Você está na página 1de 9

Ciclo Vivencial de Aprendizagem

ETAPAS DO CICLO

• ATIVIDADE (VIVÊNCIA)
• ANÁLISE
• CONCEITUAÇÃO
• CONEXÃO
ATIVIDADE (VIVÊNCIA)
Vivência de uma situação através de
atividades em que o participante se
empenha:
• Resolução de um problema; simulação
comportamental, dramatização, jogo,
processo decisório, comunicação,
exercícios verbais e não verbais.
• Envolvimento, abertura.
ANÁLISE
Exame e discussão ampla das atividades
realizadas, na análise crítica dos
resultados e do processo de alcançá-los.
• O como passa a ser mais importante do
que o resultado em si.
• Cada participante expõe sentimentos,
idéias e opiniões livremente
ANÁLISE
• Maior auto-exposição, espontaneidade e
autenticidade, troca de feedback com os
companheiros do grupo.
• Possibilita a elaboração de um processo
diagnóstico da situação vivenciada e da
participação de cada um e de todos no
desenrolar do processo de grupo.
CONCEITUAÇÃO
Etapa de insumos cognitivos, informações e
fundamentos teóricos que permitam
sistematização e elaboração de “mapas
cognitivos” individuais.
• É um trabalho conjunto de coordenador e
participantes que permite a conscientização de
aspectos pessoais, interpessoais e grupais,
levando a aprendizagens significativas
baseadas na vivência de cada um.
• Fase de aquisição e ampliação de
conhecimentos.
CONEXÃO
• Se fazem correlações com o real,
comparando-se aspectos teóricos com
situações práticas de trabalho e vida em
geral.
• Cada participante elabora suas
conclusões e generalizações para uso
futuro
• Nesta etapa o participante busca
mudança, experimentando e testando
outras formas de conduta.
Ciclo Vivencial de Aprendizagem
• A aprendizagem depende de fatores
internos e externos, do aprendiz e da
situação, que facilitam ou dificultam o
processo e seus resultados.
• Internos: maturidade, motivação, aptidões,
inteligência e experiência anterior.
• Externos: conteúdos e metodologia, a
personalidade e o desempenho do
coordenador, as pessoas que formam o
grupo e as relações interpessoais no grupo.