Você está na página 1de 16

M4

1.4. Economia atómica e


química verde
Conteúdos
1.4. Economia atómica e química verde
• Objetivos da química verde (QV)
• Química tradicional e QV
• Eficiência de uma reação química
• Economia atómica percentual
• Redução de resíduos
• Reagentes e processos menos poluentes
• Os 12 princípios da química verde (QV)

M4
Síntese de conteúdos
Será possível introduzir modificações nas
reações químicas que visem economizar
energia e/ou átomos e aumentar o
rendimento e a seletividade de um dado
processo?

M4
1.4. Economia atómica e química verde
A . Objetivos da Química Verde (QV)

A química verde ou química sustentável dedica‑se à identificação das


fontes de efeitos nocivos e ao desenvolvimento de estudos, na área
da Química, que levem à sugestão de produtos alternativos de
substituição de forma economicamente rentável e com o mínimo de
efeitos nocivos.

M4
1.4. Economia atómica e química verde
B. Química tradicional e Química verde
1.4. Economia atómica e química verde
C. Eficiência de uma reação química

Química Comparação entre a quantidade de produto obtido com a


tradicional quantidade de produto esperado - rendimento da reação.

Comparação entre a massa do produto desejado com a


Química
totalidade da massa dos produtos obtidos numa determinada
verde
reação - economia atómica percentual.
1.4. Economia atómica e química verde
D. Economia atómica percentual

A economia atómica percentual, e.a. (%), é a razão entre


a massa de átomos de reagentes que são incorporados
e.a.(%) no produto desejado e a massa total de átomos nos
reagentes, expressa em percentagem.

mproduto desejado
e.a. (%)   100
mtotal de reagentes
c.e.  Mproduto desejado
e.a. (%)   100
c.e.  Mreagente 1  ...
c.e.  coeficiente estequiométrico
Exemplo 1 Determine a e.a.(%)

• Nem todos os
átomos
presentes nos
reagentes
compõem o
produto
desejado.
Exemplo 1

• Verifica-se que parte dos átomos que constituíam os reagentes


não foram incorporados no produto final desejado.

• Esta reação apresenta um desperdício atómico de 34,01%.

• Este valor significa que por cada 100,00 g de reagentes, 34,01


g não foram convertidos no produto final desejado, isto é,
formou-se um resíduo não desejado com a massa de 34,01 g
por cada 100,00 g de reagentes usados nesta reação química.
Exemplo 2 Determine a e.a. (%)

• Todos os átomos
presentes nos
reagentes
compõem o
produto
desejado.
1.4. Economia atómica e química verde
E. Redução de resíduos

Dado que a síntese do epoxietano envolve menos etapas a partir do


processo proposto no âmbito da QV, comprova-se, neste caso, a
produção de uma menor quantidade de resíduos.
1.4. Economia atómica e química verde
F. Reagentes e processos menos poluentes
Reação química de produção do ácido adípico

Ao contrário da química tradicional, a síntese do ácido adípico


recorrendo à química verde não produz produtos químicos perigosos
para o ambiente, os NOx.
1.4. Economia atómica e química verde
G . Os 12 princípios da química verde (QV)
2. A transformação de 3. Devem desenvolver
1. Reduzir e prevenir 4. Os produtos químicos
reagentes em produtos da metodologias sintéticas
a formação de devem ser desenvolvidos
reação deve ser realizada que utilizam e
produtos tóxicos é de tal modo que realizem a
de forma a incorporar o geram substâncias com
melhor do que reciclar, função desejada e ao
número máximo de átomos pouca ou nenhuma
tratar ou produzir lixo para mesmo tempo não sejam
dos reagentes nos toxicidade para a saúde
aterro sanitário. tóxicos.
produtos finais. humana e ambiente.

7. Sempre que a técnica é 8. A derivação


5. As substâncias 6. As reações químicas
economicamente viável, desnecessária deve ser
auxiliares, como, por devem minimizar o uso
a utilização de matérias- minimizada ou, se
exemplo, os solventes, de energia, devendo ser
primas renováveis deve possível, evitada, porque
devem ser evitados ao realizadas, se possível, à
ser escolhida em estas etapas requerem
máximo e quando usados pressão e temperatura
detrimento de fontes não reagentes adicionais
devem ser inócuos. ambientes.
renováveis. e podem gerar resíduos.

10. Os produtos químicos 11. O controlo e a 12. As substâncias, bem


devem ser concebidos de monitorização da como o modo como são
9. O uso de catalisadores modo a dissociarem-se produção devem ser utilizadas durante a
deve ser tão seletivo em produtos de realizados em tempo real, síntese, devem ser
quanto possível. degradação inócuos, durante a síntese química, escolhidas a fim de
evitando a sua persistência para evitar a produção de minimizar potenciais
no meio ambiente. substâncias perigosas. acidentes.
Síntese de conteúdos

• A química verde (QV) ou química sustentável dedica‑se à identificação


das fontes de efeitos nocivos e ao desenvolvimento de estudos, na área
da Química, que levem à sugestão de produtos alternativos de
substituição de forma economicamente rentável e com o mínimo de
efeitos nocivos.
• É possível comparar reações químicas do ponto de vista da QV tendo em
conta vários fatores, como: economia atómica, redução dos resíduos,
produtos indesejados, escolha de reagentes e processos menos
poluentes.
M4
Síntese de conteúdos
• O estudo do fator economia atómica, no caso das reações químicas,
permite concluir que é possível proceder a modificações com a finalidade
de economizar energia e/ou átomos e aumentar o rendimento e a
seletividade de um dado processo químico, indo ao encontro dos
objetivos da QV.
• A economia atómica percentual, e.a. (%), é a razão entre a massa dos
átomos de reagentes que são incorporados no produto desejado e a
massa total de átomos nos reagentes, expressa em percentagem.
mproduto desejado
e.a. (%)   100
mtotal de reagentes
M4
Diagrama de conteúdos

M4