espécies


animais;
-realizar observações da superfície terrestre,
independentemente da nebulosidade e
precipitação, também no período noturno.
 Sensores instalados em satélites

1. Satélites 2. Satélites
orbitais geoestácionários
 Resolução dos Sensores

1. Resolução Espectral
Dada pela faixa espectral trabalhada pelo
sensor. O sensor TM do Landsat 5 possui 7
bandas espectrais, enquanto que o CBERS-2
apresenta 5 bandas.

2. Resolução Temporal
Tempo que o satélite leva para revisitar o
mesmo ponto da superfície, ou seja, espaço
de tempo entre a obtenção de uma cena e
outra.
3. Resolução
Radiométrica
Quantidade de níveis digitais presentes em
uma imagem. Este atributo, representado
pelos níveis de cinza ou cores da imagem é
normalmente apresentado na forma de bits

8 bits (256 NC)


1 bit (2 NC)

4 bits (16 NC)


4. Resolução Espacial
Dada pela área real abrangida no terreno por
cada pixel da imagem.

Satélite Landsat 5: Satélite Ikonos:


resolução espacial de resolução espacial de
30 m. 1 m.
Características de alguns satélites orbitais
Características de alguns satélites
geoestacionários
INTERPRETAÇÃO DE
IMAGENS

A imagem processada é interpretada


visualmente ou digitalmente ou
eletronicamente, para se extrair da
informação sobre o alvo que foi iluminado.

O analista de SR deve complementar os


seus conhecimentos específicos com as
informações relativas aos elementos que
interferem na formação das imagens.
INTERPRETAÇÃO DE
IMAGENS

Alguns elementos dos alvos da superfície


devem ser observados na análise e
interpretação das imagens geradas por
sensoriamento remoto:

Forma

Tamanho

Textura

Padrão

Coloração
Imagem do sensor TM do satélite Landsat 5
da cena que contém Mossoró, de
03/10/2009.

Composição RGB 3-2-1


Imagem do sensor TM do satélite Landsat 5
da cena que abrange o Oeste da Bahia, de
12/05/2007 .

Composição RGB 3-2-1


As mesmas imagens, com outra
combinação de cores:

Composição RGB 4-3-2


Composição RGB 4-3-2
Imagem do sensor TM do satélite Landsat 5
da cena que abrange o Oeste da Bahia, de
12/05/2007 .

Composição RGB 5-4-3


APLICAÇÃO DAS
INFORMAÇÕES
GERADAS POR SR

Agricultura
Meteorologia
Hidrologia
Irrigação
Planejamento e uso da terra
Prospecção geológica/mineral
Oceanografia
Recursos florestais
Recursos pesqueiros
Monitoramento
ambiental
Planejamento urbano

 Agricultura

Classificação do tipo de cultura


Avaliação das condições da cultura
Estimativa do rendimento das culturas
mapeamento das características do solo
Avaliação de práticas de manejo do solo

Monitoramento de secas Estado


em áreas agrícolas fitossanitári
através de índices de o da cultura
vegetação
 Hidrologia

Monitoramento e mapeamento de áreas


pantanosas
Monitoramento de enchentes
Detecção de alterações no delta dos rios

Imagem de
Enchentes /
radar de área
inundações
inundada
 Irrigação

Avaliação do estresse hídrico das culturas


Avaliação do balanço de energia
Estimativa da disponibilidade hídrica
Desenvolvimento de coeficientes de cultivo
Monitoramento do teor de umidade no solo

Disponibilidade
de água no solo
 Planejamento e uso da terra

Manejo de recursos naturais e


mapeamento de biomassa
Proteção da vida selvagem
Mapeamento de desastres naturais
Expansão urbana

Crescimento urbano com


invasão de áreas rurais
 Recursos florestais

Inventário florestal
Avaliação de potencial para produção de
madeira
Monitoramento de desmatamento e
queimadas
Mapeamento agroflorestal
Proteção e modelagem de bacias
hidrográficas

Incêndio florestal
 Operações realizadas com imagens
obtidas com sensoriamento remoto:
 Produtos gerados a partir de
sensoriamento remoto orbital:

ÍNDICES DE
VEGETAÇÃ
O:
NDVI
TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE:
EVAPOTRANSPIRAÇÃO:
Temperatura da Superfície do mar:
Temperatura da Superfície do mar:
Concentração de clorofila a:
ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO E
PRODUTIVIDADE DE ÁGUA DO MELOEIRO
(CUCUMIS MELO) ATRAVÉS DO
SENSORIAMENTO REMOTO E MÉTODOS
MICROMETEOROLÓGICOS

 Sistema
de Razão
de Bowen
 Saldo-radiômetro  Psicrômetro

Sensor de
umidade
e temperatura do
ar

 Anemômetro de
conchas
Sistema de
Razão de
Bowen
! !
DA
G A
R I
OB
valpborges@gmail.com