Você está na página 1de 11

Avaliação

Neurofuncional
Ft. Esp. Luciana Alexandre

Candidata à Vaga de Preceptora de graduação em Fisioterapia Neurofuncional  para o Centro Universitário Padre

Anchieta - Jundiaí
Movimento - Interação 

Movimento

Indivíduo Ambiente 
Tarefa 
Modelo Biopsicossocial
Movimento - Interação 

Emocional 
Circulatório

Músculo
Sensorial esquelético 

Movimento
Gastro/
Urinário
Cognitivo  

Neuro-
Perceptual    Muscular  

                                                                  Indivíduo
Problema ou potencial?

Avaliar o paciente realizando uma função; 


• Marcha
• Transferências
• Cuidados pessoais
• Comunicação interação 

Definir hipóteses  sobre os  problemas das funções;


• Faz? Como faz ou tenta fazer? Porque não faz? 

Avaliar sistemas  e testar hipóteses


• Considerar individuo como um todo
Avaliar a tarefa e o indivíduo

▪ Observar 
▪ Analisar
▪ Interpretar a performance da tarefa
▪ Objetivo : Paciente Atingir a função com a máxima qualidade e
segurança possível.
Sedestação - Ortostatismo 
Marcha
Papel do terapeuta 

- Guiar a recuperação do paciente


- Ter conhecimento do movimento normal
- Ter conhecimento da importância do alinhamento biomecânico
- Facilitar
- Conhecer a importância da base de suporte
- Aumentar ou diminuir graus de liberdade
- Identificar como o paciente se mantem contra a gravidade
Referências:

Guillot A, Lebon F, Rouffet D, Champely S, Doyon J, Collet C. Muscular responses during motor imagery as a function of
muscle contraction types. Inter J Psychophysiol 2007; 66: 18-27. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijpsycho.2007.05.009
Rodrigues EC, Imbiriba LA, Leite GR, Magalhães J, Volchan E, Vargas CD. Efeito da estratégia da simulação mental sobre o
controle postural. Rev Bras Psiquiatr 2003;25(Supl II): 33-5.

Lent R. Cem bilhões de neurônios: Conceitos fundamentais de neurociência. 2ªedição. São Paulo: Ed. Atheneu, 2010,
p.229-63.

Alcântara CB, Costa CMB, Lacerda HS. Tratamento Neuroevolutivo - Conceito Bobath. In: Cury VCR,
Brandão MB. Reabilitação em paralisia cerebral. Rio de Janeiro: Medbook, 2011, p. 315-24

Oliveira CEN, Salina ME, Annunciato NF. Fatores ambientais que influenciam a plasticidade do SNC: Artigo de revisão.
Acta Fisiátr 2001;8:6-13. http://dx.doi.org/10.5935/0104-7795.20010001
Obrigada!

Você também pode gostar