Você está na página 1de 4

AULA DE INTRODUÇÃO À ECONOMIA

TEMA: ACTIVIDADE ECONÓMICA E OS AGENTES ECONÓMICOS


SUMÁRIO: NOÇÃO DE POUPANÇA
- SOCIEDADE DE CONSUMO
- DIREITO DO CONSUMIDOR
- RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CONSUMIDOR
Poupança é a parte do rendimento que
não é gasto no consumo imediato, sendo
este valor guardado para uma utilização
futura

Para haver poupança é necessário que o rendimento de que se dispõem exceda o


necessário para satisfazer as suas necessidades de consumo.
Poupança = Rendimento disponível ‐ Consumo 
Poupança
doméstica
(Sn)

Tipos de
poupança

Poupança
Poupança
privada(Sp)
pública(Sg
)
Poupança doméstica é a soma da poupança privada e da poupança pública (sn =
sp + sg).
Exemplo: A família Paulino possui um rendimento mensal
Poupança privada corresponde à poupança dos
particulares, ela é representada pela renda disponível de 350.000,00kz. Atendendo as suas mais diversas
disponível menos o consumo (sp = yd – C ou sp = Y necessidade, consome 300.000,00kz mensalmente. Quanto
– T – C). A renda disponível é a renda menos os resta do rendimento mensal?
impostos.
Sp=? ; Yd=350.000,00kz; C= 300.000,00kz
Sp= poupança privada; Yd= rendimento
disponível; T= impostos; C= consumo Sp= Yd-C
Sp= 350.000,00kz – 300.000,00kz
Sp= 50.000,00kz
P= 50.000,00kz

O governo arrecadou impostos no valor de 10.000.000kz, no


Poupança pública corresponde à renda exercício das suas funções teve gastos com reabilitação de
estrada, construção de hospitais e escolas públicas etc, o
disponível do governo (representada pela somatório dos gastos soma um total de 7.000.0000,00kz. Quanto
subtração dos impostos, das transferências e do restou dos impostos arrecadados?
pagamento de juros) menos os gastos do Sg=?; T=10.000.000,00kz; G= 7.000.000,00kz
governo em si (sg = T – G). Sg= T-G
Sg= 10.000.000,00kz-7.000.000,00kz= 3.000.000,00kz